DSTs - Apostilas - Saúde Coletiva, Notas de estudo de . Faculdade Medicina Estadual (ISEP)
Tucupi
Tucupi11 de Março de 2013

DSTs - Apostilas - Saúde Coletiva, Notas de estudo de . Faculdade Medicina Estadual (ISEP)

PDF (430.0 KB)
2 páginas
718Número de visitas
Descrição
Apostilas de Saúde Coletiva sobre o estudo das DSTs, Herpes genital, Sífilis Primária, Cancro Mole.
20pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento

DSTs – Úlceras Genitais

1. Herpes genital

Para o diagnóstico de herpes genital é suficiente a evidência ou história de

vesículas agrupadas “em cacho”, sobre base eritematosa, cujo aparecimento

foi precedido de aumento de sensibilidade, ardência, prurido ou sintomas

uretrais, especialmente se houver recorrência das lesões.

Como Tratar?

No primeiro episódio: tto o mais precoce possível

Nas recorrências: de preferência quando surgirem os primeiros

pródromos

Aciclovir 400mg, VO, 8/8h por 7 dias OU Aciclovir 200mg, VO, 4/4h por

7d; OU

Aciclovir 400mg, VO, 8/8h por 5 dias, OU

Valaciclovir 1g, VO, 12/12h, 7-10d; OU

Valaciclovir 500mg, VO, 12/12h, 5d; OU

Famciclovir 250mg, VO, 8/8h, 7-10d Famciclovir 125mg, VO, 12/12h, 5d

2. Sífilis primária e Cancro mole

Como o diagnóstico laboratorial imediato não é conclusivo e sem sempre está

disponível, recomenda-se o tratamento para as duas causas mais frequentes

de úlcera genital, a sífilis primária e o cancro mole, respectivamente:

Sífilis Primária Cancro Mole

Penicilina G Benzatina, 2,4 milhões UI, IM, DOSE ÚNICA (1/2 em cada nádega); OU

Azitromicina 1g, VO, dose única; OU

Eritromicina (estearato/estolato) 500mg, VO, 6/6h, 15d (menos eficaz)

+

Ciprofloxacino 500mg, VO, 12/12h, 3d (CI: gestante, nutrizes e <18a); OU

Eritromicina (estearato/estolato) 500mg, VO, 6/6h, 7d; OU

Ceftriaxona 250mg, IM, dose única

Se as lesões apresentarem mais de quatro semanas, o quadro em questão pode

ser crônico e indicar donovanose, neoplasia ou outras patologias. O paciente deve

ser encaminhado para realização de biópsia para investigação de neoplasias e

outras doenças. Deve-se instituir o tratamento para sífilis e cancro mole

(conforme tabela acima) e, simultaneamente, iniciar o tratamento para

donovanose com:

docsity.com

Doxiciclina 100mg, VO, 12/12h por, no mínimo, 3 semanas, ou até a cura clínica (CI: gestantes, nutrizes e crianças <10a); OU

Eritromicina (estearato) 500mg, VO, 6/6h por, no mínimo, 3 semanas, ou até a cura clínica; OU

Sulfametoxazol 800mg + Trimetoprim 160mg, VO, 12/12h por, no mínimo, 3 semanas, ou até a cura clínica; OU

Azitromicina 1g, VO, dose única, seguido por 500mg VO/dia por 3 semanas, ou até a cicatrização das lesões.

Deve ser realizado aconselhamento, oferecer VDRL e anti-HIV, enfatizar a adesão

às recomendações e ao tratamento, diagnósticar e tratar parceiros, notificar,

agendar retorno.

Mini atlas

1. Herpes Genital

2. Sífilis Primária

3. Cancro Mole

docsity.com

comentários (0)
Até o momento nenhum comentário
Seja o primeiro a comentar!
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Docsity is not optimized for the browser you're using. In order to have a better experience we suggest you to use Internet Explorer 9+, Chrome, Firefox or Safari! Download Google Chrome