Lista Microbiologia Básica - Exercicios - Biologia, Exercícios de Biologia. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS)
Paulo89
Paulo891 de Março de 2013

Lista Microbiologia Básica - Exercicios - Biologia, Exercícios de Biologia. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS)

PDF (211.1 KB)
7 páginas
50Números de download
1000+Número de visitas
100%de 3 votosNúmero de votos
Descrição
Apostilas e exercicios sobre a microbiologia básica, estruturas das células bacterianas, citoplasma, diferentes tipos de bactérias, metabolismo, estrutura.
20pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento
Pré-visualização3 páginas / 7
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Pré-visualização finalizada
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Pré-visualização finalizada
Consulte e baixe o documento completo

Cite as estruturas que podem ser encontradas em células bacterianas .

Na célula bacteriana podemos encontrar :

- Membrana plasmática : camada de revestimento da célula , que contém proteinas e fosfolipidios arrumadas num modelo mosaico fluido que possui como função a permeabilidade seletiva

( controla o que entra e sai da célula ) .

Parede Celular : envoltório extracelular rígido , composto por um complexo proteina – glicídio ( proteoglicanos ) . São responsáveis pela forma bacteriana e protege a célula contra agressões físicas do ambiente .

Citoplasma : parte interna da célula , onde fica o hialoplasma e os ribossomos

Nucleóide : local onde se encontra o cromossomo bacteriano , constituido por uma molécula circular de DNA , não possui envoltório nuclear .

Plasmídio : são moléculas extracromossomais circulares de DNA encontrada em muitas espécies de bactérias

Glicocálice : é um material viscoso e gelatinoso , produzido pela membrana celular e secretado para fora da parede celular . Existem dois tipos de glicocálice : a cápsula e a camada viscosa.

Flagelos : apêndices filiformes usados na locomoção da bactéria .

Pili ou Fímbrias : apêndices filamentosos de natureza proteica , são mais finos e mais curtos do que os flagelos .

Endosporos : são esporos bacterianos de parede espessa que servem como forma de sobrevivência para algumas bactérias ( Bacillus ), quando os suprimentos de umidade e nutrientes estão baixos .

O que pode diferenciar os diferentes tipos de bactérias ?

As bactérias podem se diferenciar por várias formas , como :

Forma :

cocos : bactérias em formatos circulares

Bacilos : bactérias em formato de bastonetes Vibriões : bactérias em formato de vírgula

docsity.com

Espirilos : bactérias em formato de espiral Bactérias espiraladas

Espiroquetas : bactérias em formato de espiral

Metabolismo :

Fototróficas : utilizam a luz como fonte de energia

Quimiotróficos : utilizam substâncias quimicas como fonte de energia .

Estrutura :

Gram positivas : possuem parede celular mais espessas e apenas uma membrana plasmática

Gram negativas : possuem parede celular delgada , embebida no espaço periplasmático e possuem membranas plasmática e membrana externa .

Respiração :

Aeróbicas : vivem na presença de oxigênio

Anaeróbicas obrigatórias : não sobrevive na presença de oxigênio

Anaeróbicas facultativa : vivem com ou sem oxigênio

Defina as formas básicas das bactérias . Como elas podem ser formadas ?

Cocos : são bactérias com formato arredondado , a divisão em um planos dão origem aos diplococos ( grupamentos de dois cocos ) e os estreptococos ( grupamento em cadeias ), a divisão em dois planos dão origem as tétrades ( agrupamento de quatro cocos ) e a divisão em três planos dão origem ao esfalifococos ( grupamentos em cachos ) .

Bacilos : são bactérias em formato de bastonetes , estes podem ser bacilos esporulados ( gram positivos que formam esporos ) e não esporulados ( gram positivos que não formam esporos ) , eles podem se agrupar em :

diplobacilos ( em pares ) , estreptobacilos ( em cadeia ), paliçada ( lado a lado ), treponemas ( cadeias com superfície de contato maior) e cocobacilos ( bacilos de forma arredondada).

Vibriões : bactérias em formato de vírgula , estas só são encontradas de forma isoladas .

docsity.com

Espirilos e Espiroquetas : bactérias em forma de espiral , também só encontradas de forma isolada .

OBS :

Os arranjos que os cocos fazem , são formados dependendo do corte que tiverem , horizontal e vertical ; e pelas quantidades de cortes .

Os arranjos que os bacilos fazem é através de divisões ao longo de seu eixo curto

Os vibriões , as espirilas e as espiroquetas , compreendem ao grupo de bactérias espiraladas.

Pesquise a respeito de espécies bacterianas ( diferentes das que foram apresentadas em sala ) que possam realizar as seguintes associações .

