Leis de Newton (Parte I) - Exercícios - Física Geral, Notas de estudo de Física. Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
Botafogo
Botafogo8 de Março de 2013

Leis de Newton (Parte I) - Exercícios - Física Geral, Notas de estudo de Física. Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

PDF (316.8 KB)
5 páginas
1Números de download
1000+Número de visitas
Descrição
Apostilas e exercicios de Física Geral da Universidade Federal de Santa Catarina sobre o estudo das Leis de Newton.
20pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento
Pré-visualização3 páginas / 5
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Pré-visualização finalizada
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Pré-visualização finalizada
Consulte e baixe o documento completo
lista4_20071

1

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA-CFM

DEPARTAMENTO DE FÍSICA

FSC 5101 – FÍSICA I- Semestre 2012.2

LISTA DE EXERCÍCIOS 4 – LEIS DE NEWTON (PARTE I)

Imagine que você esteja sustentando um livro de 4N em repouso sobre a palma de sua mão.

Complete as seguintes sentenças:

(a) Uma força de cima para baixo de módulo igual a 4N é exercida sobre o livro pela __________.

(b) Uma força de baixo para cima de módulo _________é exercida sobre_____________pela palma

da sua mão.

(c) É a força do item (b) a reação da força do item (a)?

(d) A reação da força do item (a) é a força de módulo _______exercida sobre ___________ pelo

_______________. Seu sentido é ___________________.

(e) A reação da força do item (b) é a força de módulo ________exercida sobre ___________pelo

________________.

(f) As forças dos itens (a) e (b) são iguais e opostas em virtude da _________lei de Newton.

(g) As forças dos itens (b) e (e) são iguais e opostas em virtude da ________ lei de Newton.

Suponha agora que você exerça sobre o livro uma força de baixo para cima de módulo igual a 5N.

(h) O livro permanece em equilíbrio?

(i) É a força exercida sobre o livro pela sua mão igual e oposta à força exercida sobre o livro pela

Terra?

(j) É a força exercida sobre o livro pela Terra igual e oposta à força exercida sobre a sua mão pelo

livro?

Finalmente, suponha que você retire subitamente sua mão enquanto o livro se move para cima.

(k) Quantas forças atuam agora sobre o livro? Quais são?

(l) O livro está em equilíbrio?

1) Um viajante espacial possui massa de 70,0 kg. Calcule o seu peso, quando estiver em repouso

sobre uma balança: (a) na Terra, (b) na Lua (onde g = 1,67m/s²), (c) em Júpiter (onde g = 25,9

m/s²). (d) Qual é a sua massa em cada um destes locais?

2) Uma esfera eletrizada, de massa igual a 3,0x10 -4

kg, está suspensa por uma corda. Uma força

elétrica atua horizontalmente sobre a esfera de maneira que a corda faz um ângulo de 37 0 com a ver-

tical, quando atinge o equilíbrio. Determine: (a) a intensidade da força elétrica e (b) o valor da ten-

são na corda.

3) Um bloco de massa m1 está ligado a um bloco de massa m2 por meio de uma corda de massa

desprezível. Os dois blocos estão apoiados sobre um plano inclinado que forma um ângulo  com a

horizontal. Suponha que não haja atrito entre os blocos e o plano. Determine: (a) o valor da acelera-

ção de cada bloco, (b) o valor da tensão na corda.

docsity.com

2

4) Uma menina de 40 kg e um trenó de massa igual a 8,4 kg acham-se na superfície de um lago

congelado, separados por uma distância de 15 m. A menina exerce uma força de 5,2 N sobre o tre-

nó, por meio de uma corda, puxando-o na sua direção. (a) Qual o valor da aceleração do trenó? (b)

Qual o valor da aceleração da menina? (c) Qual a distância entre o ponto de encontro do trenó com

a menina, contada a partir da posição da menina? Suponha que não exista atrito.

5) Para estudar os danos causados por colisões de aviões com pássaros, um engenheiro projeta uma

arma de teste que acelera objetos do tamanho de uma galinha de modo que o deslocamento do pro-

jétil ao longo do eixo do cano da arma é dado por :    3 2 2 4 3 39,0 10 / 8,0 10 /x x m s t x m s t  . O objeto deixa a extremidade do cano em t = 0,025 s. a) Qual o comprimento do cano da arma? b)

Qual é a velocidade do objeto quando ele deixa a extremidade do cano da arma? c) Qual a força

resultante sobre um objeto de massa de 1,5 kg para t = 0 s e t = 0,025 s?

