Aprenda falar ingles, Manual de Inglês. Spallanzani
Rodivan.Dal_Moro
Rodivan.Dal_Moro9 de agosto de 2016

Aprenda falar ingles, Manual de Inglês. Spallanzani

PDF (4 MB)
29 páginas
128Número de visitas
Descrição
Inglês Sempre
20 pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento
Pré-visualização3 páginas / 29

Esta é apenas uma pré-visualização

3 shown on 29 pages

baixar o documento

Esta é apenas uma pré-visualização

3 shown on 29 pages

baixar o documento

Esta é apenas uma pré-visualização

3 shown on 29 pages

baixar o documento

Esta é apenas uma pré-visualização

3 shown on 29 pages

baixar o documento
Microsoft Word - EbookAprendaIngles.docx

2 Aprenda a falar inglês O sonho Possível

RESPONSABILIDADE Todas as informações contidas neste livro online são provenientes da minha experiência de aprendizado baseado no método da Aprendizagem Associativa (Associação). Deixo aqui claro, que o método descrito neste livro online relata a minha própria experiência de aprendizado onde adaptei o método às minhas necessidades. Por este motivo, em nenhuma instância, o livro online ensina, descreve ou publica o método em sua forma integral o parcial. Acredito que o método aqui ensinado é altamente efetivo para o aprendizado de qualquer idioma, desde que seguido conforme instruído. O método descrito neste livro online não foi cientificamente testado ou comprovado, e eu não me responsabilizo por erros ou omissões. A criação deste livro online visa compartilhar a experiência pessoal de uma pessoa que aprendeu inglês descrevendo a forma de estudo/aprendizado utilizada pela mesma. Sua situação e/ou condição particular pode não se adequar perfeitamente aos métodos e técnicas ensinados neste livro. Assim, você deverá utilizar e ajustar as informações deste livro de acordo com sua situação e necessidades. O conteúdo deste livro não tem a intenção de difamar, desrespeitar, insultar, humilhar ou menosprezar você leitor ou qualquer outra pessoa, cargo ou instituição. Caso qualquer escrito seja interpretado dessa maneira, deixo claro que não houve intenção nenhuma de minha parte em fazer isso. Caso você acredite que alguma parte deste guia seja de alguma forma desrespeitosa ou indevida e deva ser removida ou alterada, você pode entrar em contato diretamente comigo através do e-mail contato@saraliliam.comDIREITOS AUTORAIS Este livro está protegido por leis de direitos autorais. Todos os direitos sobre o livro são reservados. Você não tem permissão para vender, copiar ou reproduzir o conteúdo deste livro em sites, blogs, jornais ou quaisquer outros veículos de distribuição e mídia. Qualquer tipo de violação dos direito autorais estará sujeita a ações legais.

3 Aprenda a falar inglês O sonho Possível

ÍNDICE

Introdução

Capítulo 1: Como Conheci o Método da Associação Capítulo 2: Quebrando Paradigmas e Tabus! Capitulo 3: Porque Preciso Falar Inglês? Capítulo 4: A Principal Ferramenta Capítulo 5: O Que é ser Fluente? Capitulo 6: Porque Não Aprendo? Capítulo 7: Copie o Que Deu Certo Para Você Capítulo 8: Os Segredos da Associação Capítulo 9: Exemplo Prático Capítulo 10: Como Aprender com a Associação? Conclusões Finais

4 Aprenda a falar inglês O sonho Possível

INTRODUÇÃO A intenção deste livro é compartilhar minha experiência, que igual a muitos de vocês, estava cansada de tentar aprender inglês e não conseguir. Meu nome é Sara Liliam, sou empresária na área de Medicina e não sou professora de inglês. Não dediquei anos ao estudo do idioma. Sou uma pessoa comum como você que sempre sonhou aprender inglês mas nunca conseguiu. Há alguns anos vivi uma jornada IMPRESSIONANTE para aprender inglês em poucos meses de um jeito totalmente INOVADOR e o resultado disso é que sou constantemente elogiada por AMERICANOS quanto ao meu nível de fluência. Quero compartilhar com você neste livro como fiz para realizar o meu sonho de FALAR inglês. O conteúdo apresentado aqui vai TRANSFORMAR sua forma de pensar em relação ao aprendizado de idiomas. Enquanto existem países onde TODA a população é bilíngue o Brasil é o país com o MAIOR número de escolas de Inglês porém o país com uma baixíssima porcentagem de pessoas que conseguem aprender. No Brasil apenas 5% da população fala inglês fluente enquanto os outros 95% tentam desesperadamente encontrar uma forma para aprender inglês. O brasileiro aparentemente não consegue aprender inglês. Neste livro você vai descobrir que o problema não está em mim, em você ou em qualquer outro brasileiro. Nós nascemos biologicamente igual às pessoas bilíngues de outros países. Ninguém tem “dificuldade para aprender idiomas”, ninguém é “burro” ou coisa parecida. O que faz com que nós brasileiros não consigamos aprender um novo idioma está revelado neste livro. Certa vez o dono de uma escola muito famosa no Brasil afirmou para um amigo em comum que ele havia ganhado muito dinheiro com escola de inglês, porém sua maior frustração foi não ter conseguido fazer com que seus alunos aprendessem. O que percebemos aqui são milhares de escolas que “fingem” ensinar e milhares de alunos que “fingem” aprender. Eu, você e todos os brasileiros somos totalmente capazes de aprender um novo idioma, você só precisa descobrir o que está errado e qual o caminho certo para aprender. O conteúdo deste livro abrirá seus olhos e sua mente para uma forma muito SIMPLES, FÁCIL e RÁPIDA para aprender a falar inglês que funciona para qualquer pessoa independente do seu “nível” de contato com o inglês. Antes de revelar o “porque” você não aprende e qual é o grande SEGREDO para aprender inglês ou qualquer outro idioma eu quero contar a minha história. Me acompanhe nessa jornada fascinante do aprendizado e mude seus conceitos!

