Bioquímica Clínica - Rim e Função Renal - Apostilas - Bio Medicina. Faculdade Medicina Estadual (ISEP)

Descrição: Apostilas de Bio Medicina sobre o estudo da Bioquímica Clínica: Princípios e Interpretações, Rim e Função Renal, exame qualitativo de urina.
Showing pages  1  -  2  de  26
VALTER T. MOTTA
Bioquímica Clínica: Princípios e Interpretações
Rim e Função
Renal
Volume
16
247
RIM E FUNÇÃO RENAL
regulação dos líquidos e eletrólitos e a elimi-
nação dos resíduos metabólicos são essenci-
ais à homeostase corpórea. O sistema renal exerce
papel fundamental na realização destas funções. O
sistema urinário consiste de rins, ureteres, bexiga
e uretra. Os rins são os componentes fisiologica-
mente dinâmicos do sistema realizando muitas
funções, incluindo a formação da urina. São cinco
as funções primárias do rim:
§ Eliminar resíduos metabólicos (uréia, creati-
nina, ácido úrico, ácidos orgânicos, bilirrubina
conjugada, drogas e toxinas).
§ Reter nutrientes (proteínas, aminoácidos, gli-
cose, sódio, cálcio, cloretos, bicarbonato e
água).
§ Regular o equilíbrio eletrolítico no líquido
intersticial controlando, simultaneamente, o
movimento e a perda de água ao nível celular
em colaboração com a pele e os pulmões.
§ Síntetizar eritropoietina, renina, prostaglandi-
nas e 1,25-diidroxicolecalciferol (forma ativa
da vitamina D).
FUNÇÕES DOS NÉFRONS
O néfron é a unidade organizacional básica do rim
e consiste num leito capilar especializado o
glomérulo envolvido pelo epitélio urinário -
psula de Bowman e conectado a uma sucessão
de segmentos epiteliais especializados os
túbulos. Cada rim humano contém cerca de 1,2
milhão de néfrons.
O néfron é responsável por dois processos em
série: ultrafiltração glomerular e a reabsor-
ção/secreção tubular.
A ultrafiltração é a passagem seletiva de pe-
quenas moléculas, água ou íons pela estrutura
capilar denominada de glomérulo na porção do
néfron conhecida como espaço de Bowman.
A reabsorção é o movimento de substâncias
para fora do lúmem tubular do néfron e para os
capilares renais circundantes ou para o interstício.
Isto significa que os rins conservam ou “reciclam”
nutrientes essenciais ou partículas filtradas.
A secreção é o movimento de partículas dos
capilares renais ou interstício para o lúmem do
néfron. As partículas secretadas entram no néfron
tanto por filtração como secreção, ou ambos. To-
dos estes processos ocorrem simultaneamente e é
a estrutura especializada do néfron que os pro-
move.
O estudo da função renal visa avaliar:
§ Filtração glomerular. Esta função é que me-
lhor se correlaciona com a capacidade dos rins
em manter a composição dos líquidos cor-
reos.
§ Fluxo sangüíneo renal. É a que mantém a h o-
meostase adequada, portanto, que exista fluxo
sangüíneo suficiente.
§ Função tubular. É bastante complexa pelas
diferentes ações realizadas pelos túbulos.
URINA
A urina é uma solução formada p elo rim, o princi-
pal órgão excretor do organismo que mantém
constante o volume, a composição química, o pH e
a pressão osmótica dos líquidos do corpo.
O suprimento de sangue da unidade funcional é
realizado pelas arteríolas aferentes (ao redor de
A
The preview of this document ends here! Please or to read the full document or to download it.
Informação do Documento
Uploaded by: Aquarela
Visitas: 5504
Downloads : 10
Universidade: Faculdade Medicina Estadual (ISEP)
Subject: Unknown
Upload date: 03/04/2013
Embed this document:
Docsity is not optimized for the browser you're using. In order to have a better experience we suggest you to use Internet Explorer 9+, Chrome, Firefox or Safari! Download Google Chrome