Sistemática Aves - Apostilas - Biologia, Notas de estudo de Biologia. Centro Universitário Franciscano (Unifra)
Real10
Real1011 de Março de 2013

Sistemática Aves - Apostilas - Biologia, Notas de estudo de Biologia. Centro Universitário Franciscano (Unifra)

PDF (261.8 KB)
10 páginas
687Número de visitas
Descrição
Apostilas de Biologia sobre o estudo da Sistemática Aves, Sub classe Neornithes, Superordem Neognatha, Ordem Rheiformes.
20pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento
Pré-visualização3 páginas / 10
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Pré-visualização finalizada
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Pré-visualização finalizada
Consulte e baixe o documento completo
Microsoft Word - sistemática-aves.doc

Classe Aves Sub classe Neornithes - aves verdadeiras (Cretáceo a recente) - externo desenvolvido, em geral, com guilha

Superordem Neognatha - asas desenvolvidas; - retrizes desenvolvidas e sempre presentes - esterno com guilha - incubação, geralmente é tarefa das fêmeas

Ordem Rheiformes

- aves de grande porte (900 a 1300 mm) - esterno sem guilha - não voam, cursoras com pernas fortes e altas - pés com 3 dedos bastante desenvolvidos, dirigidos para a região anterior - cabeça e pescoço, parcialmente cobertos com penas - coxas com penas Fam. Rheidae

Ordem Tinamiformes

- inambus e macucos, aves terrestres, de certa maneira parecidas com galináceos - de tamanho moderado a médio: 200 - 530 mm - asas curtas e arredondas - plumas pulvurulentas - voam em linha reta, mas geralmente correm - procurados como aves de caça - do sul do México à América do Sul (1 família) - esterno com guilha - pés com 3 dedos dirigidos anteriormente, sendo o dedo I, posterior, menor e

em nível mais alto que os demais - 10 retrizes, curtas e pouco distintas, recobertas pelas coberteiras (tectrizes)

posteriores - pigóstilo reduzido - cascas de ovos muito lustrosas Família Tinamidae

- 45 espécies -

Ordem Sphenisciformes - não voam - membros anteriores semelhantes a remos

docsity.com

Ordem Pelecaniformes

- corpo pesado, bico até 46 cm de comprimento - de tamanho médio a grande (400 a 1650 mm) - aves aquáticas - narinas quase sempre ausentes ou muito pequenas - bolsa gular presente (com excecão das aves tropicais) usada para tirar os

peixes d'água - filhotes nus ao eclodirem, cobertos com plumas posteriormente - pés totipalmados (todos os dedos unidos por membranas), - tarso reticulado - cosmopolitas (6 famílias) - Família Phalacrocoracidae

- de tamanho médio a grande: 450 a 1000 mm - bico de comprimento médio, cilíndrico e curvo na extremidade, narinas vestigiais - bolsa gular pequena e, em geral, colorida - pescoço muito longo (muito mais comprido do que o comprimento da cauda) - cauda moderadamente longa, corpo delgado - nidificam sobre rochas marinhas, ilhas, algumas águas continentais e árvores, - pescam mergulhando - quase cosmopolita (3 gêneros e 31 espécies)

Ordem Caprimulgiformes

- aves crepusculares ou noturnas - de tamanho pequeno a médio: 190-535 mm - narinas tubulares separadas entre si e pouco desenvolvidas; - pés com 4 dedos livres; - bico de ápice curto e recurvado, mas amplamente fendido, boca muito grande,

rodeada por penas filiformes, que auxiliam na captura de insetos - na maior parte, aves noturnas com pernas muito curtas e pés pequenos

(agarrar) - plumagem críptica (pardo escura, semelhante a de corujas), macia e frouxa - asas longas e pontudas - alimentam-se de insetos noturnos capturados no ar - não constroem ninhos - quase cosmopolitas (5 famílias) Família Nyctibiidae

Ordem Apodiformes

- tamanho de pequeno a médio (60 a 330 mm); - asas longas e pontudas; - vôo muito rápido; - úmero curto e espesso; - pernas muito curtas, pés muito pequenos;

docsity.com

- ovos brancos; - ativos durante o dia; - alimento capturado durante o vôo.