5 Aprenda a falar inglês O sonho Possível

CAPÍTULO 1: COMO CONHECI O MÉTODO DA ASSOCIAÇÃO Após quase toda uma vida acadêmica tentando, eu estava prestes a desistir do meu sonho de falar inglês. Estudei por anos em escola particular e também em escolas de inglês. Cheguei ao nível chamado avançado, porém, mesmo neste nível meu objetivo principal não fora alcançado: EU NÃO CONSEGUIA FALAR INGLÊS. Depois de tudo o que passei, cheguei a pensar que eu jamais conseguiria falar inglês ou qualquer outro idioma e essa sensação de incapacidade me corroía por dentro. Eu sempre fui muito focada e dedicada nas coisas que faço, porém, tinha esta pendência na minha vida que me incomodava demais. Sempre via as pessoas conversando e ficava pensando: “O que eles têm que eu não tenho? Será que só eu não consigo aprender? Todo mundo fala que inglês é tão fácil! Todo mundo fala que o inglês é uma língua que foi feita pra ser aprendida (de tão simples que é sua estrutura e gramática) e porque só eu não conseguia aprender?” Após muitas tentativas frustradas, muito dinheiro gasto, muito tempo investido e NENHUM resultado, eu estava decidida a desistir de aprender inglês e iria me conformar por não conseguir falar nenhum outro idioma além do português. Foi neste momento de desistência que fui apresentada a um método que eu nem imaginava que existia. A princípio eu fui bem cética em relação a isso, pois já havia me frustrado muitas vezes, no entanto, optei por pelo menos escutar o que a pessoa tinha a me dizer. Eu não me arrependo de ter me dado a chance de conhecer o método que mudou a minha história em relação ao inglês. Eu senti na pele a dificuldade de aprender inglês e depois que eu consegui aprender de um jeito tão SIMPLES, FÁCIL e RÁPIDO, percebi o quanto falar inglês mudou minha vida para melhor e me senti obrigada a compartilhar esta experiência com a maior quantidade de pessoas possível. Faço este trabalho de ajudar a REVELAR O SEGREDO DO APRENDIZADO SIMPLES, FÁCIL e RÁPIDO para ajudar a Transformar a História da Educação no Brasil, a mudar sua história. Desta maneira, eu gostaria de convidar você para conhecer em detalhes minha experiência e o método que utilizei para aprender a FALAR inglês. Boa leitura, Sara Liliam.

6 Aprenda a falar inglês O sonho Possível

CAPÍTULO 2: QUEBRANDO PARADIGMAS E TABUS! Existe um tabu muito grande em relação a falar inglês no Brasil. As escolas demoram tanto para ensinar, tantas pessoas tentam mais não conseguem aprender que as pessoas passam a acreditar que falar inglês é impossível!

Vou te dar uma péssima notícia... Ainda que o gringo fosse Americano, Inglês, Australiano ou Canadense você não entenderia uma palavra! Sabe porque? Por que quando você aprende inglês com um professor brasileiro, você escuta um inglês que não é nativo. Este inglês, embora falado de maneira correta, não tem o mesmo som e nem a mesma velocidade do inglês falado por um nativo. É muito diferente! Quando seu ouvido não está acostumado a entender o inglês de verdade, você não conseguirá entender ninguém além de outros estrangeiros cujo inglês não é a primeira língua.

Vamos dar um exemplo: Você frequenta uma escola de inglês por 6 anos e está em um nível considerado avançado. Muito legal. Você nunca teve a oportunidade de viajar e morre de vergonha de falar porque tem medo que seus amigos brasileiros, que falam inglês, riam dos seus erros de conjugação ou da sua forma de pronunciar. Por este motivo, você prefere não falar inglês, mas você vai muito bem em gramática. Um belo dia sua amiga que fez intercâmbio na Austrália recebe a visita de um amigo australiano que conheceu durante sua viagem. Ela o convida para ir a um bar onde vai apresentar a famosa caipirinha brasileira e chama todos os seus amigos para fazerem companhia, inclusive você. No bar o gringo senta-se bem ao seu lado e sua amiga logo diz: “Ah, ela estuda inglês há muito tempo! Já tem um nível avançado e poderá conversar com você.” Infelizmente quando o gringo começa a falar, você se dá conta que não compreende nenhuma palavra! Como assim? Você começa a se perguntar que inglês é aquele!? É muito diferente do inglês que você supostamente aprendeu! Você se pega pensando que o problema é ele ser australiano, pois afinal, você aprendeu o inglês dos Estados Unidos... Que vergonha!

IMPORTANTE: Se você não for capaz de entender um episódio da sua série favorita sem legenda, você não será capaz de entender um gringo!

7 Aprenda a falar inglês O sonho Possível

Após uma experiência destas, com certeza você vai achar que tem problemas de aprendizado e que é incapaz de aprender inglês! Assim, você vai se fechar mais ainda e não vai ousar “gastar” seu inglês com mais ninguém, resumindo, não vai aprender a falar. Essa história se repete com muitas pessoas! Elas pagam milhares de reais em anos de estudo e não conseguem aprender, gastam em intercâmbios que não surtem efeitos ou vão morar fora pra “tentar a vida” e voltam sem a vida ganha e sem o inglês! Isso acontece porque no Brasil estamos acostumados a ser desacreditados! Somos treinados a pensar que as coisas são mais difíceis do que elas realmente são! Estamos acostumados a pensar que não somos capazes! Acreditamos que as pessoas dos países desenvolvidos são melhores e mais inteligentes do que nós. A boa notícia é: ISSO É A MAIOR MENTIRA DA HISTÓRIA Obviamente temos e sofremos com muitos problemas políticos, sociais e econômicos, porém, estamos longe de sermos limitados. Somos um povo inteligentíssimo, super flexível, criativo, adaptável, aberto a novas experiências, sociável e feliz. Apesar dos pesares, temos muitos motivos pra sorrir e pra nos orgulharmos de sermos brasileiros. Você é capaz de conseguir QUALQUER coisa que você quiser! Mas você precisa QUERER, este é o primeiro ponto. Para que você tenha algo que nunca teve, é necessário que faça algo que você nunca fez. Aprender inglês É POSSÍVEL, TOTALMENTE POSSÍVEL! Mas você precisa querer aprender.

Se você seguir esses passos, com certeza conseguirá o que almeja! Você é o que você quer ser!

