Vestibular de Geografia - Universidade Federal de Minas Gerais - 2009 - UFMG, Notas de estudo de . Universidade Anhembi Morumbi (UAM)
Copacabana
Copacabana12 de Março de 2013

Vestibular de Geografia - Universidade Federal de Minas Gerais - 2009 - UFMG, Notas de estudo de . Universidade Anhembi Morumbi (UAM)

PDF (637.7 KB)
8 páginas
671Número de visitas
Descrição
Vestibular de Geografia da Universidade Federal de Minas Gerais do ano 2009.
20pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento
Pré-visualização3 páginas / 8
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Pré-visualização finalizada
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Pré-visualização finalizada
Consulte e baixe o documento completo

PROVA DE GEOGRAFIA - 1a Etapa - Caderno 114

QUESTÃO 17

Leia este trecho:

O debate sobre o aumento das taxas de desmatamento na Amazônia, no final de 2007, foi ocasião propícia para um ataque inédito de alguns interesses do setor agroindustrial atuando no Brasil central e na Amazônia ao Inpe, uma das instituições-chave do sistema brasileiro de ciência e tecnologia [...]

Não é inocente, nesse contexto, um doloso desconhecimento: ignorar que a ciência (aqui e em toda parte) avança por meio de acertos e erros. Pretender fazer de diferenças metodológicas sobre como detectar desmatamento e degradação a partir do espaço o argumento para deslegitimar nossa ciência pode ser um ato mais que destrutivo ao futuro do Brasil.

O nó da questão é o falso dilema entre conservação e desenvolvimento. Falso, porque trata a conservação como sinônimo de preservação intocável e identifica o desenvolvimento com produção destrutiva, respaldado num histórico de agropecuária causadora de gigantesco passivo ambiental na Amazônia. Falso, pois não admite a existência de diversos modos de modernidade e caminhos alternativos de desenvolvimento e pretende fazer da verdade complexa dessa questão pouco mais que uma caricatura simplista.

BECKER, Bertha; NOBRE, Carlos A.; BARTHOLO, Roberto. Uma via para a Amazônia. Folhade S. Paulo. 27 abr. 2008. p. A3. (Adaptado)

PROVA DE GEOGRAFIA

docsity.com

PROVA DE GEOGRAFIA - 1a Etapa - Caderno 1 15

1 A partir da leitura e interpretação desse trecho, é INCORRETO afirmar que

A) a “caricatura simplista” mencionada se refere à postura comum de reduzir-se o assunto Amazônia a uma só via, o conservadorismo ou o desenvolvimentismo.

B) a notícia do aumento da taxa de desmatamento na Amazônia, que incomodou diferentes setores da sociedade, motivou várias críticas a um importante órgão de pesquisa brasileiro.

C) os autores consideram inaceitável criticar-se a possibilidade de a ciência brasileira cometer erros relativos à detecção e ao monitoramento do desmatamento.

D) uma postura radical do lado conservacionista e a tradição brasileira de uso irracional dos recursos ambientais dificultam o debate sobre a Amazônia.

QUESTÃO 18

Um projeto, já aprovado pelo Senado, reduz o número de fusos horários, adotados no Brasil, de quatro para três. Cogitou-se, inclusive, a adoção de um fuso único.

Considerando-se as razões que justificam a existência desses fusos, bem como as implicações de possíveis modificações a serem feitas neles, é INCORRETO afirmar que

A) a adoção de fusos horários foi decidida por convenção internacional, com o objetivo de disciplinar o cumprimento de contratos financeiros e de trocas na economia-mundo.

B) a extensão do território brasileiro, no sentido latitudinal, e as fortes variações sazonais da radiação solar forçam a adoção de fusos horários diferentes no País.

C) a proposta de adoção de um fuso único esbarra em questões ligadas à prática de atividades econômicas, ao consumo de energia e ao relógio biológico de parte da população.