Fam. Trochilidae - mais de 300 espécies - comprimento de 5,5 a 21 cm - largura entre os ângulos bucais pequena - bico longo e fino - plumagem de coloração brilhante metálica ou iridescente, especialmente na cabeça e no

pescoço dos machos - alimentam-se de néctar, pequenos insetos e aranhas tirados das flores pela língua tubular

protrátil e bico semelhante a uma agulha - pernas muito curtas, pés pequenos e fracos - ninhos pequenos, primorosamente formados de musgos, pêlos, vegetais e teias de aranha - 2 ovos - filhotes nus, alimentados por regurgitação - batimento de asas muito rápidos

Ordem Ciconiiformes

- tamanho pequeno a grande: 280-450 mm - vadeadoras, com plumas decorativas - áreas nuas na cabeça, bico e pescoço comprido - pernas relativamente longas, região inferior dos tibiotarso sem penas - 4 artelhos, palmouras, em geral, pequenas entre os 3 artelhos anteriores - alimentam-se principalmente de peixes ou de outros animais aquáticos - muitos nidificam em colônias nas árvores, filhotes cobertos com plumas - 7 famílias - cosmopolitas, principalmente tropicais e subtropicais

Família Ciconiidae

- de tamanho médio a grande: 750-1525 mm - aves com pernas e pescoço longos - bico grande e longo - não possui plumas pulvurulentas - unha do artelho médio não pectinada, artelhos relativamente curtos - Américas do Norte e do Sul, Europa, Ásia, África e Austrália (11 gên. e 17 esp.)

Família Ardeidae

- de tamanho pequeno a grande: 280 a 1450 mm - aves com bico longo, reto e pontudo - unha do artelho médio pectinada - plumas pulvurulentas - cosmopolitas (31 gêneros e 62 espécies)

Família Threskiornithidae

Ordem Coraciiformes

docsity.com

- cosmopolita de origem oriental - tamanho muito diverso - plumagem densa e lisa Família Alcedinidae

Ordem Anseriformes

- aves aquáticas e semi-aquáticas - de tamanho pequeno a grande: 290 - 1525 mm - narinas perfuradas, língua carnosa - 11 remiges primárias, sendo a primeira de tamanho reduzido; - glândula uropigial com penas; - bicos largos e achatados, geralmente lamelados, coberto com epiderme

cornificada mole contendo numerosas terminações nervosas tácteis em botões sensitivos, com "unha"ou capa mais dura na extremidade

- margens dos bicos com muitos sulcos transversais cornificados (lamelas) - cauda geralmente curta, com muitas penas - ovos de cor uniforme, sem manchas - filhotes nidífugos cobertos de penas - artelhos unidos pelo menos parcialmente por palmouras; - ninho forrado de penas - língua carnosa - pernas curtas, pés com palmouras - cosmopolitas (2 famílias) Família Anatidae

- de tamanho pequeno a grande: 290 - 1525 mm; - mergulham apenas a cabeça e não o corpo quando se alimentam - pernas pequenas ou de tamanho médio, artelhos com palmouras - aves com bicos largos e achatados, geralmente lamelados - cosmopolitas (5 famílias e cerca de 245 espécies)

Ordem Gruiformes - principalmente aves aquáticas - tamanho muito pequeno a grande: 112 a 1525 mm - pescoço relativamente longo - asas arredondadas, cauda curta, pernas médias a longas - penas com hiporráquis - vôo forte, habitantes de pântanos abertos e pradarias ou de tamanho médio a

pequeno, de vôo fraco (ocasionalmente sem capacidade de vôo) e habitantes tímidos de pântanos

- filhotes nidífugos - cosmopolitas, com exceção da Antártica (12 famílias) Família Rallidae

docsity.com

- de tamanho pequeno a médio: 140 - 500 mm - bico forte, de curto a longo; asas curtas e arredondadas, artelhos longos - cosmopolitas (132 espécies)

Ordem Galliformes

- bico curto - pena com hiporráquis - pés geralmente adaptados para ciscar e correr - com artelhos curvos - filhotes cobertos com plumas ao eclodirem e nidífugos - aves de caça, algumas espécies domesticadas, muitas habitantes de solo,

gregárias, onde a maioria nidifica - alimentam-se principalmente de matéria vegetal - tamanho pequeno a muito grande (125 a 2335 mm) - aves terrestres com bicos curvos e curtos - muitas vezes áreas da cabeça sem penas - asas curtas e arredondadas Família Numididae

- tamanho médio: 430-750 mm - hábitos terrestres - cabeça e pescoço quase nus, cauda muito curta - artelho posterior curto e um pouco elevado

Família Phasianidae

- tamanho de 125 a 2335 mm - galináceos cujo tarso geralmente não é recoberto de penas - sacos infláveis ausentes no pescoço - cauda variando de muito curta a longa - esporas muitas vezes presentes na região posterior do tarso dos machos - artelho posterior ligeiramente elevado e menor do que os anteriores - quase cosmopolitas