Para que você seja bem sucedido no aprendizado do inglês você precisa: 01. Querer FALAR 02. Acreditar que é possível aprender 03. Vencer o medo e a timidez 04. Se jogar! Falar mesmo, sem medo do julgamento das pessoas (Lembre-se, elas não são ninguém para te julgar) 05. Seguir o método correto 06. Se dedicar 07. FALAR

8 Aprenda a falar inglês O sonho Possível

CAPITULO 3: PORQUE PRECISO FALAR INGLÊS?

Ninguém é obrigado a falar um segundo idioma! Isso é um ponto pacífico! É muito comum ver pessoas falando: Se o “gringo” vier ao meu país, ele que fale o meu idioma! Quando eu for para lá, com certeza ninguém falará português comigo. Isso é uma grande verdade, se você for para qualquer país onde a língua inglesa é o idioma oficial, você dificilmente encontrará alguém que fale português. A impressão que nos dá, é que parece que os brasileiros sempre tem de “agradar” os outros. Somos sempre nós que temos de nos adaptar! Isso parece muito injusto, não é mesmo? No entanto, isso depende da forma com que você encara a vida. Você pode enxergar o copo meio cheio ou o copo meio vazio, a opção sempre será sua. Hoje vivemos em um mundo completamente conectado. Você pode mandar uma mensagem de whatsapp para um amigo, onde quer que ele esteja, e ele a receberá instantaneamente. Você tem dúvida sobre alguma coisa? É só “jogar” no Google! Aconteceu uma tragédia no Sri Lanka? Você estará informado em segundos! Toda essa conectividade se deve à internet e isso mostra que a globalização chegou de verdade, conforme previsto no século passado. Seria muito ingênuo de nossa parte encarar como um mero capricho, a necessidade de um idioma universal. Com tantos países conectados entre si e com tantos idiomas envolvidos, sem um idioma universal, tudo não passaria de uma grande torre de Babel. Essa interligação do mundo aproximou as pessoas, as raças, os países, as culturas e nos deu acesso a uma quantidade quase ilimitada de informação. Isso é absolutamente incrível. E o que o inglês tem a ver com isso? A resposta é: TUDO! O Estados Unidos sendo a grande potência mundial, tem forte influência econômica e cultural sobre grande parte das nações do mundo, este é um fato inquestionável. Desta forma, é natural que o idioma “padrão” do mundo seja o falado pela economia dominante. Isso aconteceu em todas as fases da história e está acontecendo nos dias de hoje. Desta forma, para se fazer transações internacionais, comércio internacional, acordos entre países, blocos econômicos, etc. É necessário ter uma padronização do idioma, e o INGLÊS é o idioma da vez. Partindo dessa análise, chegamos a conclusão que, se quisermos acompanhar o desenvolvimento mundial e toda a influência que a internet gerará em todos os aspectos da nossa vida, falar Inglês é uma necessidade básica.

9 Aprenda a falar inglês O sonho Possível

É impressionante a quantidade de oportunidades novas de trabalho que a internet está gerando, tem gente ganhando muito dinheiro sem ter necessariamente um emprego físico. Nem todas as pessoas que ganham todo esse dinheiro falam inglês, no entanto, elas tem uma limitação dentro de um universo ilimitado, ou seja, o alcance da internet é mundial, mas ela estará limitada a uma atuação regional, pois tem a barreira do idioma. Muitas vezes escutamos que falar inglês é importante para o seu currículo. Com certeza essa é uma das grandes vantagens de falar um segundo idioma, no entanto, as vantagens não se resumem somente a aspectos relacionados ao trabalho. Existem muitas vantagens de se falar inglês, dentre elas podemos mencionar: 1. PORTUGUÊS NÃO É UMA LÍNGUA COMUM O mandarim, inglês e espanhol são as línguas mais faladas ao redor do mundo. Infelizmente, o português não está nesta lista e você precisa se dedicar a outros idiomas. 2. REDE DE CONTATOS MUNDIAL Se você fala outros idiomas, então, conseguirá se comunicar de maneira muito mais eficiente e com um alcance bem maior. Conecte-se com profissionais de sua área de diversos países e aproveite as oportunidades que esses contatos poderão oferecer. 3. NEGÓCIOS INTERNACIONAIS Se sua empresa ou empregador ainda não possui negócios ou parceiros internacionais, você pode usar de sua fluência em outro idioma para abrir esse horizonte. 4. TORNE-SE INDISPENSÁVEL Quando você tem algo que é difícil de encontrar, como fluência em idiomas, é muito mais fácil de tornar-se indispensável e requisitado no mercado de trabalho. 5. GANHE PONTOS COM CLIENTES Conversar com seus clientes em sua língua nativa é um detalhe que faz toda diferença. Além de ganhar mais confiança dessa pessoa, você também mostra respeito por sua cultura e diferenças. 6. RECOLOCAÇÃO Se a empresa em que você trabalha possui filiais em diferentes países, então é ainda mais importante que você alongue sua lista de idiomas. Isso ajuda você a ganhar visibilidade entre seus colegas e a aproveitar oportunidades de trabalho em outras sedes da empresa. 7. CONSCIENTE DO MUNDO AO SEU REDOR Falar outros idiomas ajuda você a se manter consciente do mundo ao seu redor, pois você tem acesso a mais informações do que normalmente teria. 8. DIFERENÇAS CULTURAIS Entender as diferenças culturais é uma habilidade muito importante para as grandes empresas. Falar outro idioma ajuda você a perceber essas questões de forma mais sensível e correta.

