Cardiologia - Apostilas - avaliação cardiovascular, Notas de estudo de Cardiologia. Faculdade Medicina Estadual (ISEP)
Pipoqueiro
Pipoqueiro8 de Março de 2013

Cardiologia - Apostilas - avaliação cardiovascular, Notas de estudo de Cardiologia. Faculdade Medicina Estadual (ISEP)

PDF (89.6 KB)
2 páginas
934Número de visitas
Descrição
Apostilas e exercicios de Cardiologia sobre o estudo da avaliação cardiovascular.
20pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento

Estudo Dirigido em Cardiologia 1 UNIDADE I AVALIAÇÃO DO SISTEMA CARDIOVASCULAR Responda as seguintes questões, faça seus comentários quando solicitado e envie suas respostas para o e-mail de seus professores responsáveis. Boa Sorte, Profa. Lílian Costa 1. Que som cardíaco representa o início e o fim da sístole ventricular? B1 e B2. 2. Qual o som que determina a sístole atrial? B4. 3. Em que fase do ciclo cardíaco ocorre a terceira bulha? Diástole ventricular. 4. Qual o evento cardíaco que se reflete pelo movimento ascendente inicial do traçado do pulso carotídeo? Início da sístole ventricular. 5. O evento “x” do traçado do pulso venoso corresponde a que fase do ciclo cardíaco? Diástole atrial. 6. Qual o foco em que se ausculta terceira bulha? E a quarta bulha? Área mitral em decúbito lateral esquerdo com campânula e no ápex (mais palpável que audível). 7. Exemplifique 3 condições patológicas em que ocorre a quarta bulha? 1. estenose aórtica; 2. hipertrofia ventricular patológica (cardiopatia hipertensiva); 3. doença isquêmica. 8. Exemplifique 3 condições fisiológicas em que ocorre a quarta bulha? 1. crianças e adultos jovens; 2. síndromes hipercinéticas; 3. atletas. 9. Cite os sons e sopros melhor audíveis com a membrana do estetoscópio. Agudos. B1, B2, sopros de regurgitação aórtica e mitral, atrito pericárdico. 10. Cite os sons e sopros melhor audíveis com a campânula do estetoscópio. Graves. B3, B4, sopro de estenose mitral. 11. Na presença de PR curto, o que acontece com o ruído de primeira bulha? Fica hiperfonético. 12. Cite 4 fatores determinantes da frequência e da intensidade da segunda bulha: 1. níveis de pressão arterial em território sistêmico ou pulmonar; 2. velocidade de variação da pressão arterial na diástole; 3. grau de fibrose e espessamento das valvas semilunares; 4. posição espacial relativa dos vasos da base do coração em relação à parede. 13. Qual o foco onde se ouve melhor o desdobramento da segunda bulha? Pulmonar. 14. Em que condição ocorre o desdobramento fixo da segunda bulha? Comunicação interatrial. 15. Em que condição ocorre o desdobramento paradoxal da segunda bulha? Quando o fechamento aórtico estiver atrasado (ex.: estenose aórtica), ou nos defeitos de condução que lentificam a despolarização de ventrículo esquerdo (ex.: bloqueio completo de ramo E). 16. O que ocorre com o componente pulmonar da segunda bulha na hipertensão arterial pulmonar Hiperfonese de P2. 17. Em que fase do ciclo cardíaco se ausculta o estalido de abertura da válvula mitral? Diástole. 18. Qual a causa mais frequente de clique sistólico? Prolapso mitral. 19. Onde se ouve melhor os cliques? Protossistólicos de ejeção aórticos são melhor audíveis sobre o foco aórtico e na região apical, enquanto aqueles originados no lado direito são detectados no foco pulmonar. Se o clique resultar de PVM, melhor audível no foco mitral. 20. Qual o nome do pulso arterial da estenose aórtica? E o da insuficiência aórtica? Pulsus parvus e em martelo d'água. 21. Qual o nome do pulso da insuficiência cardíaca? Pulso filiforme. 22. Qual a manobra respiratória utilizada para se auscultar melhor a insuficiência mitral? Handgrip. 23. Qual a manobra respiratória utilizada para se auscultar melhor a insuficiência tricúspide? Rivero- Carvalho. 24. Qual o significado de uma estenose mitral muda? Idade avançada, obesidade, DPOC, aumento do

docsity.com

diâmetro ântero-posterior do tórax, estados de baixo débito cardíaco. Pode ocorrer, ainda, em estenoses muito severas, nas quais estalidos de abertura ficam inaudíveis. 25. Qual a condição em que pode não ocorrer sopro regurgitante significativo na insuficiência mitral severa? Quando a valva já se encontra tão aberta que a regurgitação de sangue já não mais provoca sons. 26. Qual a única cavidade cardíaca que não cresce na estenose mitral? Átrio esquerdo.

docsity.com

comentários (0)
Até o momento nenhum comentário
Seja o primeiro a comentar!
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Docsity is not optimized for the browser you're using. In order to have a better experience we suggest you to use Internet Explorer 9+, Chrome, Firefox or Safari! Download Google Chrome