Introdução, origem e habitats - Apostilas - Biologia Molecular_Parte1, Notas de estudo de Biologia Molecular. Centro Universitario Nove de Julho (UNINOVE)
Jose92
Jose9214 de Março de 2013

Introdução, origem e habitats - Apostilas - Biologia Molecular_Parte1, Notas de estudo de Biologia Molecular. Centro Universitario Nove de Julho (UNINOVE)

PDF (1.9 MB)
22 páginas
1000+Número de visitas
Descrição
Apostilas de Biologia Molecular sobre a Introdução, origem e habitats, Árvore da vida, Origem dos invertebrados, Como se originou a vida.
20pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento
Pré-visualização3 páginas / 22
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Pré-visualização finalizada
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Pré-visualização finalizada
Consulte e baixe o documento completo
Slide 1

Árvore da vida Ernst Haeckel (1866)

Formação de grupos naturais Descendentes de um único ancestral comum

Procariotos Eucariotos

Carl Woese 1970

Procariotos: -Eubacteria - Archaea

Eubacteria Diversidade metabólica que permite a ocupação de diversos ambientes terrestres

Archaea Vivem em ambientes extremos Extremófilos Halófilos, termófilos, psicrófilos, acidófilos, basófilos e barófilos

Estudos genéticos moleculares sugerem que alguns extremófilos, particularmente os termófilos, estão próximos ao “ancestral universal” de toda a vida na Terra

Animais Organismos uni ou pluricelulares eucariotos heterotróficos

Vertebrata (subfilo de Chordata) Possuem coluna vertebral

Invertebrados Não possuem coluna vetebral

Origem dos invertebrados

Resultado de bilhões de anos de evolução

Como se originou a vida?

Origem da vida

1. Geração espontânea – abiogênese – princípio ativo

1668 - Francesco Redi - Experimentos com pedaços de carne

1745 - John Needham - Frascos com caldo de carne

1768 - Lazzaro Spallanzani - Frascos fervidos

1861 - Louis Pasteur - Frasco com “pescoço de cisne”

Lei da biogênese - todos os organismos conhecidos surgem apenas de organismos vivos pré-existentes

2. Criação Especial

A vida foi criada por uma força suprema ou ser superior

3. Teoria Cosmozóica

A vida se originou fora do planeta Terra e foi “semeada” por pedaços de rochas, como meteoritos, que teriam trazido “esporos” ou outras formas de vida alienígena

Chegam todos os anos, à superfície da Terra, ao redor de mil toneladas de meteoritos. Em algumas dessas rochas, foram encontradas substâncias orgânicas, como aminoácidos e bases nitrogenadas.

4. Teoria Naturalista (Oparin e Haldane)

4,5 Bilhões de anos:

Vapor d’água Amônia Metano Hidrogênio Sulfeto de Hidrogênio Gás Carbônico

Água

Ultra-violeta Calor Descargas elétricas

2,7 bilhões de anos: primeiras células eucarióticas

600 milhões de anos: Proterozóico – metazoários (1,2 bilhão de anos???)

Pluricelularidade com surgimento independente entre plantas e animais

Genes Homeobox – grupo de genes que codifica fatores de transcrição. Ativados, desencadeiam a atividade de um conjunto de outros genes que controlam a formação de regiões distintas.

Genes Hox – subgrupo responsável pela criação do eixo corporal. Determinam a localização e forma dos membros durante o desenvolvimento embrionário.

Animais de corpo mole, pequenos ou que viviam em condições não favoráveis, não formavam fósseis.

Para alguns grupos, o número de fósseis é maior que o de espécies viventes conhecidas

Idade estimada da Terra: 4,6 bilhões de anos

Evidência mais antiga da vida: 3,8 bilhões de anos: traços biogênicos de procariotos anaeróbios redutores de sulfato

2,5 bilhões de anos: Cianobactérias

1,7 bilhão de anos: algas bentônicas

Final do Proterozóico (600 maa) Época Ediacariana (Fauna de Ediacara)

600 a 570 maa

Primeira evidência de muitos filos modernos Encontrados na Namíbia e Ediacara, sul da Austrália

Porifera, cnidaria, Mollusca, Echinodermata

Fósseis em água rasas, todos de corpo mole, sem carapaça, com algumas poucas estruturas quitinosas e espículas. Pequenos e com simetria radial

Atmosfera terrestre carente em oxigênio

Era Paleozóica (570-250 maa)

Surgimento de esqueletos calcários: início do Cambriano

Surgimento da simetria bilateral

Depósitos de Chengjiang (China)

Era Paleozóica (570-250 maa)

Cambriano médio: surgimento de esqueletos completos e grupos atuais como poliquetos e tardígrados

Fauna de Burgess Shale (Canadá)

Fauna do Cambriano trilobitas (1), braquiopodos Nisusia (2), molusco Scenella (3), crinóide Echmatocrinus (4); esponjas Vauxia (5), Hazelia (6) e Eifellia (7); Ottoia (8); Sidneyia (9), Leanchoilia (10), Marella (11), Canadaspis (12), Helmetia (13), Burgessia (14), trilobita Tegopelte (15), Naraoia (16), Waptia (17), Sanctacaris (18), e Odaraia (19); lobopodos Hallucigenia (20) e Aysheaia (21); Pikaia (22); iHaplophrentis (23), Opabinia (24), Dinomischus (25), Wiwaxia (26), Amiskwia (27) e Anomalocaris (28).

Era Paleozóica (570-250 maa)

Ordoviciano: peixes

Siluriano: animais terrestres

Devoniano: aumento de O2

Carbonífero: insetos alados – coevolução com as plantas (clima quente e úmido)

Formação da Pangéia

Era Paleozóica (570-250 maa)

Final do Permiano: extinção em massa

Impacto de asteróide, vulcanismo

Era Mesozóica (250-65 maa)

Triássico

Jurássico

Cretáceo

Triássico - terras altas, poucos mares rasos. Clima quente com muitos desertos. Mamíferos, tartarugas e dinossauros. Aumento da diversidade. Extinção em massa.

comentários (0)
Até o momento nenhum comentário
Seja o primeiro a comentar!
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Docsity is not optimized for the browser you're using. In order to have a better experience we suggest you to use Internet Explorer 9+, Chrome, Firefox or Safari! Download Google Chrome