6) A velocidade de uma partícula de 3,00 kg é dada por smjtit(=v /)ˆ. 3,00ˆ8,00 2 

, com o tem-

po t em segundos. No instante em que a força resultante que age sobre a partícula tem um módulo

de 35,0 N, quais são as orientações (em relação ao sentido positivo do eixo x) (a) da força resultan-

te e (b) do movimento da partícula?

7) Um bloco é lançado para cima, sobre um plano inclinado sem atrito, com uma velocidade v0

. O

ângulo de inclinação em relação à horizontal é igual a . (a) Que distância ao longo do plano ele

percorre? (b) Quanto tempo ele gasta para percorrer esta distância? (c) Calcule o valor da velocida-

de no momento em que ele retorna à base do plano. Obtenha primeiro as respostas literais e depois

ache as respostas numéricas considerando os seguintes valores:  = 30° e vo = 3m/s.

8)Um caixote de 110 kg é empurrado com uma força horizontal F

, de tal modo que, ele sobe

com velocidade constante uma rampa sem atrito, inclinada de 34,0 ° . (a) Qual é a força horizontal

F

requerida? (b) Qual é a força exercida pela rampa sobre o caixote? (c) Qual seria a aceleração

do caixote se o módulo da força horizontal fosse igual a 900 N?

9) Dois blocos estão em contato sobre uma mesa plana sem

atrito. Uma força horizontal é aplicada a um dos blocos

conforme indicado na figura. (a) Se m1=3,0 kg, m2=2,0 kg,

F = 6,0 N, determine o valor da força de contato entre os

dois blocos. (b) Suponha que a mesma força seja

aplicada em m2, ao invés de m1; obtenha o módulo da

força de contato entre os dois blocos neste caso.

10) Três blocos estão conectados, como mostra a

figura, sobre uma mesa horizontal sem atrito e são

puxados para a direita com uma força de módulo

T3 = 100 N. Suponha m1 = 10 kg, m2 = 15 kg e

m3 = 25 kg.

(a) Obtenha uma expressão para o valor

da aceleração do sistema. (b) Generalize

o resultado do item anterior para o valor da aceleração de N blocos ligados por cordas de massas

desprezíveis, supondo que a massa total dos N blocos seja igual a M, isto é, supondo

M=m1+m2+m3+....(c) Calcule os módulos das tensões T1

e T2

.

m1 m2

F

m1 m2

m3

T1 T2 T3

docsity.com

3

11) Uma corrente de cinco elos, de 0,100 kg cada um, é levantada vertical-

mente com uma aceleração constante de 2,50 m/s², conforme mostra a figura.

Determine: (a) os valores das forças que atuam entre os elos adjacentes;

(b) o módulo da força F exercida no elo de cima pelo agente externo que

ergue a corrente e (c) o módulo da força resultante sobre cada elo.

12) Um objeto possui massa igual a 80,0 kg. Uma corda possui tensão de ruptura igual a 500 N.

Explique como seria possível baixar este objeto de um telhado usando esta corda.

13) Um objeto de massa igual a 8,5 kg passa pela origem de um sistema de coordenadas a uma ve-

locidade de 30 m/s dirigida segundo a horizontal. A força resultante que atua sobre ele é de 17 N

dirigida para o sentido positivo do eixo y. Calcule: (a) o vetor velocidade e (b) o vetor posição da

partícula tendo decorrido um intervalo de tempo igual a 15 s.

14) Um objeto está dependurado em uma balança de mola presa ao teto de um elevador. A balança

marca 65 N quando o elevador está parado. (a) Quanto marcará quando o elevador estiver subindo a

uma velocidade constante de 7,6 m/s? (b) Quanto a balança marcará quando o elevador estiver su-

bindo a uma velocidade de 7,6 m/s e freando com uma desaceleração de 2,4 m/s²?

