Caracteristica dos Mercados - Exercicios - Economia, Exercícios de Economia. Universidade de São Paulo (USP)
Oscar_S
Oscar_S26 de Fevereiro de 2013

Caracteristica dos Mercados - Exercicios - Economia, Exercícios de Economia. Universidade de São Paulo (USP)

PDF (583.3 KB)
22 páginas
1000+Número de visitas
Descrição
Exercicios sobre o estudo da economia e sobre a caracteristica dos mercados
20pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento
Pré-visualização3 páginas / 22
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Pré-visualização finalizada
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Pré-visualização finalizada
Consulte e baixe o documento completo

Atividade de Economia

Questão 1: A economia é o estudo das relações entre:

R:

a) Os desejos ilimitados das pessoas e seus recursos escassos.

b) Os desejos limitados das pessoas e seus recursos escassos.

c) Os desejos limitados das pessoas e seus recursos infinitos.

d) A renda limitada das pessoas e seus recursos escassos.

e) O comportamento humano e seus desejos limitados.

Questão 2: Diante do exposto, podemos dizer que a

essência do problema econômico é:

R: a) A geração de uma situação de pleno emprego.

b) A eliminação da escassez.

c) A elevação do padrão de vida.

d) A destinação de recursos limitados em meio a uma possibilidade de oferta ilimitada.

e) O aumento do lazer.

Questão 3: A Economia pode ser definida como:

R: a) A ciência que estuda as relações humanas voltadas à evolução do homem.

docsity.com

b) A ciência que estuda como ser bem-sucedido nos negócios.

c) A ciência que estuda o problema da escassez.

d) A ciência que estuda como trabalhar no mercado financeiro.

e) A ciência que estuda como alocar recursos ilimitados para satisfazer necessidades limitadas.

Questão 4: Relacione cada termo com a definição correta

R: a) Escassez.

b) Custos de oportunidade.

c) Capital financeiro.

d) Capital.

e) Trabalho.

( ) Fundos usados na compra de capital.

( ) Ocorre quando existe mais procura que oferta de um artigo.

( ) Esforços intelectuais e físicos de uma pessoa, incluindo treinamento, educação e as habilidades dos indivíduos na sociedade.

( ) Alternativa de maior valor abandonada quando se faz uma opção.

( ) Itens como maquinário e equipamentos usados na produção

Questão 10: O que se entende por mercado?

docsity.com

R: Um local ou contexto em que compradores (o lado da procura) e vendedores (o lado da oferta) de bens, serviços ou recursos estabelecem contato e realizam transações.

O lado dos compradores é constituído tanto de consumidores (compradores de bens e serviços, quanto de firmas) que são compradoras de recursos (trabalho, terra, capital e capacidade empresarial), utilizados na produção de bens e serviços.

O lado dos vendedores, por sua vez, é composto de firmas, que vendem bens e serviços aos consumidores, e de proprietários de recursos (trabalho, terra, capital e capacidade empresarial), que os vendem (ou arrendam) para as firmas em troca de remuneração (salarial, aluguéis e outros).

Tema 2 – Questão 3: Explique este conceito da mão invisível defendida por Adam Smith

R: A “mão invisível” do mercado é um conceito criado pelo economista escocês Adam Smith (pai do liberalismo econômico). É uma teoria que explica que a economia capitalista se autorregula no mercado por meio da liberdade de competição e da lei da oferta e da procura.

Resumindo, é uma teoria que explica a autorregulação do mercado capitalista.

Questão 6: Explique o conceito de “mais valia”

desenvolvida por Marx

R: “Mais-valia” é o nome dado por Karl Marx à diferença entre o valor produzido pelo trabalho e o salário pago ao trabalhador, que seria a base do lucro no sistema capitalista.

“Mais-valia” é o lucro do capitalista. É a diferença entre o valor do salário e o valor do produto que o operário (trabalhador) produz à base do lucro no sistema capitalista. Ao mesmo tempo, é um processo de tirar proveito do trabalho de outra pessoa, definindo-se não só pelo trabalho pago, pelo salário, mas principalmente pelo trabalho não pago. “Mais-valia” é então exatamente o valor que o operário cria além do valor de sua força de trabalho.

docsity.com

Questão 8: Explique por que a maximização dos lucros ocorre onde a receita marginal se iguala ao custo marginal

R:

Consideremos primeiramente que RMg > CMg.

