Alcool Metilico ou Metanol - Apostilas - Quimica, Notas de estudo de Química. Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
Maraca
Maraca1 de Março de 2013

Alcool Metilico ou Metanol - Apostilas - Quimica, Notas de estudo de Química. Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

PDF (109.6 KB)
3 páginas
925Número de visitas
Descrição
Apostilas sobre o alcool metilico ou metanol, usos, efeitos potenciais à saúde, manuseio e estocagem.
20pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento

METANOL OU ÀLCOOL METÍLICO

O metanol tem propriedades combustíveis e energéticas similares ao etanol. Os dois são agentes combustíveis, mas o metanol tem uma toxidade mais elevada. Prejudica a saúde, causando, inclusive, cegueira e câncer em altas concentrações e pela longa exposição. O Brasil não é auto- suficiente na produção de metanol e ainda o importa para outros fins, e não para o uso como combustível. O metanol é comumente encontrado como subproduto da indústria do petróleo.

O metanol é um líquido incolor, com peso molecular igual a 32,04, possuindo um odor suave na temperatura ambiente. Sua fórmula molecular é CH3OH.

Atualmente, o metanol é uma das matérias primas mais consumida na indústria química. Já foi conhecido como álcool da madeira, devido a sua obtenção comercial a partir da destilação destrutiva da madeira.

Ele também pode ser produzido a partir da cana-de-açúcar.

Usos

O metanol é principalmente um solvente industrial, pois ele dissolve alguns sais melhor do que o etanol; é utilizado na indústria de plásticos, na extração de produtos animais e vegetais, e como solventes em reações de importância farmacológica, como no preparo de colesterol, vitaminas e hormônios. É matéria prima na produção de formaldeído.

É usado no processo de transesterificação da gordura, para produzir biodiesel.

É usado como combustível em algumas categorias de mono postos dos EUA (ex: Champ Car, IRL, Dragster). As equipes e o piloto são instruídos de como agir diante de um incêndio provocado por um acidente. Como o fogo não é visível é preciso jogar água em todos os cantos onde supostamente está ocorrendo e no próprio piloto e membros da equipe se for o necessário.

Acidente com metanol

Efeitos potenciais à saúde:

Inalação

docsity.com

Causa leve irritação às membranas das mucosas. Tem efeito tóxico no sistema nervoso, particularmente no nervo óptico. Os sintomas da exposição incluem dor de cabeça, náusea, vômito, cegueira, coma e até a morte.

Ingestão

Tóxico. Irrita as membranas da mucosa. Pode causar intoxicação e cegueira (que pode ser permanente), Dose fatal: 20 - 25 ml.

Contato com a pele

Pode deixar a pele seca e quebradiça. Se ocorrer absorção; sintomas parecidos com a inalação.

Contato com os olhos

Irritante. A exposição contínua pode causar lesões nos olhos.

Exposição crônica

Prejudica a visão e causa aumento do fígado (hepatomegalia). Repetidas ou prolongadas exposições podem causar irritação na pele.

Agravo das condições pré-existentes

Pessoas com desordens de pele, problemas nos olhos, ou com função prejudicada dos rins e fígado podem ser mais suscetíveis aos efeitos da substância.

Um exemplo que ilustra bem esse caso é o que ocorreu em Salvador, em 1999, quando 40 pessoas morreram por ingerir aguardente de produção clandestina que estava contaminada com metanol. Os sintomas que eles sentiram antes de morrer foram dor de cabeça, hipertensão e vertigem.

Manuseio e Estocagem

Local ventilado, longe de fontes de ignição e de calor. Piso impermeável e inclinado, com valas que possibilitam o escoamento, em caso de derramamento acidental, para reservatório de contenção.

O metanol já foi empregado temporariamente como combustível no Brasil, mas seu uso para esta finalidade foi extinto devido à sua ação corrosiva e efeitos tóxicos. O Etanol estava em falta

docsity.com

na época, mas foi retomando o mercado gradativamente, e Com isso dispensou o uso do metanol.

Hoje em dia, por ser extremamente tóxico, o metanol já não é mais utilizado como combustível para carros comuns, mas nas corridas automobilísticas ele ainda é empregado e permite uma combustão mais rápida, o que implica em maior potência ao motor.

FONTES: http://www.mundoeducacao.com.br/quimica/metanol.htm

http://www.brasilescola.com

docsity.com

comentários (0)
Até o momento nenhum comentário
Seja o primeiro a comentar!
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Docsity is not optimized for the browser you're using. In order to have a better experience we suggest you to use Internet Explorer 9+, Chrome, Firefox or Safari! Download Google Chrome