10 Aprenda a falar inglês O sonho Possível

9. SALÁRIO MAIOR Quanto melhores suas habilidades e competências, maior sua remuneração no mercado de trabalho. 10. DESTAQUE Se você estiver em um processo seletivo para uma vaga de emprego concorrida o fato de falar mais de um idioma pode ajudar você a ganhar destaque e ser contratado. 11. SEJA MAIS FELIZ Falar mais de um idioma ajuda você a ser mais feliz, pois você consegue se conectar com mais pessoas, aproveitar melhores oportunidades e ser mais realizado. 12. GANHE INDEPENDÊNCIA Ao falar mais de uma língua você se sentirá mais confiante e auto-suficiente para lidar com situações desafiadoras como um intercâmbio ou conferência internacional. 13. AJUDE TURISTAS Se você já passou por essa situação em outro país sabe como é difícil não conseguir se comunicar com as pessoas ao seu redor. Falar outro idioma pode ajudar você a evitar que outras pessoas passem pelo mesmo problema em seu país. 14. ALCANCE UM NOVO OBJETIVO Aprender um novo idioma é uma grande conquista. Essa meta pode ajudar você a se sentir mais confiante e motivado. 15. APRIMORAR A MEMÓRIA Você melhora sua capacidade de memorização e mantém seu cérebro ativo e saudável. 16. FAZER NOVOS AMIGOS Viajar é uma ótima oportunidade de conhecer novos amigos e fazer amizades ao redor do mundo, mas para isso você precisa conseguir se comunicar com essas pessoas. 17. ENRIQUEÇA SUAS VIAGENS É claro que você pode ir viajar sem falar o idioma do país de destino, mas falar a língua é algo que enriquece muito suas experiências nesse país, pois além dos passeios tradicionais você também poderá se arriscar em roteiros mais diferenciados. 18. FAÇA INTERCÂMBIOS Mesmo que você tenha perdido a oportunidade de fazer um intercâmbio no ensino médio, pode experimentar essa experiência no curso superior ou durante o mês de férias do trabalho. 19. ENTENDER MÚSICAS ESTRANGEIRAS Grande parte dos brasileiros gosta de músicas estrangeiras em inglês ou espanhol. Falar um desses idiomas ajuda você a entender as letras e apreciar as músicas ainda mais.

11 Aprenda a falar inglês O sonho Possível

20. CONECTAR-SE COM VÁRIAS PESSOAS Encontre mais amigos com interesses e hobbies parecidos com os seus e comunique-se com eles de maneira eficiente e correta. 21. CONSEGUIR UMA BOLSA DE ESTUDOS Falar um idioma estrangeiro é pré-requisito em muitas bolsas de intercâmbio e pode ajudar você a conseguir esse tipo de oportunidade. 22. PENSAR COM MAIS FLEXIBILIDADE Se você sabe falar mais de um idioma então conseguirá pensar com mais flexibilidade e perspectiva para resolver problemas e encontrar soluções. 23. MELHORAR SEU PORTUGUÊS Quando você estuda outro idioma acaba aprendendo mais sobre o próprio português, já que relaciona as duas gramáticas para conseguir entender a nova língua. 24. ESTUDAR EM VÁRIAS LÍNGUAS Quando você fala mais de um idioma consegue ter mais fontes de pesquisas e estudar com mais qualidade e profundidade para suas aulas e tarefas. 25. NOTÍCIAS ESTRANGEIRAS Por mais que os canais de notícias nacionais transmitam notícias estrangeiras, falar outros idiomas ajuda você a entender e interpretar essas informações de forma equilibrada e neutra. 26. QUANTO MAIS IDIOMAS, MAIS FÁCIL Quanto mais idiomas você souber, mais fácil será de aprender novas línguas, principalmente se a origem das línguas for similar, como o latim. Como você pode observar, somente neste capítulo listamos 26 vantagens de se falar inglês relacionadas ou não ao mercado de trabalho. Por ser o idioma padrão do mundo, o fato de falar inglês facilita sua vida e te dá vantagens incríveis. Mesmo que você não o utilize na sua vida diária, é importante você estar consciente que cedo ou tarde, você vai precisar utilizá-lo e quando este momento chegar, você precisará estar preparado. Não existe outra alternativa, se você quiser acompanhar o desenvolvimento do mundo, você terá de falar inglês!

12 Aprenda a falar inglês O sonho Possível

CAPÍTULO 4: A PRINCIPAL FERRAMENTA Vejo pessoas buscando incansavelmente uma ferramenta para aprender inglês. Ora é uma escola da moda, a mais cara, ora através de um intercâmbio com um modelo de experiência inovador, ora através de um curso online, ora com um aplicativo... com áudios, com vídeos, com textos... Sim, existem diversas ferramentas para se aprender um idioma, mas a principal delas é: DISCIPLINA Ela é a qualidade mais importante para você se destacar nos esportes, na música, na carreira e também para aprender um idioma. Não importa se você estuda em uma escola que vai demorar 10 anos para te ensinar ou se vai aprender como eu, em apenas 4 meses. Independente de como você decidir aprender, o importante é a dedicação aplicada enquanto se prepara para falar inglês. Você descobrirá que aprender inglês pode sim ser SIMPLES, FÁCIL e RÁPIDO, portanto não utilize o conteúdo apresentado neste livro apenas como um novo conhecimento para deixar guardado. Decida aprender inglês de uma vez por todas e dedique o tempo necessário para isso. Separe um tempo na sua agenda para estudar todos os dias nem que sejam apenas 15 minutos enquanto “perde tempo” no trânsito ou trocando horas perdidas em redes sociais por um tempo de qualidade com o inglês. A grande diferença está na forma como você vai aprender. Dedicar horas, dias, meses e anos tentando aprender com um método que não oferece resultados será desmotivador. Ao conhecer este método que realmente FUNCIONA você saberá que vai FALAR inglês em pouco tempo e que sua dedicação não será em vão. Estudar será desafiador mas muito prazeroso quando você perceber os resultados em pouco tempo! Finalmente um jeito descomplicado para aprender que fará seu esforço valer a pena!

13 Aprenda a falar inglês O sonho Possível

CAPÍTULO 5:O QUE É SER FLUENTE? Existe uma discussão muito grande a respeito da fluência em outro idioma. Isso é uma polêmica e ao mesmo tempo um preciosismo. Vou explicar por que. O assunto se torna polêmico quando alguém diz que para que você seja considerado fluente é necessário falar igual a um nativo no idioma. Vou te dizer que isso jamais vai acontecer! Ainda que você fale muito bem e seja compreendido por todas as pessoas, o seu sotaque jamais será perdido. O único caso onde isso pode acontecer é quando os pais são de países diferentes mas em casa cada um fala com o filho no seu idioma nativo. Neste caso o filho poderá falar sem sotaque os dois idiomas, no entanto, o idioma dominante dependerá de onde a família viva. Sendo assim, ser fluente não tem nada a ver com o sotaque.