D) o emprego de maior número de fusos, no mesmo território nacional, implica inconvenientes ao funcionamento dos sistemas financeiro, administrativo e de comunicações do País.

docsity.com

PROVA DE GEOGRAFIA - 1a Etapa - Caderno 116

QUESTÃO 19

Leia estes trechos:

O interior do Ceará voltou a ser atingido por tremores de terra na madrugada de ontem, com abalos sísmicos que alcançaram até 3,9 graus na escala Richter.

Folha de S. Paulo, 10 mar. 2008. p. C1. (Adaptado)

A terra voltou a tremer na região de Caraíbas, no Norte de Minas Gerais. O abalo sísmico de 4,0 graus na escala Richter ocorreu anteontem à noite, onde, em dezembro de 2007, terremoto causou a morte da primeira vítima de um tremor de terra no País.

Estado de Minas, 21 de mar. 2008. p. 22. (Adaptado)

Por volta das 21h de anteontem, um tremor de terra de 5,2 graus na escala Richter assustou moradores de São Paulo, Rio, Paraná e Santa Catarina. Com epicentro na costa brasileira, a cerca de 270 km da capital paulista, o terremoto foi considerado moderado por cientistas e geólogos do País.

Folha de S. Paulo, 24 abr. 2008. p. C4. (Adaptado)

Considerando-se essas informações e outros conhecimentos sobre o assunto, é INCORRETO afirmar que

A) a ausência de vítimas no terremoto que afetou parte de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná e Santa Catarina é explicada pelo fato de, no Centro-Sul do País, a construção civil empregar técnicas antiterremotos eficazes em países como o Japão.

B) a escala Richter é utilizada para quantificar a magnitude sísmica de um terremoto ocorrido em continente ou em oceano, desde aqueles registrados somente pelos sismógrafos, até aqueles outros sentidos pelo homem e causadores de grande destruição.

C) a mídia, ao fazer uso das expressões “tremor de terra”, “abalo sísmico” e “terremoto”, está-se referindo a um fenômeno geológico, que tem sua origem associada à mobilidade e ao deslocamento das placas litosféricas.

D) as áreas continentais distantes das bordas de placas tectônicas – como é o caso de grande parte do território brasileiro –, se revelam, também, sismicamente instáveis, embora, nelas, os terremotos apresentem magnitude e freqüência reduzidas.

docsity.com

PROVA DE GEOGRAFIA - 1a Etapa - Caderno 1 17

1 QUESTÃO 20

Segundo especialistas, a atual política internacional voltada à expansão do mercado de biocombustíveis pode implicar repercussões desfavoráveis ao homem e ao meio ambiente.

Considerando-se essa possibilidade, é INCORRETO afirmar que a expansão do mercado de biocombustíveis poderá

A) colocar em risco os avanços sociais esperados da aprovação da lei, em tramitação no Legislativo federal, que proíbe o trabalho escravo no País, haja vista interesses manifestos em ampliar essa relação de trabalho.

B) incentivar o conflito de natureza socioambiental caracterizado pela presença, de um lado, de lavouras energéticas e, de outro, daquelas destinadas à produção de alimentos.

C) intensificar o processo, já em curso, de avanço da fronteira agrícola sobre a floresta Amazônica, caso o plantio de cana-de-açúcar continue a se expandir pelo Centro-Oeste do País.

D) reduzir ainda mais, no Brasil, a disponibilidade e o volume de recursos hídricos essenciais à manutenção de algumas atividades humanas, se a extensão dos canaviais alcançar a proporção prevista por especialistas.

docsity.com

PROVA DE GEOGRAFIA - 1a Etapa - Caderno 118

QUESTÃO 21

Analise este gráfico:

Brasil: Distribuição percentual da população ativa, segundo segmentos de atividades econômicas - 2000

fonte: IBGE. Atlas do Censo Demográfico – 2000. Rio de Janeiro: IBGE, 2003. p. 108. (Adaptado)

A partir da análise desse gráfico e considerando-se outros conhecimentos sobre o assunto, é INCORRETO afirmar que,

A) em todas as regiões brasileiras, a predominância do setor de serviços e comércio independe do grau de desenvolvimento econômico alcançado, isoladamente, por elas.

B) no Brasil, as maiores variações inter-regionais do percentual de população ocupada estão relacionadas às atividades agrícolas e industriais.

