Vestibular de História - Universidade Federal de Minas Gerais - 2007 - UFMG, Notas de estudo de História. Centro Universitário do Vale do Rio Taquari (UNIVATES)
Andre_85
Andre_8513 de Março de 2013

Vestibular de História - Universidade Federal de Minas Gerais - 2007 - UFMG, Notas de estudo de História. Centro Universitário do Vale do Rio Taquari (UNIVATES)

PDF (649.4 KB)
12 páginas
615Número de visitas
Descrição
Vestibular de História da Universidade Federal de Minas Gerais do ano de 2007.
20pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento
Pré-visualização3 páginas / 12
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Pré-visualização finalizada
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Pré-visualização finalizada
Consulte e baixe o documento completo
1ª História CAD 1

PROVA DE HISTÓRIA - 1a Etapa - Caderno 138

PROVA DE HISTÓRIA

QUESTÃO 46

“O objetivo das colônias é o de fazer o comércio em melhores condições

[para as metrópoles] do que quando é praticado com os povos vizinhos, com os

quais todas as vantagens são recíprocas. Estabeleceu-se que apenas a metrópole

poderia negociar na colônia; e isso com grande razão, porque a finalidade do

estabelecimento foi a constituição do comércio, e não a fundação de uma cidade

ou de um novo império ...”

MONTESQUIEU. Do espírito das leis (1748). São Paulo: Martin Claret, 2004. p. 387.

Considerando-se as informações desse trecho, é INCORRETO afirmar que as colônias européias, na Época Moderna,

A) deveriam levar ao estabelecimento e ao incremento do comércio, regulando-se em função dos interesses recíprocos entre as colônias.

B) deveriam oferecer às metrópoles melhores condições de comércio que as verificadas entre os países europeus e seus vizinhos.

C) estariam sujeitas ao exclusivo comercial das metrópoles, cujos negócios essas colônias deveriam incrementar.

D) foram estabelecidas com finalidades comerciais, pois, inicialmente, não era objetivo das metrópoles fundar um novo império.

docsity.com

39PROVA DE HISTÓRIA - 1a Etapa - Caderno 1

1 QUESTÃO 47

De 1835 a 1845, ocorreu o mais longo conflito militar interno da história do Brasil – a chamada Guerra dos Farrapos, ou Rebelião Farroupilha.

Considerando-se esse conflito, é CORRETO afirmar que

A) o apelido dado aos revoltosos – farroupilhas – fazia alusão ao caráter do movimento e de seus principais líderes, oriundos das camadas populares gaúchas.

B) o Governo Central, a fim de possibilitar o final do conflito, atendeu a uma das principais reivindicações dos rebeldes: a libertação dos escravos negros da Província.

C) o movimento rebelde, com diferentes correntes internas, defendia interesses rio-grandenses – como diminuição de impostos e maior autonomia política.

D) os rebeldes rio-grandenses se uniram aos republicanos argentinos, com o objetivo de fortalecer as tropas, aumentar o poderio bélico e reafirmar os ideais federalistas.

QUESTÃO 48

O segundo Governo Vargas (1951-1954) caracterizou-se por forte orientação nacionalista. Entre as iniciativas que marcaram esse período, destaca-se a criação da Petróleo Brasileiro S.A., a Petrobras, mediante a Lei n. 2.004, aprovada pelo Congresso em 3 de outubro de 1953.

É CORRETO afirmar que essa Lei

A) deu origem à campanha “O petróleo é nosso”, o que reforçou o sentimento nacionalista entre os brasileiros e fez crescer o apoio a Vargas.

B) foi o estopim da crise política que levou ao suicídio de Vargas, pois a Lei deixou a distribuição do petróleo nas mãos de empresas estrangeiras.

C) motivou a crítica, por parte do escritor paulista Monteiro Lobato, à criação da empresa estatal de petróleo.

D) teve como eixo a imposição do monopólio estatal sobre a produção de petróleo, considerado condição necessária para a soberania nacional.

docsity.com

PROVA DE HISTÓRIA - 1a Etapa - Caderno 140

QUESTÃO 49

Leia este trecho de documento:

“Pernambucanos [...] o povo está contente, já não há distinção entre

Brasileiros, e europeus, todos se conhecem irmãos, descendentes da mesma origem

[...] Um governo provisório iluminado escolhido entre todas as ordens do Estado,

preside a vossa felicidade [...] Vós vereis consolidar-se a vossa fortuna, vós sereis

livres do peso de enormes tributos, que gravam sobre vós; o vosso, e nosso País

[= Pernambuco] subirá ao ponto de grandeza, que há muito o espera, e vós

colhereis o fruto dos trabalhos e do zelo dos vossos Cidadãos. Ajudai-os com

[...] a vossa aplicação à agricultura, uma nação rica é uma nação poderosa. A

Pátria é a nossa mãe comum, vós sois seus filhos, sois descendentes dos valorosos

Lusos, sois Portugueses, sois Americanos, sois Brasileiros, sois Pernambucanos.”