No entanto para conseguir um emprego, assistir filmes, ouvir músicas e fazer amigos o mais importante dentro deste contexto realmente é ENTENDER e FALAR. O que acontece é que as pessoas estudam outros idiomas por muitos anos e aprendem a ler, escrever, aprendem as regras gramaticais, sabem conjugar os verbos corretamente, porém, o conhecimento não sai do papel. Na hora de falar as pessoas não estão preparadas! Elas travam. Tenho um amigo que trabalha em uma grande empresa multinacional na área de vendas internacionais. Ele me disse que contratar um novo funcionário é a parte mais difícil. Falar inglês e espanhol é um pré-requisito e os candidatos são selecionados pelo nível do idioma indicado em seus currículos. Os candidatos tem em seus currículo “INGLÊS FLUENTE” estudados 6 anos em uma escola de renome. No entanto, na hora da entrevista o “INGLÊS FLUENTE” simplesmente não sai. Os candidatos travam!

Uma pessoa fluente em um segundo idioma é aquela que consegue: 01. Falar com naturalidade 02. Ter vocabulário amplo 03. Entender o que é dito 04. Se fazer entender em qualquer situação 05. Ler sem problemas 06. Escrever sem problemas

14 Aprenda a falar inglês O sonho Possível

Obviamente existem pessoas que estudaram em escolas tradicionais e falam inglês, mas com certeza essa não foi a única fonte de aprendizagem. As pessoas tem a ilusão de que precisam de um inglês com um nível muito alto para conseguir uma vaga de emprego, mas isso não é a realidade. Para um emprego você tem que ter uma gramática que te permita escrever um email compreensível e PRECISA se comunicar em inglês, ou seja, entender e se fazer entender. Obviamente existem empregos que necessitam um alto nível de conhecimento no idioma ou conhecimento de vocabulário específico, porém, na maioria dos empregos você precisa ser capaz de:

Essas habilidades não tem nada a ver com o “sotaque” que você vai utilizar. Tem muito mais a ver com a sua habilidade de entender o que as pessoas precisam e colocar seu ponto de vista.

1) Estabelecer uma conversação 2) Entender e se fazer entender 3) Ser capaz de atender uma ligação em inglês 4) Ser capaz de participar de uma reunião em inglês

15 Aprenda a falar inglês O sonho Possível

CAPITULO 6: PORQUE NÃO APRENDO? A CULPA É DA GRAMÁTICA! Eu sempre adorei idiomas e meu sonho era entender e conseguir conversar com as pessoas em inglês. Nesta época eu nem imaginava a importância que um segundo idioma teria na minha vida profissional, nesta época eu queria somente ter o PODER de falar, queria que as pessoas me ouvissem falando em outro idioma e me admirassem. Posso dizer que, de certa forma, minha vaidade me levou a buscar uma maneira alternativa de aprendizado. Eu simplesmente não aceitava o fato de estudar por tantos anos, e não conseguir o mais importante: FALAR. Sempre gostei de estudar e sempre tirei notas excelentes, no entanto, como não via progresso no aprendizado do inglês, comecei a achar que o problema era comigo. Comecei a achar que eu não tinha “dom” para falar Inglês... Comecei a pensar que aprender outros idiomas não era para mim... Cheguei a pensar que não tinha esta “parte do cérebro” desenvolvida o suficiente! Apesar de saber das minhas competências e habilidades, cheguei a pensar que eu era limitada neste quesito e que jamais poderia aprender Inglês ou qualquer outro idioma. Devido às péssimas experiências que tive com o idioma, eu comecei a travar. Comecei a rejeitar tudo o que fosse relacionado ao inglês, e desta forma, comecei a repudiá-lo. Para mim, o aprendizado do Inglês era uma batalha perdida. Um certo dia, conheci um método que mudaria minha vida em relação ao inglês! Me foi apresentado um método que prometia aprendizado de Inglês em 4 meses. Eu vou ser muito sincera, eu não acredito neste tipo de milagre pois na minha opinião, é necessário muito esforço e dedicação para se conseguir algo. Sou dessas pessoas que desconfiam quando a “esmola é demais”. No entanto, como já tinha perdido as esperanças, resolvi pelo menos ouvir o que a pessoa tinha para me falar, afinal, o que eu tinha a perder. Neste mesmo dia, eu compreendi que o problema não estava comigo! Neste dia eu entendi que a forma convencional de ensino de idiomas aplicada no Brasil não funciona para todas as pessoas. Não se pode aprender um idioma da mesma forma que se aprende qualquer outra matéria, pois a dinâmica e a estrutura são completamente diferentes. O mais impressionante é que descobri que aprender é MUITO mais fácil do que eu imaginava. Porque sofri tanto!? Porque ninguém ensina ou fala sobre isso? Por nunca sequer ter ouvido falar que este método existia e por ter aprendido a falar de forma IMPRESSIONANTEMENTE RÁPIDA, eu decidi tornar essa informação acessível a todas as pessoas de forma GRATUITA. Eu paguei um preço alto para conhecer esse método, cerca de 8 mil reais o

16 Aprenda a falar inglês O sonho Possível

processo completo, mas aqui neste livro, quero te introduzir gratuitamente ao método. É algo muito precioso que DEVE ser compartilhado. Para começar, eu me lembro que existia um slogan: “Aprenda Inglês como você aprendeu o Português, falando!” É um slogan bonito mas se pararmos para analisar ninguém aprendeu a língua materna FALANDO! Você conhece alguém que nasceu FALANDO? Em uma entrevista do Dr. Drazio Varela com a Dra. Rejane Rubino (fonoaudióloga e professora do curso de Fonoaudiologia da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo) ele pergunta sobre o tempo que uma criança leva para falar. Segue citação: Drauzio – Qual é o desenvolvimento normal da fala na criança, das primeiras sílabas até a formação de frases completas?Rejane Rubino – Em termos de tempo, existe uma variabilidade muito grande. Aquilo que se considera normal não pode ser demarcado por um ponto fixo, mas por algo que comporta variação. Pesquisas mostram, por exemplo, que uma criança de 16 meses pode falar 150 palavras, enquanto outra da mesma idade não fala nenhuma palavra ainda, o que não significa que esta última apresente um problema de linguagem, porque a questão do tempo variável tem peso significativo. Fonte: http://drauziovarella.com.br/crianca-2/problemas-da-fala-na-crianca/

