Cardiologia - apostilas - anatomia radiológica e HAS, Notas de estudo de Cardiologia. Faculdade Medicina Estadual (ISEP)
Pipoqueiro
Pipoqueiro8 de Março de 2013

Cardiologia - apostilas - anatomia radiológica e HAS, Notas de estudo de Cardiologia. Faculdade Medicina Estadual (ISEP)

PDF (72.0 KB)
2 páginas
1000+Número de visitas
Descrição
Apostilas e exercicios de Cardiologia sobre o estudo da anatomia radiológica e HAS, perguntas e respostas.
20pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento

ANATOMIA RADIOLÓGICA e HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA Responda as seguintes questões: 1. Qual o valor do índice cardio-torácico normal? 0,5; 2. Qual a estrutura mais anterior do coração? VD; 3. Qual a estrutura mais posterior do coração? AE; 4. Quais os contornos à esquerda do coração que observamos no Raio X em PA? 1. Aorta; 2. Artéria pulmonar; 3. Aurícula esquerda; 5. O que é auriculeta esquerda no Raio X? Seguida à convexidade do botão aórtico, há uma concavidade, o arco médio, que representa, na sua porção mais superior, o tronco da artéria pulmonar e, na sua parte mais inferior, a auriculeta do átrio esquerdo. A perda dessa concavidade pode representar alteração em tamanho de uma ou de ambas as estruturas, devendo ser diferenciadas pela altura onde ocorre o abaulamento; 6. Auriculeta esquerda aparece em que condição? No aumento de AE há protrusão da auriculeta abaixo do tronco da artéria pulmonar; a protrusão da auriculeta ocorre também nos defeitos do pericárdio esquerdo sem que haja na realidade aumento do átrio; 7. Cite 4 sinais de sobrecarga atrial esquerda no Raio X ? 1. Duplo contorno atrial; 2. Deslocamento cranial do broncofonte esquerdo; 3. Deslocamento lateral do esôfago; 4. Deslocamento da aorta descendente para a esquerda; 8. O sinal da ponta do VE levantada em PA é sinal de sobrecarga de VD; 9. Cite 3 sinais radiológicos de sobrecarga de VE no perfil? 1. Deslocamento posterior do esôfago; 2. Alteração da relação veia cava inferior, borda posterior do coração, cúpula frênica esquerda; 3. Redução do espaço retrocardíaco; 10. Qual a principal característica que diferencia miocardiopatia dilatada de um derrame pericárdico ao Raio X? Permanecendo normais os campos pleuropulmonares, sem alteração vascular; 11. Qual a estrutura que encosta no esterno na imagem radiológica? VD; 12. Caso não haja estrutura cardíaca encostando no 1/3 inferior do esterno, sugere que patologia? Nas hipertrofias e sobrecargas de barreira, particularmente nos casos do atresia ou hipoplasia da via de saída do VD, a superfície de contato do coração com o esterno é normal ou reduzida e apresenta-se arredondada; 13. Na sua porção inferior, junto ao diafragma, o coração tende a se afastar da parede anterior do tórax. Ok. 14. Num paciente hipertenso, quando se recomenda tratamento não farmacológico? A mudança do estilo de vida é uma atitude que deve ser estimulada em todos os pacientes hipertensos, durante toda a vida, independente dos níveis de pressão arterial; 15. Num paciente hipertenso, quando se recomenda tratamento farmacológico? A partir da HAS de estágio 1; 16. Num paciente hipertenso, quando se indica associação terapêutica no tratamento farmacológico? Em pacientes de HAS estágio 1 quando a monoterapia não funciona (tentar pelo menos 2 medicamentos em monoterapia ou dose plena antes da associação) e em todos os pacientes de HAS estágios 2 ou 3 ou com risco cardiovascular alto ou maior; 17. Quais as duas recomendações de fármacos, preferenciais para o controle da hipertensão arterial em gestantes? 1. Metildopa é a droga de escolha, sendo a hidralazina e labetalol alternativas; 2. Quanto à pré-eclâmpsia refratária, usar IECA, ainda que seja potencialmente teratogênico; 18. Quais as duas recomendações de fármacos, preferenciais para o controle da hipertensão arterial em diabéticos? 1. IECA;

docsity.com

2. Inibidores dos receptores de angiotensina II; 19. Quais as duas recomendações de fármacos, preferenciais para o controle da hipertensão arterial em pacientes com hipertrofia ventricular esquerda? 1. IECA; 2. Beta-bloqueadores; 20. Quais as duas recomendações de fármacos, preferenciais para o controle da hipertensão arterial na síndrome metabólica? 1. IECA; 2. Inibidores dos receptores de angiotensina II; 21. Quais as duas recomendações de fármacos, preferenciais para o controle da hipertensão arterial em idosos? 1. Diuréticos tiazídicos; 2. BCC; 22. Quais as duas recomendações de fármacos, preferenciais para o controle da hipertensão arterial em nefropatas? 1. Diuréticos de alça se a creatinina sérica for > 2,5mg/dL; 2. IECA; 23. Qual o grupo de pacientes que preferencialmente se utiliza Antagonistas de Cálcio? 1. Idosos; 2. Negros; 24. Qual o grupo de pacientes que preferencialmente se utiliza Diuréticos de Alça? Pacientes de insuficiência cardíaca, ou com disfunção renal e com sintomas congestivos associados; 25. Cite 3 vantagens na indicações de diuréticos tiazídicos como primeira escolha para o tratamento da HAS? 1. Diminui resistência periférica; 2. Reduz risco cardio e cerebrovascular; 3. Baratos e bem tolerados; 26. Cite 3 desvantagens na indicações de diuréticos tiazídicos como primeira escolha para o tratamento da HAS? 1. Diminui ritmo de filtração glomerular, então é contraindicado para pacientes de insuficiência renal; 2. Pode aumentar uricemia e glicemia, agravando gota e DM; 3. Pode piorar dislipidemias.

docsity.com

comentários (0)
Até o momento nenhum comentário
Seja o primeiro a comentar!
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Docsity is not optimized for the browser you're using. In order to have a better experience we suggest you to use Internet Explorer 9+, Chrome, Firefox or Safari! Download Google Chrome