Vestibular de Fisica - Universidade Estadual de Maringá - 2008 - UEM, Notas de estudo de Física. Universidade Potiguar (UnP)
Gisele
Gisele12 de Março de 2013

Vestibular de Fisica - Universidade Estadual de Maringá - 2008 - UEM, Notas de estudo de Física. Universidade Potiguar (UnP)

PDF (468.3 KB)
11 páginas
705Número de visitas
Descrição
Vestibular de Física da Universidade Estadual de Maringá do ano 2008.
20pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento
Pré-visualização3 páginas / 11
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Pré-visualização finalizada
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Pré-visualização finalizada
Consulte e baixe o documento completo
Microsoft Word - P3G1 - Objetivas Física.doc

GABARITO 1

Prova 3 – Física QUESTÕES OBJETIIVAS

N.o DE ORDEM:N.o DE INSCRIÇÃO:NOME DO CANDIDATO:

IINSTRUÇÕES PARA A REALIIZAÇÃO DA PROVA 1. Confira os campos N.o DE ORDEM, N.o DE INSCRIÇÃO e NOME, conforme o que consta na etiqueta fixada em sua

carteira. 2. Confira se o número do gabarito deste caderno corresponde ao constante na etiqueta fixada em sua carteira. Se houver

divergência, avise, imediatamente, o fiscal. 3. É proibido folhear o caderno de provas antes do sinal, às 9 horas. 4. Após o sinal, confira se este caderno contém 40 questões objetivas (20 de cada matéria) e/ou qualquer tipo de defeito.

Qualquer problema, avise, imediatamente, o fiscal. 5. O tempo mínimo de permanência na sala é de 1h e 30min após o início da prova. 6. No tempo destinado a esta prova (4 horas), está incluído o de preenchimento da Folha de Respostas. 7. Transcreva as respostas deste caderno para a Folha de Respostas. A resposta será a soma dos

números associados às alternativas corretas. Para cada questão, preencha sempre dois alvéolos: um na coluna das dezenas e um na coluna das unidades, conforme exemplo ao lado: questão 13, resposta 09 (soma das alternativas 01 e 08).

8. Se desejar, transcreva as respostas deste caderno no Rascunho para Anotação das Respostas constante nesta prova e destaque-o, para retirá-lo hoje, nesta sala, no horário das 13h15min às 13h30min, mediante apresentação do documento de identificação do candidato. Após esse período, não haverá devolução.

9. Ao término da prova, levante o braço e aguarde atendimento. Entregue ao fiscal este caderno, a Folha de Respostas e o Rascunho para Anotação das Respostas.

Corte na linha pontilhada. ....................................................................................................................... RASCUNHO PARA ANOTAÇÃO DAS RESPOSTAS

N.o DE ORDEM:NOME:

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20

UEM – Comissão Central do Vestibular Unificado

docsity.com

GABARITO 1 UEM/CVU

Vestibular de Verão/2008 – Prova 3 Física

2

FÍSICA

Questão 01

Um corpo de massa 10,0 kg inicia seu movimento a partir do repouso e, após 10,0 s, sua velocidade é 20,0 m/s. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s). 01) Se o corpo realiza um movimento retilíneo uniforme,

sua velocidade é constante e igual a 20,0 m/s. 02) Se o corpo realiza um movimento retilíneo

uniformemente variado, sua aceleração é constante e igual a 1,0 m/s2.

04) Se o corpo realiza um movimento retilíneo uniformemente variado até o instante t = 10,0 s, ele percorreu 100,0 m.

08) Se o corpo realiza um movimento retilíneo uniformemente variado até o instante t = 5,0 s, sua velocidade atinge 15,0 m/s.

16) Os gráficos abaixo descrevem, qualitativamente, o movimento do corpo, quando esse realiza um movimento uniformemente variado.

P os

iç ão

Tempo

Ac el

er aç

ão

Tempo

V el

oc id

ad e

Tempo

Questão 02

Considere um feixe de luz se propagando no ar e incidindo sobre a face de um bloco de vidro. Considere a velocidade de propagação da luz no ar igual a 3,0 × 108 m/s e o índice de refração do ar igual a 1,0. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s). 01) Se, ao atravessar o vidro, o feixe de luz se aproximar

da normal, podemos inferir que o índice de refração do vidro é menor que o índice de refração do ar.