Nesse caso, o produtor teria um lucro positivo em aumentar a produção, pois o benefício dessa unidade extra é maior que o seu custo. Logo, a produção atual não estará maximizando lucros.

Por outro lado, considere o caso RMg < CMg. Nesse caso, o produtor teria um ganho reduzindo a produção, pois a economia em custos superaria a queda nas receitas, de modo que a produção atual novamente não maximiza lucros.

Portanto, a única forma do produtor estar maximizando seu lucro é fazer RMg = CMg.

Questão 10: Defina: Produto, Insumos e Função Produção:

R:Produto: é o resultado do processo de transformação dos fatores adquiridos pela firma para criar bens e serviços a serem vendidos no mercado.

Os insumos: são os recursos humanos (trabalho e capacidade empresarial), capital, terra, utilizados nesse processo, segundo uma dada tecnologia expressa pela função de produção.

A produção: é a relação que mostra a quantidade física obtida do produto a partir da quantidade física utilizada dos fatores de produção em um dado período de tempo.

Questão 1: A economia é o estudo das relações entre:

R:a) Os desejos ilimitados das pessoas e seus recursos escassos.

b) Os desejos limitados das pessoas e seus recursos escassos.

c) Os desejos limitados das pessoas e seus recursos infinitos.

docsity.com

d) A renda limitada das pessoas e seus recursos escassos.

e) O comportamento humano e seus desejos limitados.

Questão 2: Diante do exposto, podemos dizer que a

essência do problema econômico é:

R:a) A geração de uma situação de pleno emprego.

b) A eliminação da escassez.

c) A elevação do padrão de vida.

d) A destinação de recursos limitados em meio a uma possibilidade de oferta ilimitada.

e) O aumento do lazer.

Questão 3: A Economia pode ser definida como:

R: a) A ciência que estuda as relações humanas voltadas à evolução do homem.

b) A ciência que estuda como ser bem-sucedido nos negócios.

c) A ciência que estuda o problema da escassez.

d) A ciência que estuda como trabalhar no mercado financeiro.

e) A ciência que estuda como alocar recursos ilimitados para satisfazer necessidades limitadas.

Questão 6: Confronte o monopólio com o oligopólio. Mostre as características de cada estrutura de mercado e o modo como o preço é fixado em cada uma delas:

R: No monopólio temos somente um produtor, que domina toda a oferta do produto e, portanto, depara-se com toda a demanda de mercado.

docsity.com

Na maximização de lucros, a regra do monopolista é simplesmente igualar RMg = CMg. Lembrando que, ao se deparar com a demanda do mercado, que é negativamente inclinada, essa regra será diferente de P=CMg do caso de concorrência.

No caso de oligopólio, temos um número pequeno de firmas, de modo que cada uma delas tem algum poder de monopólio, mas há alguma concorrência entre as firmas.

A regra de como o preço é fixado depende da corrente de pensamento.

R: Segundo a Teoria Marginalista, novamente a firma visa à maximização de lucros, e agora a demanda com que a firma se depara depende do seu impacto no mercado e da concorrência com as demais firmas.

Segundo a Teoria da Organização Industrial, o objetivo da firma seria maximizar o mark-up, que seria dado pela seguinte equação: Mark-up= Receita de vendas – Custos diretos (ou variáveis).

O preço cobrado pela empresa, no modelo de mark-up, é calculado da seguinte forma:

p = (1+ m)C

Onde p = preço do produto

m = taxa de mark-up

C = custo unitário direto (equivalente ao custo variável médio)

Questão 7: O que vem a ser o monopólio bilateral?

R: Monopólio bilateral: Trata de um mercado em que um monopsonista na compra de insumo, defronta-se com um monopolista na venda desse insumo. O único comprador defronta-se com um único vendedor de insumo no mercado.

docsity.com

Questão 8: Quais são as barreiras ao acesso de novas empresas no mercado?

R: As barreiras à entrada de novas empresas no setor ocorrem por causa da proteção de patentes, controle de matérias-primas-chave, tradição, oligopólio puro ou natural.

Diferentemente da estrutura concorrencial e de forma semelhante ao monopólio, em longo prazo os lucros extraordinários permanecem.

Isso porque as barreiras à entrada de novas firmas persistirão principalmente no oligopólio natural, em que a alta escala de operações propicia uma produção a custos relativamente baixos, dificultando a entrada de firmas concorrentes.