C) no Centro-Oeste, a expressiva participação da população no setor de serviços e comércio está ligada, entre outros fatores, à presença de Brasília e da metrópole goiana.

D) no Sudeste, a reduzida parcela da população ocupada na atividade agrícola torna esse setor pouco atrativo aos investimentos de capital.

60(%)

50

40

30

20

10

0 Norte Nordeste

Setores de Atividades

Agrícolas

Industriais Construção

Serviços, comércio, reparação

Serviços domésticos

Sudeste Sul Centro-Oeste

docsity.com

PROVA DE GEOGRAFIA - 1a Etapa - Caderno 1 19

1 QUESTÃO 22

Analise este mapa:

Brasil: Percentual de domicílios beneficiados pelos programas sociais do Governo Federal - 2006

fonte: Folha de S. Paulo, 29 mar. 2008. p. A1. (Adaptado)

RNCEMA

PI

PA

MT RO

AC

AM

RR

RR MA PI CE PB AL PE RN BA TO AC PA SE AM GO MS MG RO ES MT AP PR DF RS SP RJ SC

AP

TO AL SE

BA

ES

RJSP

GO DF

MS

PR

SC

RS

MG

PB PE

Maior percentual de benefícios

Menor percentual de benefícios

docsity.com

PROVA DE GEOGRAFIA - 1a Etapa - Caderno 120

A partir da análise desse mapa e considerando-se outros conhecimentos sobre o assunto, é INCORRETO afirmar que

A) a região brasileira de maior homogeneidade socioeconômica é a que apresenta os menores percentuais de benefícios concedidos pelo Governo federal.

B) o percentual mais elevado de domicílios beneficiados ocorre em Estados com maior expansão da renda do agronegócio.

C) o mapa evidencia desigualdades que se manifestam entre as regiões geoeconômicas e no interior de cada uma delas.

D) o percentual de domicílios beneficiados é mais alto nas Unidades da Federação que apresentam densidade demográfica mais baixa.

QUESTÃO 23

Considerando-se a produção, o comércio e o consumo mundiais na atualidade, é INCORRETO afirmar que

A) a especialização da produção, no período pós-Guerra fria, promoveu a intensificação do comércio internacional e aumentou a dependência de um grande número de países em relação a essa atividade.

B) a retomada de índices mais elevados de crescimento da população mundial, no último quarto do século XX, interrompeu a queda continuada do número de famintos e comprometeu a relação entre demanda e oferta de alimentos.

C) as preocupações com a preservação ambiental têm sido usadas, por países desenvolvidos, para exercer vigilância sobre processos produtivos fora de suas fronteiras e impor barreiras a importações de origens diversas.

D) os países emergentes vêm opondo resistência à manutenção, no comércio internacional, dos privilégios dos países desenvolvidos, o que pode contribuir para o estabelecimento de uma relação de troca mais equilibrada.

docsity.com

PROVA DE GEOGRAFIA - 1a Etapa - Caderno 1 21

1 QUESTÃO 24

Analise esta charge:

Folha de S. Paulo, 9 abr. 2008. p. A2. (Adaptado)

A partir dessa análise e considerando-se outros conhecimentos sobre o assunto, é CORRETO afirmar que essa charge está relacionada

A) a conflitos de natureza religiosa ocorridos na China – no caso, os que envolvem budistas chineses insuflados por monges tibetanos, liderados pelo Dalai Lama.

B) à garantia da liberdade de expressão da mídia na transmissão das competições dos Jogos Olímpicos, ameaçada por movimentos dissidentes internos à China.

C) à postura intransigente da China diante das pressões externas por maior liberdade do povo tibetano e do temor ao uso das Olimpíadas para manifestações de protesto.

D) ao fechamento ou às restrições do regime político chinês às competições esportivas internacionais, supostamente representativas da cultura capitalista ocidental.

docsity.com

comentários (0)
Até o momento nenhum comentário
Seja o primeiro a comentar!
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Docsity is not optimized for the browser you're using. In order to have a better experience we suggest you to use Internet Explorer 9+, Chrome, Firefox or Safari! Download Google Chrome