Apostila portugues zambeli mpu, Notas de aula de Arquitetura Computadorizada e Organizacional. Centro Federal de Educação Tecnológico (CEFET-PA)
edson.nejef1
edson.nejef129 de Abril de 2015

Apostila portugues zambeli mpu, Notas de aula de Arquitetura Computadorizada e Organizacional. Centro Federal de Educação Tecnológico (CEFET-PA)

PDF (979 KB)
85 páginas
1000+Número de visitas
Descrição
apostila de portugues boa pra estudaR
20pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento
Pré-visualização3 páginas / 85
Esta é apenas uma pré-visualização
3 shown on 85 pages
baixar o documento
Esta é apenas uma pré-visualização
3 shown on 85 pages
baixar o documento
Esta é apenas uma pré-visualização
3 shown on 85 pages
baixar o documento
Esta é apenas uma pré-visualização
3 shown on 85 pages
baixar o documento

SUMÁRIO:

Classe de palavras(morfologia)....................................................................................01

Sintaxe da oração.......................................................................................................07

Concordâncias verbal e Nominal................................................................................. 16

Regência Verbal e Nominal........................................................................................ 26

Pontuação.................................................................................................................36

Crase........................................................................................................................51

Ortografia.................................................................................................................60

Acentuação...............................................................................................................70

Sintaxe do período....................................................................................................76

Língua Portuguesa – Prof. Carlos Zambeli – MPU

www.acasadoconcurseiro.com.br Prof. Zambeli Página 1

Aula 01

Classes de palavras (morfologia) A morfologia está agrupada em dez classes, denominadas classes de palavras ou classes gramaticais. São elas: Substantivo, Artigo, Adjetivo, Numeral, Pronome, Verbo, Advérbio, Preposição,

Conjunção e Interjeição.

1) Substantivo

2) Artigo

Artigo é a palavra que, vindo antes de um

substantivo, indica se ele está sendo

empregado de maneira definida ou

indefinida. Além disso, o artigo indica, ao

mesmo tempo, o gênero e o número dos

substantivos.

Detalhe zambeliano 1

Substantivação!

Não aceito um não de você.

Detalhe zambeliano 2

Artigo facultativo diante de nomes próprios.

Sérgio chegou. / O Sérgio chegou.

Detalhe zambeliano 3

Artigo facultativo diante dos pronomes

possessivos.

Sua turma é pequena no curso.

A sua turma é pequena no curso.

Tudo o que existe é ser e cada ser tem um nome. Substantivo é a classe gramatical de palavras

variáveis, as quais denominam os seres. Além de objetos, pessoas e fenômenos, os substantivos

também nomeiam:

-lugares: Itália, Porto Alegre...

-sentimentos: raiva, ciúmes ...

-estados: alegria, tristeza...

-qualidades: honestidade, sinceridade...

-ações: corrida, leitura...

Língua Portuguesa – Prof. Carlos Zambeli – MPU

www.acasadoconcurseiro.com.br Prof. Zambeli Página 2

3) Adjetivo

______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________

4) Advérbio

Morfossintaxe do Adjetivo: O adjetivo exerce sempre funções sintáticas relativas aos substantivos, atuando como adjunto adnominal ou como predicativo (do sujeito ou do objeto).

Adjetivo é a palavra que expressa uma qualidade ou característica do ser e se "encaixa" diretamente ao lado de um substantivo.

Locução adjetiva Noite de chuva(chuvosa) Atitudes de anjo (angelicais) Pneu de trás (traseiro) Seleção do Brasil (brasileira)

Detalhe zambeliano!

Advérbio é uma palavra invariável que modifica o sentido do verbo, do adjetivo e do próprio advérbio.

Classificação dos advérbios:

Lugar – ali, aqui, aquém, atrás, cá, dentro...

Tempo – agora, amanhã, antes, ontem...

Modo – a pé, à toa, à vontade...

Dúvida – provavelmente, talvez, quiçá...

Afirmação – sim, certamente, realmente...

Negação – não, nunca, jamais...

Intensidade - bastante, demais, mais, menos

Dica do Zambeli Aqui dormi nesta semana.

Hoje eu estudei gramática no curso.

Língua Portuguesa – Prof. Carlos Zambeli – MPU

www.acasadoconcurseiro.com.br Prof. Zambeli Página 3

5) Preposição

______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________

6) Pronome

Preposição é uma palavra invariável que liga

dois elementos da oração, subordinando o

segundo ao primeiro, ou seja, o regente e o

regido.

Regência verbal: Assisti ao vídeo do curso.

Regencia nominal: Estou alheio a tudo isso.

Zambeli, quais são as preposições?

a - ante - até - após - com - contra - de -

desde - em - entre - para - per - perante -

por - sem - sob - sobre - trás.

Indefinidos Não encontrei nenhum conhecido na aula do Zambeli.

Não encontrei nem um conhecido na aula do Zambeli.

