Normas e procedimentos no laboratório - Apostilas - Quimica, Notas de estudo de Química. Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
Maraca
Maraca1 de Março de 2013

Normas e procedimentos no laboratório - Apostilas - Quimica, Notas de estudo de Química. Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

PDF (58.7 KB)
1 página
593Número de visitas
Descrição
Apostilas sobre as normas e sobre os procedimentos usados no laboratório.
20pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento
Pré-visualização1 página / 1

Normas e procedimentos no laboratório de Química

O laboratório de Química é um local feito especificamente para a realização de experimentos; local onde encontramos diversos objetos, materiais e perigosos reagentes, onde todo cuidado é necessário. Para segurança de todos, é necessário a instalação de água, gás e eletricidade, além de uma boa iluminação e ventilação.

Para segurança e bem de todos no ambiente, devemos seguir alguns procedimentos como, ter atenção direcionada ao professor, não comer, fumar ou beber, lavar bem as mãos antes de sair do local. Não provar absolutamente nada do laboratório, manter-se informado de cada reagente antes de seu uso, utilizar roupas de algodão, sapatos fechados, calça comprida, avental, cabelos presos, óculos de proteção, verificar a voltagem de cada equipamento e entre outros procedimentos.

Os acidentes mais comuns são a intoxicação por gases, ácidos e álcalis nos olhos, onde nesses casos, a vítima deve ser removida do ambiente e ser auxiliada pelo professor, em casos de queimaduras causadas por calor, ácidos ou álcalis, o acidentado deve lavar a região e mais uma vez procurar o professor para seguir os outros métodos de primeiros socorros.

Na realização de experimentos químicos, alguns materiais são indispensáveis como, proveta (mede e transfere pequenos volumes de líquidos), bureta (permite o escoamento dos líquidos), pisseta (usada para lavagem de materiais), tubo de ensaio (faz reações em pequenas escalas), bico de Busen (fornece a chama para o aquecimento de vários processos), condensadores (utilizada na destilação para condensar os vapores do líquido), balão volumétrico (obtém soluções de concentrações conhecidas), pipeta (mede e transfere volumes líquidos com maior precisão), garra (usada para a montagem de aparelhagem em geral), Erlenmeyer (aquece os líquidos, dissolve substancias e reações entre soluções), vidro de relógio (usado em análises para evaporações), almofariz, pistolo (destinado a pulverização de sólidos), Kitassato (filtra a vácuo), funil (filtra com retenção de partículas sólidas), funil de Buchner (filtra por sucção ou a vácuo), funil de separação (segura líquidos imiscíveis de densidades diferentes), tripé (efetua aquecimentos juntamente com a tela de amianto), tela de amianto (suporte para as peças que serão aquecidas, sua função é distribuir uniformemente o calor recebido pelo bico de Bunsen), Béquer (dissolve substâncias, efetua reações de precipitação e aquece líquidos), suporte (usado na montagem de aparelhagem em geral), baqueta de vidro (agita e facilita as dissoluções ou mantem massas liquidas em constante movimento), centrífuga (acelera a sedimentação de sólidos em suspensão em líquidos), cadinho (resistente a elevadas temperaturas e é usado em calcinação), dessecador (armazena substancias que necessitam de uma atmosfera com baixo teor de umidade), placa de Petri (utilizado para crescimento bacteriano em meios adequados) e estufa (empregado na secagem de materiais por aquecimento em geral até 200°C.

docsity.com

comentários (0)
Até o momento nenhum comentário
Seja o primeiro a comentar!
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Docsity is not optimized for the browser you're using. In order to have a better experience we suggest you to use Internet Explorer 9+, Chrome, Firefox or Safari! Download Google Chrome