TEP - Apostilas - Hematologia_Parte1, Notas de estudo de . Faculdade Medicina Estadual (ISEP)
Pipoqueiro
Pipoqueiro11 de Março de 2013

TEP - Apostilas - Hematologia_Parte1, Notas de estudo de . Faculdade Medicina Estadual (ISEP)

PDF (335.8 KB)
10 páginas
727Número de visitas
Descrição
Apostilas de Hematologia sobre o estudo do TEP, definições, Tríade de Wirchow, Fatores de Risco para TEP, embolia pulmonar sinais e sintomas.
20pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento
Pré-visualização3 páginas / 10
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Pré-visualização finalizada
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Pré-visualização finalizada
Consulte e baixe o documento completo
PE The Problem 250,000 U.S. hospitalizations a year 50,000 deaths Third most common acute cardiovascular disease Mortality rate remains unacceptably high

Tromboembolismo Pulmonar

Definições

Embolia pulmonar (EP): gotículas de gordura, bolhas aéreas, líquido amniótico, neoplasias, fragmentos de catéter, coágulos.

Trombose venosa profunda (TVP): coágulos formados no sistema venoso, habitualmente nos membros inferiores.

Tromboembolismo pulmonar (TEP): Quando existe a associação de TVP e EP.

É IMPORTANTE PENSAR NO TEP?

5 milhões de episódios de TVP anuais nos EUA. 650.000 evoluem para EP 50 a 200.000 mortes anuais A 3ª causa mais comum de doença cardiovascular Fatores de risco conhecidos e prevenção eficaz. Dos pacientes que morrerão devido a TEP, 75-90% morrerão nas primeiras 2 h do evento agudo.

Tríade de Wirchow

Estase sanguínea

Injúria da parede vascular

Hipercoagulabilidade

Fatores de Risco para TEP Obesidade Imobilização prolongada (IAM, ICC, DPOC, viagens) Doença maligna Doença cardio-pulmonar associada Tromboembolismo prévio Uso de contraceptivos ou reposição hormonal Gravidez, cesariana e puerpério Tromboses de catéteres venosos Grandes cirurgias - tempo anestésico > 30 min Cirurgias ou traumas ortopédicos nos MMII Trombofilias

CONCEITOS ATUAIS NA TEP

A EP é secundária a TVP dos membros inferiores em cerca de 90% dos casos

Em 50% dos casos de TVP não encontramos seus sinais clássicos (dor, calor, rubor e edema)

Trombos confinados abaixo das panturrilhas apresentam baixo risco embólico quando comparado aos localizados acima

Em 75% dos casos de EP permanece trombo residual servindo como fonte potencial de recorrência

EMBOLIA PULMONAR SINAIS E SINTOMAS

SINAIS SINTOMAS

Taquipnéia (FR>16/min) Dispneia (inexplicada) Taquicardia (FC>100 min) Dor torácica pleurítica Acentuação B2 Apreensão, ansiedade Cianose (EP maciça) Síncope (EP maciça) Febre Hemoptises

(incomum) Sudorese (incomum)

Probabilidade clínica

1. Os sintomas apresentados pelo paciente podem ser explicados por outra patologia?

2. Existem fatores de risco presentes?

2 presentes: alta probabilidade 1 presente: média probabilidade nenhum presente: baixa probabilidade

DIAGNÓSTICO DE EMBOLIA PULMONAR

EXAMES INESPECÍFICOS

ECG Radiografia de tórax Gasometria arterial Ecocardiografia (transtorácico) D-dimer sangüíneo

DIAGNÓSTICO DE EMBOLIA PULMONAR

ECG

Padrão típico: S1Q3T3

As mais freqüentes alterações são taquicardia sinusal e alt. regularização ventricular

Onda p pulmonale e desvio do eixo para direita

comentários (0)
Até o momento nenhum comentário
Seja o primeiro a comentar!
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Docsity is not optimized for the browser you're using. In order to have a better experience we suggest you to use Internet Explorer 9+, Chrome, Firefox or Safari! Download Google Chrome