Medidas em Circutos Trifásicos - Apostilas - Circuitos Elétricos I, Notas de estudo de Engenharia Elétrica. Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF)
GloboTV
GloboTV7 de Março de 2013

Medidas em Circutos Trifásicos - Apostilas - Circuitos Elétricos I, Notas de estudo de Engenharia Elétrica. Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF)

PDF (183.1 KB)
3 páginas
906Número de visitas
Descrição
Apostilas e exercicios de Engenharia Elétrica sobre o estudo das Medidas em Circutos Trifásicos, ensaios em Circutos Trifásicos.
20pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento
Microsoft Word - Aula08N.doc

Aula 08

EEL7040 – Circuitos Elétricos I – Laboratório – 2006/1 1/3

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA

EEL7040 – Circuitos Elétricos I - Laboratório

AULA 08 MEDIDAS EM CIRCUITOS TRIFÁSICOS

1 INTRODUÇÃO Neste ensaio serão mostradas propriedades básicas de circuitos trifásicos: tensões e correntes fase-neutro (ou de fase) e fase-fase (ou de linha); potência trifásica, diferença angular entre tensões de fase e de linha. Para tanto será usado o varivolt: um autotransformador trifásico cujo primário está conectado à rede do laboratório e o secundário é ajustável. O varivolt é representado na figura 1.

Figura 1 - Varivolt.

2 ENSAIOS EM CIRCUITOS TRIFÁSICOS 2.1 Primeira parte Realizar a seqüência de procedimentos conforme segue:

1. Conectar o cabo de energia de 4 fios na entrada do varivolt, deixando-o, inicialmente, desligado da bancada;

2. Na saída do varivolt conecte dois fios, um numa das fases (R) e o outro no neutro (N). Conecte esses fios no voltímetro digital;

3. Ligue o varivolt na rede e, através do cursor, ajuste a tensão de saída, medida pelo multímetro digital, em 5 V;

4. Após o ajuste, faça uma amostragem da tensão de saída do varivolt vRN(t) no osciloscópio e meça seu valor RMS, pico a pico e sua freqüência;

docsity.com

Aula 08

EEL7040 – Circuitos Elétricos I – Laboratório – 2006/1 2/3

5. Conecte um segundo fio na fase S e faça uma amostragem de vSN(t) no segundo canal do osciloscópio. Meça o valo RMS e pico a pico desta segunda tensão. Use o N como terra;

6. Meça a defasagem entre os sinais amostrados no canal 1 e canal 2; 7. Utilizando como terra comum aos dois canais a saída R, conecte o canal 1

para medir vRN(t) e o canal 2 para medir vRS(t). Meça o valor RMS e pico a pico de vRS(t) e a defasagem entre vRN(t) e vRS(t).

Item Grandeza Medida

vRN(t) → valor RMSvRN(t) → valor pico a pico 4

vRN(t) → freqüência VSN(t) → valor RMS

vSN(t) → valor pico a pico 5 vSN(t) → freqüência

6 Defasagem entre vRN(t) e vSN(t)VRS(t) → valor RMS

vRS(t) → valor pico a pico 7 Defasagem entre vRN(t) e vRS(t)

2.2 Segunda parte Realizar a seqüência de procedimentos conforme segue:

1. Com o varivolt desligado da bancada e com o cursor em zero, conecte três lâmpadas de 40 W em Y (estrela) tal como mostrado na figura 2, e esse conjunto aos terminais de saída do varivolt. Conecte o amperímetro analógico numa das fases da conexão e o voltímetro entre as fases R e N;

2. Ligue o varivolt à bancada e ajuste a tensão de saída em 220 V. Meça a corrente de carga.

Figura 2 - Conexão com carga em Y (estrela).

2.3 Terceira parte Realizar a seqüência de procedimentos conforme segue:

1. Com o varivolt desligado da bancada e com o cursor em zero, conecte três lâmpadas de 40 W em Δ (delta) tal como mostrado na figura 3, e esse

docsity.com

Aula 08

EEL7040 – Circuitos Elétricos I – Laboratório – 2006/1 3/3

conjunto aos terminais de saída do varivolt. Conecte o amperímetro analógico numa das fases da conexão e o voltímetro entre as fases R e S;

2. Ligue o varivolt à bancada e ajuste a tensão de saída em 220 V. Meça a corrente de carga.

Figura 3 - Conexão com carga em Δ (delta).

3 DESENVOLVIMENTO Para a conexão em Y e em Δ, utilizando os valores medidos para a corrente e a tensão na carga, calcule a potência consumida em cada fase da carga e também a potência trifásica. Além disso, responda:

a) Quais são as correntes e tensões de fase e de linha em cada conexão? b) A potência trifásica da carga em Y é igual àquela da carga em Δ? Justifique. c) Cite uma vantagem e uma desvantagem da conexão Y e da conexão em Δ.

docsity.com

comentários (0)
Até o momento nenhum comentário
Seja o primeiro a comentar!
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Docsity is not optimized for the browser you're using. In order to have a better experience we suggest you to use Internet Explorer 9+, Chrome, Firefox or Safari! Download Google Chrome