Vestibular de Física - Universidade Federal Fluminense - 2007 - UFF, Notas de estudo de Física. Universidade Potiguar (UnP)
Gisele
Gisele12 de Março de 2013

Vestibular de Física - Universidade Federal Fluminense - 2007 - UFF, Notas de estudo de Física. Universidade Potiguar (UnP)

PDF (579.6 KB)
8 páginas
665Número de visitas
Descrição
Vestibular de Física da Universidade Federal Fluminense do ano 2007.
20pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento
Pré-visualização3 páginas / 8
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Pré-visualização finalizada
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Pré-visualização finalizada
Consulte e baixe o documento completo
C:\VESTIB~1\2007\PROVAS\DISCUR~

3

FÍSICA - Grupos H e I - Gabarito

1a QUESTÃO: (2,0 pontos) Avaliador Revisor

Cálculos e resposta:

A figura abaixo exibe uma fotografia estroboscópica (de exposição múltipla) do movimento de um disco com 2,0 kg de massa sendo puxado por uma força constante sobre uma mesa. O intervalo de tempo entre duas fotos consecutivas é 1/10 s. A régua é graduada em centímetros.

a) Determine a velocidade média do disco nos intervalos 1 e 4 assinalados na figura.

b) A velocidade instantânea no ponto médio de cada intervalo pode ser estimada pela velocidade média no intervalo. Use esta aproximação para estimar a força resultante sobre o disco.

c) Calcule o trabalho realizado pela resultante entre os pontos médios dos intervalos 1 e 4 da figura e mostre que os resultados desta experiência são consistentes com o teorema do trabalho-energia.

a) Intervalo 1: ( ) 2

1

52,5 39,5 cmx m m v 10x(13)x10 1,3

t 1/10s s s −−∆= = = =

Intervalo 4: ( ) 2

4

103 84 cmx m m v 10x19x10 1,9

t 1/10s s s −−∆= = = =

b) O intervalo de tempo entre os pontos médios dos intervalos 1 e 4 1 3

t 3x s s 10 10

∆ = = . Logo, a

aceleração média é ( )4 1

2 2

1,9 1,3 m / sv vv 0,6 m m a 10x 2,0

t t 3 /10s 3 s s

−−∆ = = = = =

∆ ∆

Pela 2a lei de Newton, a força é F = ma = 2,0 kg x 2,0 2 m

s = 4,0 N

c) Distância entre os pontos médios dos intervalos 1 e 4:

d = (94 – 46)cm = 48 cm = 0,48 m

W = Fd = 4 x 0,48 J = 1,9 J

Variação da energia cinética:

2 2 2 2 4 1

m m 2,0kg K v v x(1,9 1,3 )J

2 2 2

(3,6 1,7)J 1,9J

∆ = − = −

= − =

= 0,6 x 3,2 J = 1,9 J

∆K = W (consistente com o teorema do trabalho-energia)

t

docsity.com

4

FÍSICA - Grupos H e I - Gabarito

2a QUESTÃO: (2,0 pontos) Avaliador Revisor

Cálculos e respostas:

O rendimento, ou eficiência térmica, de um motor a combustão é definido como a razão entre o trabalho realizado pelo motor e a energia fornecida pela queima de combustível. Em cada ciclo de operação do motor, o trabalho realizado pode ser calculado, com boa aproximação, como numa expansão isobárica de um gás no interior de um cilindro do motor.

Considere o motor a combustão de um automóvel no qual a expansão isobárica acima mencionada produza um aumento de 1,6 L no volume do gás constituído pela mistura ar-gasolina.

Dados: 1 atm = 1,0 x 105 N/m2

1 cal = 4,2 J

a) Calcule o trabalho realizado pelo motor em cada ciclo de operação, sabendo que a pressão média durante a expansão é de 8 atm.

b) Diz-se que um motor tem uma rotação de 3500 rpm, se realiza 3500 ciclos de operação por minuto. Calcule a potência do motor de 1,6 L a esta rotação.

c) Nesta rotação, o motor consome 6,0 g/s de gasolina. Sabendo-se que a energia gerada pela combustão da gasolina é de 11,1 kcal/g, determine o rendimento do motor. Exprima sua resposta em forma percentual.

a) W = P∆V = 8 atm x 1,6 L + 8 x 105 2 N

m x 1,6 dm 3 = 8 x 105 x 1,6 x 10-3 m3 = 12,8 x 102 J ≈ 1,3 x 103 J

b) P =

c) Energia gerada pela combustão por segundo:

P comb

= 6,0

Rendimento =

3500 x W 350 0

1min =

3x1,3x10 J

6 0 3 4J75,8x10 7,6x10 W

sx = =

3g kcal calx11,1 66,6 x10 s g s

= 3 5 J

280x10 J / s 2,8 x10 W s

≈ =

4 1

5

7,6x10 2,7x10 0,27 27%

2,8x10 −= = =

3x1,3 x10 J

s ≈

= 66,6 x 103 x 4,2

docsity.com

5

FÍSICA - Grupos H e I - Gabarito

3a QUESTÃO: (2,0 pontos) Avaliador Revisor

Um eletricista compra uma bateria usada e decide medir a resistência interna r da mesma através da curva V x i - diferença de potencial nos terminais da bateria em função da corrente elétrica que a atravessa. Para construir essa curva, ele conecta os terminais da bateria aos de um resistor de resistência variável. A tabela abaixo exibe os valores de V e i, medidos com voltímetro e amperímetro, que podem ser considerados ideais, para diferentes valores de resistência do resistor.

Abaixo estão representados os elementos que fazem parte do circuito utilizado na obtenção da tabela.