Especialistas dizem que uma criança leva em média 16 meses para falar, então, não podemos considerar que você aprendeu a falar português FALANDO! Isso não existe! Se não aprendemos a falar o nosso próprio idioma apenas FALANDO, o que nos faz pensar que para aprender outro idioma seria dessa forma? Agora te pergunto algo mais crítico: Se sabemos que não aprendemos nem o nosso e nem qualquer outro idioma FALANDO, o que nos faz pensar que vamos aprender nossa língua materna ou uma segunda língua LENDO E ESCREVENDO? Isso é insanidade! E como é que as escolas de inglês tentam ensinar seus alunos? Usando o famoso verbo “to be” e muita, mas muita gramática! O método utilizado pelas escolas convencionais é errado! Você não aprende seu próprio idioma falando, lendo, escrevendo ou decorando um monte de regras gramaticais! A ordem é bem diferente! Tentar falar inglês estudando gramática é o caminho mais difícil, e para alguns impossível e por isso as pessoas estudam nas escolas mas não aprendem! Mas você concorda comigo que é bastante interessante para uma escola ter uma aluno pagando matrícula, mensalidade e material por anos e anos, não acha? Está cheio de escola que finge que ensina para prender o aluno pagando e também cheio de alunos que por muita vontade ou necessidade insistem e fingem que aprendem. Se você estudou inglês ou outro idioma e não aprendeu até hoje a culpa NÃO é sua. Você não tem falta de capacidade ou sofre de alguma “dificuldade com idiomas”.

17 Aprenda a falar inglês O sonho Possível

Se você não aprendeu, a culpa foi da pessoa ou da instituição que falhou ao ensinar. Ora, quando alguém se torna pai ou mãe não recebe um guia de como ensinar o idioma materno a seus filhos. E o mais incrível é que TODOS os pais conseguem ensinar seus filhos a falarem, mesmo aqueles pais que nunca frequentaram uma escola. Você conhece algum pai ou mãe que fracassou ao tentar ensinar seu filho a falar? Se todas as pessoas que você conhece são capaz de se comunicar em português, quer dizer que todos os pais, sem receber qualquer tipo de treinamento, foram capazes de ensinar seus filhos a falar português. Já os professores de inglês foram ensinados e aprenderam uma forma de passar conteúdo aos seus alunos. No entanto, será que o método dos professores é infalível? Até hoje não conheço nenhum pai que falhou ao tentar ensinar seu filho a falar português. Mas conheço inúmeros casos de professores que falharam ao tentar ensinar seus alunos a falar inglês. E qual é o método de ensino usado pelas escolas de inglês? O aluno entra em uma sala, não vive experiências e nem se emociona enquanto aprende. Ele passa a assistir aulas maçantes que ensinam o verbo TO BE e são cheias de regras gramaticais. O aluno não aprende a falar, mal tem vocabulário e passa a ter de decorar regras e mais regras. Estudando de 4 a 8 anos desta forma o aluno não vê progresso, não aprende a falar e a consequência disso é que o cérebro passa a ver o aprendizado do inglês como desinteressante, como um processo maçante, demorado e que nunca traz resultados. E por esse motivo tanta gente passa a ODIAR o inglês. Tudo aquilo em que não somos bons é natural que passemos a não gostar. Se você é ruim no futebol aos poucos passa a perder o interesse pelas disputas, pois ninguém foi feito só para perder. É desestimulante perder, treinar e não evoluir ou ser o último a ser chamado nos times. Agora se você é bom e faz muitos gols você será sempre o primeiro a ser chamado, passará a ter prazer em participar de jogos e campeonatos e aí é muito mais fácil pegar gosto pelo esporte, não acha? O método de ensino passado pelas escolas de inglês segue uma ordem que não é NATURAL para o cérebro e isso dificulta muito aprender a falar inglês. Se você tem estudado muito, se você realmente investe tempo para aprender inglês, se dedicou anos e não conseguiu aprender, é compreensivo que você tenha passado a não gostar do inglês. Mas perceba que as pessoas que conseguiram aprender tem uma verdadeira paixão pelo idioma pois conseguem se conectar com o mundo de diversas formas, através de músicas, filmes, livros, jogos, amigos ou profissão. Bem, o caminho natural para o cérebro aprender um idioma é o caminho que seus pais usaram para te ensinar o português, mesmo sem saber.

18 Aprenda a falar inglês O sonho Possível

Quando criança você viveu situações, entendeu o sentido das palavras, tentou pronunciá-las até ficar bom nisso e foi ganhando mais e mais vocabulário até entender tudo o que se passa ao seu redor. Depois de entender e falar, você passa para o processo de alfabetização, onde aprende a ler e escrever. Todas as palavras que seu cérebro vai decodificar no papel já têm um sentido no seu cérebro. Basta ligar as letras de uma palavra que você já sabe o que ela significa e como pronunciá- la. Quando você junta as letras E - S – C – O - L - A elas formam uma palavra que tem sentido para você. Você sabe o que é escola, sabe o que as pessoas fazem lá, o que você pode encontrar dentro de uma escola, enfim, a palavra escola tem muitas informações ligadas a ela e você conhece todas. Também, ao juntar as letras e ler a palavra escola, você já sabe exatamente como pronunciá-la. Assim o processo para aprender a ler e escrever é muito mais simples. Imagine fazer o contrário, ensinar uma pessoa a ler a palavra ESCOLA, sem que ela saiba como pronunciar e muito menos qual é o sentido dessa palavra. Ela levaria muito mais tempo para aprender e é bem provável que muitas pessoas jamais conseguiriam aprender dessa forma. Para falar português você passou primeiro a entender, em seguida a falar, depois a ler e escrever e por último você passou pelo processo da gramática. A gramática é importante para que você entenda o porque de estruturar frases de forma correta. Ela ajuda a corrigir erros de pronúncia e escrita que você possa cometer eventualmente. Aprender gramática no INÍCIO do processo de aprendizagem de um idioma irá TRAVAR o aluno para FALAR! No início o aluno não sabe falar, ler ou escrever no novo idioma e por isso não é correto que seu primeiro contato com a língua seja a gramática.

Por mais maluco que isso possa parecer é assim que as escolas de inglês tem tentado ensinar por anos! E por isso os números não me deixam mentir, temos tantas escolas de inglês e pouquíssimas pessoas que falam inglês.

