Vestibular de História - Universidade Federal de Juiz de Fora - 2012 - UFJF, Notas de estudo de História. Centro Universitário do Vale do Rio Taquari (UNIVATES)
Andre_85
Andre_8513 de Março de 2013

Vestibular de História - Universidade Federal de Juiz de Fora - 2012 - UFJF, Notas de estudo de História. Centro Universitário do Vale do Rio Taquari (UNIVATES)

PDF (1.9 MB)
5 páginas
764Número de visitas
Descrição
Vestibular de História da Universidade Federal de Juiz de Fora do ano de 2012.
20pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento
Pré-visualização3 páginas / 5
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Pré-visualização finalizada
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Pré-visualização finalizada
Consulte e baixe o documento completo
HistóriaVestibular

UFJF – CONCURSO VESTIBULAR 2012 – PROVA DE HISTÓRIA PARA O DESENVOLVIMENTO E A RESPOSTA DAS QUESTÕES, SÓ SERÁ ADMITIDO USAR CANETA ESFEROGRÁFICA AZUL OU PRETA

Proibido escrever na prova informações como: apelidos, desenhos, nome, números, símbolos e tudo o que possa identificar o candidato. 2

Questão 1 – Observe a ilustração e leia a citação abaixo. Em seguida, responda ao que se pede.

Coroação de Carlos Magno como imperador do Sacro Império Romano-Germânico, em dezembro de 800 d.C., pelo papa Leão III.

Fonte: Disponível em: <http://www.suapesquisa.com/historia>.Acesso em: 8 out. 2011.

Nascida nos quadros do Império Romano, a Igreja ia aos poucos preenchendo os vazios deixados por ele até, em fins do século IV, identificar-se com o Estado, quando o cristianismo foi reconhecido como religião oficial. (...) Estreitavam-se, portanto, as relações Estado-Igreja. (...) No Império Carolíngio, a aliança entre os reis e a Igreja foi fundamental para a consolidação de ambos os poderes e, por vezes, a Igreja assumia funções que hoje consideramos ser do Estado e este por sua vez interferia nos assuntos religiosos.

FRANCO JÚNIOR, Hilário. A Idade Média. Nascimento do Ocidente. São Paulo: Brasiliense, 2001. p.67,71

Sobre as relações entre Estado e Igreja, no período medieval, responda:

a) Qual a importância da Igreja Católica na administração dos reinos e impérios?

b) De que maneira o poder régio contribuiu para a expansão da fé cristã?

docsity.com

UFJF – CONCURSO VESTIBULAR 2012 – PROVA DE HISTÓRIA PARA O DESENVOLVIMENTO E A RESPOSTA DAS QUESTÕES, SÓ SERÁ ADMITIDO USAR CANETA ESFEROGRÁFICA AZUL OU PRETA

Proibido escrever na prova informações como: apelidos, desenhos, nome, números, símbolos e tudo o que possa identificar o candidato. 3

Questão 2 – As imagens abaixo ilustram alguns procedimentos utilizados por um novo modo de conhecer e explicar a realidade que se estruturou entre os séculos XVI e XVIII.

Ilustração do Sistema solar no manuscrito de Copérnico na obra “Das Revoluções das esferas celestes”

Fonte: Disponível em: <http://pt.wikipedia.org>. Acesso em: 8 out. 2011. Ilustração de Andreas Vesalius na obra “Da Organização do Corpo Humano”

Fonte: Disponível em: <http://pt.wikipedia.org>. Acesso em: 8 out. 2011.

Com base nas informações acima e em seus conhecimentos, responda ao que se pede:

a) Que processo histórico pode ser identificado pelas referências acima?

b) Cite e analise uma característica desse novo modo de conceber o conhecimento.

c) Explique o impacto desse novo modo de conceber o conhecimento sobre os dogmas religiosos vigentes na época.

docsity.com

UFJF – CONCURSO VESTIBULAR 2012 – PROVA DE HISTÓRIA PARA O DESENVOLVIMENTO E A RESPOSTA DAS QUESTÕES, SÓ SERÁ ADMITIDO USAR CANETA ESFEROGRÁFICA AZUL OU PRETA

Proibido escrever na prova informações como: apelidos, desenhos, nome, números, símbolos e tudo o que possa identificar o candidato. 4

Questão 3 – Observe a imagem abaixo:

Retrato do Marquês de Pombal por Louis-Michel van Loo (1707-1771) e Claude-Joseph Vernet (1714-1789).