Demonstrativos Este, esta, isto – perto do falante. ESPAÇO Esse, essa, isso – perto do ouvinte. Aquele, aquela, aquilo - longe dos dois. Este, esta, isto – presente/futuro TEMPO Esse, essa, isso – passado breve Aquele, aquela, aquilo – passado distante DISCURSO Este, esta, isto – vai ser dito Esse, essa, isso – já foi dito

Língua Portuguesa – Prof. Carlos Zambeli – MPU

www.acasadoconcurseiro.com.br Prof. Zambeli Página 4

7) Numeral – indicam quantidade ou posição – um, dois, vinte, primeiro, terceiro.

8) Interjeição – expressam um sentimento, uma emoção...

9) Verbos – indicam ação, estado, fato, fenômeno da natureza.

10) Conjunções – ligam orações ou, eventualmente, termos. São divididas em:

Exercícios

1) Sublinhe os adjetivos e as locuções adjetivas do texto abaixo retirado do site www.g1.com

Mulher toca spray de pimenta em consumidores!

Uma mulher enfurecida usou spray de pimenta para espantar outros compradores em

uma loja de Los Angeles para poder ter acesso às ofertas promocionais - Black Friday (Sexta-

feira Negra), a superliquidação posterior ao "Dia de Ação de Graças" dos americanos, informou

o jornal local "Los Angeles Times".

Possessivos

Aqui está a minha carteira. Cadê a sua?

Coordenadas – aditivas, adversativas,

alternativas, conclusivas, explicativas.

Subordinadas – concessivas, conformativas,

causais, consecutivas, comparativas, condicionais,

temporais, finais, proporcionais.

Pessoais – retos e oblíquos

Retos -eu, tu, ele, ela, nós, vós eles, elas.

Oblíquos - Os pronomes pessoais do caso oblíquo se subdividem em dois tipos: os átonos,

que não são antecedidos por preposição, e os tônicos, precedidos por preposição.

Átonos: me, te, se, o, a, lhe, nos, vos, os, as, lhes.

Ex.: Enviaram aquele material do curso para mim.

Enviaram aquele material do curso para eu usar na aula.

Língua Portuguesa – Prof. Carlos Zambeli – MPU

www.acasadoconcurseiro.com.br Prof. Zambeli Página 5

A mulher, que não teve a identidade revelada, jogou gás nos corredores de um

supermercado Wal-Mart no bairro de Porter Ranch para conseguir chegar mais rápido aos

produtos de beleza que a interessavam, contou o chefe de bombeiros, James Carson.

Em meio ao empurra-empurra dos consumidores, a mulher descontrolada também jogou

gás de pimenta em outros compradores animados. Cerca de 20 pessoas, entre eles várias

crianças pequenas, reclamaram de dor de garganta e irritação Forte na pele e nos olhos.

2) Classifique a classe gramatical das palavras destacadas (substantivo, adjetivo, advérbio)

1. A cerveja que desce redondo.

2. A cerveja que eu bebo gelada.

3. Zambeli é um professor exigente.

4. O bom da aula é o ensinamento que fica para nós.

5. Carlos está no meio da sala.

6. Leu meia página da matéria.

7. Aquelas jovens são meio nervosas.

8. Ela estuda muito.

9. Não faltam pessoas bonitas aqui.

10. O bonito desta janela é o visual.

11. Vi um bonito filme brasileiro.

12. O brasileiro não desiste nunca.

13. A população brasileira reclama muito de tudo.

14. O crescimento populacional está diminuindo no Brasil.

15. Número de matrimônios cresce, mas gaúchos estão entre os que menos casam no país.

3) Classifique as palavras destacadas, usando este código

1- numeral 2 – artigo indefinido

( ) Um dia farei um concurso fácil!

( ) Tu queres uma ou duas provas de Português?

( ) Uma aluna apenas é capaz de enviar os emails.

( ) Zambeli só conseguiu fazer uma prova?

( ) Não tenho muitas canetas. Então pegue só uma para você!

( ) Ontem uma professora procurou por você.

( ) Escrevi um artigo extenso para o jornal!

( ) você tem apenas um namorado né?

( ) Somente um aluno não gabaritou Português.

Língua Portuguesa – Prof. Carlos Zambeli – MPU

www.acasadoconcurseiro.com.br Prof. Zambeli Página 6

4) Preencha as lacunas com os pronomes demonstrativos adequados: a) A grande verdade é ___________: foi o Zambeli o mentor do plano.

b) Embora tenha sido o melhor plano, ele nunca admitiu _________ fato.

c) Ninguém conseguiu provar sua culpa, diante _____________, o júri teve de absolvê-lo.

d) O país atravessa um momento delicado. __________ crise parece nunca acabar.

e) Assisti à aula de Português aqui no curso. Uma aula _________ é indispensável para mim!

f) Por que você nunca lava _________ mãos?

g) Ana, traga ____________ material que está aí do seu lado.

h) Ana, ajude-me a carregar _______ sacolas aqui.

