Lipídios - Apostilas - Bioquímica_Parte3, Notas de estudo de Bioquímica. Universidade Estadual de Maringá (UEM)
Lula_85
Lula_8514 de Março de 2013

Lipídios - Apostilas - Bioquímica_Parte3, Notas de estudo de Bioquímica. Universidade Estadual de Maringá (UEM)

PDF (874.5 KB)
27 páginas
1000+Número de visitas
Descrição
Apostilas de Bioquímica sobre o estudo dos Lipídos, os Esfingolipídios, Composição da Baínha de Mielina, Glicolipídios.
20pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento
Pré-visualização3 páginas / 27
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Pré-visualização finalizada
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Pré-visualização finalizada
Consulte e baixe o documento completo

Ceramida = esfingosina + ácido

graxo

Esfingosina ou esfingol

Os Esfingolipídios Lipídios

Esfingomielina = ceramida + fosfocolina

Esfingofosfolipídio Os Esfingolipídios

Lipídios

A esfingomielina forma a baínha de

mielina, que circunda os axônios nas células nervosas. Na Esclerose

Múltipla a perda da baínha de mielina leva

à lentidão ou à interrupção da

transmissão nervosa

Esfingofosfolipídio

Os Esfingolipídios Lipídios

Composição da Baínha de Mielina Os Esfingolipídios

Lipídios

Galactocerebrosídio = ceramida + galactose

Glicocerebrosídio = ceramida + glicose

Glicolipídios Os Esfingolipídios

Lipídios

Gangliosídios = ceramida +

oligossacarídio

Glicolipídios Os Esfingolipídios

Lipídios

Esteróis• Anfipáticos • Presentes na membrana da maioria das células

eucarióticas • Núcleo esteróide: 3 anéis de 6 carbonos e 1 anel

de 5. • Precursores de hormônios

Colesterol:

Cabeça polar

Núcleo esteróide

Hormônios esteróides • Núcleo esteróide • Derivados oxidados dos esteróis • Não tem cadeia alquila • Mais polares que esteróis

Testosterona

Estradiol

Colestreol

• Maior parte é sintetizada pelo próprio organismo, sendo apenas uma pequena parte adquirida pela dieta.

• Insolúvel em água e, conseqüentemente, insolúvel no sangue.

• Para ser transportado através da corrente sanguínea ele liga-se a diversos tipos de lipoproteínas.

Colestreol

• Maior parte é sintetizada pelo próprio organismo, sendo apenas uma pequena parte adquirida pela dieta.

• Insolúvel em água e, conseqüentemente, insolúvel no sangue.

• Para ser transportado através da corrente sanguínea ele liga-se a diversos tipos de lipoproteínas.

OH em C3

Liga dupla Anel B

Colesterol

Esterificado com Ácido Graxo

Lipídios

Estabiliza o arranjo linear dos ácidos graxos saturados das membranas, por interações de van der

waals

Colesterol Lipídios

LDL e VLDL • Responsáveis pelo transporte da maior parte do

colesterol (75 a 80%) no sangue • O VLDL transporta triglicerídeos e um pouco

de colesterol • deposição nas células e nas paredes das

artérias Placas arteroscleróticas, que estreitam as artérias. Isso reduz o fluxo de sangue circulante, diminuindo o oxigênio que chega ao coração

HDL

• Responsáveis pelo trânsito de 20 a 25% do colesterol no sangue, transportando-o dos tecidos para o fígado, que as descarta.

Gorduras

Ômega • São duas famílias de ácidos gordurosos

poliinsaturados (PUFA) • ácido linoléico (família ômega-6) • ácido alfa-linolênico (família ômega-3)

– dão origem a outros ácidos essenciais de cadeias mais longas, chamados de ácidos graxos poliinsaturados de cadeia longa (LCPUFA).

Ômegas 3 e 6

Ácidos graxos essenciais, α-linolênico e (ω-3) e linoléico (ω- 6) responsáveis pela biossíntese dos ácidos araquidônico, eicosapentaenóico e docosahexaenóico, na formação das prostaglandinas, tromboxanos e prostaciclinas, compostos que participam da regulação da pressão arterial, freqüência cardíaca, resposta imunológica, dos processos da coagulação sangüínea e do funcionamento do sistema nervoso central.

Gordura trans • As gorduras trans são um tipo

específico de gordura formada por um processo de industrial(gordura hidrogenada)

• redução de duplas ligações a ligações simples HIDROGENAÇÃO

• Compostos formados pela decomposição de ácidos graxos insaturados

• Os isômeros geométricos trans de ácidos graxos insaturados são formados no processo de fritura, assim como no refino de óleos e no processo de hidrogenação, por mecanismo induzido termicamente.

• Ponto de fusão mais elevado que dos isômeros cis.

As Membranas Celulares

Lipídeos estruturais de membrana

• São anfipáticos • Interações hidrofóbicas e hidrofílicas

direcionam a organização da bicamada lipídica.

Peroxissome

Compartimentos ou Estruturas Celulares que Possuem Membrana

O Núcleo e as mitocôndrias apresentam membrana dupla

• Permite a modificação da forma e do tamanho da célula ou organela: Flexibilidade

Funções das Membranas Celulares

• Define os limites da célula ou organela celular

• Separa o conteúdo intracelular do meio extracelular ou do lúmen da organela

• Seleciona as moléculas polares que possam entrar na célula ou organela: Permeabilidade Seletiva

Componentes das Membranas Celulares

Proteínas

Lipídios Proteínas Proteínas

A Bicamada Lipídica

Lipídios

Assimetria da Bicamada Lipídica: as composições

interna e externa são diferentes

Lipídios

Modelo do Mosaico Fluido

comentários (0)
Até o momento nenhum comentário
Seja o primeiro a comentar!
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Docsity is not optimized for the browser you're using. In order to have a better experience we suggest you to use Internet Explorer 9+, Chrome, Firefox or Safari! Download Google Chrome