Fonte: Disponível em: <http://pt.wikipedia.org/wiki/>. Acesso em: 8 out. 2011.

O reinado de D. José I, em Portugal (1750-1777), foi marcado pela atuação de Sebastião José de Carvalho e Melo (futuro Marquês de Pombal), nomeado secretário de estado do Reino. Ao se tornar figura central da administração portuguesa, Pombal procurou empreender uma série de reformas no país, de modo a reverter a situação de crise em que vivia o reino português. Segundo o historiador Kenneth Maxwell:

“Uma consequência imediata das medidas drásticas de Pombal foi desembaraçar o caminho para ações governamentais em várias frentes. Assim, a década de 1760 marcou um período de consolidação e ampliação das reformas iniciadas durante a década anterior. Estas incluíram (...) a afirmação da autoridade nacional na administração religiosa e eclesiástica, o estímulo a empreendimentos industriais e a atividades empresariais e a consolidação da autoridade para lançar impostos, das capacidades militares e da estrutura de segurança do Estado”.

MAXWELL, Kenneth. Marquês de Pombal: paradoxo do Iluminismo. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1996. p. 96.

Com base no texto acima e em seus conhecimentos, cite e analise:

a) uma medida da política econômica pombalina para a América Portuguesa.

b) uma medida da política pombalina em relação ao sistema educacional na colônia brasileira.

docsity.com

UFJF – CONCURSO VESTIBULAR 2012 – PROVA DE HISTÓRIA PARA O DESENVOLVIMENTO E A RESPOSTA DAS QUESTÕES, SÓ SERÁ ADMITIDO USAR CANETA ESFEROGRÁFICA AZUL OU PRETA

Proibido escrever na prova informações como: apelidos, desenhos, nome, números, símbolos e tudo o que possa identificar o candidato. 5

Questão 4 – Na edição de 09 de junho de 1888, a Revista Ilustrada publicou a charge abaixo. Nela, a República, representada por uma mulher, tendo a cabeça ornada pelo barrete frígio, tenta conter fazendeiros que trazem a bandeira “Abaixo a Monarquia abolicionista. Viva a República com indenização”.

Revista Ilustrada, Rio de Janeiro, 9 jun. 1888.

Com base na ilustração acima e em seus conhecimentos, responda ao que se pede:

a) Aponte a principal razão que motivou muitos fazendeiros defenderem, após a abolição da escravidão, em 13 de maio de 1888, a substituição do regime monárquico pelo republicano no Brasil.

b) Apesar da alteração representada pelo fim da monarquia em 1889, a implantação do regime republicano

não significou transformações profundas para a sociedade brasileira. Aponte dois argumentos que confirmem esta afirmativa.

I.

II.

docsity.com

UFJF – CONCURSO VESTIBULAR 2012 – PROVA DE HISTÓRIA PARA O DESENVOLVIMENTO E A RESPOSTA DAS QUESTÕES, SÓ SERÁ ADMITIDO USAR CANETA ESFEROGRÁFICA AZUL OU PRETA

Proibido escrever na prova informações como: apelidos, desenhos, nome, números, símbolos e tudo o que possa identificar o candidato. 6

Questão 5 – Observe as imagens abaixo:

Praga – Tchecoslováquia – 1968 Cairo – Egito – 2010

Fonte: Disponível em: <http://bp3.blogger.com>. Fonte: Disponível em: <http://exame.abril.com.br>. Acesso em: 5 nov. 2011. Acesso em: 5 Nov. 2011. Em maio de 1968, a Europa foi abalada por várias ondas de protesto, com destaque para as manifestações a favor de liberdades civis nas ruas de Paris. Na mesma ocasião, a Tchecoslováquia foi invadida pela União Soviética para interromper as reformas em curso no país, desencadeando intensas reações que ficaram conhecidas como Primavera de Praga. Em dezembro de 2010, teve início uma onda de manifestações e protestos no mundo árabe (norte da África e Oriente Médio) que vem sendo chamada Primavera Árabe. Com base nessas informações e em seus conhecimentos, compare a Primavera de Praga e a Primavera Árabe, apontando e analisando:

a) UMA SEMELHANÇA

b) UMA DIFERENÇA

docsity.com

comentários (0)
Até o momento nenhum comentário
Seja o primeiro a comentar!
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Docsity is not optimized for the browser you're using. In order to have a better experience we suggest you to use Internet Explorer 9+, Chrome, Firefox or Safari! Download Google Chrome