Língua Portuguesa – Prof. Carlos Zambeli – MPU

www.acasadoconcurseiro.com.br Prof. Zambeli Página 7

Aula 02

Análise sintática (sintaxe da oração)

TIPOS DE SUJEITOS - 1) Sujeito simples – é o sujeito determinado que possui um único núcleo, um único vocábulo diretamente ligado com o verbo.

2) Sujeito composto – é o sujeito determinado que possui mais de um núcleo, isto é, mais

de um vocábulo diretamente relacionado com o verbo.

3) Sujeito indeterminado – quando não se quer ou não se pode identificar claramente a

quem o predicado da oração se refere. Observe que há uma referência imprecisa ao sujeito;

caso contrário, teríamos uma oração sem sujeito.

A língua portuguesa apresenta duas maneiras de identificar o sujeito:

Pastavam lindos cavalos neste campo.

A revolta dos concurseiros foi com a banca organizadora.

Existem graves problemas técnicos neste andar.

Foste, alguma vez, enganado por mim?

Sérgio, Pedro e Edgar trabalham também professores do curso.

Ocorreram acidentes, assaltos e sequestros nesta comunidade.

Fome e desidratação são agravantes das doenças daquele povo.

a) Com o verbo na 3ª pessoa do plural, desde que o sujeito não tenha sido identificado

anteriormente.

Dizem que a família está falindo.

Sempre me perguntam sobre isso.

Língua Portuguesa – Prof. Carlos Zambeli – MPU

www.acasadoconcurseiro.com.br Prof. Zambeli Página 8

4) Orações sem sujeito – são formadas apenas pelo predicativo, articulam-se a partir de um verbo impessoal.

a) Verbos que indicam fenômeno da natureza Choveu na cidade e, na praia, fez sol! Deve nevar na Serra este ano.

b) Verbo haver - no sentido de existir ou ocorrer Houve um grave acidente neste local. Há pessoas que não valorizam a vida. Deve haver aprovações desde curso. Devem existir aprovações desde curso.

c) Verbo Fazer – indicando temperatura, fenômeno da natureza, tempo. Faz 25ºC nesta época do ano. Deve fazer 40ºC amanhã. Fez calor ontem na cidade. Fez 2 anos que nós nos conhecemos. Está fazendo 4 anos que você viajou para Londres.

b) com o verbo na 3ª p do singular, acrescido do pronome se. Essa construção é típica dos

verbos que não apresentam complemento direto:

Precisa-se de mão de obra nesta construção.

Vive-se intensamente na juventude.

É-se muito ingênuo na juventude.

Língua Portuguesa – Prof. Carlos Zambeli – MPU

www.acasadoconcurseiro.com.br Prof. Zambeli Página 9

d) Verbo ser – indicando hora, data, distância Do curso até lá são 5km. Hoje são 27 de setembro. Hoje é dia 27 de setembro. Agora são 9h da manhã.

5) Sujeito Oracional TRANSITIVIDADE VERBAL

Fazer promessas é muito comprometedor.

É necessário que você revise tudo em casa.

Convém que nós nos dediquemos muito para este concurso.

Verbo Intransitivo (VI)

É aquele que traz em si a ideia completa da ação, sem necessitar, portanto, de um outro

termo para completar o seu sentido. Sua açãonão transita.

Ex.: Aquela matéria caiu no concurso.

Verbo Transitivo Direto (VTD)

Não possuem sentido completo, logo precisam se um complemento(objeto). Esses

complementos (sem preposição) são chamados de objetos diretos.

Ex.: Zambeli comprou um livro no novo sebo do bairro.

Verbo Transitivo Indireto (VTI)

O complemento vem ligado ao verbo indiretamente, com preposição obrigatória.

Ex.: Depois do concurso, eu preciso de férias.

Língua Portuguesa – Prof. Carlos Zambeli – MPU

www.acasadoconcurseiro.com.br Prof. Zambeli Página 10

ADJUNTO ADVERBIAL É o termo da oração que indica uma circunstância(dando ideia de tempo, instrumento, lugar,

causa, dúvida, modo,intensidade, finalidade, ...). Oadjunto adverbial é o termo que modifica

o sentido de um verbo, de um adjetivo, de um advérbio.

Ontem assisti à aula do Zambeli na minha sala confortavelmente

Verbo Transitivo Direto e Indireto (VTDI)

A ação contida no verbo transita para o complemento direta e indiretamente, ao mesmo

tempo.

Ex.: Zambeli entregou a apostila de Português aos alunos do curso nesta semana.

Dica zambeliana

Verbo de Ligação (VL)

É aquele que, expressando estado, liga características ao sujeito, estabelecendo entre eles

(sujeito e características) certos tipos de relações.

Ex.: Tu ficaste nervoso durante a prova?

ser, viver, acha,

encontrar, fazer,

parecer, estar,

continuar, ficar,

permanecer

 Ficar

 Andar

 Tornar

 Virar

 Acabar

Dica zambeliana:

A transitividade de um verbo depende do contexto.