Mudando a posição do contato móvel é possível variar o comprimento do resistor e, conseqüentemente, da sua resistência desde 0 até R.

a) Reproduza o circuito utilizado pelo eletricista, conectando os elementos que estão representados no espaço destinado à resposta.

b) Construa o gráfico V x i com os valores da tabela, no reticulado fornecido no espaço destinado à resposta. Indique com clareza a escala utilizada em cada eixo coordenado.

c) Determine, através do gráfico do item (b), a resistência interna r da bateria.

d) Após desfazer o circuito utilizado na obtenção da tabela acima, o eletricista conecta apenas o voltímetro à bateria. Informe qual será a leitura do voltímetro.

Cálculos e respostas:

a)

; ; ;

R

contato móvel

resistor de resistência variável

A

amperímetro voltímetro

docsity.com

6

FÍSICA - Grupos H e I - Gabarito

Cálculos e respostas:

b)

c)

d) Extrapolando a reta para i = 0 resulta = 13 V. Esta será a leitura do voltímetro.

V = - ir r = |inclinação (dimensional) da reta| ≈ ≈ 1,8 Ωε

ε

2,0

4,0

6,0

8,0

10,0

12,0

1,0 2,0 3,0 4,0 5,0 6,0 i (amperes)

V (volts)

8

4,5

docsity.com

7

FÍSICA - Grupos H e I - Gabarito

Cálculos e respostas:

Em 1610 Galileu descobriu quatro luas de Júpiter, denominadas Io, Europa, Ganimedes e Calisto. Do seu ângulo de visão, ele observou que elas deslocavam-se, periodicamente, de um lado para outro em relação ao centro do planeta, e concluiu que as luas moviam-se, aproximadamente, em órbitas circulares ao redor de Júpiter. Conhecendo a distância da Terra a Júpiter é possível medir o deslocamento lateral x(t) de cada lua em função do tempo. O gráfico representa medidas feitas para a lua Ganimedes.

a) Determine a velocidade angular de rotação da lua Ganimedes ao redor de Júpiter.

b) Considere que cada lua de Júpiter se move em movimento circular em torno do planeta, sob ação

exclusiva da atração gravitacional exercida por este. Demonstre, desta forma, que a razão R3/T2 entre o cubo

do raio R da órbita de uma lua de Júpiter e o quadrado de seu período T depende apenas da massa do planeta

e de constantes universais. Essa razão é, portanto, a mesma para qualquer uma das luas, resultado conhecido

como a 3a lei de Kepler.

c) Medidas experimentais feitas pelo físico inglês Henry Cavendish em 1797 permitiram a primeira estimativa

do valor da constante universal da gravitação G. Use as informações do gráfico acima e o valor experimental de

G paraestimar a massa de Júpiter.

4a QUESTÃO: (2,0 pontos) Avaliador Revisor

Dado: G = 6,7 x 10-11 Nm2/kg2

O período do movimento de Ganimedes, lido no gráfico, é

T G = 7,2 dias = 7,2 x 24 x 3600 s ; 6,3 x 105 s

w G = 5

2 6,3 10 5rad/ s

TG 6,3X10 s

π = −;

a)

t (dias terrestres) 6 8 10 12 14

-1 x 106

1 x 106

0

x (k

m )

G

10-5 rad / s, x

docsity.com

8

FÍSICA - Grupos H e I - Gabarito

Cálculos e respostas:

b) A força gravitacional exercida por Júpiter sobre a lua tem efeito centrípeta:

c) Para Gamimedes, lemos no gráfico que R ; 1,1 x 106 km = 1,1 x 109 m

Da 3a lei de Kepler demonstrada no item anterior temos

M J =

2 2J L JL

L L2

L L

2 2 3 J J

2 2 2

M m GMv G m v

R RR

2 R v T 2 R v

T

GM GM4 R R

RT T 4

= ⇒ =

π = π ⇒ =

π = ⇒ =

π

( ) ( ) 3922 3 3

25 27 2 11

1,1x104 R 2 R 10 x 2,1 x 10 kg

G T GT 6,7x10 −

π π = = =   

docsity.com

9

FÍSICA - Grupos H e I - Gabarito

5a QUESTÃO: (2,0 pontos) Avaliador Revisor

Cálculos e respostas:

As leis de reflexão e refração podem ser verificadas através do experimento indicado na figura abaixo, onde um feixe estreito de luz monocromática, proveniente do ar, incide sobre a face plana de um bloco de vidro cuja seção reta é um semicírculo. O semicírculo é concêntrico com o transferidor, e a normal à face plana do semicírculo passa pelo zero da escala do transferidor.

a) Fazendo uso da tabela abaixo faça uma estimativa do índice de refração do vidro.

b) Observe que o feixe de luz incidente na face curva do bloco não desvia ao passar do vidro para o ar. Explique por que isso ocorre.

c) Suponha que o bloco do experimento fosse substituído por outro de faces paralelas, feito do mesmo material. Desenhe na figura que se encontra no espaço reservado para resposta, a trajetória do feixe nessa nova situação.

a) narsenθar = nvidro senθvidro , nar ≈ 1

A figura mostra que θ ar

= 60o e que θ vidro

= 35o; logo

n vidro

= 0,87

1,5 0,57

o ar

vidro o vidro

sen sen60 n

sen sen35

θ = =

θ

docsity.com

10

FÍSICA - Grupos H e I - Gabarito

Cálculos e respostas:

c)

b) Ângulo de incidência igual a zero ⇒ ângulo de refração = 0

docsity.com

comentários (0)
Até o momento nenhum comentário
Seja o primeiro a comentar!
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Docsity is not optimized for the browser you're using. In order to have a better experience we suggest you to use Internet Explorer 9+, Chrome, Firefox or Safari! Download Google Chrome