02) Se o ângulo de incidência for 45º e o ângulo de refração for 30º, a velocidade da luz no vidro será aproximadamente 2,12 × 108 m/s.

04) Ao passar para o vidro, a velocidade e o comprimento de onda da luz são alterados.

08) O feixe de luz, ao atravessar o vidro, sofre uma interferência interna total.

16) O índice de refração informa quantas vezes a velocidade da luz propagando no vidro é menor que no vácuo.

docsity.com

GABARITO 1 UEM/CVU

Vestibular de Verão/2008 – Prova 3 Física

3

Questão 03

Duas pilhas, cada uma com força eletromotriz 3,0 V e com resistência interna 1,0 Ω, são conectadas para acender uma lâmpada com valores nominais de 4,8 V e 0,6 A. Considere que valores menores que os nominais não acendem a lâmpada e maiores que esses vão queimá- la. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s).01) Para que a lâmpada acenda, as pilhas devem ser

associadas em série, conforme esquema do circuito elétrico abaixo.

i 3,0 V 3,0 V

r1 r2

A L

B

02) O gráfico abaixo representa as variações do potencial

em um circuito elétrico projetado para fazer a lâmpada acender.

VA

VB

Po te

nc ia

l e lé

tri co

Posição no trecho do circuito

04) A potência dissipada na lâmpada é 2,88 W. 08) A força eletromotriz equivalente do circuito

adequado para acender a lâmpada é 1,2 V. 16) Para que a lâmpada acenda, as pilhas devem ser

conectadas em paralelo.

Rascunho

docsity.com

GABARITO 1 UEM/CVU

Vestibular de Verão/2008 – Prova 3 Física

4

Questão 04

Duas polias, A e B, de raios R1 = 10 cm e R2 = 20 cm, giram acopladas por uma correia de massa desprezível que não desliza, e a polia A gira com uma freqüência de rotação de 20 rpm. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s). 01) A velocidade de qualquer ponto P da correia é

aproximadamente 0,21 m/s. 02) A freqüência angular de rotação da polia B é

2,0 rad/s. 04) A razão entre as freqüências de rotação das polias A e

B é 2. 08) O período de rotação da polia A é 3,0 s. 16) A aceleração centrípeta experimentada por uma

partícula de massa m, colocada na extremidade da polia A (borda mais externa), é maior do que se a mesma partícula fosse colocada na extremidade da polia B.

Questão 05

Considere um capacitor de placas paralelas com vácuo entre as placas. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s). Considere a permissividade elétrica no vácuo ε0 = 8,9 × 10−12 C2 N−1 m−2. 01) No capacitor, os valores nominais (C e V)

especificam a capacidade e a máxima diferença de potencial que esse suporta sem romper sua rigidez dielétrica.

02) Quando o capacitor está completamente carregado, o campo elétrico entre as placas do capacitor é nulo.

04) Para um capacitor com placas de área S = 150,0 cm2 e uma distância entre elas de 0,5 mm, a capacidade do capacitor é 26,7 × 10−11 F.

08) Se ligarmos o capacitor a uma bateria, a carga máxima que pode ser armazenada no mesmo depende da diferença de potencial fornecida pela bateria.

16) A carga máxima que pode ser armazenada em um capacitor com valores nominais de 10,0 × 10−12 F e 5 V é 5,0 × 10−11 C e a energia potencial acumulada no capacitor, nessa condição, é 2,5 × 10−9 J.

Questão 06

Considere um chuveiro elétrico que possui uma chave com três posições (desligado, verão e inverno) para controlar a temperatura da água, ligado à rede elétrica de 110 V de uma residência. Considere que o chuveiro tenha um único resistor, que funciona como um reostato. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s). 01) Ao colocar a chave na posição inverno, a diferença de

potencial nos terminais da resistência do chuveiro é aumentada, o que faz aumentar a temperatura da água.

02) Ao colocar a chave na posição inverno, é aumentado o comprimento do resistor, aumentando a temperatura da água.

04) Ao colocar a chave na posição desligado, é fechado o circuito entre o pólo positivo e negativo da rede elétrica.