Advérbio X Adjunto Adverbial

Língua Portuguesa – Prof. Carlos Zambeli – MPU

www.acasadoconcurseiro.com.br Prof. Zambeli Página 11

APOSTO X VOCATIVO

Aposto é um termo acessório da oração que se liga a um substantivo, tal como o adjunto

adnominal, mas que, no entanto sempre aparecerá com a função de explicá-lo, aparecendo de

forma isolada por pontuação.

Vocativo é o único termo isolado dentro da oração, pois não se liga ao verbo nem ao nome.

Não faz parte do sujeito nem do predicado. A função do vocativo é chamar o receptor a que

se está dirigindo. É marcado por sinal de pontuação.

Zambeli, o professor que escontramos antes, trabalha muito!

Sempre cobram dois conteúdos nas provas: regência e pontuação.

Não entendi a matéria, Zambeli!

ADJUNTO ADNOMINAL Adjunto adnominal é o termo que caracteriza e/ou define um substantivo. As classes de

palavras que podem desempenhar a função de adjunto adnominal são adjetivos, artigos,

pronomes, numerais, locuções adjetivas. Portanto se trata de um termo de valor adjetivo que

modificara o nome ao qual se refere.

Artigo – A aula de português

Adjetivos – A aula zambeliana será na quinta-feira.

Pronome – Minha sala está lotada!

Numeral – Cinco alunos fizeram aquele concurso.

Locução adjetiva – O problema da empresa continua.

Exercício

1) Reescreva as orações seguintes, passando os termos destacados para o plural:

a) Precisa-se de fotógrafo.

b) Vende-se celular usado.

c) Arruma-se celular estragado.

d) Acredita-se em milagre.

e) Plastifica-se carteira de motorista.

f) Apela-se para o milagre.

g) Vende-se barraca na praia.

Língua Portuguesa – Prof. Carlos Zambeli – MPU

www.acasadoconcurseiro.com.br Prof. Zambeli Página 12

2) Classifique os elementos sublinhados das orações abaixo.

a) O candidato voltou do curso. b) Histórias incríveis contou-nos aquele colega. c) O professor Zambeli ofereceu-lhe um lugar melhor no curso . d) Procurei-a por todos os lugares. e) Gabaritaram a prova. f) Talvez ainda haja concursos neste ano. g) Taxa de homicídio cresce em 15 anos no país. h) A prova foi fácil. i) Site oferece promoções aos clientes na internet. j) Contei-lhe o resultado da prova!

3) Indique a função sintática dos termos destados no texto da revista superinteressante.

Ver o logo da Apple deixa você mais criativo

Você deve estar achando que nós, do ciência maluca, somos puxa-sacos da Apple (1) .

Calma, vai, não é bem por aí. Mas não dá para negar que ela e sua maçã (2) viraram um

símbolo de criatividade e inovação (3) mundo afora, né? Talvez tenha sido daí, então, que

pesquisadores das universidades de Duke (EUA) e Waterloo (Canadá) tiraram a ideia de expor

voluntários subliminarmente o logotipo de empresas famosas e ver como isso (4) os (5)

afetava.

341 universitários assistiram a projeções (6) nas quais o logo da Apple ou o da IBM

apareciam por milésimos de segundo (7) — tão rápido que eles nem conseguiam identificar

que tinham visto um dos dois. Depois da exibição, partiram para um exercício (que consistia

em listar a maior quantidade possível de usos para um tijolo) criado para avaliar o quão

criativos eram.

Língua Portuguesa – Prof. Carlos Zambeli – MPU

www.acasadoconcurseiro.com.br Prof. Zambeli Página 13

Segundo os pesquisadores, o pessoal que viu o logo da Apple (mesmo sem perceber) foi

“significativamente” mais criativo na tarefa (8) do que o povo que viu o da IBM. O efeito, eles

acreditam, vem da associação geral que fazemos da companhia de Steve Jobs com

criatividade (9).

“Nós somos expostos a milhares de logotipos todos os dias”, disse o líder da pesquisa(10),

Gavan Fitzsimons. “Achamos que isso não nos afeta, mas nosso trabalho demonstra que até

vislumbres fugazes podem nos afetar drasticamente”. O que você acha? Fique de olho!

Thiago Perin 13 de dezembro de 2011 retirado site WWW.super.abril.com.br

1) 6)

2) 7)

3) 8)

4) 9)

5) 10)

1) ( 2011 - TJ-SC – Analista Adm. ) Os termos grifados NÃO exercem a função de sujeito da

oração apenas em:

a) Segue em anexo o documento.

b) “Aprovado”, disse enfaticamente o magistrado.

c) O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística divulgou os dados em sua sede.

d) Há dois ovos no ninho.

e) A brusca mudança indica preocupação com o nível de crescimento econômico.

2) (CESGRANRIO-2008) Assinale a opção cujo termo em destaque tem valor sintático diferente

dos demais.

a) "As palavras juntas formam frases, orações e períodos."

b) "No cotidiano, as pessoas não têm mais tempo para dialogar."

c) "elas se tornam vivas, dando uma sensação de bemestar,"

d) " porque a idéia se perpetua e é transmitida de geração para geração."

e) "A mobilização social é um ato de comunicação."

