Vestibular de Língua Portuguesa - Universidade Estadual de Ponta Grossa - 2008 - uepg. Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

Descrição: Vestibular de Português da Universidade Estadual de Ponta Grossa do ano de 2008.
Showing pages  1  -  2  de  5
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA
COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO
2o CONCURSO VESTIBULAR DE 2008
Questões de Língua Portuguesa
TEXTO PARA AS QUESTÕES 01 A 03
KANT, MARX E OS SIMPSONS
A lição dos imbecis
Nirlando Beirão
Somos nós, os Simpsons e os Simpsons somos nós. No non sense de sua cacofonia absurda quem diga: surreal , eles estão
sempre exprimindo, nas entrelinhas, a melhor lição desse acelerado, ensurdecedor mundo globalizado: se a mediocridade pode ser silen-
ciosa, a cretinice é sempre espalhafatosa.
É pura filosofia, aquela família tão certinha e tão disfuncional. Tanto que há quem venha interpretar suas neuras e seus insights à
luz de Schopenhauer, Marx, Heidegger, Miguel de Unamuno e Roland Barthes (Os Simpsons e a Filosofia, de Aeon Skoble, Mark Conard
e William Irwin, editado no Brasil pela Madras).
Quando se tenta analisar o balbuciante Bart, bad boy de comédia, pateta sem escrúpulos, é Nietzsche quem lhe vem ao encalço.
Nietzsche falou na "comédia da existência" em que a maldade é tão premeditada que vontade e representação se desencontram. Até
em sua maldade visceral, Bart é ingênuo e crédulo.
Aristóteles, por sua vez, entende muito de Homer, o pater familias, "clássico exemplo de um bobão antiintelectual", enquanto
Marge, a mãe, é um prato feito para Kant, em sua honestidade, bom senso e pragmatismo deitados sobre o mundo empírico de reações
imediatas em que prevalece a autonegão, incorrigível que é Marge na ânsia de servir mais aos outros do que a si mesma.
E Lisa, a filha ginasiana? Naquele retrato multicolorido do antiintelectualismo americano que é Springfield e que são os Simpsons,
ela vive em preto e branco seu isolamento afetivo, encastelada em dilemas socráticos. Lisa deixa, assim, todo mundo perplexo: afinal, é
para rir dela ou para admirá-Ia?
(Carta Capital, 19/9/2007)
01 Com relação ao texto dado, assinale o que for correto.
01) O autor critica a personagem Margie porque entende que ela se coloca num plano de alienação em relação à família.
02) A saga dos Simpsons tem sido analisada à base de princípios filosóficos clássicos e modernos.
04) Para a análise de Bart vale a máxima nietzcheneana em torno de todo espírito profundo brota sem cessar uma máscara,
podemos progredir mascarados.
08) Homer, segundo o autor, assume sua função patriarcal e suas ações se desvelam num processo de intelectualização em que
a premissa é: a virtude pode ser aprendida.
16) Um dos dilemas socráticos expressos pela personagem Lisa é o de que a virtude é o conhecimento e o mal agir é o rebento
da deficiência intelectual.
02 Quais são os propósitos do autor do texto?
01) Ressaltar a força imperativa da metáfora dos Simpsons. Se Springfield representa o planeta, os Simpsons representam a hu-
manidade.
02) Valorizar os padrões estéticos e culturais americanos.
04) Criticar o acelerado mundo globalizado, com sua mediocridade, competição e frustração.
08) Evidenciar que nenhuma família é tão universal e representativa quanto os Simpsons.
16) Demonstrar que uns traços em quadrinhos podem trazer, em imagem e subtexto, muito mais do que nossa filosofia pode
alcançar.
03 Com relação ao significado das palavras sublinhadas nos seguintes segmentos extraídos do texto, assinale o que for correto.
01) No non sense de sua cacofonia absurda há quem diga: surreal [...] = obscenidade
02) Nietzsche falou na "comédia da existência" em que a maldade é tão premeditada [...] = urgente
04) [...] é Nietzsche quem lhe vem ao encalço. = seguindo de perto
08) Lisa deixa, assim, todo mundo perplexo: afinal, é para rir dela ou para admirá-Ia? = indeciso
16) Até em sua maldade visceral, Bart é ingênuo e crédulo. = estrutural
TEXTO PARA A QUESTÃO 04
O carnaval carioca é uma beleza, mas mascara, com seu luxo, a miséria social, o caos político, o desequilíbrio que se estabelece entre o
morro e a Sapucaí. Embora todos possam reconhecer os méritos de artistas plásticos que ali trabalham, o povo samba na avenida como
um herói de uma grande jornada. E, acrescente-se, manifestação em prol de processos judi-ciais contra costumes que ofendem a
moral e agridem a religiosidade popular. O carnaval carioca, porque se afasta de sua tradição, está se tornando desgracioso, disforme,
feio.