Questão 9: Por que em longo prazo, num mercado de concorrência perfeita, só existem lucros normais?

R: Em concorrência perfeita, supõe-se que os lucros extraordinários em curto prazo atraem novas empresas para esse mercado.

Dessa forma, em concorrência perfeita em longo prazo com a atração de novas firmas, a oferta de mercado aumenta, e a tendência é de que os lucros extraordinários tendam a zero, existindo apenas os lucros normais.

Questão 1: Políticas de estabilização da inflação não são compatíveis com a melhoria no grau de distribuição de renda. Você concorda? Justifique sua resposta.

R: A afirmação não é correta.

As políticas de estabilização da inflação, ao reduzir as perdas dos trabalhadores (principalmente os de baixa renda, para os quais a inflação é um imposto), melhoram a renda real dessa classe. O ocorrido no período imediato ao Plano Real, junho de 1994, ilustra esse ponto.

Questão 2: Sintetize os objetivos de política econômica.

R: Os objetivos da política econômica são:

a) Alto nível de emprego.

docsity.com

b) Estabilidade de preços: combate à inflação (que é o aumento contínuo e generalizado de preços, e as distorções que esta acarreta).

c) Distribuição equitativa de renda.

d) Crescimento econômico: aumentar a capacidade produtiva da sociedade e aumentar o produto potencial deve ser um objetivo de longo prazo da política econômica.

Questão 4: Resuma os instrumentos de política econômica.

R:Os instrumentos de política econômica são:

a) Política fiscal: gastos públicos e impostos são instrumentos que afetam o lado real da economia.

b) Política monetária: instrumentos ligados à quantidade de moeda e títulos públicos. Os principais instrumentos da política monetária são: emissões, reservas compulsórias, open market, redesconto, regulação sobre crédito e taxas de juros.

c) Política cambial e comercial: políticas que atuam sobre as variáveis relacionadas ao setor externo da economia. Os instrumentos abarcam as interferências governamentais na taxa de câmbio, pela determinação do regime cambial (fixo, flutuante ou flutuação suja) e a política comercial, por meio de barreiras, incentivos e subsídios.

d) Política de rendas: refere-se à intervenção direta do governo na formação de renda (salários e aluguéis), por meio de controle e congelamento de preços.

Tema 5: Questão avaliativa:

As estruturas do mercado de fatores de produção são:

R: 1) Concorrência perfeita: um grande número de firmas atomísticas oferta os fatores ao preço de mercado.

2) Monopsônio: uma única firma é a compradora do insumo produzido por diversas firmas.

3) Oligopsônio: poucas firmas são compradoras do insumo produzido por diversas firmas.

4) Monopólio bilateral: ocorre quando um monopsonista, na compra do fator de produção, defronta-se com um monopolista na venda desse fator.

docsity.com

Tema 6: Questão avaliativa:Principais diferenças entre os enfoques da

macroeconomia e microeconomia:

R: Macroeconomia estuda a economia como um todo, analisando a determinação e o comportamento de grandes agregados (renda, produto nacional, nível geral de preços, emprego e desemprego, estoque de moeda e taxa de juros, balança de pagamentos, taxa de câmbio).

No estudo desses agregados, a macroeconomia tradicional, baseada na tradição keynesiana (também conhecida como macroeconomia adhoc), negligencia o comportamento das unidades econômicas individuais e de mercados específicos. Essas são as preocupações da microeconomia. No entanto, essa é apenas uma mudança de enfoque, não havendo contradição entre as duas abordagens.

Questão 6:Lucro econômico zero:

R: O equilíbrio de longo prazo tem-se onde existe a igualdade dos custos médios de curto prazo, com os de longo prazo; cujo preço, iguala-se com as receitas marginais e médias, portanto ficando no mínimo dos custos médios de longo prazo, e de curto prazo.

No ponto onde a demanda é igual ao preço, que por sua vez, é igual à receita marginal, tem-se o lucro econômico igual a zero (0), mesmo que se esteja maximizando lucros.

Isto decorre do fato de que a entrada e saída de empresas em busca de um lucro máximo é ambição maior do empresário que luta pela obtenção de conseguir o lucro maximizado possível, nas condições de igualdade, para sua empresa.

