Linfomas hodgkin - Apostilas - Hematologia, Notas de estudo de . Faculdade Medicina Estadual (ISEP)
Pipoqueiro
Pipoqueiro11 de Março de 2013

Linfomas hodgkin - Apostilas - Hematologia, Notas de estudo de . Faculdade Medicina Estadual (ISEP)

PDF (52.2 KB)
2 páginas
911Número de visitas
Descrição
Apostilas de Hematologia sobre o estudo dos linfomas hodgkin, tipos histológicos, clínica, exames.
20pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento

LINFOMA DE HODGKIN: – acomete 1º o t. Linfoide (linfonodo → amígdalas → adenoides → baço → timo → MALT); – pode se restringir ou acometer outros tt. (sangue, MO) = linfoma leucemizado; – bimodal: 15-35a e >50a; – mais comum em homens; – tipos histológicos:

– 1) esclerose nodular: – mais comum; – linfadenomegalia cervical + massa mediastinal; – bom prognóstico;

– 2) celularidade mista: – 2º mais comum; – acomete abdome; – com sintomas B; – dx em estágios mais avançados; – associado a EBV, HIV;

– 3) rico em linfócitos: – melhor prognóstico;

– 4) depleção linfocitária: – menos comum; – pior prognóstico; – subdiafragmático; – associado a EBV, HIV;

– clínica: – adenomegalia:

– móveis, indolores, elásticos; – acometimento centrípeto; – dissemina por contiguidade;

– esplenomegalia; – extranodal (MO>fígado); – sintomas B; – prurido (piora com álcool);

– laboratório: – anemia normo/normo (de d. Crônica); – leucocitose; – linfopenia; – monocitose; – eosinofilia; – trombocitose; – VSH alto; – beta 2 monoglobulina aumentada (MARCADOR!!!); – LDH aumentado; – obs.: tudo pode estar normal se a MO não tiver sido atingida! Dx final por biópsia de

linfonodos, não de MO!; – histopatológico:pocas células de Reed-Sternberg (2 núcleos) com pano de fundo de muitos

linfócitos, plasmócitos, histiócitos e eosinófilos; – estadiamento: Ann Arbor:

– 1 → 1 cadeia acometida;

– 2 → 2+ cadeias acometidas no mesmo lado; – 3 → 2+ cadeias acometidas em ambos os lados; – 4 → acometimento extranodal; – A → sem sintomas B; – B → com sintomas B; – X → massa bulky (1/3 do mediastino ou massa nodal >10cm);

– descobrir onde há linfoma antes de tratar; – exames:

– TC cervical, tórax, abdome e pelve; – bx de MO; – punção lombar se houver acometimento do pescoço para cima (para checar se atingiu

SNC); – tto:

– quimio: protocolo ABVD com ciclos a cada 15 dias. Reestadiar depois do 4º ciclo com TC. Mais dois ciclos. Se não responder, alterar protocolo;

– radio: para estadiamentos menores, doença local. Até 3 ciclos de quimio + RXT; – TMO autólogo: para recidiva, que exige quimio mais agressiva. O problema da quimio é

que ela destrói células que se proliferam muito, levando à aplasia medular e predispondo a infecções. E quanto > neutropenia, > chance de sepse. Então transplantar pra diminuir a duração da neutropenia.

comentários (0)
Até o momento nenhum comentário
Seja o primeiro a comentar!
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Docsity is not optimized for the browser you're using. In order to have a better experience we suggest you to use Internet Explorer 9+, Chrome, Firefox or Safari! Download Google Chrome