08) Ao colocar a chave na posição verão, a potência dissipada no resistor é maior que na posição inverno.

16) Se aumentar a sessão reta do resistor, a potência dissipada nas duas posições inverno e verão irá aumentar.

Questão 07

Um projétil é lançado horizontalmente do alto de um rochedo de 490,0 m de altura, com uma velocidade inicial de 30,0 m/s. Considere g = 9,8 m/s2 e assinale o que for correto. 01) O projétil alcança o solo a uma distância horizontal

de 580,0 m de seu ponto de lançamento. 02) No eixo x, o objeto descreve um movimento retilíneo

uniforme, com a = 0,0 m/s2, e, no eixo y, um movimento retilíneo uniformemente variado, com uma aceleração de 9,8 m/s2, na direção vertical e no sentido de cima para baixo.

04) Em t = 5,0 s, o objeto encontra-se nas coordenadas x = 150,0 m e y = 367,5 m.

08) Em t = 5,0 s, o objeto possui uma velocidade vertical de módulo 30,0 m/s.

16) Após o lançamento, o objeto alcança o solo em t = 30,0 s.

docsity.com

GABARITO 1 UEM/CVU

Vestibular de Verão/2008 – Prova 3 Física

5

Questão 08

Projéteis de 100,0 g são disparados por uma metralhadora presa a um dispositivo que, efetuando uma força mensurável e regulável, impede que a arma recue quando a metralhadora é acionada. A velocidade de saída dos projéteis é 100,0 m/s. Despreze a resistência do ar e considere g = 10,0 m/s2. Assinale o que for correto. 01) Se a força exercida pelo dispositivo que prende a

arma for 50,0 N, a metralhadora disparará 5 balas por segundo.

02) Se a força exercida pelo dispositivo que prende a arma for 50,0 N, o conjunto de projéteis disparados possuirá uma energia cinética de 5000,0 J.

04) Um atirador aciona a metralhadora e dispara 5 balas contra um bloco de madeira de massa 99,5 kg, inicialmente em repouso sobre uma superfície plana e sem atrito. Se todos os projéteis ficarem incrustados no interior do bloco, sua velocidade, ao final dos disparos, será 1,0 m/s.

08) Um atirador aciona a metralhadora e dispara 5 balas contra um bloco de madeira de massa 99,5 kg, inicialmente em repouso sobre uma superfície plana e com coeficiente de atrito cinético 0,0625. Se todos os projéteis ficarem incrustados no interior do bloco, ele percorrerá uma distância de 0,2 m sobre a superfície até parar.

16) Se dispararmos somente um projétil de 100,0 g dessa metralhadora contra um pêndulo balístico de massa 49,9 kg e esse permanecer incrustado no interior do pêndulo, o pêndulo sofrerá uma elevação de aproximadamente 9,0 cm.

Rascunho

docsity.com

GABARITO 1 UEM/CVU

Vestibular de Verão/2008 – Prova 3 Física

6

Questão 09

Com relação aos espelhos planos e aos espelhos esféricos, assinale a(s) alternativa(s) correta(s). 01) A imagem formada por qualquer espelho é sempre

virtual. 02) A imagem formada por um espelho esférico côncavo,

quando o objeto está entre o vértice e o foco do espelho, é menor, virtual e direita.

04) A equação de conjugação de espelhos esféricos é válida apenas quando as condições de estigmatismo ocorrem.

08) Um espelho esférico côncavo concentra grande energia luminosa no foco, quando a fonte luminosa situada no eixo do espelho e em frente ao mesmo se encontra no infinito.

16) Um objeto real de 3,0 cm de altura é posicionado no eixo principal de um espelho esférico côncavo de raio de curvatura igual a 40,0 cm. Quando o objeto está a 30,0 cm do vértice, a imagem é ampliada em 2 vezes e se forma a 60,0 cm do vértice.

Questão 10

O diagrama pressão × volume abaixo ilustra a transformação cíclica que 1,0 mol de gás ideal sofre. Analisando o gráfico, assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

A B

CD

P (Pa)

V (m3)

2×105

P2

1 3

T3 T2

T1

01) O gás sofre as transformações termodinâmicas,

seguindo o ciclo de Carnot. 02) A variação da energia interna do gás quando passa do

estado A para o estado C seguindo o caminho ABC é maior do que quando segue o caminho ADC, em um processo inverso.

