O desenvolvimento das borboletas - Apostilas - Biologia, Notas de estudo de Biologia. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS)
Paulo89
Paulo891 de Março de 2013

O desenvolvimento das borboletas - Apostilas - Biologia, Notas de estudo de Biologia. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS)

PDF (58.3 KB)
1 página
808Número de visitas
Descrição
Apostilas sobre as etapas do desenvolvimento das borboletas.
20pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento
Pré-visualização1 página / 1

O desenvolvimento das borboletas

A primeira etapa é o estado ovo, que dura entre 3 a 8 dias. É um período passivo durante o qual se forma as larvas. As fêmeas colocam centenas de ovos na Primavera ou no Verão.

A segunda fase é a da larva, que é activa e a mais longa do ciclo, (se não houver hibernação). Neste período, pode-se observar a mudança mais notável de tamanho, passando de um ovo que ocupa 1 mm para uma larva que facilmente alcançará os 4 cm. Para conseguir este excepcional crescimento, as larvas devem consumir quantidades consideráveis de alimentos. Este crescimento obriga-as a efectuar várias mudanças. O seu último papel é encontrar um lugar seguro para a fase da metamorfose.

A fase seguinte é a da crisálida, também chamada pupa ou casulo. Durante esta fase passiva, efectua-se uma transformação total dentro do insecto. As células que formam uma substância amarelada estão encarregues para a reorganização da anatomia do animal, do ponto de larva a borboleta. Este processo é muito complexo e ainda um pouco desconhecido para o humano. Estas crisálidas têm formas e cores diversas para facilidade a camuflagem. Esta camuflagem é importante em muitas espécies pois hibernam nesta fase da sua evolução.

Depois da saída da crisálida começa a curta e ultima fase: a do insecto perfeito. A vida de insecto alado pode então começar. Quando não estão a descansar, as borboletas voam em buscar de alimento. Certas espécies migram em direcção a vários milhares de kilometros.

A sua vida adulta dura algumas semanas. Durante esse período, o seu objectivo principal é encontrar um companheiro para acasalar e assegurar assim a regeneração da espécie. As borboletas passam o resto do seu tempo defendendo o seu território e fugindo de eventuais predadores.

docsity.com

comentários (0)
Até o momento nenhum comentário
Seja o primeiro a comentar!
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Docsity is not optimized for the browser you're using. In order to have a better experience we suggest you to use Internet Explorer 9+, Chrome, Firefox or Safari! Download Google Chrome