15) Pedro está dentro de um elevador em repouso no andar térreo. Quando a porta está para se fe-

char, o seu vizinho de apartamento, Antônio, entra no elevador e mostra orgulhoso o peixe que pes-

cou. Com o elevador em movimento, Antônio suspende seu peixe na balança de mola presa ao teto

do elevador e mostra o ponteiro da balança que indica 50 N. (a) Se o elevador possuía uma acelera-

ção de baixo para cima igual a 2,4 m/s 2 qual era o verdadeiro peso do peixe? (b) Em que circunstân-

cias o ponteiro da balança indicará 30 N? (c) Qual será a leitura da balança se o cabo do elevador se

romper ?

16) Um elevador pesando 26.688 N está sendo puxado para cima com uma aceleração de 1,20 m/s².

(a) Calcule o valor da tensão sobre o cabo. (b) Qual é o valor da tensão no cabo quando o elevador

está sendo desacelerado a uma taxa de 1,20 m/s², mas ainda se move para cima? (c) Suponha agora

que um rapaz de 60,0 kg está em pé, sobre uma balança de mola, dentro deste elevador quando este

sobe desacelerado com uma aceleração de módulo igual a 3,10 m/s 2 . Qual é o peso aparente do

rapaz?

17) Um pára-quedista possui massa igual a 70,0 kg e quando salta do avião com um pára-quedas ele

sofre uma aceleração para baixo igual a 2,00 m/s². A massa do paraquedas vale 5,00 kg. (a) Deter-

mine o valor da força exercida pelo ar de baixo para cima sobre o paraquedas. (b) Ache o módulo

da força exercida pelo homem sobre o paraquedas.

18) Um balão de pesquisa tem uma massa total M e desce com aceleração a

. Qual a quantidade de

lastro que deve ser jogada fora para que o balão tenha uma aceleração para cima de valor numeri-

camente igual à anterior? Suponha que a força de empuxo sobre o balão não se tenha alterado.

19) Um bloco, partindo do repouso no topo de um plano inclinado sem atrito, cujo comprimento é

de 16 m, chega à base do plano 5,0 s depois. Um segundo bloco é projetado da base do plano, para

cima, no instante em que o primeiro bloco começa a sua trajetória, de tal modo que ele retorna à

base do plano simultaneamente com o primeiro bloco. (a) Determine o valor da aceleração de cada

bloco no plano inclinado. (b) Calcule o valor da velocidade inicial do segundo bloco. (c) Que dis-

tância ao longo do plano percorre o segundo bloco? (d) Determine o ângulo que o plano forma com

a horizontal.

docsity.com

4

20) Um ginasta de massa m está subindo em uma corda vertical presa ao teto. O peso da corda pode

ser desprezado. Calcule a tensão na corda quando o ginasta está (a) subindo com velocidade cons-

tante; (b) suspenso em repouso na corda; (c) subindo e aumentando a velocidade com uma acelera-

ção de módulo a; (d) descendo e aumentando a velocidade com uma acele-

ração de módulo a.

21) Dois blocos são ligados por uma corda (de massa desprezível) que passa

por uma polia sem atrito (também de massa desprezível). O conjunto é co-

nhecido como máquina de Atwood. Um bloco tem massa mA=1,3 kg; o ou-

tro tem massa mB= 2,8 kg. Quais são (a) o módulo da aceleração dos blo-

cos e (b) a tensão na corda?

22) Um bloco de massa m1 = 50 kg está apoiado

sobre um plano inclinado liso que forma um

ângulo de 30° com a horizontal, conforme

indicado na figura. Este corpo é ligado a outro

de massa m2 através de um fio inextensível

e de massa desprezível que passa por

uma roldana sem atrito. Considere m2 = 30 kg.

(a) Calcule o valor da aceleração de cada corpo.

(b) Calcule o módulo da tensão da corda.

23) A figura ao lado mostra uma caixa de massa m2=3,0 kg

sobre um plano inclinado sem atrito de ângulo θ =30°.

A caixa está ligada por uma corda de massa desprezível

a uma outra caixa de massa m1=2,0 kg, situada sobre

um plano inclinado sem atrito de ângulo β= 60°.

Qual é a tensão na corda?