3) (FCC - 2008 - MPE-RS - Secretário de Diligências) O velho gaúcho foi ajudar, no posto mais

próximo do hotel em que se hospedara, o serviço de assistência aos desabrigados pelo

temporal.

A função sintática do termo grifado acima é a mesma do termo, também grifado, da frase:

a) ... quando um mais afobado desanda a correr pelo pátio ...

b) Como tem prática de campo e prática de cidade ... de repressão a contrabando ...

Língua Portuguesa – Prof. Carlos Zambeli – MPU

www.acasadoconcurseiro.com.br Prof. Zambeli Página 14

c) ... propõe, de saída, a divisão dos serviços em setores bem caracterizados ...

d) ... mas tudo se resolve com bom humor.

e) Nomeia o rapazinho seu ajudante-de-ordens ...

4) (FCC) A República criou o brasileiro genérico e abstrato.

O mesmo tipo de complemento verbal grifado acima está na frase:

a) ... esse esporte assumiu entre nós funções sociais extrafutebolísticas ...

b) ... respondem por sua imensa popularidade.

c) O advento do futebol entre nós coincidiu com a busca de identidades reais ...

d) ... a vida recomeça continuamente ...

e) ... os 22 jogadores não atuavam como dois times de 11 ...

5)(CONSULPLAN) Considere o seguinte trecho: “Com os dias, Senhora, o leite primeira vez

coalhou”.

Em qual das alternativas abaixo o termo destacado apresenta a mesma função sintática do

termo sublinhado anteriormente?

a) “Toda a casa era um corredor deserto...”.

b) “Uma hora da noite eles se iam...”.

c) “... como a última luz na varanda”.

d) “Às suas violetas, na janela, não lhes poupei água...”.

e) “Não tenho botão na camisa...”.

6) (CONSULPLAN )Em “...saibamos ensinar aos alunos o mais elementar,...” , o verbo

destacado é:

a) Transitivo direto.

b) Transitivo indireto.

c) Intransitivo.

d) De ligação.

e) Transitivo direto e indireto.

7) (TJ-SC - 2010 ) Na oração “Trabalhar no Tribunal de Justiça é um grande desejo meu”:

a) O sujeito é “trabalhar”.

b) O sujeito é oculto: eu.

c) É uma oração sem sujeito.

d) O sujeito é indeterminado.

e) O sujeito é “Tribunal”.

Língua Portuguesa – Prof. Carlos Zambeli – MPU

www.acasadoconcurseiro.com.br Prof. Zambeli Página 15

8) (EJEF - 2009 - TJ-MG) Aponte a alternativa em que ocorre a oração sem sujeito.

a) Precisa-se de uma babá.

b) A noite caiu sobre a cidade.

c) Alguém mentiu.

d) Hoje fez muito calor em Fortaleza.

9) (FCC - 2011 - TRT -MT) “Destes proviriam as pistas que indicariam o caminho ...”

O verbo empregado no texto que exige o mesmo tipo de complemento que o grifado acima

está também grifado em:

a) ... a principal tarefa do historiador consistia em estudar possibilidades de mudança social.

b) Os caminhos institucionalizados escondiam os figurantes mudos e sua fala.

c) Enfatizava o provisório, a diversidade, a fim de documentar novos sujeitos ...

d) ... sociabilidades, experiências de vida, que por sua vez traduzissem necessidades sociais.

e) Era engajado o seu modo de escrever história.

10) (FCC - 2011 - Banco do Brasil) A interiorização das universidades federais e a criação de

novos institutos tecnológicos também mudam a cara do Nordeste...

O mesmo tipo de complemento grifado acima está na frase:

a) ... que mexeram com a renda ...

b) ... que mais crescem na região.

c) ... que movimentam milhões de reais ...

d) A outra face do "novo Nordeste" está no campo.

e) ... onde as condições são bem menos favoráveis ...

Língua Portuguesa – Prof. Carlos Zambeli – MPU

www.acasadoconcurseiro.com.br Prof. Zambeli Página 16

Aula 03

CONCORDÂNCIA NOMINAL

Regra geral Os artigos, os pronomes, os numerais e os adjetivos concordam com o substantivo a que eles se referem. Casos especiais

1) Adjetivo + substantivos de gênero diferente: concordância com o termo mais próximo.

Ex.: Aquele restaurante serve ótima carne ou peixe. ótimo peixe ou carne.

2) Substantivos de gênero e número diferentes mais adjetivo: concordância com o termo mais próximo ou uso do masculino plural.