Diplococos : cocos associados em pares ex : Neisseria gonorrhoeae

Estreptococos : cocos associados em cadeia ex : Streptococcus pneumonial

Cachos : cocos agrupados em cachos – estrafilococos ex : Staphylococcus epidermídes

Sarcinas : 8 cocos agrupados ex: Sarcina ventriculi

Bacilos esporulados : bacilos gram positivos que formam esporos ex: Bacillus anthracis

Bacilos não esporulados : bacilos gram positivos que não formam esporos ex: Corynebacterium diphtheriae

Vibriões : bactérias em forma de vírgula ex: Vibrio Cholerae

Espirilos : bactérias espiraladas ex: Spirillum gallinarium

Espiroquetas : bactérias fortemente espiraladas que se locomovem por meio dos filamentos axiais ex: Treponema Pallidum

Qual a relação entre a forma bacteriana e a hereditariedade ?

A hereditariedade dita a forma da bactéria , cocos vão dar origem a outros cocos , bacilos vão dar origem a outros bacilos e assim em diante .

Do que se pode formar e como atua o glicocálice ?

docsity.com

O glicocálice bacteriano é um revestimento de açúcar viscoso e gelatinoso produzido pela membrana celular e secretado para fora da parede celular . Pode ser formado por polissacarídios , polipeptídeos ou ambos . Ele possui capacidade de adesão , defesa e fator de virulência .

Qual a diferença entre capsula e camada viscosa ?

Ambas são um tipo de glicocálice , porém a cápsula está firmemente ligada a parede celular e a camada viscosa não , podendo se desprender facilmente .

Explique a classificação bacteriana de acordo com a posição de flagelo .

As bactérias que possuem flagelos distribuídos em toda a sua superfície são considerados peritríquias , as que apresentam um tufo de flagelo em uma extremidade são ditas como lofotríquias , as que possuem um ou mais flagelo em cada extremidade são as anfitríquias e as que possuem um único flagelo polar são as monotríquias .

Qual a relação dos flagelos com a tipagem bacteriana ?

A tipagem bacteriana é um tipo de técnica que se baseia na sorologia da flagelina .

ou seja , é possível identificar o tipo de bactéria através da ptn flagelina . Como é o caso da salmonela . O flagelo ou antígeno H são determinantes antigênicos de anticorpos específicos sendo, portanto, úteis na tipagem sorológica .

Descreva as estruturas dos filamentos axiais . Em que tipo de bactérias os mesmos estão presentes ? Qual a relação deles com a virulência bacteriana ?

Os filamentos axiais são fibrilas semelhantes aos flagelos que se estendem um em direção ao outro , que se enrolam ao redor do microrganismo entre as camadas da parede celular e se sobrepõem na seção mediana da célula .

Estes filamentos estão presentes em algumas espiroquetas ( ex: Treponema ) , fazendo com que elas tenham um movimento espiralado o que contribui para o aumento da virulência .

Explique a parede celular das bactérias gram positivas e gram negativas .

A parede celular é uma estrutura presente na maioria das bacterias conhecidas , elas são camadas composta principalmente por açúcares e peptídeos ( peptideoglicana) . Esses açúcares são dissacarídeos ( N- acetilglicosamina – NAG e ácido N- acetilmurânico ) que estão ligados por pontes peptídicas .

docsity.com

A parede celular das bactérias gram positivas e gram negativas possuem diversas diferenças como :

Em gram positivas pode formar até 20 camadas de peptideoglicano , tornando a parede celular bem espessa , em gram negativas forma-se apenas uma ou duas camadas de peptideoglicano , tornando a parede celular delgada .

Em gram positivas as ligações de tetrapeptídeos são ligadas por pontes de glicina , de forma direta . Já nas gram negativas as os tetrapeptídeos são ligados indiretamente por pontes peptídicas .

Em gram positivas juntamente com os peptideoglicanos temos o ácido tenóico e e ácido lipotecóico , que confere uma carga negativa a superfície da bactéria .

Em gram negativas temos a presença de mais uma camada , denominada “membrana externa” que fica localizada acima do peptideoglicano e contém fosfolipídeos , lipoproteínas, proteínas( porinas ) e também lipopolissacarídeos .

Devido a presença de mais uma camada ( membrana externa ) a parede celular das gram negativas fica embebida no espaço periplasmático .

Com todas essas diferenças é possível identificar o tipo de bactéria pela técnica de coloração de gram.

Qual o fundamento da coloração de gram? Como é realizada ?

A coloração de gram é uma técnica de coloração diferencial que possui como fundamento diferenciar/ distinguir as bactérias gram positivas das gram negativas por microscopia óptica.