04) A pressão em B é 6 × 105 Pa. 08) O trabalho realizado no ciclo fechado é 8 × 105 J. 16) A variação da energia interna para ir de D para A se

deve à variação da quantidade de calor.

Rascunho

docsity.com

GABARITO 1 UEM/CVU

Vestibular de Verão/2008 – Prova 3 Física

7

Questão 11

Um corpo, solto próximo à superfície da Terra, está sujeito à ação da força gravitacional oriunda da interação Terra-corpo. Com base nessa afirmação, assinale o que for correto. 01) A força de reação, devido à atração gravitacional que

a Terra exerce sobre o corpo, é a força de natureza gravitacional com que o corpo atrai a Terra.

02) O campo gravitacional da Terra é representado pelo vetor campo gravitacional g , que pode ser considerado constante quando medido ao nível do mar.

04) A terceira lei de Kepler estabelece que o quadrado do período de revolução de um planeta em órbita do Sol é diretamente proporcional ao cubo do raio médio de sua órbita.

08) Se colocarmos o corpo sobre uma mesa, ao nível do mar, a força de reação à força peso do corpo será a força normal originada do contato entre o corpo e a mesa.

16) Um corpo colocado ora na superfície da Terra ora na superfície da Lua apresentará o mesmo peso e a mesma massa.

Questão 12

Uma pista de corrida circular possui um raio de 250 m. Considere g = 10 m/s2 e assinale a(s) alternativa(s) correta(s). 01) Se a pista possuir um ângulo de inclinação com a

horizontal de 45o, a velocidade máxima que um piloto pode imprimir a uma moto de corridas de massa 200 kg, para que a mesma se mantenha na trajetória circular sem se importar com o atrito entre os pneus da moto e a pista é 50 m/s.

02) Se a pista possuir um ângulo de inclinação com a horizontal de 45o, a força centrípeta experimentada por uma moto de corridas de 200 kg, quando essa corre na pista a uma velocidade de 50 m/s, é 3000 N, sem depender da força de atrito.

04) Se a pista não for inclinada e o coeficiente de atrito estático entre os pneus da moto e a pista for 0,36, a máxima velocidade com que a moto de massa 200 kg poderá circular nessa pista será 30 m/s.

08) Se a pista não for inclinada, a força centrípeta experimentada por uma moto de 200 kg, que corre nessa pista com uma velocidade de 20 m/s, é 380 N.

16) Se a pista possuir um ângulo de inclinação com a horizontal, a velocidade máxima com a qual uma moto pode circular dependerá do raio da pista.

Rascunho

docsity.com

GABARITO 1 UEM/CVU

Vestibular de Verão/2008 – Prova 3 Física

8

Questão 13

Com relação aos instrumentos sonoros, assinale o que for correto. 01) A freqüência de vibração do som emitido por uma

coluna de ar em um tubo sonoro é diretamente proporcional ao comprimento de onda da onda sonora.

02) Em um instrumento de corda, a freqüência das ondas sonoras que as cordas emitem é diretamente proporcional ao comprimento da corda.

04) Nos instrumentos de sopro, é possível controlar a velocidade do som.

08) A freqüência de vibração do som em tubos sonoros é controlada pelo comprimento da coluna de ar vibrante no tubo.

16) A onda sonora produzida por um instrumento de sopro é transversal.

Questão 14

Uma espira circular ligada a um amperímetro é posicionada perpendicularmente a um campo magnético. Assinale o que for correto. 01) Se a espira for mantida em repouso e o campo

magnético uniforme, então será observada uma corrente elétrica no circuito.

02) Se o fluxo magnético variar no tempo, será observado o surgimento de uma força eletromotriz induzida na espira.

04) Se o campo magnético variar no tempo, não será observado o surgimento de uma corrente elétrica induzida na espira.

08) Quando há uma força eletromotriz induzida na espira, a primeira lei da termodinâmica é violada.

16) Para uma espira de 0,1 m de raio, imersa em um campo magnético uniforme de 0,2 T de intensidade e posicionada perpendicularmente ao mesmo, o fluxo magnético que a atravessa é 2 × 10−3π Wb.

