IOU, Exercícios de Informática Empresarial. Universidade não é definido
marta_garcia1
marta_garcia11 de Outubro de 2016

IOU, Exercícios de Informática Empresarial. Universidade não é definido

PDF (610.8 KB)
7 páginas
26Número de visitas
Descrição
Informática na Ótica do Utilizador
20pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento
Pré-visualização3 páginas / 7
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Pré-visualização finalizada
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Pré-visualização finalizada
Consulte e baixe o documento completo

Relatório Final

De

Informática na Ótica do Utilizador

Aluna: Marta Cristina da Piedade Garcia

Número: 47954

Email: martsgarcia16@gmail.com

Turma: TP26

Licenciatura em Geologia Ano Letivo 2015/2016

2 | P á g i n a Marta Garcia

Índice Introdução.................................................................................................................................... 3

Caso de Estudo ............................................................................................................................. 4

Conclusão ..................................................................................................................................... 6

Bibliografia ................................................................................................................................... 7

Índice de Tabelas Tabela 1: Tabela Auxiliar ..............................................................................................................4

Tabela 2: Banco ZoReG .................................................................................................................4

Índices de Figuras Figura 1: Valor em Dívida VS Valor Juros a Pagar .........................................................................5

Figura 2: Dívida Total ....................................................................................................................5

Licenciatura em Geologia Ano Letivo 2015/2016

3 | P á g i n a Marta Garcia

Introdução

Quando o dinheiro escasseia, muitas famílias pedem empréstimos ao banco para

conseguirem manter o seu “estilo de vida”.

A publicidade fácil, acessível e apelativa do crédito ao consumo originou um

crescente sobre-endividamento das famílias portuguesas. (Tek4All, 2008-2010)

Neste caso de estudo iremos analisar o caso em que certas pessoas pediram

empréstimos para consumo, compra de habitação, (...) e, a partir de certa altura,

não conseguiram pagar, mensalmente, o que devem ao banco. Veremos como

aumenta o valor da dívida desde o início do incumprimento.

Apresento, em seguida, algumas vantagens e desvantagens de ter umas finanças

pessoais equilibradas.

Vantagens:

 Vida mais estável

 Menos preocupações

 Menos despesas

Desvantagens:

 Falta de investimentos

 Limites no consumo

 Estilo de vida mais restrito

Licenciatura em Geologia Ano Letivo 2015/2016

4 | P á g i n a Marta Garcia

Caso de Estudo

Para ressalvar a situação em que as famílias não conseguem continuar a cumprir

as suas obrigações perante o banco, existe um contrato que estabelece o valor

do juro a pagar em caso de atraso. Neste caso de estudo veremos como aumenta

o valor da dívida desde o início do incumprimento no caso do banco ZoReG.

Tabela 1: Tabela Auxiliar

Tabela 2: Banco ZoReG

Código Taxa Juro Meses em dívida Montate em dívida

0 11 216 47 900,00 €

1 13 380 119 250,00 €

2 9 316 190 800,00 €

3 8 188 180 000,00 €

4 16 475 472 500,00 €

5 12 395 360 000,00 €

6 11 235 167 150,00 €

7 14 711 370 800,00 €

8 13 423 832 500,00 €

Código Nome Cliente Valor em

Dívida Taxa de Juro

Meses em

Dívida Valor Juros a Pagar

Total em dívida ao

Banco

2 Teodoro Pimenta 190 800,00 € 9 316 452 196,00 € 642 996,00 €

5 Alberto Pires Lda. 360 000,00 € 12 395 1 422 000,00 € 1 782 000,00 €

7 Guiomar Resende 370 800,00 € 14 711 3 075 786,00 € 3 446 586,00 €

5 Pancrácia da Purificação 360 000,00 € 12 395 1 422 000,00 € 1 782 000,00 €

0 Rocha & Filhos 47 900,00 € 11 216 94 842,00 € 142 742,00 €

4 Albertina Sousa 472 500,00 € 16 475 2 992 500,00 € 3 465 000,00 €

Licenciatura em Geologia Ano Letivo 2015/2016

5 | P á g i n a Marta Garcia

Figura 1: Valor em Dívida VS Valor Juros a Pagar

Figura 2: Dívida Total

0,00 €

400 000,00 €

800 000,00 €

1 200 000,00 €

1 600 000,00 €

2 000 000,00 €

2 400 000,00 €

2 800 000,00 €

3 200 000,00 €

3 600 000,00 €

Teodoro Pimenta

Alberto Pires Lda.

Guiomar Resende

Pancrácia da Purificação

Rocha & Filhos Albertina Sousa

Valor em Dívida / Valor Juros a Pagar

Valor em Dívida Valor Juros a Pagar

0,00 €

1 000 000,00 €

2 000 000,00 €

3 000 000,00 €

4 000 000,00 €

5 000 000,00 €

6 000 000,00 €

7 000 000,00 €

8 000 000,00 €

TEODORO PIMENTA

ALBERTO PIRES LDA.

GUIOMAR RESENDE

PANCRÁCIA DA PURIFICAÇÃO

ROCHA & FILHOS

ALBERTINA SOUSA

Total em Dívida

Valor em Dívida Valor Juros a Pagar Total em dívida ao Banco

Licenciatura em Geologia Ano Letivo 2015/2016

6 | P á g i n a Marta Garcia

Conclusão

Através da Figura 1 notasse que a longo prazo o valor dos juros a pagar acaba por

ser muito superior ao montante inicialmente em dívida. Verifico que um pequeno

empréstimo pode acabar por se tornar uma verdadeira dor de cabeça e pode

destruir a estabilidade familiar de várias pessoas, visto que a dívida total pode

tomar valores extravagantes, Figura 2.

Os clientes do banco ZoReG, para não pagarem juros tão elevados, devem evitar

recorrer a empréstimos ao banco. Uma boa solução será pedir ajuda a amigos ou

familiares. Caso não haja outra alternativa, devem pagar a dívida o mais depressa

possível, para que o valor dos juros a pagar não seja muito grande e, por

consequência, a dívida total tão elevada.

Licenciatura em Geologia Ano Letivo 2015/2016

7 | P á g i n a Marta Garcia

Bibliografia

Silva, M. M. (Abril de 2015). Económico. Obtido de http://economico.sapo.pt/:

http://economico.sapo.pt/noticias/cartoes-de-credito-sao-a-maior-causa-de-

endividamento-das-familias_217122.html

Tek4All. (2008-2010). Endividamento.pt. Obtido de

http://www.endividamento.pt/component/content/article/85-destaques/293-

endividamento.html

comentários (0)
Até o momento nenhum comentário
Seja o primeiro a comentar!
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Docsity is not optimized for the browser you're using. In order to have a better experience we suggest you to use Internet Explorer 9+, Chrome, Firefox or Safari! Download Google Chrome