Aprender inglês começando pela gramática é ruim por 3 motivos:

1) Você vai usar o caminho contrário do cérebro para aprender um idioma, o que vai tornar praticamente impossível aprender a FALAR.

2) Antes de falar você vai pensar em como estruturar a frase da forma certa e vai DEMORAR MUITO para falar uma única frase.

3) DECORAR as regras da gramática leva MUITO TEMPO e você vai se prender durante meses e anos a um processo que não te ensina a falar inglês de fato!

19 Aprenda a falar inglês O sonho Possível

Para se aprender um idioma, seja ele o nativo ou estrangeiro, a ordem natural é: Aprender a entender, falar e por fim ler e escrever! Esta é a ordem lógica! Esta é a ordem que você usou para aprender o Português e você APRENDEU! Você acha que tudo isso faz sentido? Você se identifica com esta situação? Te convido a conhecer o método autodidata que vai mudar sua concepção e vai fazer você aprender Inglês de uma vez por todas! Para você, o Inglês será um SONHO POSSÍVEL!

20 Aprenda a falar inglês O sonho Possível

CAPÍTULO 7: COPIE O QUE DEU CERTO PARA VOCÊ Agora você vai descobrir como é possível aprender a falar inglês usando um caminho NATURAL de aprendizagem para o seu cérebro, vai encurtar em ANOS o tempo para aprender um novo idioma. A pergunta que não quer calar é: Se já sabemos que o caminho natural para o cérebro aprender um idioma é entender, falar, ler e escrever, porque utilizar uma ordem diferente da que funciona? No momento em que ouvi pela primeira vez uma luz se acendeu e tudo começou a fazer sentido! Foi essa explicação que me fez querer conhecer o método e, posso dizer com propriedade, foi a melhor coisa que fiz na minha vida! O aprendizado do inglês é muito simples, na verdade, ouso dizer que o aprendizado de qualquer outro idioma é muito mais simples do que você imagina. Quero que você reflita em algo neste momento: Pense como você aprendeu a falar o português! Quando você nasceu não sabia absolutamente nada, exatamente igual a qualquer outra pessoa no mundo. No entanto, assim que você nasceu começou a ter experiências com um mundo externo que você ainda não conhecia. Neste novo mundo, as pessoas se comunicavam com você de uma maneira que você ainda não compreendia, você era capaz de ver as expressões, ouvir que eles falavam algo, mas aquilo não fazia sentido algum pra você. A primeira forma de comunicação de um bebê com sua mãe é através do olfato e do toque, então podemos dizer que o mãe e filho a princípio se comunicam através dos sentidos. O choro obviamente é uma forma de comunicação, porém, não significa muito mais que fome, dor ou sono. Assim que a criança vai crescendo, ela experimenta novas coisas, novos sabores, novas texturas, novos cheiros e vai se desenvolvendo. Para que uma criança aprenda a falar, ela terá de ter uma experiência com os objetos e situações existentes no mundo. Ela vai ver, sentir, cheirar, experimentar, tocar.... Ao viver essas experiências os pais institivamente vão REPETINDO o nome destas coisas. Para um bebê as palavras não fazem sentindo algum, no entanto, cada vez que ele entra em contato com um objeto e seu nome é repetido por seus pais, existe aí uma ASSOCIAÇÃO. Esta associação acontece cada vez mais durante o desenvolvimento da criança e sem se dar conta, os pais repetem MILHARES de vezes os nomes das coisas que rodeiam a criança. Essa associação é feita em cada experiência que a criança tem com algum determinado objeto.

21 Aprenda a falar inglês O sonho Possível

Vou te dar um exemplo: Uma criança não sabe o que é uma MESA, no entanto, ao passo que vai se desenvolvendo ESCUTA sua mãe dizer milhares de vezes: - Sente-se aqui à MESA para “papar”! - Não suba na MESA, você vai cair e se machucar! - Vem desenhar aqui em cima da MESA! - Tire os pés da MESA! A criança ainda não sabe o que é uma MESA mas ela tem uma experiência diária com esse objeto. Ela sabe que tem de ir até lá para “papar”, ela sabe que não deve subir ali, ela sabe que pode usá-la para desenhar e sabe que não deve colocar os pés ali. Em cada momento vivido com esse objeto, a criança ouvia sua mãe dizer: MESA! Após todas estas experiências, a criança ENTENDEU o que era o objeto e para que ele servia, e SOMENTE após esta etapa a criança começou a IMITAR a pronúncia desta palavra. Na primeira vez que a criança tentou falar a pronúncia saiu totalmente errada e não era compreensível a ninguém. Isso se repetiu por muitas vezes até que a criança conseguiu por fim IMITAR a pronúncia da palavra igual a seus pais. Isso aconteceu com todas as outras palavras que você aprendeu quando criança. Considerando isso, podemos concluir que a ordem para aprender um idioma é:

Como você pôde observar, de uma maneira bem resumida e simplificada, essa foi a ordem que TODOS nós utilizamos para aprender falar o nosso idioma. Na verdade, podemos dizer que essa foi a fórmula que nossos pais utilizaram para nos ensinar a falar, por puro instinto. Desta forma, podemos considerar que para aprender um novo idioma precisamos apenas repetir a fórmula! Simples não é? Se é tão simples, porque complicamos tanto? Felizmente, a parte mais difícil e trabalhosa você já fez quando era criança e não vai precisar repetir novamente que é: Experimentar, entender o que é e para o que serve cada coisa que existe no mundo. Por esta razão, você está em vantagem para aprender um novo idioma.

1. Sentir, ver, provar as coisas, ou seja, ter uma experiência 2. Entender o que é e para o que serve a palavra nova que aprendeu 3. Escutar repetidamente a nova palavra 4. Tentar imitar sua pronúncia 5. Repetir e repetir até falar corretamente

22 Aprenda a falar inglês O sonho Possível

Então vou compartilhar com você a minha estratégia e conceito para aprender outro idioma: O método que você deve utilizar para falar inglês deve ser o mesmo método que seus pais usaram para te ensinar a falar português, que foi através da associação e imitação! Isso quer dizer que se você aprendeu a falar português, você vai aprender a falar inglês, pois o método é o mesmo e já funcionou para você! Para que o método funcione você precisa agir como uma criança. O que quero dizer com isso? Você precisa estar aberto à essa nova situação, sem preconceitos, sem pré-julgamentos, sem ceticismo. Falar é uma forma que o ser humano encontrou para se comunicar, é instinto! Todos os pais, independente de sua formação ou capacidade intelectual, conseguiram ensinar seus filhos a falar. Você é um exemplo disso! Então porque você acha que não conseguiria aprender um novo idioma?