Questão 15

Um feixe de luz branca incide sobre uma rede de difração de 2000 linhas por centímetro. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s). 01) A dispersão (largura do espectro) produzida por uma

rede de difração depende da largura de cada fenda. 02) A luz, ao atravessar a rede de difração, sofre uma

refração. 04) A espessura das fendas é 0,4 × 10−3 m. 08) O ângulo da franja brilhante de primeira ordem da luz

na região da cor ultravioleta será menor que o ângulo da franja brilhante de primeira ordem da luz na região da cor vermelha.

16) O seno do ângulo da franja brilhante de primeira ordem para o comprimento de onda λ = 6,0 × 10−7 m será 0,12.

Questão 16

O gráfico abaixo ilustra a variação da quantidade de calor em função da variação da temperatura para duas substâncias diferentes. Analise o gráfico e assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

0 5 10 15 20 25 30 0

50

100

150

200

250

300

B

A

Q ua

nt id

ad e

de c

al or

(c al

)

Temperatura (oC)

01) Se A e B tiverem massas idênticas, a capacidade térmica de A é maior que a capacidade térmica de B.

02) A capacidade térmica das substâncias depende da massa das mesmas.

04) A capacidade térmica de B é 3,0 cal/ºC. 08) Se os calores específicos das substâncias forem os

mesmos, a massa de B é maior que a de A. 16) Para aquecer a substância A de 10,0 ºC para 20,0 ºC

em 10 minutos, a fonte de calor fornece potência a uma taxa constante de 10,0 cal/min.

docsity.com

GABARITO 1 UEM/CVU

Vestibular de Verão/2008 – Prova 3 Física

9

Questão 17

Um béquer é preenchido com 1,0 kg de água até o volume de 1,0 litro. Considere o valor da pressão atmosférica 1,01 × 105 Pa e g = 9,8 m/s2. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s). 01) A pressão em um ponto p situado 5,0 cm abaixo da

superfície do líquido é, aproximadamente, 1,01 × 105 Pa.

02) Se colocarmos uma pedra de gelo de 1,0 cm3 e densidade 0,58 g/cm3 no interior do béquer, ela afundará.

04) Se colocarmos uma pedra de gelo de 1,0 cm3 e densidade 0,58 g/cm3 no interior do béquer, ela estará sujeita a um empuxo de 10,5 × 10−1 N.

08) Se colocarmos uma pedra de gelo de 1,0 cm3 e densidade 0,58 g/cm3 no interior do béquer, o volume de líquido deslocado será 0,35 cm3.

16) Se aquecermos o líquido no interior do béquer à temperatura de 50,0 ºC, sua densidade diminuirá e seu volume aumentará.

Questão 18

Um bloco de massa 1,0 kg é solto do ponto mais alto de um plano inclinado de 30o e a 2,5 m de altura, ambos em relação a horizontal. Considere g = 10,0 m/s2 e assinale o que for correto. 01) Se não houver atrito entre o bloco e a superfície do

plano inclinado, o bloco atinge a base do plano a uma velocidade de 10,0 m/s.

02) O módulo da força de reação normal do plano inclinado é igual ao módulo da força peso do bloco.

04) Se houver atrito entre o bloco e a superfície do plano inclinado, com coeficiente de atrito cinético 0,2, o trabalho realizado pela força de atrito será 3 J.

08) Se há atrito entre o bloco e a superfície do plano inclinado, há conservação de energia mecânica.

16) A força resultante que age sobre o bloco e o faz se deslocar sobre o plano inclinado quando não há atrito entre o bloco e a superfície do plano é igual a mgcos(30o).

Rascunho

docsity.com

GABARITO 1 UEM/CVU

Vestibular de Verão/2008 – Prova 3 Física

10

Questão 19

Um bloco de 20,0 Kg, colocado sobre uma superfície plana e rugosa, é puxado na direção do eixo x com velocidade constante de 1,0 m/s, por uma força F = 100,0 N, que faz um ângulo de 30o com a horizontal. O coeficiente de atrito cinético entre o bloco e a superfície é 0,593. Considere g = 9,8 m/s2 e assinale a(s) alternativa(s) correta(s). 01) O peso do bloco é 196 N. 02) A força de atrito cinético entre o bloco e a superfície

é 196 N. 04) O trabalho realizado pela componente da força F na

direção x, quando o bloco é puxado 5,0 m, é 500 J. 08) A energia cinética do bloco é 10 J. 16) O trabalho realizado pela força de atrito quando o

bloco é puxado 5,0 m é, aproximadamente, - 433 J.

