Metais e Ligas Metálicas - Apostilas - Quimica, Notas de estudo de Química. Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
Maraca
Maraca1 de Março de 2013

Metais e Ligas Metálicas - Apostilas - Quimica, Notas de estudo de Química. Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

PDF (58.9 KB)
1 página
1000+Número de visitas
Descrição
Apostilas sobre o estudo dos metais e das ligas metalicas na ciência forense.
20pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento
Pré-visualização1 página / 1

As ciências forenses e criminais desempenham uma função essencial no sistema de justiça, ao fornecer informação científica fundamental para a investigação criminal e para os tribunais. O trabalho laboratorial em ciências forenses e criminais direcciona-se para o reconhecimento, identificação, individualização e avaliação de vestígios físicos em procedimentos legais, aplicando as ciências naturais. Este importantíssimo campo científico, sendo o resultado da sinergia de diferentes campos do saber, representa actualmente uma área disciplinar própria, leccionada ao nível do 1º ciclo universitário nos países mais desenvolvidos há quase duas décadas.A Licenciatura em Ciências Forenses e Criminais do ISCSEM é a primeira do género em Portugal, propondo-se formar licenciados com competências científicas, técnicas e éticas sólidas para o sistema judicial. Desta forma, pretende-se que o estudante adquira uma consistente componente científica que enfatize o método científico e as aptidões para a resolução de questões e problemas de natureza tecnológica e científica na área da investigação forense e criminal e adicionalmente que desenvolva características pessoais que lhe permitam uma prática dentro da mais estrita obediência dos princípios éticos e científicos que regulam esta área do sistema judicial.O cientista forense e criminal, como profissional integrante dos serviços de investigação criminal, fornece um serviço que ampliará a capacidade de resposta do sistema judicial, permitindo também a inovação científica e tecnológica através de trabalhos de investigação nesta área. O licenciado em ciências forenses e criminais, nomeadamente através da sua capacidade de peritagem científica, também acrescentará uma mais-valia ao sistema policial, seguradoras, instituições bancárias, sociedades de advogados e laboratórios de investigação e desenvolvimento. Ao aplicar a ciência fundamental na resolução de problemas da comunidade, o cientista forense tornar-se-á um paradigma para as pontes entre ciência e sociedade. |

A ciência forense é utilizada para a análise de vestígios principalmente em crimes violentos. Tais como espécimes biológicos como sangue, cabelo, sémen, e outros tecidos que estão entre os tipos de evidências mais frequentemente encontrados nas cenas do crime. Estes chegam a um laboratório criminal de várias formas, tipos e condições, fazendo com que os procedimentos analíticos normais, às vezes sejam difíceis de executar. Graças a testes e investigações forenses, pedaços de evidências agora dizem muito mais do que costumavam a dizer. Dada a alta exactidão e natureza sensível das investigações forenses, é necessária uma extrema cautela para prevenir contaminações na hora de identificar, recolher e conservar uma evidência biológica. Os investigadores e os profissionais de laboratório usam todo o tipo de materiais para manipular as evidências a fim de evitar o contacto com os vestígios recolhidos de modo a não haver contaminação (adulteração dos vestígios) dos mesmos. Os detalhes são um ponto importante no que diz respeito à observação e tratamento de vestígios. Isto tudo mostra que a ciência forense está realmente a mudar a nossa vida do dia-a-dia.

docsity.com

comentários (0)
Até o momento nenhum comentário
Seja o primeiro a comentar!
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo