Vestibular de História - 2006 - UFMG, Notas de estudo de História. Centro Universitário do Vale do Rio Taquari (UNIVATES)
Andre_85
Andre_8513 de Março de 2013

Vestibular de História - 2006 - UFMG, Notas de estudo de História. Centro Universitário do Vale do Rio Taquari (UNIVATES)

PDF (730.3 KB)
11 páginas
483Número de visitas
Descrição
Vestibular de História da Universidade Federal de Minas Gerais do ano de 2006.
20pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento
Pré-visualização3 páginas / 11
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Pré-visualização finalizada
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Pré-visualização finalizada
Consulte e baixe o documento completo
1ª HISTORIA Cad 1.p65

PROVA DE HISTÓRIA - 1a Etapa - Caderno 126

PROVA DE HISTÓRIA

QUESTÃO 31

Sabe-se que Cristóvão Colombo não descobre a América, pois imagina estar chegando à Ásia, à ilha de Cipango [o Japão], perto da costa da China e da corte do Grão-Cã. O que procurava? As “Ilhas Douradas”, Tarsis e Ofir, de onde saíam as fabulosas riquezas que o rei Salomão explorara [...]. Aliás, o Almirante era um homem obstinado. Convencido de ter chegado ao Continente Asiático quando desembarcou em Cuba, ele obrigou seus partidários a partilharem de sua idéia fixa.

GRUZINSKI, Serge. A passagem do século. 1480-1520: as origens da globalização. São Paulo: Companhia das Letras, 1999. p.21.

Considerando-se as informações desse texto, é CORRETO afirmar que

A) a obstinação de Colombo o levou a atingir as remotas regiões do Japão e da China, onde estariam as riquezas que – dizia-se – haviam sido exploradas pelo rei Salomão e pelo Grande Cã.

B) a busca das maravilhas relatadas em livros de viagens, desde os tempos medievais, se constituiu em um dos fatores que incentivaram as grandes navegações no início dos tempos modernos.

C) o desembarque de Colombo em Cuba, na sua segunda viagem, acabou por convencê-lo e a sua frota de que eles haviam chegado a uma terra ainda por descobrir – possivelmente as famosas “Ilhas Douradas”.

D) a descoberta da América foi feita por Américo Vespúcio, uma vez que Colombo, de acordo com novos estudos, atingiu, na sua primeira viagem, o Continente Asiático, onde foram fundadas feitorias.

docsity.com

27PROVA DE HISTÓRIA - 1a Etapa - Caderno 1

1 QUESTÃO 32

Em 1726, o comerciante Francisco da Cruz contou, em uma carta, que estava para fazer uma viagem à vila de Pitangui, onde os paulistas tinham acabado de se revoltar contra a ordem do rei. Temeroso de enfrentar os perigos que cercavam a jornada, escreveu ao grande comerciante português de quem era apenas um representante em Minas Gerais, chamado Francisco Pinheiro, e que, devido a sua importância e riqueza, freqüentava, no Reino, a corte do rei Dom João V. Pedia, nessa carta, que, por Francisco Pinheiro estar mais junto aos céus, servisse de seu intermediário e lhe fizesse o favor de “me encomendar a Deus e à Sua Mãe Santíssima, para que me livrem destes perigos e de outros semelhantes”.

Carta 161, Maço 29, f.194. Apud LISANTI Fo., Luís. Negócios coloniais: uma correspondência comercial do século XVIII. Brasília/São Paulo: Ministério da Fazenda/Visão Editorial, 1973. (Resumo adaptado)

Com base nas informações desse texto, é possível concluir-se que a iniciativa de Francisco da Cruz revela um conjunto de atitudes típicas da época moderna.

É CORRETO afirmar que essas atitudes podem ser explicitadas a partir da teoria estabelecida por

A) Nicolau Maquiavel, que acreditava que, para se alcançar a unidade na política de uma nação, todos os fins justificavam os meios.

B) Etienne de La Boétie, que sustentava que os homens se submetiam voluntariamente a seus soberanos a partir da aceitação do contrato social.

C) Thomas Morus, que idealizou uma sociedade utópica, sem propriedades ou desigualdades, em que os governantes eram escolhidos democraticamente.

D) Jacques Bossuet, que defendia o direito divino dos reis apoiado numa visão hierárquica dos homens e da política, como extensão da corte celestial.

docsity.com

PROVA DE HISTÓRIA - 1a Etapa - Caderno 128

QUESTÃO 33

Em pouco mais de cem anos, a ênfase passa do controle dos moradores para o dos escravos fugidos, do olhar metropolitano ao colonial, e uma figura central emerge: a do capitão-do-mato [...]. O termo capitão-do-mato já aparece em diversos documentos coloniais desde meados do século XVII [Contudo o cargo foi normatizado apenas no início do século XVIII.] Que terá acontecido no período que vai de meados do século XVII às primeiras décadas do século XVIII para que essa ocupação se estabelecesse tão firmemente na vida colonial?

REIS, João José; GOMES, Flávio dos Santos (Orgs.). Liberdade por um fio. São Paulo: Companhia das Letras, 1996. p.85.

Considerando-se as informações desse texto, é CORRETO afirmar que o crescente fortalecimento do cargo de capitão-do-mato, entre meados do século XVII e início do século XVIII, se explica como conseqüência da

A) interiorização da população em direção à área das drogas do sertão, o que resulta numa ocupação desordenada desses espaços produtivos por brancos e negros.

B) explosão demográfica ocorrida na região das minas dos Goiases e de Cuiabá, que implica um adensamento populacional propício às desordens e violência, sobretudo as praticadas por escravos fugidos.

C) urbanização do Nordeste, derivada da crise açucareira, gerada pela expulsão dos holandeses, crise que promove, nas vilas e arraiais, a concentração de escravos, que, até então, trabalhavam nos engenhos.

D) dificuldade das campanhas para a destruição do quilombo de Palmares e a possibilidade do surgimento de novos e resistentes núcleos de quilombolas tanto no Nordeste quanto em outras áreas de interesse metropolitano.

QUESTÃO 34

Considerando-se o papel e a importância do Mercantilismo, é INCORRETO afirmar que

A) essa doutrina tinha como fundamento básico a convicção de que o Estado deveria interferir nos processos econômicos.

B) as políticas fundamentadas nessa doutrina abarcavam as relações entre os países da Europa Ocidental e, também, os laços entre estes e suas colônias.

C) o principal aspecto dessa doutrina era a adoção de ações planejadas para fomentar a industrialização da economia.

D) essa doutrina consistia num conjunto de pressupostos e crenças econômicas vigentes no período de formação e apogeu dos Estados modernos.

docsity.com

29PROVA DE HISTÓRIA - 1a Etapa - Caderno 1

1 QUESTÃO 35

Com base em conhecimentos sobre o assunto, é CORRETO afirmar que o pensamento iluminista

A) levou seus principais ideólogos a tomar parte ativa nos acontecimentos da Revolução Inglesa e a se constituírem na principal liderança desse evento.

B) considerava a desigualdade um fenômeno natural e positivo, além de um importante elemento para garantia da estabilidade social e da paz.

C) favoreceu o envolvimento de todos os seus mentores em campanhas anticlericais, em que manifestavam um ateísmo militante e radical.

D) deu origem a projetos distintos, mas que tinham em comum reformas baseadas no princípio da tolerância e na busca da felicidade.

QUESTÃO 36

Auguste de Saint Hilaire, naturalista francês, realizou inúmeras andanças pelo Brasil entre 1816 e 1822. De volta à França, ao publicar seus relatos de viagem, afirmou, intrigado, que “havia um país chamado Brasil, mas absolutamente não havia brasileiros”.

Considerando-se essa reação de Saint Hilaire e as dificuldades que marcaram a definição da identidade brasileira, é CORRETO afirmar que elas se explicam porque

A) o grande número de índios, negros e mestiços, que fazia com que a população brasileira não fosse capaz de formular um projeto de emancipação política.

B) a baixa densidade populacional do País, que, resolvida com a vinda dos imigrantes estrangeiros, gerou a sensação de que essa população não seria, de fato, brasileira.

C) o processo de construção de uma nação brasileira foi dificultado pela força das identidades regionais formadas durante a colonização portuguesa.

D) a independência foi uma conquista dos portugueses, especialmente os comerciantes estabelecidos no Brasil, o que dificultou a afirmação da cidadania dos brasileiros.

docsity.com

PROVA DE HISTÓRIA - 1a Etapa - Caderno 130

QUESTÃO 37

Considerando-se a dinâmica da economia brasileira no decorrer do Período Imperial, é CORRETO afirmar que

A) o negócio açucareiro, embora decadente, permaneceu importante o suficiente para fornecer capitais para a industrialização da Região Sudeste.

B) a produção cafeeira foi implantada, originalmente, no oeste paulista, tendo-se expandido, posteriormente, em direção ao litoral e ao Vale do Paraíba.

C) o primeiro setor industrial moderno a surgir no País foi a tecelagem, implantada com auxílio de máquinas e técnicos importados dos países desenvolvidos.

D) a transição do trabalho escravo para o livre foi dificultada por empecilhos colocados pelo Império à utilização de mão-de-obra européia.

QUESTÃO 38

Em 1891, o Papa Leão XIII editou um documento – a encíclica Rerum Novarum – que deixou marcas profundas na Igreja Católica. A importância desse documento transcende os muros da Igreja, haja vista que ele redefiniu o pensamento católico e o modo como essa Instituição se relacionava com as sociedades em que atuava.

Considerando-se a influência da Rerum Novarum, é CORRETO afirmar que essa encíclica

A) significou uma condenação vigorosa da guerra e do colonialismo, pela manifestação do pacifismo e do humanismo inerentes aos valores cristãos.

B) deu origem ao pensamento social católico, a partir do impacto da expansão do capitalismo e do crescimento do ideário socialista.

C) transformou a Igreja em aliada do movimento fascista, abrindo caminho para a Concordata entre o Papa e o Estado italiano.

D) representou uma tomada de posição do Vaticano contra a religião muçulmana, que crescia em ritmo acelerado e ameaçava a posição hegemônica do catolicismo.

docsity.com

31PROVA DE HISTÓRIA - 1a Etapa - Caderno 1

1 QUESTÃO 39

Analise esta charge:

Ângelo Agostini

Na bandeira, lê-se: “Abaixo a Monarquia abolicionista! Viva a República com indenização!”

Considerando-se as informações dessa charge, é CORRETO afirmar que, nela, se faz referência

A) à intensa mobilização das camadas populares a favor de uma transição da Monarquia para a República.

B) à adesão de muitos fazendeiros escravocratas à República, logo após a abolição da escravatura.

C) aos movimentos republicano e abolicionista no Brasil, que se fortaleceram desde a década de 1870.

D) à decidida opção do regime monárquico pela abolição da escravatura, apesar da oposição republicana.

docsity.com

PROVA DE HISTÓRIA - 1a Etapa - Caderno 132

QUESTÃO 40

Considerando-se a epopéia da construção da estrada de ferro Madeira-Mamoré, contada em Mad Maria, de Márcio de Souza, e, recentemente, adaptada para uma minissérie homônima, é CORRETO afirmar que ela retrata a

A) necessidade de substituição da navegação fluvial pela rede ferroviária, como única alternativa para resolver os graves problemas de comunicação com o Centro-Oeste.

B) expansão do capitalismo financeiro, no período do Entre Guerras, que resultou na construção de obras faraônicas no Brasil, buscando-se a maior rentabilidade do capital.

C) tentativa de apropriação, por parte dos industriais do Sudeste, de áreas de reserva indígena na Amazônia, para expansão da agroindústria de exportação do café.

D) impressionante e efêmera riqueza oriunda do ciclo da borracha na Amazônia, no início do século XX, relacionada ao surgimento da indústria automobilística.

QUESTÃO 41

No imediato pós-1930, à medida que posições intervencionistas e centralizadoras do Estado iam sendo implantadas, crescia a insatisfação dos setores oligárquicos com o Governo Provisório de Vargas, inclusive dos “oligarcas dissidentes”, que haviam integrado a Aliança Liberal. Os Tenentes, por sua vez, mostravam-se temerosos com a força das oligarquias locais, principalmente daquelas que, apesar de terem participado da Aliança Liberal, não haviam aderido ao “espírito da revolução”.

É INCORRETO afirmar que, para fazer frente às investidas das oligarquias civis no imediato pós-1930, o Movimento Tenentista

A) propôs, visando ao fortalecimento do governo de Vargas, entre outras medidas, a instituição de conselhos técnicos, a nacionalização de várias atividades econômicas e a implantação das leis trabalhistas.

B) criou, em 1931, o Clube 3 de Outubro, entidade responsável por fortes críticas ao federalismo oligárquico e pela defesa de um governo central forte, bem como da intervenção do Estado na economia e da representação corporativa.

C) se aliou, na sua luta a favor do Governo Provisório, com os oficiais de alta patente do Exército Nacional, os únicos capazes de garantir a posição destacada dos Tenentes no poder.

D) defendeu a criação da Legião Revolucionária, uma organização nacional que unisse as forças verdadeiramente revolucionárias, apoiando o Governo Provisório e garantindo a adoção das medidas por ele propostas.

docsity.com

33PROVA DE HISTÓRIA - 1a Etapa - Caderno 1

1 QUESTAO 42

Observe este mapa da América do Sul, feito pelo uruguaio Joaquín Torres-García, na década de 1930:

Considerando-se o contexto histórico em que se desenvolveu esse mapa, é CORRETO afirmar que, nesse caso, a imagem representa

A) a organização do conjunto dos países da América do Sul diante da Europa e dos Estados Unidos, visando-se a um tratamento diferenciando em relação à África e à Ásia.

B) a América do Sul de forma não-convencional, num contexto de movimentos artísticos e políticos que desejavam o reposicionamento da região no cenário mundial.

C) o prestígio da América do Sul nos Estados Unidos, manifestado pela política da Boa Vizinhança do período entre guerras.

D) a imposição de uma nova ordem que privilegiava a América do Sul em detrimento dos países da América do Norte, desconsiderando-se suas diferenças culturais.

docsity.com

PROVA DE HISTÓRIA - 1a Etapa - Caderno 134

QUESTÃO 43

Considerando-se as práticas e os agentes culturais no Brasil dos anos 1980, é CORRETO afirmar que

A) houve um intenso debate em torno do uso, ou não, de influências e instrumentos estrangeiros – por exemplo, a guitarra elétrica – na produção da MPB.

B) foi comum a criação de grupos teatrais – entre outros, o Teatro Brasileiro de Comédia – que buscavam, inspirados por autores como Brecht, uma grande sintonia com o mercado.

C) ocorreu um grande projeto nacional, o Tropicalismo, que articulava diferentes atores da esquerda militante e os estudantes em torno da cultura.

D) foi muito freqüente o surgimento de grupos de rock, pelos quais parte da juventude expressava seu descontentamento com a política e os políticos.

docsity.com

35PROVA DE HISTÓRIA - 1a Etapa - Caderno 1

1 QUESTÃO 44

Leia este trecho de reportagem :

Às 11h34 deste 15 de janeiro, explode o grito parado no ar durante 21 anos [...]. A multidão se abraça e chora, ergue os braços e pula, rompe os cordões de isolamento, atravessa as rampas proibidas e escala a cúpula do Senado, agitando faixas e bandeiras. Trio elétrico, bumba-meu-boi, charanga do Atlético Mineiro, samba, frevo e maracatu, bandeiras do Brasil, do Corinthians, dos partidos comunistas, do PMDB, do Flamengo, gente moça e velha, de terno ou de calção, cantando e dançando, um homem grita: “A liberdade chegou”[...]. Um último susto: o carro de bombeiros liga a sirene, mas é só para poder levar uma jovem que desmaiou de alegria, primeira vítima da democracia nascente.

KOTSCHO, Ricardo. Folha de S. Paulo.

Considerando-se as informações desse trecho, é CORRETO afirmar que, nele, se faz referência à

A) posse de Fernando Collor de Mello, presidente eleito pelo voto direto, como sucessor do General João Batista Figueiredo.

B) aprovação da Emenda Dante de Oliveira, que previa eleições diretas após o término do Governo Geisel, pelo Congresso Nacional.

C) vitória de Luís Inácio Lula da Silva para o cargo de Presidente da República, na sua terceira tentativa de conquistar o poder.

D) eleição por via indireta, no Colégio Eleitoral, de um presidente civil, que colocava um fim no regime militar.

docsity.com

PROVA DE HISTÓRIA - 1a Etapa - Caderno 136

QUESTÃO 45

Considerando-se a fragmentação territorial da ex-Iugoslávia, é CORRETO afirmar que esse processo

A) foi um desdobramento dos choques entre as diversas nacionalidades que, até então, compunham o País.

B) decorreu da queda da Monarquia, responsável pela unidade política e pela integridade territorial do País.

C) resultou da luta da Sérvia, apoiada pela Bósnia, contra Montenegro, de população majoritariamente muçulmana.

D) derivou da resistência da Federação à política de Tito, que transformou o País em uma República Social Democrata.

docsity.com

comentários (0)
Até o momento nenhum comentário
Seja o primeiro a comentar!
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Docsity is not optimized for the browser you're using. In order to have a better experience we suggest you to use Internet Explorer 9+, Chrome, Firefox or Safari! Download Google Chrome