Proclamação do Governo Provisório Revolucionário de

Pernambuco, em 9 de março de 1817.

Considerando-se os princípios que fundamentam a Revolução Pernambucana de 1817, é INCORRETO afirmar que seus participantes

A) consideravam irrelevantes as questões tributárias e desigualdades existentes entre “Brasileiros”, “Pernambucanos” e “Portugueses”.

B) entendiam que a riqueza tornava uma nação poderosa, sendo a agricultura vista como uma atividade econômica importante para a Pátria.

C) promoveram a constituição de um Governo Provisório em Pernambuco, em oposição ao Governo Monárquico chefiado por D. João.

D) reconheciam como identidades coletivas os “Pernambucanos”, os “Portugueses”

e os “Brasileiros”, defendendo que todos eles eram filhos da Pátria.

docsity.com

41PROVA DE HISTÓRIA - 1a Etapa - Caderno 1

1 QUESTÃO 50

No final do século XV e início do XVI, quando os europeus conquistaram o Continente Americano, este era habitado por inúmeros grupos étnicos, com diferentes formas de organização econômica e político-social.

Considerando-se o Império Inca, é INCORRETO afirmar que

A) a agricultura, base da sua economia, era praticada nas montanhas andinas, por meio de um sofisticado sistema de produção, que incluía a irrigação e a adubação.

B) o Estado era centralizado, com o poder político concentrado nas mãos do Inca, o imperador, e sua sociedade era rigidamente hierarquizada.

C) seu domínio se estendia ao longo da Cordilheira dos Andes, ocupando parte dos atuais territórios da Colômbia, Equador, Peru, Bolívia, Chile e noroeste da Argentina.

D) um deus criador e protetor da vida e da natureza era cultuado segundo uma doutrina monoteísta e, para ele, foram construídos diversos templos.

docsity.com

PROVA DE HISTÓRIA - 1a Etapa - Caderno 142

QUESTÃO 51

Observe esta imagem:

Adoração dos Magos, atribuída a Vasco Fernandes e a Jorge Afonso, pintada na

Sé de Viseu, em Portugal, entre 1501 e

1505.

Com base nas informações dessa imagem e em outros conhecimentos sobre o assunto, é INCORRETO afirmar que a descoberta do Novo Mundo e, particularmente, do Brasil levou os portugueses a representar

A) a América e sua população, novidade com que se defrontavam, inserindo-as em quadros mentais antigos.

B) a América, sua natureza e sua população, reconhecendo-as na sua alteridade em relação ao mundo europeu.

C) os povos da América em conformidade com as crenças – sobretudo as cristãs – em voga, então, no Continente Europeu.

D) um dos Reis Magos como um índio da América, fazendo-o substituir aquele que é, usualmente, representado como negro.

docsity.com

43PROVA DE HISTÓRIA - 1a Etapa - Caderno 1

1 QUESTÃO 52

Observe este mapa, em que estão representados os intercâmbios comerciais das Colônias Inglesas da América do Norte:

Considerando-se as informações desse mapa e outros conhecimentos sobre o assunto, é CORRETO afirmar que

A) as Antilhas Britânicas, com uma economia basicamente extrativista, ocupavam um papel secundário tanto para os interesses metropolitanos, quanto nos intercâmbios comerciais das Colônias Inglesas da América do Norte.

B) as Colônias Inglesas do norte e do centro desenvolveram um intenso comércio intercontinental com as Antilhas, a África e a Europa, em detrimento das Colônias Inglesas do sul, que estavam isoladas.

C) o comércio intercolonial e intercontinental se desenvolveu nas Colônias Inglesas da América do Norte, apesar das tentativas, ineficazes, de aplicação das Leis de Navegação por parte da Metrópole.

D) os comerciantes metropolitanos compravam diversos produtos manufaturados da América Inglesa, onde a atividade fabril era intensa, em razão da abundância de matérias-primas e de mão-de-obra barata.

docsity.com

PROVA DE HISTÓRIA - 1a Etapa - Caderno 144

QUESTÃO 53

Os movimentos de propaganda e a imprensa operária foram dois importantes pilares da divulgação da cultura anarquista.