GABARITO TEMAS 07 E 08 – ECONOMIA

docsity.com

Sobre o Tema 07

O texto abordado mostra uma preocupação geral de vários setores econômicos do Brasil. O que o nosso sistema financeiro pode usar para transpor diversas barreiras? Se não for feita uma política econômica adequada para o sistema financeiro, quais são as prováveis consequências?

Coloque-se na posição de uma autoridade monetária e apresente dois instrumentos de política monetária para cada um dos objetivos a seguir:

a) Expansão do nível de atividade.

Resposta: Neste caso, a autoridade deve promover uma expansão monetária por meio de emissão de moeda, ou de uma operação de open market de recompra de títulos públicos, por exemplo.

b) Política anti-inflacionária

Resposta: Neste caso, a autoridade monetária deve promover uma retração monetária, por meio, por exemplo, de uma elevação das reservas compulsórias dos bancos comerciais ou de uma operação de open market de venda de títulos públicos para o mercado, retirando desta forma moeda de circulação.

Questão 1

A preparação para os Jogos Olímpicos de 2016 terá impactos econômicos importantes, em virtude dos investimentos públicos e privados que serão realizados. De fato, pode-se argumentar que os efeitos econômicos serão bem maiores que os valores que serão inicialmente gastos. A partir do modelo Keynesiano simples para uma economia fechada e com governo, o que ocorre com o produto de equilíbrio, quando os gastos públicos se elevam em R$ 1,00?

Resposta: Os gastos realizados na preparação dos Jogos Olímpicos terão um impacto ampliado sobre a renda nacional, segundo o modelo keynesiano simples. Tal fato pode ser explicado pelo chamado “multiplicador”, que indica que o aumento em R$ 1,00, em qualquer componente autônomo da demanda agregada (neste caso, investimentos públicos), acarreta elevação superior a R$ 1,00 na renda. Quanto maior a propensão a consumir, maior será o multiplicador.

Questão 2

docsity.com

Defina o que é moeda e quais são suas funções.

Resposta: Moeda é o objeto aceito pela sociedade como intermediário nas trocas econômicas (para o pagamento de bens ou serviços). Na sociedade moderna essa aceitação é obrigatória por lei (curso forçado).

As funções da moeda são:

I — Reserva de valor: a posse de moeda representa liquidez imediata para quem a possui. Assim, pode ser cumulada para a aquisição de um bem ou serviço no futuro.

II — Unidade de conta (ou denominador comum monetário): a moeda é utilizada para expressar o valor dos diferentes bens produzidos na economia, possibilitando sua comparação, ou seja, tornando-se uma unidade de medida.

III — Meio de troca: serve como intermediário nas trocas econômicas.

Nas questões 3 a 4 a seguir, reflita sobre o conceito de moeda.

Questão 3

Diferencie moeda fiduciária de moeda lastreada.

Resposta: Moeda fiduciária é aquela cujo único valor é devido a sua aceitação (ou ao seu curso forçado imposto por lei). Sua emissão é livre de qualquer necessidade de reservas pela autoridade monetária. Já a moeda lastreada é um título que tem por base a existência de reservas de metais preciosos (principalmente ouro) pela autoridade monetária - Nos primórdios do advento do papel-moeda, qualquer indivíduo que tivesse papel-moeda podia realmente resgatar a parte de reservas associada ao papel-moeda, cujo valor, ressaltamos, na maioria das vezes não era o mesmo valor de face da nota, sendo sua emissão baseada na existência de tais reservas em quantidade suficiente para que cada unidade monetária tenha e mantenha a mesma quantidade de ouro associada.

Questão 4

O que vêm a ser monetização e desmonetização? Qual a relação desses conceitos com a taxa de inflação?

Resposta: A desmonetização da economia é a diminuição da quantidade de moeda sobre o total de ativos financeiros da economia, enquanto a monetização é o processo inverso:

docsity.com

o aumento da quantidade de moeda sobre o total de ativos financeiros da economia. O processo inflacionário leva a uma maior desmonetização da economia.

Questão 6

Se a taxa de juros estiver acima do nível de equilíbrio, há um excesso de _______de moeda. As pessoas irão _______títulos, o que faz a taxa de juros _________.

a) Demanda; vender; subir

b) Demanda; vender; cair

c) Demanda; comprar; cair

d) Oferta; comprar; cair

e) Oferta; vender; subir

Questão 7

A principal função do Banco Central é:

a) Atender ao setor bancário.

b) Controlar a oferta de moeda.

c) Supervisionar o setor bancário.

d) Compensar cheques.

e) Conservar as reservas dos bancos.

