Avaliação matriz, Exercícios de Absorção. Universidade Federal do Acre (UFAC)
santos_santos
santos_santos27 de Agosto de 2015

Avaliação matriz, Exercícios de Absorção. Universidade Federal do Acre (UFAC)

DOC (903.0 KB)
9 páginas
1Números de download
449Número de visitas
Descrição
po
20pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento
Pré-visualização3 páginas / 9
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Pré-visualização finalizada
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Pré-visualização finalizada
Consulte e baixe o documento completo

ALUNO MATRÍCULA DISCIPLINA Estatística DATA DA PROVA

PROFESSOR Vinicius G Santos TIPO DE PROVA TURMA CÓDIGO DA

TURMA NOTA

1.

QUESTÕES 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 ALTERNATIVAS

(circule a letra que corresponde

a alternativa correta)

A A A A A A A A A A B B B B B B B B B B C C C C C C C C C C D D D D D D D D D D E E E E E E E E E E

FACULDADE MAURICIO DE NASSAU

A estatística é uma ciência que se dedica_______________________. Preocupa-se com os métodos de recolha, organização, resumo, apresentação e interpretação dos dados, assim como tirar conclusões sobre as características das fontes donde estes foram retirados, para melhor compreender as situações

à análise e interpretação de dados à interpretação de dados à coleta e interpretação de dados à coleta e análise de dados à coleta, análise e interpretação de dados

Uma característica que pode assumir diferentes valores de indivíduo para indivíduo é denominada variável. As variáveis podem ser classificadas por:

Quantitativas e numéricas. Medianas e qualitativas. Quantitativas e qualitativas. Constantes e sistemáticas Qualitativas e modais.

As frases a seguir referem-se aos conceitos de Estatística: I. A Estatística Inferencial se preocupa com a organização e descrição dos dados experimentais. II. O número de alunos em uma disciplina é um exemplo de variável quantitativa contínua. III. A amostra é constituída por n unidades de observação e deve ter as mesmas características da

população. IV. O nível de escolaridade é um exemplo de variável qualitativa. Pode-se dizer que as frases verdadeiras são APENAS:

III e IV I e IV II e IV I e III I e II

FACULDADE MAURICIO DE NASSAU

Inferência estatística é um ramo da Estatística cujo objetivo é fazer afirmações a partir de um conjunto de valores representativo (amostra) sobre um universo. Tal tipo de afirmação deve sempre vir acompanhada de uma medida de precisão sobre sua veracidade. Para realizar este trabalho o estatístico coleta informações de dois tipos, experimentais (as amostras) e aquelas que obtêm na literatura. Qual o motivo se usa a Inferência Estatística ?

induzir o resultado de uma pesquisa tirar conclusões acerca da população usando informação de uma amostra organizar os dados de uma tabela montar a tabela de distribuição normal aproximar o valor do desvio padrão quando não é conhecido

Leia o texto com atenção e responda o que se pede

Estudos mostram drástica redução da pobreza a partir de 2004

“Segundo dados do IPEA, a taxa de pobreza no Brasil, que se manteve estável por volta dos 34% na segunda metade dos anos 1990, caiu drasticamente a partir de 2004. O gráfico abaixo mostra a evolução dessa taxa.

Para o cálculo da taxa de pobreza é considerado o percentual de pessoas na população total com renda domiciliar per capita inferior à “linha de pobreza”, que é o dobro da linha de extrema pobreza, estimativa do valor de uma cesta de alimentos com o mínimo de calorias necessárias para suprir adequadamente uma pessoa.”

Fonte: http://brasildebate.com.br/estudos-mostram-drastica-reducao-da-pobreza-a-partir-de-2004/#sthash.us3HK0b9.dpuf

FACULDADE MAURICIO DE NASSAU

Com base nos dados acima é possível inferir que a amplitude da taxa de pobreza para o período 1995 a 2012 foi de:

Resposta: 19,15%

A tabela a seguir foi construída pela Assistente Social de um determinado hospital com o intuito de monitorar o perfil das crianças nascidas referente ao público da classe de interesse social do Programa Bolsa Família. De acordo com a tabela podemos afirmar que o percentual de crianças nascidas com peso entre 1,750 (kg) e 2,157 (kg) é igual a:

Classes (k)

Peso de crianças

Freqüências (fj)