(Adaptado de João Bosco Ribeiro. Redação Científica)
docsity.com
04 Com relação a este fragmento adaptado de João Bosco Ribeiro, assinale o que for correto.
01) falta de coerência entre a afirmativa inicial e a final.
02) A oração subordinada que se inicia com "embora" não apresenta coesão textual em relação à oração principal.
04) O texto não se constitui como um todo porque apresenta diversas informações e várias direções.
08) Não é possível entender o objetivo principal do texto.
16) O texto o apresenta completude, inteireza e unidade.
TEXTO PARA A QUESTÃO 05
Você trabalha para quê?
Os consultores vivem dizendo que, quando a gente tem uma meta, o foco aumenta e o esforço para realização seja ele em termos de
aprendizado, de performance ou de poupança vai mais fácil. Em nossa reportagem de capa desse mês, você vai conhecer a história
de quatro profissionais que estão focados em crescer na carreira e realizar sonhos.
(Juliana de Mari. Revista Você S/A, setembro/2007)
05 Quais das seguintes palavras, extraídas do texto, são acentuadas em rao da tonicidade?
01) fácil
02) mês
04) quê
08) você
16) história
TEXTO PARA AS QUESTÕES 06 A 08
(Extraído do último capítulo de Memorial de Aires, de Machado de Assis)
seis ou sete dias que eu não ia ao Flamengo. Agora à tarde lembrou-me de passar antes de vir para casa. Fui a pé; achei
aberta a porta do jardim, entrei e parei logo.
- Lá estão eles, disse comigo.
Ao fundo, à entrada do saguão, dei com os dois velhos sentados, olhando um para o outro. Aguiar estava sentado ao portal direito,
com as mãos sobre os joelhos. D. Carmo, à esquerda, tinha os braços cruzados à cinta. Hesitei entre ir adiante ou desandar o caminho; con-
tinuei parado alguns segundos até que recuei pé ante pé. Ao transpor a porta para a rua, vi-lhes no rosto e na atitude uma expressão a que
não acho nome certo ou claro; digo o que me pareceu. Queriam ser risonhos e mal podiam se consolar. Consolava-os a saudade de si
mesmos.
06 Assinale as alternativas em que a reescrita não altera a idéia original do período: "Ao transpor a porta para a rua, vi-lhes no rosto e
na atitude uma expressão a que não acho nome certo ou claro;"
01) Como havia transposto a porta para a rua, pude-lhes ver no rosto e na atitude uma expressão para a qual não acho nome cer-
to ou claro;
02) Porque cruzei a porta para a rua, pude ver no rosto e na atitude deles uma expressão a que não acho nome certo ou claro;
04) Ao cruzar a porta para a rua, vi em seus rostos e atitudes uma expressão para a qual não acho nome certo ou claro;
08) Quando passei a porta para a rua, vi no rosto e na atitude deles uma expressão para a qual não acho nome certo ou claro;
16) À medida em que transpunha a porta para a rua, vi-lhes no rosto e na atitude uma expressão a que não acho nome certo ou
claro;
07 Assinale as alternativas em que o segmento sublinhado tem a mesma função morfossintática do vocábulo sublinhado em: estão
eles, disse comigo.
01) Fui a ; achei aberta a porta do jardim, entrei e parei logo.
02) Ao fundo, à entrada do saguão, dei com os dois velhos sentados, olhando um para o outro.
04) ...continuei parado alguns segundos até que recuei ante .
08) Aguiar estava sentado ao portal direito, com as mãos sobre os joelhos.
16) Hesitei entre ir adiante ou desandar o caminho.
docsity.com
The preview of this document ends here! Please or to read the full document or to download it.
Informação do Documento
Uploaded by: VictorCosta
Visitas: 945
Downloads : 0
Endereço: Línguas
Universidade: Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
Subject: Unknown
Upload date: 13/03/2013
Embed this document:
Docsity is not optimized for the browser you're using. In order to have a better experience we suggest you to use Internet Explorer 9+, Chrome, Firefox or Safari! Download Google Chrome