Livro Diario e Razão - Apostilas - Ciencias Contábeis, Notas de estudo de Contabilidade. Universidade São Marco (UNIMARCO)
Maracana85
Maracana856 de Março de 2013

Livro Diario e Razão - Apostilas - Ciencias Contábeis, Notas de estudo de Contabilidade. Universidade São Marco (UNIMARCO)

PDF (155.7 KB)
4 páginas
2Números de download
1000+Número de visitas
Descrição
Apostilas de Contabilidade sobre o estudo do Livro Diario e Razão, modelo de livro Diário, modelo de livro Razão.
20pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento
Pré-visualização3 páginas / 4
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Pré-visualização finalizada
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Pré-visualização finalizada
Consulte e baixe o documento completo

1.1

– Livro Diário

O livro Diário é o registro básico de toda a escrituração contábil. Nele devem ser lançados, dia a dia, todos os atos ou operações da atividade que modifiquem ou possam vir a modificar a situação patrimonial da pessoa jurídica. Esse livro deve ser: • encadernado com folhas numeradas seguidamente e conter,respectivamente, no anverso da primeira e no verso da última folha numerada, os termos de abertura e de encerramento; • autenticado pelo órgão competente, ou seja, pela Junta Comercial, no caso de empresa comercial, ou pelo Cartório de Registro Civil de Pessoas Jurídicas, no caso de empresa exclusivamente prestadora de serviços (sociedade civil).Os lançamentos no livro Diário: • podem ser efetuados diretamente ou por reprodução, quando adotada a escrituração mecanizada, em que as matrizes são elaboradas em tinta copiativa e em seguida transpostas para o livro Diário Copiador (só podem ser usados processos de reprodução que não prejudiquem a clareza e a nitidez da escrituração); •devem ser efetuados com individuação e clareza, de modo a permitir, em qualquer momento, a perfeita identificação dos fatos descritos. No caso de adoção de escrituração mecanizada, o livro Diário pode ser substituído por lotes de fichas ou folhas soltas, seguidamente numeradas, mecânica ou tipograficamente, desde que no anverso da primeira e no verso da última ficha ou folha numerada de cada lote sejam lavrados, respectivamente, os termos de abertura e de encerramento e que elas sejam autenticadas pelo órgão competente. O livro Diário pode ser escriturado por meio de processamento eletrônico dedados, método atualmente adotado pela maioria das empresas.

Qualquer que seja o sistema adotado em substituição ao livro Diário tradicional, os lançamentos deverão satisfazer todos os requisitos e as normas de escrituração exigida para os livros mercantis, tais como: •forma mercantil, com individuação e clareza; •ordem cronológica de dia, mês e ano; •inexistência de intervalos em branco, entrelinhas, borraduras, rasuras, transportes para as margens etc.; •garantia de nitidez e de indelebilidade.

Escrituração resumida do livro Diário ("partidas mensais")

docsity.com

É admitida a escrituração resumida do livro Diário, por totais que não excedam o período de um mês, exclusivamente para contas cujas operações sejam numerosas ou realizadas fora da sede do estabelecimento, desde que: •sejam utilizados livros auxiliares (devidamente autenticados na forma prevista para o livro Diário) para registro individualizado e conservados os documentos que permitam sua perfeita verificação; •nos lançamentos resumidos do livro Diário sejam feitas referências às páginas dos livros auxiliares (ou fichas que os substituírem) em que as operações estiverem registradas de forma individualizada. Portanto, são duas as hipóteses em que admite a escrituração resumida de certas contas: a) contas para registro de operações numerosas; b) contas para registro de operações realizadas fora do estabelecimento. A primeira hipótese (letra "a") relaciona-se com a quantidade das operações inscritas em determinadas contas, cuja movimentação torna onerosa sua escrituração

individualizada no livro Diário.A segunda hipótese (letra "b") refere-se aos casos em que a matriz ou o estabelecimento centralizador, por força da legislação do Imposto de Renda, devem incorporar os resultados de suas filiais, sucursais ou agências que contabilizam suas próprias operações.

1.2 Modelo de livro Diário

Segue um modelo de livro Diário que aqui estamos apenas para conhecimento.

1.3 Livro Razão

O livro Razão (ou fichas que o substituam) é utilizado para resumir e totalizar, por conta ou subconta, os lançamentos efetuados no livro Diário, ou seja, o livro Razão reflete exatamente aquilo que foi lançado no livro Diário, mas de forma individualizada (por conta ou subconta). Esse livro é um dos mais importantes instrumentos da

docsity.com

escrituração contábil da empresa, porque fornece a totalização das contas individualmente, mostrando os totais lançados a débito e a crédito de cada conta e o saldo desta. A escrituração do livro Razão também deve ser individualizada e obedecer à ordem cronológica das operações. O livro ou as fichas do livro Razão são dispensados de autenticação na Junta Comercial (ou no Cartório de Registro Civil de Pessoas Jurídicas). O livro Razão, além de ser imprescindível como meio de escrituração contábil, é obrigatório perante a legislação do Imposto de Renda para as empresas tributadas com base no lucro real.

1.4 Modelo de livro Razão

Atualmente, com o uso da escrituração por processamento de dados, o livro Razão é constituído por listagens (normalmente, mensais) que reproduzem inclusive os históricos dos lançamentos efetuados na conta, tais como constaram do livro Diário (do qual advém o Razão).Importa salientar que cada ficha do Razão representa uma conta. Assim, temos o Razão da Conta Caixa, o Razão da Conta Bancos Conta Movimento etc. Mais adiante, num dos próximos Módulos, vamos focalizar o conceito de conta e seu agrupamento lógico para fins de utilização (o chamado "Plano de Contas").Veja um modelo de Razão e repare que nele, diferentemente do que ocorre com o livro Diário, há uma coluna de saldo, que representa a totalização a que nos referimos: Razonete (ou "Conta T")É muito comum ouvirmos a expressão "Razonete", ou "Conta T". Trata-se de uma representação gráfica e resumida do livro Razão, utilizada basicamente para fins didáticos, que mostra todos os valores lançados a débito (lado esquerdo do 'T')

e/ou a crédito (lado direito) da conta num determinado período, além do respectivo saldo (indicado no lado esquerdo, se for devedor, ou no lado direito, se credor).

docsity.com

docsity.com

comentários (0)
Até o momento nenhum comentário
Seja o primeiro a comentar!
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Docsity is not optimized for the browser you're using. In order to have a better experience we suggest you to use Internet Explorer 9+, Chrome, Firefox or Safari! Download Google Chrome