Questão 20

Em relação à condução de calor em sólidos e em líquidos, assinale a(s) alternativa(s) correta(s). 01) Devido às diferenças dos coeficientes de dilatação

dos metais, o termostato é formado por duas lâminas do mesmo metal.

02) O termômetro de mercúrio funciona adequadamente bem devido ao fato de o coeficiente de dilatação do mercúrio ser muito menor que o coeficiente de dilatação do vidro.

04) A dilatação volumétrica (∆V) de um sólido depende somente do coeficiente de dilatação volumétrico do sólido.

08) Uma lâmina quadrada de alumínio, com coeficiente de dilatação superficial igual a 4,8 × 10−5 oC−1 e de 10,0 cm de lado, quando aquecida de 0,0 oC a 20,0 ºC, sofre uma dilatação superficial de 0,096 cm2.

16) A densidade de uma esfera metálica aumenta quando a esfera é aquecida.

Rascunho

docsity.com

GABARITO 1 UEM/CVU

Vestibular de Verão/2008 – Prova 3 Física

11

FÍSICA – Formulário e Constantes Físicas FORMULÁRIO CONSTANTES FÍSICAS

2 00 at2

1tvss ++=

atvv 0 +=

sa2vv 20 2 ∆+=

RF ma=

F = m r

v2

gmP =

Nfa µ=

θ= cosFdW

2 c mv2

1E =

mghEp =

2 p kx2

1E =

cEW ∆=

vmp = I = F∆t = ∆p

θ±=τ Fdsen

WP= t ∆ ∆

2 21

d

mm GF =

g L2T π=

mT 2 k= π

V m=ρ

A Fp =

ghpp 0 ρ+=

VgE ρ=

)t1(LL 0 ∆α+=

)t1(LL 0 ∆α+=

)t1(LL 0 ∆α+=

mLQ =

nRTpV =

tmcQ ∆=

)TT( L

KA 12 −=Φ

∆Q = W + ∆U

2

1

T1 Tη = −

VpW ∆=

R = 1Q

W

θ= qvBsenF

2 0

21

r4

qq F

πε =

EqF =

r4 qV

0πε =

EdV =

ABAB qVW =

t qi ∆ ∆=

RiV =

R = ρ A L

V = Ri

R VRiViP

22 ===

riV −ε=

θ= BiLsenF

d Ak

C 0 ε

=

qC= V∆

( ) 21U C V2= ∆

r2 i

B 0 π µ =

R2 i

B 0 µ =

B BScosφ = θ

B Liφ =

B 21U Li2=

t B ∆ ∆Φ −=ε

2211 sennsenn θ=θ

f 1 = ⎟⎟

⎞ ⎜⎜ ⎝

⎛ +⎟⎟

⎞ ⎜⎜ ⎝

⎛ −

211

2 R 1

R 11

n n

'p 1

p 1

f 1 +=

p pm

' −=

fv λ=

2mcE =

2

2 0

c v1

m m

=

11 2 2G 6,6 10 Nm / kg−= ×

9 2 2 0k 9 10 Nm / C= ×

7

0 4 10 Tm / A−µ = π×

8c 3 10 m / s= ×

3 água cm/g0,1=ρ

Cg/cal0,1cágua °=

Cg/cal5,0c água´dvapor °=

g/cal80L )água(F =

g/cal540L )água(V =

1 cal = 4,18 J

atm LR 0,082 mol K=

5 21 atm 1,013 10 N / m= ×

2 3T kr=

2n n Ff l= µ

docsity.com

comentários (0)
Até o momento nenhum comentário
Seja o primeiro a comentar!
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Docsity is not optimized for the browser you're using. In order to have a better experience we suggest you to use Internet Explorer 9+, Chrome, Firefox or Safari! Download Google Chrome