Ex.: A empresa ensinou política e procedimento de crédito novos. A empresa ensinou política e procedimento de crédito novo. A empresa ensinou procedimento de crédito e política nova. 3) ANEXO Seguem anexos os contratos. As cartas anexas devem conter envelope. 4) SÓ Joana ficou só em casa. (sozinha) Lúcia e Lívia ficaram sós. (sozinhas) Depois da guerra só restaram cinzas. (apenas) Eles queriam ficar só na sala. (apenas) Observação A locução adverbial a sós é invariável. 5) OBRIGADO – adjetivo

Língua Portuguesa – Prof. Carlos Zambeli – MPU

www.acasadoconcurseiro.com.br Prof. Zambeli Página 17

“Muito obrigada”, disse a aniversariante aos convidados! 6) BASTANTE Adjetivo = vários, muitos Advérbio = muito, suficiente Recebi bastantes flores.

Estudei bastante.

Tenho bastantes motivos para estudar com você!

7) TODO, TODA – qualquer TODO O , TODA A – inteiro Todo aluno tem dificuldades nos estudos.

Todo o clube comemorou a chegada do jogador.

8) É BOM, É NECESSÁRIO, É PROIBIDO, É PERMITIDO Com determinante = variável Sem determinante = invariável Vitamina C é bom para saúde.

É necessária muita paciência.

Neste local, é proibido entrada de alunos.

Neste local, é proibida a entrada de alunos.

9) MEIO Adjetivo = metade Advérbio = mais ou menos Tomou meia garrafa de champanhe. Isso pesa meio quilo. A porta estava meio aberta. Ele anda meio cabisbaixo. Outras palavras

Língua Portuguesa – Prof. Carlos Zambeli – MPU

www.acasadoconcurseiro.com.br Prof. Zambeli Página 18

Exercícios

1. Complete as lacunas com a opção mais adequada:

a) É _____________ (proibido OU proibida) conversa durante a aula.

b) É _____________ (proibido OU proibida) a conversa durante a aula.

c) Não é _______________ (permitido OU permitida) a afixação de propagandas.

d) Saída a qualquer hora, nesta empresa, não é _____________ (permitido OU permitida).

e) No curso, bebida não é ______________ (permitido OU permitida).

f) Crise econômica não é ____ (bom OU boa) para o governo.

g) Bebeu um litro e _________ (meio OU meia) de cachaça.

h) Respondeu tudo com __________ (meio OU meias) palavras.

i) Minha colega ficou ___________ (meio OU meia) angustiada.

j) Ana estava ___________ (meio OU meia) estressada depois da prova.

k) Nesta turma há alunos _________ (meio OU meios) irrequietos.

l) Eles comeram ______________ (bastante OU bastantes).

m) Os concurseiros saíram da prova ______________ (bastante OU bastantes) cansados.

n) Já temos provas _______________ (bastante OU bastantes) para incriminá-lo.

o) Os alunos ficam _____ (só OU sós).

p) _____ (Só OU Sós) os alunos deixaram a sala.

q) _____ (Só OU Sós) vocês duas não farão o concurso.

r) _____ (Só OU Sós), vocês duas não irão à festa, arranjem companhia.

s) Eles comeram ______________ (bastante OU bastantes) salgadinhos.

CONCORDÂNCIA VERBAL

Regra geral - O verbo concorda com o núcleo do sujeito em número e pessoa. O problema da turma já foi resolvido pela direção do curso. Os concurseiros adoram esta matéria nas provas. Regras especiais:

1) SE

a) Pronome apassivador - o verbo (VTD ou VTDI) concordará com o sujeito passivo.

Alugaram-se carros importados na viagem.

Língua Portuguesa – Prof. Carlos Zambeli – MPU

www.acasadoconcurseiro.com.br Prof. Zambeli Página 19

Viram-se todos os jogos neste final de semana.

Alugam-se apartamentos.

Exigem-se referências.

Consertam-se pianos.

Plastificam-se documentos.

Entregou-se uma flor à mulher.

b) Índice de indeterminação do sujeito – o verbo (VL, VI ou VTI) não terá sujeito claro! Terá um

sujeito indeterminado.

Não se confia nos resultados sem provas.

Necessitou-se de funcionárias neste evento.

Assistiu-se a todos os jogos neste final de semana.

2) QUE X QUEM

QUE: se o sujeito for o pronome relativo que, o verbo concorda com o antecedente do pronome relativo.

Fui eu que falei. (eu falei) Fomos nós que falamos. (nós falamos)

QUEM: se o sujeito for o pronome relativo quem, o verbo ficará na terceira pessoa do singular ou concordará com o antecedente do pronome (pouco usado).

Fui eu quem falei/ falou.

Fomos nós quem falamos/falou.

3) PRONOME DE TRATAMENTO

O verbo fica sempre na 3ª pessoa (ele – eles).

Vossa Excelência deve apurar os fatos. Vossas Altezas devem viajar.

Língua Portuguesa – Prof. Carlos Zambeli – MPU

www.acasadoconcurseiro.com.br Prof. Zambeli Página 20

4) HAVER – FAZER

“Haver” no sentido de “existir ou ocorrer” ou indicando “tempo” ficará na terceira pessoa do singular. É impessoal, ou seja, não possui sujeito.