Essa técnica consiste basicamente de 5 etapas :

Fixação :

Aplicação do corante primário : nessa etapa , coloca-se nas bactérias o corante cristal violeta , que ao penetrar na célula forma um complexo insolúvel em água que vai corar o protoplasma e a parede celular .

Aplicação do fixador : adiciona lugol na amostra para que fixe bem o corante cristal violeta , não correndo o risco de descorar na proxima etapa.

Descoloração : acrescenta álcool- acetona para descorar a amostra ; Essa etapa é dita como etapa diferencial porque é nessa etapa que conseguimos distinguir as bactérias , pois as gram positivas permanecem coradas enquanto que as gram negativas ficam incolor .

docsity.com

Aplicação do corante secundário : adiciona saframina ou fucsina para contra corar a amostra , após isso lava e seca suavemente .

Resultados :

Após contra corar a amostra com saframina ou fucsina as bactérias gram positivas permanecem na cor “violeta “ roxa enquanto que a gram negativa de incolor passa a adquirir uma cor mais avermelhada/rosada .

Como é a estrutura da membrana citoplasmática da célula procariótica ? Quais são as funções que a mesma desempenham ?

A membrana plasmática bacteriana é bastante semelhante as membranas eucarióticas , elas são uma bicamada fosfolipidica , conferindo um modelo de mosaico fluido , onde se encontram fosfolipídeos e proteínas , porém ao contrario das membranas eucarióticas não possuem esteróis .Sua localização varia de acordo com o tipo de bactéria , em gram positivas , elas se situam imediatamente abaixo da camada peptideoglicana da parede celular e em gram negativas ficam adjacentes ao espaço periplasmático. Na membrana plasmática das bactérias podemos encontrar também invaginações denominadas mesossomos , entretanto a evidências sugestivas de que os mesossomos são efetivamente artefatos decorrentes das técnicas de fixação usadas na microscopia eletrônica.

A membrana plasmática possui como principais funções :

permeabilidade seletiva ( controla o que entra e o que sai da célula ) ,

Delimita o espaço bacteriano , separando o meio intracelular do meio extracelular .

O que são endosporos ? Como eles são formados ?

Os endosporos são esporos bacterianos de estrutura esféricas ou ovais de parede espessa , constituídos por DNA, pequenos fragmentos de RNA, enzimas, ácido orgânico e íons cálcio. Eles são formados em determinadas espécies bacterianas a fim de servir como forma de sobrevivência quando os suprimentos de umidade ou de nutrientes estão baixos .

Estes são formados no processo denominado esporulação que consiste basicamente em 5 etapas:

Formação do septo : a membrana plasmática circunda o material genético, o citoplasma e o mesossomo.

Formação do pré-esporo com duas membranas :

docsity.com

Síntese de peptideoglicana que fica localizada entre as duas membranas:

Formação do revestimento do esporo (córtex) :

Liberação do endosporo da célula:

OU SEJA , Sob o estímulo de algumas condições ambientas, como o esgotamento de nutrientes , o material genético se divide em dois nucleóides e junto com o citoplasma e o mesossomo são circundados pelas membrana plasmática , formando o septo , após essa formação o septo cresce fazendo com que a parte central do esporo seja englobada por uma dupla membrana. Entre essas duas membranas são adicionado uma camada de córtex , depois disso graças a alta concentração de cálcio nessa camada toda a água disponível no esporo é expelida e são depositadas varias camadas do revestimento do esporo para que assim o endosporo possa ser liberado da célula .

Cite e explique uma técnica de coloração aplicável a bactérias que não se coram na coloração de gram .

Existe algumas bactérias como as micobactérias que possuem uma parede celular extremamente negativa devido a presença de ácido micólico , isso faz com que elas resistam a coloração de gram, não ficando coradas .

Para conseguir identificar essas bactérias é preciso utilizar outro método de coloração, como

a técnica do álcool-ácido-resistente . Essa técnica consiste basicamente em corar de vermelho essas bactérias resistentes com o corante fucsina fenicada na presença de calor , para facilitar a penetração do corante na célula ; descolocar com álcool acida e por fim acrescentar o segundo corante azul de metileno .

Ai final dessa técnica , podemos identificar as micobactérias , por elas continuarem na cor vermelha , sendo resistentes a descoloração por álcool acida enquanto que as outras são descoradas e depois coradas com azul de metileno , tornando-as azuladas .

docsity.com

comentários (0)
Até o momento nenhum comentário
Seja o primeiro a comentar!
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Docsity is not optimized for the browser you're using. In order to have a better experience we suggest you to use Internet Explorer 9+, Chrome, Firefox or Safari! Download Google Chrome