Necrose - Apostilas - Medicina, Notas de estudo de Medicina. Centro Universitário do Pará (CESUPA)
Neymar
Neymar28 de Fevereiro de 2013

Necrose - Apostilas - Medicina, Notas de estudo de Medicina. Centro Universitário do Pará (CESUPA)

PDF (56.5 KB)
1 página
1Números de download
676Número de visitas
Descrição
Apostilas sobre a diferença entre necrose gangrenosa e necrose gordurosa.
20pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento
Pré-visualização1 página / 1

Necrose Gangrenosa

A necrose gangrenosa é uma forma especial de necrose isquêmica em que o tecido necrótico sofre modificações por agentes do ar ou por bactérias como, por exemplo, o cordão umbilical que, após o nascimento, fica negro eseco. Esse tipo de necrose pode ser dividido em três subtipos: o primeiro é a gangrena seca que ocorre, quando a área necrótica perde água para o ambiente, fica seca, retraída e com aspecto mumificado. Pode ficar negra por sofrer alterações da hemoglobina. O segundo tipo é a gangrena úmida e acontece, quando o tecido necrótico é contaminado por bactérias saprofíticas, que o digerem e o amolecem, causando aparência putrefativa, e o último tipo é a gangrena gasosa, que resulta da produção de gases pelas bactérias causadoras da gangrena úmida. Um fato importante a lembrar é que tecidos internos como dos pulmões, vesícula biliar e intestino também estão sujeitosa sofrer esse tipo de necrose, basta haver combinação dessa com infecções dos agentes bacterianos.

Necrose Gordurosa

É um tipo especial de necrose que ocorre quando há o extravasamento de enzimas lipolíticas para o tecido adiposo, o que leva à digestão (liquefação) da membrana de adipócitos e quebra das ligações estericas dos triglicérides, liberando assim ácidos graxos livres. Estes ácidos graxos se combinam com íons Ca++ (reação de saponificação) e formam áreas esbranquiçadas no tecido adiposo. Esta necrose é vista em casos de pancreatite aguda nos quais as lipases ativadas extravasam os ácinos pancreáticos e caem no parênquima pancreático e na cavidade peritoneal.

docsity.com

comentários (0)
Até o momento nenhum comentário
Seja o primeiro a comentar!
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Docsity is not optimized for the browser you're using. In order to have a better experience we suggest you to use Internet Explorer 9+, Chrome, Firefox or Safari! Download Google Chrome