23 Aprenda a falar inglês O sonho Possível

CAPÍTULO 8: OS SEGREDOS DA ASSOCIAÇÃO

Aprender inglês usando o APRENDIZADO ASSOCIATIVO, ou seja, através da Associação, consiste em decifrar quatro SEGREDOS.

SEGREDO 1: EXPERIÊNCIA No seu cérebro estão guardadas todas as coisas que você viu e as experiências que você viveu, porém, você não consegue lembrar de tudo sem uma ajuda. O cérebro precisa de um caminho para conseguir resgatar algum evento da sua memória. É por isso que somente ouvir um novo idioma não causa tanto efeito, é necessário que você tenha alguma “experiência” para fixar este aprendizado. Uma experiência pode ser um conversa, um sentimento, uma impressão, uma surpresa, etc. É muito mais fácil você lembrar de uma pessoa que você encontrou uma única vez se você conectar essa pessoa a um evento, uma viagem, um show... O jeito mais fácil para o cérebro trazer uma informação esquecida é através de uma associação, ou seja, uma conexão, uma lembrança. É por isso que em um intercâmbio você consegue aprender com mais facilidade um novo idioma, pois nesta situação você está totalmente imerso em um novo ambiente. Isto quer dizer que além de ouvir o idioma diariamente, você vive experiências que vão fixar o significado das palavras na sua mente. O ato de ir ao supermercado, de assistir televisão, de conversar com alguém, de provar algo diferente, de ir a um ponto turístico, etc. Tudo isso faz com que você crie este caminho de memória que ajudará o seu cérebro a associar as palavras aos objetos. Se você escutar um áudio em inglês você não vai entender muita coisa, porém, se você adicionar uma imagem a esse áudio, você utilizará outros canais para perceber o que está acontecendo, e ainda que você não compreenda todo o contexto, terá uma ideia bem melhor do que está acontecendo. Se você não tem a possibilidade de ir para outro país ou não tem nenhum amigo estrangeiro, não tem problema. É possível fazer uma imersão em inglês da mesma maneira, na sua casa.

SEGREDO 2: ENTENDER Quando você aprende uma nova palavra, você automaticamente liga o “novo nome” ao que ele significa. No entanto, isso não garante que após algumas horas você ainda vai lembrar o que aquilo significa.

24 Aprenda a falar inglês O sonho Possível

É por esta razão que a EXPERIÊNCIA é tão importante no aprendizado, pois através dela, é muito mais fácil memorizar as palavras devido ao caminho de memória que o cérebro criará. No entanto, o primeiro passo é ENTENDER! Quando você entende, as palavras passam a fazer sentido para você. A partir deste momento os sons deixam de ser “barulho” e passam a ser palavras. Um exemplo prático é tentar ouvir um pouco de Alemão. O Alemão é uma língua que a maioria de nós não tem muito contato no Brasil. A princípio se ouvem sons ininteligíveis e impronunciáveis. No entanto, se você usar o método da associação e primeiro aprender a entender as palavras, o que era só barulho passa a fazer SENTIDO e assim ficará muito mais simples pronunciar as palavras em Alemão. Os nossos ouvidos captam todo tipo de som, porém, nosso cérebro é o responsável por processá- los e transformá-los em algo inteligível.

SEGREDO 3: TREINAR O OUVIDO A criança entende e passa a repetir exatamente como ela escuta. Se você conhece algum deficiente auditivo, sabe que alguns conseguem falar mas a pronúncia nunca é perfeita, isso porque ele nunca OUVIU. Nós falamos exatamente como escutamos. Já percebeu que o seu sotaque, a forma como você pronuncia e acentua as palavras é exatamente igual ao das pessoas da sua região? Quantos sotaques diferentes temos no Brasil, quantas formas diferentes de se pronunciar as mesmas palavras. Cada indivíduo repete exatamente como está habituado a ouvir. Já percebeu que a criança tende a repetir até os erros de pronúncia que ela está habituada a ouvir? Se os pais falam “largato” ao invés de lagarto, “pobrema” ao invés de problema, “estrupo” ao invés de estupro, “iorgute” ao invés de iogurte ou “cardaço” ao invés de cadarço, a criança fala errado assim como ela aprendeu a ouvir com os pais. Quanto mais você ouvir pessoas falando inglês melhor será sua pronúncia pois você fala como está acostumado a ouvir.

Para que você possa verdadeiramente aprender uma palavra, uma expressão ou uma frase você precisa:

1) Entender 2) Aprender o seu significado 3) Conseguir pronunciar 4) Memorizar para jamais esquecer

25 Aprenda a falar inglês O sonho Possível

SEGREDO 4: AUMENTAR VOCABULÁRIO Ganhar muito VOCABULÁRIO é o segredo para a evolução constante. Quanto mais palavras você conhecer mais fácil será pensar em inglês e mais fácil será se comunicar em qualquer situação. O grande segredo é ganhar esse vocabulário aliado a uma experiência! Lembre-se, nosso cérebro é incrível! Não precisamos de uma situação real para viver uma experiência. Por exemplo, quando você assiste um filme o seu cérebro (inconsciente) realmente acredita que você está vivendo aquela situação. Não acredita? Quem nunca ficou com medo à noite depois de assistir um filme de terror, ou se emocionou ao assistir um filme triste ou mesmo se sentiu vingado ao ver o assassino sendo punido? Pois é, toda vez que você ativa seus sentidos, você cria e imprime uma experiência no seu cérebro. Por esta razão que afirmamos, é possível viver EXPERIÊNCIAS mesmo sem sair de casa!

comentários (0)

Até o momento nenhum comentário

Seja o primeiro a comentar!

Esta é apenas uma pré-visualização

3 shown on 29 pages

baixar o documento