1,750 Ⱶ 2,157 5 2,157 Ⱶ 2,564 18 2,564 Ⱶ 2,971 27 2,971 Ⱶ 3,378 32 3,378 Ⱶ 3,785 12 3,785 Ⱶ 4192 5 4,192 Ⱶ 4,601 3

TOTAL 102

Resposta: 4,9%

Os dados seguintes representam 20 observações relativas a um determinado índice de desigualdade que está sendo testado

Pela regra de Sturges, o número de classes adequado a tal representação seria de:

• 4

• 5

• 6

• 7

• 8

FACULDADE MAURICIO DE NASSAU

Os dados abaixo representam a população por mil habitantes das regiões administrativas do Estado

Tabela: População do Estado de São Paulo

N Regiões 1970 1975 1 Grande São Paulo 8143,2 10481,4 2 Litoral 841,5 981,6 3 Valo do Paraíba 797,8 883,5 4 Sorocaba 1110,8 1164,4 5 Campinas 2114,5 2336,9 6 Ribeirão Preto 1427,7 1459,7 7 Bauru 554,4 515,4 8 S. J. do Rio Preto 942,2 905,6 9 Araçatuba 543,2 553,4

10 Presidente Prudente 719,3 661,8 11 Marília 691,2 633,3 ESTADO17885,8 20577

Fonte: Revista de Saúde Pública, Vol. N 10, junho de 1976, n. 2

Com base nas informações da tabela, qual a taxa de crescimento aritmético para a grande São Paulo no período 1970/1975

• 17,6%

• 28,7%

• 21,2%

• 50,9%

• 45,5%

Numa população obteve-se desvio padrão de 7,21 com uma amostra aleatória de 500 elementos. Sabendo que para essa mesma amostra obteve-se uma média de 22,5, determine o valor mais provável para a média dos dados* (Considerar valor aproximado).

FACULDADE MAURICIO DE NASSAU

0,32

0,51

22,18

22,82

Entre 22,18 e 22,82

FACULDADE MAURICIO DE NASSAU

No gráfico abaixo estão taxas de glicose em miligramas por 100 ml de sangue em ratos machos da raça Wistar com 30 dias de idade, que serão usados em um experimento para o teste de determinada droga. Qual a mediana para os dados apresentados?

Gráfico: glicose em miligramas por 100 ml de sangue - ratos Wistar com 30 dias de idade

Fonte: Adaptado de Sonia Vieira, 2010

Resposta: 100,5

São dados os níveis de colesterol de cinco pessoas: 260; 160; 200; 210; 240. Calcule média e a variância.

FACULDADE MAURICIO DE NASSAU

Os tempos de latência em minutos de um analgésico em seis pacientes foram: 4; 6; 4; 6; 5; 5. Calcule a média e a variância.

Resposta:

Por meio de uma pesquisa, que teve como objetivo estimar o nível de colesterol de uma determinada amostra de pacientes, obteve-se o desvio padrão de 38,47 com uma amostra aleatória de 5 elementos. Sabendo que para essa amostra obteve-se uma média de 214 (nível de colesterol), determine o valor mais provável para a média dos dados. (*Trabalhar com valores aproximados).

Resposta: Entre 196,80 e 231,20

Um grupo de pacientes foi encaminhado para realização de um exame de sangue com o intuito de identificar o respectivo nível de colesterol. Nesta pesquisa, obteve-se o desvio padrão de 38,47 como uma amostra aleatória de 5 elementos, Qual o provável erro padrão? (*Trabalhar com valores aproximados).

Resposta: 17,20

Para melhorar as condições de pacientes com determinada doença crônica, existem cinco drogas: A, B, C, D e E. Um médico tem verba para comparar apenas três delas. Se ele escolher três drogas ao acaso para comparar, qual é a probabilidade de as drogas A e B serem escolhidas?

Resposta: 2/5 ou 60%

A seguir estão apresentados os salários em reais pagos por uma organização.

A freqüência acumulada na quarta classe é:

30

FACULDADE MAURICIO DE NASSAU

21 12 40 23

Um pesquisador resolveu comparar o nível de ansiedade de pessoas hipertensas, utilizando-se de uma escala que avalia a ansiedade como um traço de personalidade. Ele observou os seguintes valores:

Grupo de hipertensos: 20, 23, 17, 15, 22, 18, 14, 25, 15, 18

Resposta: 15 e 18

FACULDADE MAURICIO DE NASSAU

comentários (0)
Até o momento nenhum comentário
Seja o primeiro a comentar!
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Docsity is not optimized for the browser you're using. In order to have a better experience we suggest you to use Internet Explorer 9+, Chrome, Firefox or Safari! Download Google Chrome