“Fazer” quando indica “tempo” ou “fenômenos da natureza”, também é impessoal e deverá ficar na terceira pessoa do singular.

Nesta sala, há bons e maus alunos.

Já houve muitos concursos neste ano.

Faz 10 anos que passei em um concurso.

5) Expressões partitivas ou fracionárias – verbo no singular ou no plural A maioria dos candidatos apoia/ apoiam a ciclovia na cidade. Um terço dos políticos rejeitou/ rejeitaram essa ideia.

Complete as frases:

1. É preciso que se _____________ os acertos do preço e se ___________ as regras para não

______________ mal-entendidos. ( faça- façam/ fixe- fixem/ existir – existirem)

2. Não ____________________ confusões no casamento. (poderia haver - poderiam haver)

3. _________________de convidados indesejados. (Trata-se - Tratam-se)

4. As madrinhas acreditam que __________convidados interessantes, mas sabem que

__________alguns casados. (exista- existam / podem haver- pode haver)

5. _____________vários dias que não se ______________casamentos aqui; _______________

alguma coisa estranha no local. (faz- fazem/ realiza - realizam/ deve haver- devem haver)

6. Não ________ emoções que __________esse momento. (exite - existem/ traduza-traduzam)

7. __________ problemas durante o Buffet (aconteceu – aconteceram)

8. Quando se __________ de casamentos, onde se ____________trajes especiais, não

___________________ tantos custos para os convidados.(trata- tratam/ exige- exigem/ deve

haver- devem haver)

Língua Portuguesa – Prof. Carlos Zambeli – MPU

www.acasadoconcurseiro.com.br Prof. Zambeli Página 21

9. __________ às 22h a janta, mas quase não_________________ convidados.

(Iniciou-se- Iniciaram-se/ havia- haviam)

10. No Facebook, __________fotos bizarras e __________muitas informações inúteis. (publica-se

- publicam-se/ compartilha-se - compartilham-se)

11. Convém que se ____________________nos problemas do casamento e que não se

______________ partido da sogra. (pense – pensem / tome – tomem)

12. Naquele dia, _____________________37º C na festa. (fez - fizeram)

13. ____________________aos bêbados todo auxílio. (prestou-se - prestaram–se)

14. Não se __________ boas festas de casamento como antigamente. (faz –fazem)

15. No Sul, __________ invernos de congelar cusco. (faz-fazem)

16. É preciso que se __________ aos vídeos e que se ____________ os recados. (assista –

assistam / leia – leiam)

17. Convém que se ________ às ordens da sogra e que se _________ os prometidos. (obedeça –

obedeçam / cumpra – cumpram)

18. As acusações do ex-namorado da noiva __________________ os convidados às lágrimas.

(levou / levaram)

19. Uma pesquisa de psicólogos especializados ________________________ que a maioria dos

casamentos não se _______________________ depois de 2 anos. (revelou / revelaram – mantém /

mantêm)

20. A maior parte dos maridos ______________________________ pela esposa durante as

partidas de futebol. (é provocada / são provocados)

21. Mais de uma esposa ______________ dos maridos. (reclama – reclamam)

Questões de concurso

1) Há concordância inadequada em:

(A) clima e terras desconhecidas.

(B) clima e terra desconhecidos.

(C) terras e clima desconhecidas.

(D) terras e clima desconhecido.

(E) terras e climas desconhecidos.

Língua Portuguesa – Prof. Carlos Zambeli – MPU

www.acasadoconcurseiro.com.br Prof. Zambeli Página 22

2) Identifique o item em que ocorra algum erro de concordância nominal.

A) Seguem três faturas anexo.

B) As atrizes pareciam meio preocupadas.

C) Naquela pintura, sobressaíam as cores verde-água.

D) Tragam-se trezentos gramas de queijo.

E) Anexas ao documento, enviamos-lhe as fichas de inscrição.

3) A acumulação de conhecimentos e de experiências alheias ...................... os meios de

comunicação escrita ..................... de maior atenção por parte de ........................... que

desejam aprimorar a sua cultura.

A) tornam - dignas - todos

B) torna - digna - todos

C) tornam - dignos - todos os

D) torna - dignos - todos os

E) tornam - digna - todos

4) “ Os caminhos pelos quais este modelo secreto de beleza se estabelece são complexos e prendem suas raízes na primeira infância. Pai e mãe, como seres inicialmente centralizadores de todo o afeto, e modelos básicos de identidade, costumam emprestar suas características para a formação do amado ideal.”

Caso a expressão Os caminhos estivesse no singular, quantas outras palavras da frase deveriam obrigatoriamente sofrer alterações para fins de concordância?

(A) Uma

(B) Duas

(C) Três

(D) Quatro

(E) Cinco

“O pianista dominou a técnica do piano quando não precisava pensar nos dedos e nas notas: ele só pensa na música. O leitor dominou a técnica da leitura quando não precisava pensar em letras e palavras: só pensa nos mundos que saem delas; quando ler é o mesmo que viajar. Há concertos de música. Por que não concertos de leitura? Imagino uma situação impensável: o adolescente se prepara para sair com a namorada e a mãe”

5) Caso se substituísse a palavra pianista por pianistas, quantas outras palavras do período

deveriam obrigatoriamente sofrer ajustes para fins de concordância?