Assim sendo, é INCORRETO afirmar que, no Brasil, as pautas dos jornais e a atuação dos militantes anarquistas incluíam a

A) crítica ao clericalismo, derivada da oposição do anarquismo aos credos religiosos.

B) defesa do Estado do bem-estar social, justificado por suas políticas sociais.

C) luta antiestatista, pois os anarquistas recusavam todo tipo de coerção institucional.

D) negação da ação parlamentar, considerada politicamente ineficaz.

QUESTÃO 54

“Congregando segmentos variados da população pobre ou dirigindo-se às

áreas de mineração, onde se concentravam enormes contingentes de escravos,

as vendeiras e negras de tabuleiro seriam constantemente acusadas de

responsabilidade direta no desvio de jornais, contrabando de ouro e diamantes,

prática de prostituição e ligação com os quilombos.”

FIGUEIREDO, Luciano. O avesso da memória: cotidiano e trabalho da mulher em Minas Gerais no século XVIII. Rio de Janeiro: José Olympio, 1993.

A partir da leitura e análise desse trecho, é CORRETO afirmar que a escravidão nas Minas Gerais se caracterizava por

A) um perfil rural e patriarcal, o que fazia com que as cativas e as forras ficassem reclusas, em casa, sob controle masculino.

B) uma comunidade igualitária, o que se expressava na liberdade com que os negros circulavam pelas ruas.

C) uma grande diversidade de formas de exploração do trabalho escravo, situação característica de um contexto mais urbano.

D) uma relativa flexibilidade, o que se expressava no livre trânsito dos comerciantes entre as cidades e os quilombos.

docsity.com

45PROVA DE HISTÓRIA - 1a Etapa - Caderno 1

1 QUESTÃO 55

Atividade importante nas Minas Gerais, já no século XVIII e, sobretudo, no XIX, a agricultura foi um dos principais esteios da projeção que a elite mineira alcançaria no Período Imperial e no início da República.

Com base nessa informação, é CORRETO afirmar que

A) a produção de diferentes gêneros alimentícios, a que se agregaria, depois, a cafeicultura, promoveu uma diversificação econômica, que visava ao mercado tanto regional quanto nacional.

B) as elites econômicas mineiras, já no século XVIII, foram pródigas no estabelecimento de uma sólida rede financeira de apoio à agricultura e à indústria, para o que foi criado o Banco da Lavoura.

C) as elites mineiras se destacaram pela criação e consolidação de uma estrutura monocultora, que priorizava inserir a província no mercado internacional de capitais em bases comerciais capitalistas.

D) os investimentos em infra-estrutura, expressos na construção de extenso sistema de armazenamento de grãos, fizeram com que o estado se tornasse um dos principais pioneiros da agroindústria.

docsity.com

PROVA DE HISTÓRIA - 1a Etapa - Caderno 146

QUESTÃO 56

Leia estes versos:

“Morreu na chegada do hospital

Um camarada que foi tão legal

Agora ‘Dade Deus’ ainda chora

O camarada de outrora.

Morreu, foi pro reino da glória

Está sentado junto de Nossa Senhora

O povo o queria de coração

E a sociedade o acusava de bandidão

Não sou bandido

E posso provar

Defendo a área

Dade Deus, o meu lugar.”

Augusto, setembro de 1979.

ZALUAR, Alba. A máquina e a revolta: as organizações populares e o significado da pobreza. São Paulo: Brasiliense, 1985. p. 136.

Considerando-se os aspectos da violência urbana apontados nessa letra de samba, é CORRETO afirmar que

A) a disputa por posições entre grupos de traficantes evolui para a mobilização e a arregimentação temporárias de trabalhadores e outros membros da comunidade.

B) a eventual proeminência social atingida por alguns criminosos pode ser explicada, entre outros fatores, pela relativa fragilidade das instituições do Estado nas periferias urbanas.

C) a explosão da violência urbana deve ser associada ao início da redemocratização do País, quando grupos de periferia fugiram a qualquer forma de controle social.

D) a formação de organizações criminosas foi legitimada pelas comunidades a elas ligadas, em virtude dos rendimentos financeiros que estas sempre auferiram do tráfico.

docsity.com

47PROVA DE HISTÓRIA - 1a Etapa - Caderno 1

1 QUESTÃO 57

As negociações de paz na Irlanda do Norte tiveram início na década de 1990, numa caminhada que teve culminância em 2005, quando o Exército Republicano Irlandês (IRA) se comprometeu a abandonar definitivamente as ações armadas.

