Desenvolvendo exercícios e atividades para ensinar, Notas de aula de
carolinabreder
carolinabreder9 de Dezembro de 2013

Desenvolvendo exercícios e atividades para ensinar, Notas de aula de

DOC (30.0 KB)
4 páginas
1Números de download
936Número de visitas
Descrição
nota
20pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento
Pré-visualização3 páginas / 4
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Pré-visualização finalizada
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Pré-visualização finalizada
Consulte e baixe o documento completo

Desenvolvendo exercícios e atividades para ensinar Estratégias de Leitura

1 Tarefa de associação de palavras

Determinar que conhecimento anterior o aluno traz para um novo tópico antes de ler o texto. Um bom exercício é fazer que os alunos respondam oralmente a uma palavra chave como, por exemplo “Esporte é útil”. Em seguida os alunos escrevem o maior número possível de palavras ou frases que se relacionem com a frase esporte é útil: saudável,caro,divertido,trabalhoso. Então o professor escreve as palavras no quadro e pede aos alunos que escrevam algo livre sobre o tópico.Os alunos não devem se preocupar com a gramática, ortografia ou pontuação. A ênfase é o conteúdo e não a precisão da língua.O professor pode usar o conhecimento do aluno a respeito do tópico para planejar sua aula.

2 Experiência direta ou aprendizagem prática

Pede-se aos alunos que se levantem de seus lugares e participem diretamente da atividade. O fundamento lógico para a aprendizagem prática é que os alunos se baseiam no conhecimento prévio através das experiências de primeira mão, com conceitos e vocabulário importantes para a aula.Esse método requer que o professor conduza os alunos através de vários passos e introduza um esporte( ou outro tópico) que possa despertar a curiosidade dos alunos. Ex. taekwondo ( fazer alongamentos e exercícios associados ao taekwondo). Desse modo os alunos entram em contato com um esporte diferente. Isso mantém a atenção na aula. O professor deve assegurar-se que os alunos passem por três etapas: 1º passo – identificar conceitos importantes para a aula; 2º passo – identificar vocabulário que descreve esses conceitos; 3º passo – preparar uma aula que requeira dos alunos uma participação direta em uma atividade que desenvolva os conceitos e usos do vocabulário.

3 Quintilha

Método usado para ativar o conhecimento anterior. Poema de cinco versos que reflete respostas afetivas e cognitivas de um conceito.O fundamento lógico subjacente na quintilha é que ela ajuda os alunos a desenvolverem um conhecimento prévio para aulas subseqüentes em um estilo poético. É uma atividade desafiadora e criativa.Os seguintes passos devem ser observados: Linha 1 – Título com uma palavra Linha 2 – Duas palavras que descrevam o título Linha 3 – Três palavras que expressem uma ação Linha 4 – Quatro palavras que expressem um sentimento Linha 5 – Uma outra palavra para o título Fazendo Previsões

Faz relação com as estratégias de ativação de conhecimento anterior.A previsão cria expectativa e faz com que os alunos pensem sobre experiências anteriores que tenham tido sobre o tópico antes de terem lido sobre o mesmo .As previsões acontecem antes e durante a leitura. As previsões pedem aos alunos que adivinhem o que acontecerá em seguida na história através do título do capítulo ou do subtítulo. As previsões envolvem os leitores em uma interação ativa com o texto, fazendo com que eles pensem sobre o que leram e sobre o que lerão em seguida. Os propósitos para se usar a previsão são os seguintes: a previsão motiva o aluno, aumenta a compreensão , ajuda os alunos a compartilharem conhecimento, processos de raciocínio do colega e dá responsabilidade de compreensão aos alunos. As atividades de pré leitura incluem fazer com que os alunos adivinhem o que acontecerá na lição baseados em suas experiências prévias envolvendo o tópico.Durante a leitura pode-se usar figuras ou ilustração que confirme as previsões feitas durante a leitura.Os procedimentos pós-leitura incluem fazer os ajustes baseados na leitura que os alunos fizeram do texto. Assim os alunos podem confirmar as previsões feitas antes da leitura.As atividades pré-,durante e pós-leitura são ligadas para dar coerência e entendimento ao texto.

Leitura Superficial

A leitura superficial é uma estratégia de leitura que consiste em passar os olhos pelo texto para se ter uma idéia rápida sobre um artigo . Leitura superficial significa captar o ponto principal ou a essência antes de se ler para obter detalhes. Ela não é uma estratégia fácil de ser ensinada, pois supõe que os leitores tenham algum conhecimento de como o texto é organizado, que possam perceber a idéia principal de um parágrafo e tenham habilidade de inferir a idéia principal do texto.Perguntas do tipo verdadeiro ou falso podem preparar os leitores para a estratégia de leitura superficial e fazer cumprir um tempo limite na leitura superficial. O professor deve estabelecer um tempo para essas perguntas. A idéia da leitura superficial não é apenas apreender a essência do trecho, mas também aumentar a velocidade da leitura.