Ordem Psittaciformes - de tamanho muito pequeno a razoavelmente grande: 95 - 1000 mm - bico curto, forte, com margens afiadas e curvo na extremidade - maxilar superior móvel no osso frontal do crânio - plumagem brilhante, vários tons de verde, amarelo, vermelho ou azul - bico com ceroma mole, frequentemente com penas - pés fortes com artelhos zigodáctilos, adaptados para agarrar (2 para frente e 2

para trás) - artelho posterior externo não reversível - muitos gregários e com vozes altas, alimentam-se principalmente de frutos - áreas tropicais e grande parte do Hemisférios Sul (1 família) Família Psittacidae

docsity.com

- 315 espécies

Ordem Cuculiformes - de tamanho pequeno a médio: 160 - 700 mm - aves arborícolas - cauda longa - maxila superior imóvel, ceroma ausente no bico - pés zigodáctilos, artelho posterior externo reversível, não adaptados para

agarrar - cosmopolitas com exceção das latitudes altas (2 famílias) Família Cuculidae

- de tamanho pequeno a médio: 160 - 700 mm - bico curvo - asas razoavelmente longas - cauda longa com penas graduadas - quase cosmopolitas, muitos cucos do Velho Mundo são parasitos (127 espécies)

Ordem Charadriiformes

- aves ribieirinhas, costeiras, aquáticas e de pântanos - tamanho pequeno a médio: 175-750 mm - bico curto a longo, reto, curvo ou recurvado - artelhos geralmente unidos por palmouras, pelo menos na base - plumagem densa e firme - pernas mais ou menos longas (aves de praia), asas fortes (gaivotas) ou com

apenas 3 artelhos e pernas bem na parte posterior do corpo - ovos muito manchados - filhotes nidífugos na maioria das espécies - dimorfismo sexual pequeno - asas longas, penas com hiporráquis - glândula uropigial em tufo - cosmopolitas (16 famílias) Família Charadriidae

- tamanho de 150-400 mm - aves ribeirinhas com corpo troncudo e bico relativamente curto, cuja extremidade é

discretamente alargada - cabeça e olhos proporcionalmente grandes, pescoço curto - procuram alimento na areia, no lodo ou na água rasa - artelho posterior rudimentar ou ausente - cosmopolitas (63 espécies)

Ordem Falconiformes - bico fortemente curvado na extremidade com ceroma na base - mandíbulas com margens afiadas

docsity.com

- pés usualemente adaptados para agarrar com garras curvas e afiadas, polegar oponível;

- predadores ativos durante o dia - alimenta-se variadamente de vertebrados e animais menores - tamanho pequeno a muito grande (150 a 1500 mm) - vôo forte, rápido em alguns Família Falconidae

Ordem Columbiformes

- tamanho de 150 a 1200 mm - bico geralmente curto e delgado, com ceroma - tarso geralmente mais curto que os artelhos - papo grande, produzindo “leite” para alimentar os filhotes - ovos sem manchas, geralmente brancos - filhotes nus - aves terrestres com corpo rechonchudo, com plumagem macia e frouxa - cosmopolitas Família Columbidae

- tamanho de 150 - 840 mm; - bico possui ceroma carnoso e alargado distalmente - aves com corpo forte e cabeça pequena

Ordem Strigiformes

- cabeça grande e arredondada - olhos grandes e dirigidos para a frente, cada um num disco de penas radiais - abertura do ouvido grande, frequentemente com uma cobertura semelhante a

uma aba, às vezes assimétrica - bico curto - pés adaptados para agarrar - garras afiadas - plumagem de textura mole e frouxa - filhotes cobertos com plumas ao eclodirem - ovos brancos - ativas durante a noite, escondem-se em abrigos durante o dia - alimentam-se de vertebrados terrestres, especialmente de mamíferos, algumas

aves e artrópodos - cosmopolitas

Família Tytonidae

- tamanho de 300 - 530 mm; - cabeça em forma de coração - olhos relativamente pequenos - bico proporcionalmente longo

docsity.com

- asas longas e arredondadas - pernas curtas ou pouco maiores - pernas longas recobetas de penas - garra mediana pectinada - cosmopolitas

Família Strigidae

- tamanho de 130 - 700 mm; - corujas com cabeças redondas - olhos grandes - bico curto e forte - assas longas e arredondadas - pernas curtas ou pouco maiores - garran mediana não pectinada - cosmopolitas

Ordem Piciformes

- de tamanho pequeno a médio: 80 - 600 mm - aves arborícolas com pés zigodáctilos - bico de tamanho pequeno a extremamente grande; - pernas e pés fortes; - artelho externo oponível na maioria das espécies - áreas temperadas e tropicais, com exceção da Nova Zelândia, região

Australiana e Madagáscar (6 famílias) Família Picidae

- de tamanho pequeno a médio: 90 - 560 mm; - aves com bico reto e pontudo - cabeça proporcionalmente grande, pescoço fino - plumagem áspera com exceção de algumas retrizes pontudas e firmes, exceto em

alguns, pernas curtas, pés fortes - 2 artelhos para frente e 2 (ou 1) para trás, não reversíveis - encontrados principalmente em florestas, agarrados aos troncos de árvores, caçam

insetos e larvas na madeira e escavam cavidades para o ninho nas árvores - retrizes firmes, com extremidades pontudas - bico forte - língua áspera ou com barbas na extremidade e protrátil - cosmopolitas com exceção de Madagáscar, Nova Zelândia, região Australiana e ilhas