Questão 8

O objetivo máximo da política monetária é:

a) Crescimento econômico com estabilidade de preços.

b) Estabilidade das taxas de câmbio.

c) Estabilidade da taxa de juros.

d) Taxa de juros federal reduzida.

docsity.com

e) Crescimento constante das reservas dos bancos.

Questão 9

Um estudante que desconta um cheque para fazer compras é um exemplo de:

a) Demanda por moeda para consumo.

b) Demanda especulativa por moeda.

c) Demanda por moeda por precaução.

d) Efeito-renda.

e) Efeito-substituição.

Questão 10

Um aumento na taxa de juros resulta em:

a) Aumento na demanda por moeda.

b) Aumento na quantidade demandada de moeda.

c) Redução da demanda de moeda.

d) Redução da quantidade demandada de moeda.

e) Aumento na oferta de moeda.

Sobre o Tema 08

Os diferentes planos de estabilização implantados no Brasil, a partir de meados dos anos de 1980 foram influenciados pela concepção de inflação inercial.

a) Como a inflação inercial foi enfrentada, quando da implementação do Plano Cruzado (1986)?

Resposta: No Plano Cruzado, a inflação inercial foi enfrentada com a adoção do chamado “choque heterodoxo”, que previa, dentre outras medidas:

docsity.com

A reforma monetária, criando um novo padrão monetário nacional, o cruzado.

Congelamento geral de preços.

Regras específicas para conversão de salários.

Desindexação da economia com extinção da ORTN e criação de uma tabela de conversão (tablita).

Gatilho salarial.

b) Como a inflação inercial foi enfrentada, quando da implementação do Plano Real (1994)?

Resposta: No Plano Real, a inflação inercial foi enfrentada com a desindexação da economia por meio de:

Introdução de uma moeda indexada, sendo para isso criado um padrão estável de valor denominado Unidade Real de Valor (URV).

Reforma monetária que criou uma nova moeda de curso legal (o Real).

Âncora cambial.

Condições de emissão e lastreamento da nova moeda para garantir a sua estabilidade, dentre outras medidas.

Questão 01

Defina inflação, inflação de demanda e inflação de custos, e os fatores que as provocam.

Resposta: No Plano Cruzado, a inflação inercial foi enfrentada com a adoção do chamado “choque hete-rodoxo”, que previa dentre outras medidas:

a) A reforma monetária, criando um novo padrão monetário nacional, o cruzado.

b) Congelamento geral de preços.

c) Regras específicas para conversão de salários.

d) desindexação da economia, com extinção da ORTN e criação de uma tabela de conversão (tablita).

e) Gatilho salarial.

docsity.com

No Plano Real, a inflação inercial foi enfrentada com a desindexação da economia por meio de:

a) Introdução de uma moeda indexada, sendo para isso criado um padrão estável de valor denominado Unidade Real de Valor (URV).

b) Reforma monetária que criou uma nova moeda de curso legal (o Real).

c) Âncora cambial.

d) Condições de emissão e lastreamento da nova moeda para garantir a sua estabilidade.

e) Dentre outras medidas.

Inflação é um aumento persistente e generalizado do índice de preços. Inflação dedemanda é quando a inflação se refere ao excesso de demanda agregada em relação à produção disponível de bens e serviços. Esse tipo de inflação está associado a economias muito aquecidas, em que a taxa de desemprego é muito baixa, de sorte que a tentativa de elevação da produção acaba gerando aumentos salariais.

Inflação de custos ocorre quando o nível de demanda permanece o mesmo, mas os custos de certos fatores de produção importantes aumentam, tais como aumentos salariais por pressões sindicais, aumentos no custo de matérias-primas e elevações de preços por causa das estruturas monopolistas ou oligopolistas em diversos mercados.

Questão 3

Aponte as causas da inflação brasileira, de acordo com as seguintes correntes:

a) Neoliberal:

b) Inercialista:

c) Estruturalista:

Neoliberal:

Resposta: Segundo esta corrente, as causas da inflação brasileira estariam associadas ao desequilíbrio das contas públicas e ao excesso de demanda.

docsity.com

Inercialista:

Resposta: Segundo esta corrente, a causa principal da inflação era a própria inflação passada, que se propaga por meio de mecanismos de indexação formais (pela indexação de contratos, salários e outros aos índices de preços, gerando reajustes automáticos) e informais (preços em geral e impostos acabavam sendo reajustados para não ficarem defasados diante dos bens e serviços que tinham a correção atrelada aos índices de preços).