(A) Cinco

(B) Quatro

(C) Três

(D) Duas

(E) Uma

Língua Portuguesa – Prof. Carlos Zambeli – MPU

www.acasadoconcurseiro.com.br Prof. Zambeli Página 23

6) A expressão que preenche correta e respectivamente a lacuna pontilhada da frase abaixo

“Os ferimentos causados nas vítimas dos três crimes ............... pelas mesmas armas?” (A) fora feito. (B) foram feitos. (C) foram feito. (D) foi feitos. (E) foi feito.

7) Caso a palavra dados fosse substituída na frase abaixo por informações, quantas outras

palavras deveriam, obrigatoriamente, sofrer ajustes para fins de concordância?

Os dados são da ONU e podem ser confirmados pelo lucro dos bancos, das empresas de

segurança privada e pelas grades na frente da sua casa.

(A) Nenhuma.

(B) Uma.

(C) Duas.

(D) Três.

(E) Quatro.

8) (FCC) A concordância verbal e nominal está inteiramente correta na frase:

(A) A sociedade deve reconhecer os princípios e valores que determinam as escolhas dos

governantes, para conferir legitimidade a suas decisões.

(B) A confiança dos cidadãos em seus dirigentes devem ser embasados na percepção dos valores e

princípios que regem a prática política.

(C) Eleições livres e diretas é garantia de um verdadeiro regime democrático, em que se respeita

tanto as liberdades individuais quanto as coletivas.

(D) As instituições fundamentais de um regime democrático não pode estar subordinado às ordens

indiscriminadas de um único poder central.

(E) O interesse de todos os cidadãos estão voltados para o momento eleitoral, que expõem as

diferentes opiniões existentes na sociedade.

9) (FCC) A concordância verbo-nominal está inteiramente correta na frase:

(A) Em todas as épocas, ocorreram ataques de elefantes em várias regiões, porém a média de

pessoas expostas a eles era quase insignificante.

(B) O sentimento familiar entre manadas de elefantes são intensos, e muitas vezes os ataques de

um animal constitui reação a uma iniciativa humana.

(C) Elefantes que desenvolvem comportamento agressivo acaba abatidos a tiro para que se evite os

ataques a pessoas e a propriedades.

Língua Portuguesa – Prof. Carlos Zambeli – MPU

www.acasadoconcurseiro.com.br Prof. Zambeli Página 24

(D) Imagens do cérebro de elefantes apresentadas em estudo recente apontou a importância do

convívio com animais mais velhos durante a infância.

(E) Nos últimos anos, na Índia, foi morta mais de 500 pessoas, atacadas por elefantes em fúria,

aparentemente explicáveis por stress pós-traumático.

10) (FCC) O verbo indicado entre parênteses deverá flexionar-se numa forma do singular para preencher corretamente a lacuna da frase:

(A) Será preciso ler Libertinagem para que se ...... (reconhecer), na poesia de Bandeira, suas

formas “libertinas”.

(B) A literatura muito freqüentemente explora esse tipo de conflito que ...... (costumar) interiorizar

as pessoas de todas as épocas.

(C) A razão de muitas tensões que nos assaltam ......(estar) nas oscilações provocadas pelos

sucessivos mascaramentos.

(D) Se cada norma de conduta a que nos ...... (submeter) fosse avaliada como inteiramente justa,

seríamos menos tensos.

(E) ...... (acabar) por equilibrar-se num fio de navalha os que oscilam entre as verdades e as máscaras.

11) (FCC) Quanto à concordância verbal, está inteiramente correta a frase: (A) Devem-se ressaltar, nos meios de comunicação, a constância com que promovem abusos, na exploração da cultura popular. (B) Nem mesmo um pequeno espaço próprio querem conceder à cultura popular os que a exploram por interesses estritamente econômicos. (C) Restam das festas, dos ritos e dos artesanatos da cultura popular pouco mais que um resistente núcleo de práticas comunitárias. (D) Muita gente acredita que se devem imputar aos turistas a responsabilidade por boa parte desses processos de falseamento da cultura popular. (E) Produzem-se nas pequenas células comunitárias, a despeito das pressões da cultura de massa, lento e seguro dinamismo de cultura popular.

12) Assinale a frase em que o verbo não obedece às normas da boa concordância:

a) Fomos nós quem primeiramente lecionamos esta matéria. b) Fomos nós quem primeiramente lecionou esta matéria. c) Fomos nós os que primeiramente lecionamos esta matéria. d) Fomos nós que primeiramente lecionamos esta matéria. e) Fomos nós que primeiramente lecionaram esta matéria.

comentários (0)
Até o momento nenhum comentário
Seja o primeiro a comentar!
Esta é apenas uma pré-visualização
3 shown on 85 pages
baixar o documento