24) Um homem senta-se em um elevador usado em obras,

sustentado por uma corda leve que passa por uma polia,

conforme mostra a figura ao lado. O homem puxa a extremidade

livre da corda para fazer o elevador subir. (a) Sendo a

massa do homem e do elevador, juntos, de 96 kg, qual o

valor da força com que ele deve puxar a corda para elevar-se

com velocidade constante? (b) Qual o valor da força com que

ele deve puxar a corda se preferir subir com uma aceleração de

1,3 m/s²? Ignore o atrito e a massa da polia.

25) Um fio de prumo, pendurado no teto de um vagão ferroviário atua como um acelerômetro.

(a) Deduza a expressão da aceleração do trem em função do ângulo  formado pela direção do

fio de prumo com a vertical. (b) Calcule o valor da aceleração para  = 30° e para  = 45°.

(c) Para a = 2,0 m/s², qual seria o valor de ?

A

B

m2

m1

θ β

docsity.com

5

RESPOSTAS – FORÇA E LEIS DE NEWTON

1) a) 686 N; b) 117 N; c) 1813 N; d) 70,0 kg

2) a) 2,2x10 -3

N; b) 3,7x10 -3

N

3) a) Ambos escorregam com a mesma aceleração dada por g sen ; b) zero

4) a) 0,62 m/s²; b) 0,13 m/s²; c) 2,6 m

5) a) 4,4 m b) 3,0x10 2 m/s c) 2,7x10

4 N ; 9,0x10

3 N

6) (a) 46,7° ; (b) 28,0°

7) a) 0,92 m; b) 0,61 s ; c) 3,0 m/s

8) a) 727 N ; b) 1301 N; c) 1,30 m/s 2

9) a) 2,4 N; b) 3,6 N

10) a) 3

1 2 3

T

m m m  ; b)

T

M

3 ; c) T1 = 20 N; d) T2 = 50 N

11) a) 1,23 N; 2,46 N; 3,69 N; 4,92 N; b) 6,15N; c) 0,250 N

12) Para que a corda não se rompa o objeto deve ser baixado com uma aceleração maior do que

3,56 m/s². Para uma aceleração igual a 3,56 m/s² a corda não se rompe mas está no limite de ruptu-

ra; se a aceleração for menor do que 3,56 m/s² a corda se rompe. Em particular, o objeto não pode

ficar suspenso nesta corda parado nem muito menos ser puxado para cima (qualquer que seja a ace-

leração).

13) a) 30 + 30 ĵ (m/s); b) 450 î + 225 ĵ (m)

14) a) 65 N; b) 49 N

15) a) 40 N; b) 2,5 m/s 2

de cima para baixo; c) zero

16) a) 3,00 x 10 4 N; b) 2,34 x10

4 N; c) 402 N.

17) a) 585 N; b) 546 N

18) 2Ma

g a

19) a) 1,3 m/s²; b) 3,2 m/s; c) 4,0 m; d) 7,5°

20) a) T=mg; b) T= mg; c) T=m(g+a) d) T=m(g-a)

21) (a) 3,6 m/s² ; (b) 17 N

22) a) 0,61 m/s²; b) 276 N

23) 16 N.

24) a) 470 N; b) 533 N

25) a) g tg ; b) 5,7 m/s2; 9,8 m/s²; c) 11,5°

Leituras recomendadas:

a) Referenciais não- inerciais e pseudoforças (ou forças fictícias) –

a1)"Física-Vol.1"; David Halliday, Robert Resnick e K.S. Krane, 4a Edição, pag. 110 a 112; Livros Técnicos e Ci-

entíficos Editora S.A.;

a2) “Física-Mecânica”, vol. 1, Paul Tipler, 3 ª Edição, pag. 111 a 113, LTC Editora S.A.

Problemas compilados dos livros:

-"Fundamentos da Física - 1"; David Halliday , Robert Resnick e J. Walker; Livros Técnicos e Científicos Editora.

-“Física-Vol.1"; David Halliday, Robert Resnick e K.S. Krane; 4a Edição; Livros Técnicos e Científicos Editora S.A.

- “Física-Mecânica”, vol. 1, Paul Tipler, 3 ª Edição, pag. 111 a 113, LTC Editora S.A.

docsity.com

comentários (0)
Até o momento nenhum comentário
Seja o primeiro a comentar!
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Docsity is not optimized for the browser you're using. In order to have a better experience we suggest you to use Internet Explorer 9+, Chrome, Firefox or Safari! Download Google Chrome