OKOK, Проектов из Физика энергетических устройств. Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB)
gleicon.intp1
gleicon.intp127 November 2013

OKOK, Проектов из Физика энергетических устройств. Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB)

DOCX (11.9 KB)
1 страница
1файлы скачать
1000+количество посещений
Описание
Coisas de gesso
20очки
пункты необходимо загрузить
этот документ
скачать документ
предварительный показ1 страница / 1

INTRODUÇÃO

O gesso é um dos materiais sinteticos mais antigos utilizados na construção, há relatos de que tenha sido usado pelos egípcios há cerca de 4000 anos na construção das pirâmides, e pelos gregos desde 500 a.c, sendo utilizado para produzir artes decorativas. A química da conversão do mineral gipsita em gesso também é conhecida há muitos anos, tendo sido estudado por químicos como Le Chantelier (1850-1936) e Van’t Hoff(1852-1911).

Na literatura clássica, a palavra gesso pode ser definida como “gipsita cozida a baixa temperatura, que faz pega com a água e é por isso empregada em moldagens” (AURÉLIO, 1975). Já em termos técnicos, pode-se definir gesso como sendo um aglomerante não-hidráulico e aéreo, de origem mineral, obtido da calcinação da gipsita em temperaturas em torno de 150ºC. Este é constituído essencialmente por sulfatos de cálcio di-hidratado, geralmente acompanhado de uma certa proporção de impurezas, como a sílica, alumina, óxido de ferro, carbonatos e magnésio (BAUER,2001).

Os termos “gipsita”, “gipso” e “gesso”, são freqüentemente usados como sinônimos. Todavia, a denominação gipsita é reconhecidamente a mais adequada ao mineral em estado natural, enquanto gesso é o termo mais apropriado para designar o produto calcinado. A gipsita é uma rocha sedimentar, e em sua composição estão presentes, basicamente, a anidrita e algumas impurezas, geralmente argilo-minerais, calcita, dolomita e material orgânico. No Brasil, a matéria-prima é bastante pura, favorecendo a produção de gessos de alvura elevada.

O gesso é produzido peloa aquecimento da gipsita (CaSO4.2H2O), então sendo convertida a sulfato de cálcio hemi hidratado (CaSO4.1/2H2O). O hemi hidratado também é conhecido como gesso de Paris (gesso comumente utilizado para aplicações diversas). Quando água é acrescentada ao gesso, este se rehidrata e produz uma massa sólida de gipsita, essa rehidratação é acompanhada por liberação de calor (reação exotérmica) e uma ligeira expansão em volume do gesso.

A gipsita calcinada, o gesso, encontra a sua maior aplicação na indústria da construção civil, utilizada como material de acabamento, revestimento e matéria prima de pré-moldados.

Fabricação do Gesso

комментарии (0)
не были сделаны комментарии
Напиши ваш первый комментарий
это только предварительный показ
консультироваться и скачать документ
Docsity не оптимизирован для браузера, который вы используете. Войдите с помощью Google Chrome, Firefox, Internet Explorer 9+ или Safari! Скачать Google Chrome