Estruturalista:

Resposta: Segundo esta corrente, a inflação teria sua origem na oferta, na estrutura de custos dos insumos, pois haveria falhas na estrutura produtiva do país, que possuiria:

1) Um setor agrícola cuja oferta não responderia rapidamente à elevação da demanda por alimentos.

2) Um déficit crônico no balanço de pagamentos, gerando políticas de desvalorização cambial, levando à elevação dos custos de produção.

3) Estrutura oligopólica dos mercados, levando ao repasse da elevação dos custos de produção aos preços dos produtos finais.

Questão 4

Explique qual o efeito provável de uma política de estabilização de preços sobre o grau de distribuição pessoal de renda.

Resposta: Uma política de estabilização de preços deve melhorar o grau de distribuição de renda. Os indivíduos mais pobres e assalariados são os que mais sofrem os efeitos do chamado “imposto inflacionário”. Eles recebem vencimentos fixos (salários que não são indexados ou são parcialmente indexados), além de não terem acesso aos mecanismos financeiros de proteção contra a inflação. Além de terem que gastar a maior parte de sua renda com a subsistência, não tendo excedente suficiente para aplicar neste tipo de operações.

Questão 5

Que efeitos a inflação provoca sobre pessoas que tenham renda fixa?

docsity.com

Resposta: A inflação provoca redução do poder aquisitivo dos segmentos da população que dependem de rendimentos fixos com prazo legal de reajuste. Podemos citar os assalariados, que até a chegada de um novo reajuste vão ficando com seu poder de compra cada vez mais reduzido. Devemos lembrar também que os proprietários de imóveis alugados também são prejudicados pela inflação.

Questão 6

Qual dos grupos a seguir se beneficia com a inflação elevada inesperada?

a) Credores.

b) Aposentados com pensão fixa.

c) Devedores.

d) Profissionais com salários sujeitos a correção.

e) Fornecedores que se comprometem a oferecer uma quantidade determinada por preço fixo.

Questão 7

Qual dos itens a seguir poderia ser causa de inflação de demanda?

a) Guerra no Oriente Médio, com conseqüente aumento dos preços do petróleo.

b) Estiagem no pantanal brasileiro, que poderia resultar na perda de colheitas.

c) Fornecedores que elevam seus preços mais rápido que os custos.

d) Aumento dos gastos do governo, sem arrecadação compatível.

e) A ação dos sindicatos, que podem forçar aumento dos salários não associado a aumentos da produtividade.

Questão 8

Qual das afirmações a seguir está correta?

a) Quanto mais elevados forem os níveis dos preços, maior o poder de compra do dinheiro.

docsity.com

b) A inflação de demanda pode resultar do aumento dos custos de produção.

c) Taxas elevadas de inflação em geral decorrem do aumento do fornecimento de dinheiro.

d) A inflação alta imprevista redistribui a renda dos que fazem pagamentos fixos para os que recebem parcelas fixas.

e) A taxa real de juros aumenta, conforme a taxa de inflação também sobe.

Questão 9

Uma inflação de custos pode ser provocada:

a) Por uma elevação dos gastos do governo.

b) Pela redução do poder de compra da população.

c) Por uma redução dos impostos por parte do governo.

d) Por aumentos reais de salários, acima da inflação e dos aumentos de produtividade, como resultado de pressão de sindicatos trabalhistas fortes.

e) Nenhuma das alternativas anteriores.

Questão 10

Se a economia estiver operando a pleno emprego, um aumento na demanda agregada:

a) Não provocará aumento no nível de produção da economia, mas ocasionará aumento de preços.

b) Não terá efeito sobre os preços, mas provocará aumento na produção da economia.

c) Não terá reflexos nem sobre o nível de preços, nem sobre o nível de produção da economia.

d) Provocará aumentos de preços e aumento da produção da economia.

e) Nenhuma das alternativas anteriores.

Atividades avaliativas:

docsity.com

Questão 5 (Tema 07 – página 123)

O que são reservas ou depósitos compulsórios? Qual o efeito de um aumento na taxa de reservas compulsórias sobre a oferta de moeda?

.