Oceânicas (210 espécies)

Família Rhamphastidae - tamanho de 300 - 600 mm; - aves com bico muito grande - bordas do bico serrilhadas - pele ao redor dos olhos nua - língua longa e estreita - asas curtas e arredondadas

Ordem Passeriformes

docsity.com

- tamanho pequeno a grande: 75 a 1015 mm - cerca de 3/5 de todas as espécies viventes (60% de todas as aves) - forma do bico variável - asas variando de curtas e arredondadas a muito longa e pontuda, com 9 ou 10

primárias - cauda varia de curta a muito longa - 4 artelhos funcionais, no mesmo plano, nunca reversíveis, nem unidos por

palmouras, 3 para frente e 1 para trás, adaptados para empoleirar - cosmopolitas ( 4 subordens, 64 famílias)

Subordem Tyranni - sem nenhum músculo na siringe, ou até 2 pares - 14 vértebras cervicais - tendões plantares unidos - hálux forte - 13 famílias

Família Tyrannidae

- de tamanho pequeno a médio: 75 - 405 mm - cabeça moderadamente grande, bico normalmente largo, chato e levemente curvo, - cerdas rictais bem desenvolvidas (geralmente) - pernas e pés usualmente fracos - Américas do Norte e do Sul (365 espécies)

Subordem Passeres - aves canoras - 5 a 7 pares de músculos na siringe - todos os tipos de habitats algumas estritamente terrestres, a maioria em árvores e

arbustos - geralmente constroem ninhos, alguns elaborados - 3 a 8 ovos variadamente coloridos - filhotes nus e cegos ao eclodirem - requerem alimentação e cuidados dos pais antes de se tornarem independentes - alimento variado, principalmente de pequeno tamanho, muitas estritamente

insetívoras, algumas exclusivamente granívoras, outras têm regime misto - 14 vértebras cervicais - tendões plantares profundos unidos, hálux forte - 48 famílias (Segundo Wetmore, 1960)

Família Corvidae

- tamanho médio a grande: 175-700 mm - bico fortes, narinas arredondadas - 10 primárias presentes - tarsos escutelados, pernas e pés fortes - quase cosmopolitas, com exceção da Nova Zelândia, Antártica e a maioria das ilhas Oceânicas (100 sp).

Família Turdidae

docsity.com

- tamanho pequeno a médio: 115 - 330 mm - bico curvo de comprimento médio - manchas presentes na plumagem juvenil - 10 primárias - quase cosmopolitas, com exceção da Nova Zelândia, ilhas oceânicas e áreas polares

(300 espécies) Família Hirundinidae

- tamanho 95 - 230 mm - bico pequeno e triangular - asas longas e pontudas - plumagem muito compacta, penas muito curtas - pés pequenos

Família Thraupidae - tamanho pequeno a médio: 75 - 305 mm - pássaros brilhantemente coloridos, com asas curtas e arredondadas, 9 primárias - bico um tanto cônico, em geral, levemente curvo na extremidade, possuindo um entalhe nas bordas cortantes, cerdas rictais presentes - pernas curtas - América do Norte, do Sul e Índias Ocidentais (222 sp).

Família Ploceidae - tamanho pequeno a médio: 75 - 650 mm -pássaros com bico cônico, com exposição de parte da maxila superior - décima primária reduzida, vestigial ou ausente - tarso nunca mais longo que o artelho médio com a garra - cosmopolitas (375 espécies)

Família Fringillidae - tamanho pequeno a médio: 95 - 375 mm - pássaros com bico curto, grosso e cônico, cerdas rictais normalmente presentes - 9 primárias - tarso mais longo que o artelho médio com a garra - quase cosmopolitas, com exceção de Madagáscar, Austrália e Oceânia (700 espécies)

Referências Bibliográficas Hofling, E., Oliveira, A. M. de S., Rodrigues, M. T., Trajano, E., Rocha, P. L. B.

Chordata: manual para um curso prático. São Paulo: Edusp, 1995, 242p. Orr, R. T. Biologia dos Vertebrados. 5a. edição. Livraria Roca toda, 1986. 508p. Storer, T. I., Usinger, R. L. Stebbins, R. C., Nybakken, J. W. Zoologia Geral. 6a. edição.

Companhia Editora Nacional, 1984. 816p.

docsity.com

comentários (0)
Até o momento nenhum comentário
Seja o primeiro a comentar!
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Docsity is not optimized for the browser you're using. In order to have a better experience we suggest you to use Internet Explorer 9+, Chrome, Firefox or Safari! Download Google Chrome