Considerando-se o processo de pacificação na Irlanda do Norte e a conseqüente renúncia da luta armada pelo IRA, é CORRETO afirmar que

A) a decisão dos integrantes do IRA foi uma decorrência da sua derrota militar frente às forças de segurança britânicas.

B) a opção do IRA pela paz se deveu ao desenvolvimento da comunidade católica, que superou os protestantes em população e níveis de renda.

C) a resolução do IRA de baixar as armas se deveu ao fim da URSS, potência que lhe garantia suporte político e material.

D) as negociações com o IRA foram facilitadas pela ascensão dos trabalhistas na Inglaterra e contaram com apoio do Governo dos EUA.

docsity.com

PROVA DE HISTÓRIA - 1a Etapa - Caderno 148

QUESTÃO 58

“Na história da África jamais se sucederam tantas e tão rápidas mudanças

como durante o período entre 1880 e 1935. Na verdade, as mudanças mais

importantes, mais espetaculares – e também mais trágicas –, ocorreram num lapso

de tempo bem mais curto, de 1880 a 1910, marcado pela conquista e ocupação

de quase todo o continente africano pelas potências imperialistas e, depois, pela

instauração do sistema colonial. A fase posterior a 1910 caracterizou-se

essencialmente pela consolidação e exploração do sistema.”

BOAHEN, Albert Adu. História geral da África. VII. A África sob dominação colonial, 1880-1935. São Paulo: Ática/Unesco, 1991. p. 25.

Considerando-se o contexto da colonização européia da África, é CORRETO afirmar que

A) a demarcação das fronteiras entre as diferentes colônias respeitou as divisões territoriais previamente existentes entre as etnias africanas.

B) a derrota da Alemanha na Primeira Guerra implicou a concessão de independência aos territórios por ela colonizados, sob a proteção da ONU.

C) essa colonização resultou em decréscimo da população africana, devido à intensa exploração dos recursos humanos e materiais.

D) os Estados europeus, embora negassem oficialmente a escravidão, adotavam trabalho compulsório em alguns territórios coloniais.

docsity.com

49PROVA DE HISTÓRIA - 1a Etapa - Caderno 1

1 QUESTÃO 59

As viagens espaciais conjuntas têm comprovado que as potências militares podem cooperar pacificamente nessa área. No entanto essas cooperações são fenômeno recente, pois, entre os anos 1950 e 1980, no quadro da Guerra Fria, prevaleceu uma competição acirrada.

Considerando-se a corrida espacial travada, nessa época, entre os EUA e a URSS, é INCORRETO afirmar que

A) as conquistas obtidas eram usadas na guerra de propaganda, a exemplo do que ocorreu com Iuri Gagarin, enviado em turnê mundial para divulgar os feitos da URSS.

B) o propósito era conseguir superioridade científica e política em relação à potência oponente, sem, contudo, a intenção de usar as conquistas espaciais para fins bélicos.

C) os investimentos dos EUA, na fase final da corrida espacial, se dirigiram para os ônibus espaciais, enquanto os da URSS se concentraram na construção de estações orbitais.

D) os melhores resultados soviéticos alcançados nos anos 1950 foram compensados pelos norte-americanos com o projeto vitorioso de chegar primeiro à Lua.

QUESTÃO 60

A recente ascensão de algumas mulheres à chefia de governos importantes – a exemplo de Michelle Bachelet, no Chile, e de Angela Merkel, na Alemanha – confirma a tendência ao aumento da participação das mulheres no espaço público. Pode-se dizer que elas são herdeiras de campanhas e reivindicações femininas que já têm mais de um século de história.

Considerando-se os movimentos femininos e feministas, bem como sua repercussão, é INCORRETO afirmar que

A) as sufragistas foram líderes feministas que lutaram pela aprovação de reformas legais que permitissem o divórcio e o aborto.

B) o clima de rebeldia dos anos 1960 fortaleceu os movimentos feministas que reivindicavam reformas igualitárias e liberdade sexual.

C) o movimento socialista europeu trazia, em sua pauta original, reivindicações femininas que enfatizavam as questões sociais.

D) os fundamentalismos religiosos, apesar de suas diferenças, convergem na defesa de papéis sociais tradicionais para as mulheres.

docsity.com

comentários (0)
Até o momento nenhum comentário
Seja o primeiro a comentar!
Esta é apenas uma pré-visualização
Consulte e baixe o documento completo
Docsity is not optimized for the browser you're using. In order to have a better experience we suggest you to use Internet Explorer 9+, Chrome, Firefox or Safari! Download Google Chrome