Resposta: Os depósitos compulsórios ou reservas obrigatórias são um percentual determinado sobre os depósitos à vista que os bancos são obrigados a depositar no Banco Central. Por meio da elevação (ou redução) dessas reservas, o Banco Central consegue diminuir (ou aumentar) a oferta de moeda na economia, sendo esse um instrumento de política monetária.

Questão 2 (Tema 08 – página 129)

Explique resumidamente as distorções provocadas por altas taxas de inflação:

Resposta: As principais distorções provocadas pela inflação alta são:

a) Queda do poder aquisitivo por parte da população que recebe rendimentos fixos (pois a elevação da inflação faz com que esses indivíduos recebam menos em termos reais).

b) Redução na arrecadação do governo, por causa do fenômeno Oliveira-Tanzi, pois há corrosão das receitas dada a defasagem entre o fato gerador e o recolhimento.

c) Inflação de expectativas: altas inflações geram expectativa de alta inflação no futuro, bem como forte incerteza a respeito do quadro econômico. Isso gera certo imobilismo na atividade econômica com a redução do investimento e, portanto, com a estagnação da atividade produtiva e do nível de emprego.

docsity.com

Atividade da teoria da administração

Questão 6: Explique por que a Abordagem Humanística da Administração representa o ingresso de estudiosos vindos de outras áreas do conhecimento, além da Engenharia, na construção das Teorias da Administração

R: Durante a abordagem clássica da administração, os conceitos mais importantes foram desenvolvidos a partir dos conhecimentos da engenharia, sob influência das ciências econômicas.

As conseqüências negativas dessas propostas despertaram o interesse de profissionais da área de humanas, como psicólogos e sociólogos, por exercerem impactos nos indivíduos – trabalhadores – e na sociedade de modo geral.

Questão 8: De acordo com as premissas da Teoria das Relações Humanas, explique como o grupo social atuava dentro das organizações e qual era o papel do líder dentro destes grupos.

R:Acreditava-se que os grupos sociais exerciam forte influência sobre os trabalhadores em razão das recompensas e das sanções morais, de forma que, se o trabalhador não seguisse as orientações de comportamento definidas pelos grupos sociais, sofreria sanções como exclusão ou marginalização. As lideranças desses grupos eram geralmente carismáticas e procuravam ditar comportamentos que fortalecessem os objetivos finais ligados a proteger os trabalhadores e/ou prejudicar os objetivos organizacionais.

docsity.com

Questão 9: Depois, aponte as razões da necessidade de ampliar e aprofundar a compreensão de suas dinâmicas

R: As teorias da administração se interessaram por esses conceitos por identificar que poderiam ser importantes aliados na busca pela melhoria da eficiência organizacional. Por serem componentes humanos e por não conhecerem claramente ainda como funcionavam.

Os estudos futuros foram direcionados para compreendê-los melhor e também para “profissionalizá-los”, fazendo com que os líderes pudessem ser desenvolvidos para auxiliar no processo motivacional e na atuação da organização informal.

Questão 6: Explique como a empresa pode gerenciar seu Capital Humano de forma a manter os talentos criando vantagem competitiva.

R: Fazendo com que o seu capital humano seja o proprietário da empresa.

Questão 7: Quem é o proprietário do conhecimento gerado durante o desenvolvimento das atividades organizacionais?

R: Não existe propriedade do conhecimento;

A empresa deve criar instrumentos para registro desse conhecimento para que se torne conhecimento organizacional compartilhável.

Questão 8: Como a organização pode evidenciar o conhecimento individual de seus talentos para disseminá- lo entre as demais pessoas que criam valor organizacional?

R: Oferecendo recursos de armazenamento e disseminação de conhecimento.

Questão 9: Explique de modo resumido a definição de Aprendizagem Organizacional.

docsity.com

R: A análise ambiental deve considerar as variáveis que impactam com mais importância à empresa em questão.

Questão 10: Após pesquisar sobre Capital Intelectual, defina os Ativos Intangíveis que criam valor Organizacional.

R: É o conjunto de recursos não físicos que contribuem com a criação de valor organizacional que não podem ser acrescidos nos relatórios contábeis, sejam pessoas, processos ou tecnologias.

docsity.com

comentários (0)
Até o momento nenhum comentário
Seja o primeiro a comentar!
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Docsity is not optimized for the browser you're using. In order to have a better experience we suggest you to use Internet Explorer 9+, Chrome, Firefox or Safari! Download Google Chrome