Leitura Detalhada

É uma estratégia de leitura para encontrar informações específicas. É um processo mais lento do que o da leitura superficial. Os alunos podem aprender que eles não tem que ler cada palavra no texto para obter informações específicas.É uma estratégia de velocidade rápida,e os professores devem desenvolver perguntas que envolvam a procura por informações exatas no texto em um tipo competitivo.

Adivinhando o Significado de Palavras Desconhecidas Usando Indícios Contextuais

Ás vezes, o aluno tem que adivinhar o significado das palavras desconhecidas por não terem dicionário ou por estarem fazendo uma prova.Os professores podem ensinar a relação entre palavras em um texto usando estratégias como as que seguem: Contraste – palavra que significa oposto de outra. Causa – palavra que é causa de alguma coisa descrita no texto Conseqüência – a palavra é usada para descrever o resultado de alguma coisa

Explicação – o significado da palavra é explicado, uma definição ou um exemplo são dados

Categoria de palavras – Um leitor talvez possa ser capaz de ver a relação entre uma palavra familiar e uma não familiar olhando a classe geral de palavra como barco, navio, petroleiro, superpetroleiro, em que barco é usado como uma categoria. Definição – as definições das palavras podem algumas vezes ser encontradas no texto. Pontuação – Os leitores podem usar a pontuação das frases para decifrar o significado da palavra que eles não conhecem. Inferência – o contexto dá exemplos através dos quais o leitor pode inferir o significado do termo. Um método de verificação do conhecimento de vocabulário dos alunos antes da aula é o uso da rede semântica.Os alunos pensam nas palavras relacionadas com o tópico do texto e então organizam essas palavras em associações com sentido.

Reconhecendo as Estruturas do Texto

Quatro principais tipos de estruturas foram identificados entre textos acadêmicos: Tipo 1 – Coleção – é o tipo mais simples e é usado por ceianças muito novas na narrativa de histórias infantis. O subconjunto de uma coleção é a descrição. Podemos associar atributos como explicações específicas,exemplos e qualidades adicionais. Tipo 2 – Causalidade – é um modelo em que freqüentemente há palavras sinalizadoras em formas de verbos os quais, por não se sobressaírem na frase como os outros sinalizadores, não são fáceis de identificar.Uma maneira de fazer os alunos reconhecerem os textos de tipo causa/efeito é fazer-lhes perguntas que terão como resposta o que acontece como resultado de uma ação. Tipo 3 – Problema/solução – Os textos que apresentam um problema para o leitor quase sempre incluem uma solução para o problema colocado. Para que se possam reconhecer esse modelo, os alunos devem ler o texto superficialmente após a colocação do problema e procurar as palavras – chave que chamem a atenção sobre algumas das soluções. Essas palavras-chave podem incluir palavras sinalizadoras seqüenciais ( ao contrário da causalidade): primeiro, segundo,terceiro... Tipo 4 – Comparação – Quando comparam duas coisas, os escritores querem explicar a semelhança entre elas. Quando contrastam duas coisas, eles querem explicar em que elas se diferenciam. Uma atividade interessante que pode fazer com que os alunos representem esquematicamente a comparação e os aspectos contrastantes de um trecho é o uso do diagrama de Venn. O diagrama consiste de dois círculos que se sobrepõe. Os alunos preenchem as áreas similares na área que se sobrepõe e as características contrastantes, nas áreas separadas.

Identificando a idéia principal de um trecho

Outra estratégia importante é fazer perguntas. Perguntas feitas antes da leitura encorajam os alunos a ter um propósito para ler.Essas perguntas também guiam os alunos à medida que eles lêem e, quando encontram alguns trechos e ou palavras que os confundem, eles podem fazer perguntas a si mesmos que podem ajudá-los no seu próprio entendimento.

Exercícios de Reconhecimento de Palavras

O propósito do exercício de reconhecimento de palavras é melhorar a habilidade dos alunos em focalizar rapidamente as palavras para um reconhecimento e uma compreensão

instantâneos, como fazem os nativos da língua.Entretanto, deve-se observar que os exercícios de reconhecimento de palavras não são exercícios de desenvolvimento de vocabulário. É importante salientar que o professor deve delimitar o tempo dos exercícios que não devem ser feitos vagarosamente, de forma a não permitir que os alunos pronuciem cada palavra que vêem .

comentários (0)
Até o momento nenhum comentário
Seja o primeiro a comentar!
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Docsity is not optimized for the browser you're using. In order to have a better experience we suggest you to use Internet Explorer 9+, Chrome, Firefox or Safari! Download Google Chrome