Atribuições do profissional de enfermagem mae, Exercícios de A Física de Dispositivos Energéticos. Universidade de Evora
domynyc
domynyc16 de maio de 2016

Atribuições do profissional de enfermagem mae, Exercícios de A Física de Dispositivos Energéticos. Universidade de Evora

PPTX (318 KB)
96 páginas
625Número de visitas
Descrição
trabalho
20 pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento
Pré-visualização3 páginas / 96

Esta é apenas uma pré-visualização

3 shown on 96 pages

baixar o documento

Esta é apenas uma pré-visualização

3 shown on 96 pages

baixar o documento

Esta é apenas uma pré-visualização

3 shown on 96 pages

baixar o documento

Esta é apenas uma pré-visualização

3 shown on 96 pages

baixar o documento

CÓDIGO DE ÉTICA DE ENGFERMAGEM (CEPE)

COMPONENTES: ANA PAULA CARVALHO DE SOUZA

ANERINA SILVA PACHECO KARITA BATISTA DOS SANTOS MARIA APARECIDA M. LEAL

MARIA DAS DORES MENDES MORENO MARIA DO SOCORRO M. DA COSTA MEIRENALVA ALVES DOS SANTOS

RAYLANE MILHOMEM SIMONE CUSTODIO DOS SANTOS

TALITA LOPES SOARES

INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS – ITPAC PORTO

Introdução O Código de Ética Profissional pode ser definido

como um conjunto de normas, direitos e princípios morais que servem como fundamentos para orientar o exercício de determinada profissão, a partir de padrões de condutas que representam o que se espera de uma determinada classe profissional.

simone

Historicizando a trajetória dos códigos de ética âmidentifica-se que o primeiro código de ética da enfermagem em nível internacional recebeu a denominação de Código de Ética para Enfermeiras e foi aprovado pelo Conselho Internacional de Enfermeiras (CIE) em 1953, num evento ocorrido no Brasil, em reunião durante o Congresso Quadrienal de Enfermagem do CIE. A partir de então, líderes da enfermagem brasileira deram os primeiros passos para a elaboração do Código de Ética da Enfermagem no contexto nacional.

 Os primeiros estudos para a elaboração de um código de ética para a enfermagem brasileira foram realizados pela Associação Brasileira de Enfermagem (ABEn) e seus resultados, publicados em 1958. Essa versão continha 16 artigos, mantendo os padrões éticos relacionados às demais profissões da saúde, porém dando ênfase a expressões como dedicação, discrição, lealdade e confiança, considerando as peculiaridades da enfermagem.

Esse código foi reformulado em 1975 pela própria ABEn, mantendo-se as premissas básicas, porém acrescentando-se dois artigos. Continuava, porém, sem valor legal, impedindo que fosse cobrado seu cumprimento, pois funcionava apenas como um texto de autorregulamentação.

Com a criação do Sistema Conselho Federal e Conselhos Regionais de Enfermagem em 1973, a partir da lei 5905, surgiu então o órgão com competência para elaborar e fiscalizar o cumprimento do código de ética, podendo, inclusive, alterá-lo quando necessário.

Daí advém o primeiro código de ética oficial para os profissionais da enfermagem brasileira, baseado no código de ética criado pela ABEn em 1958, tendo, em sua versão inicial, a denominação de Código de Deontologia de Enfermagem.

Percebe-se que não se trata em nenhum momento dos direitos profissionais, mas tão-somente dos deveres atribuídos aos profissionais de enfermagem.

O primeiro código de ética, denominado Código de Deontologia de Enfermagem – resolução Cofen 09/1975, era constituído de 28 artigos distribuídos em cinco capítulos, a saber: responsabilidades fundamentais; o exercício profissional; o enfermeiro perante a classe; o enfermeiro perante os colegas e demais membros da equipe de saúde; e um último capítulo acerca das disposições gerais.

Em 1993, o Código de Deontologia de Enfermagem sofreu sua primeira modificação, com a aprovação da resolução Cofen 160, de 12 de maio de 1993. Essa nova versão do código de ética foi alvo de significantes modificações já a partir do título. Antes, era denominado Código de Deontologia de Enfermagem, e passou a ser chamado de Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem (Cepe).

Uma modificação significativa observada nessa versão está relacionada ao tratamento direcionado a todos os profissionais de enfermagem e não apenas aos enfermeiros, como na versão anterior.

 A resolução 160/1993, que aprovou a nova versão do Cepe, revogou a resolução 51/1979 e passou a considerar, no bojo do código de ética, a caracterização das infrações éticas e disciplinares, as penalidades e suas aplicações, a serem impostas pelos Conselhos Federal e Conselhos Regionais de Enfermagem àqueles que não observarem ou deixarem de cumprir o que determina o Cepe.

 O Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem – resolução Cofen 311/2007 – passou a contemplar 132 artigos, distribuídos em sete capítulos.

Com a revisão do presente código, é possível observar que a atual versão do Cepe contempla aspectos até então negligenciados nas demais versões do código de ética. Como exemplo, pode ser citada a questão do ensino e da pesquisa com seres humanos, que, a partir da resolução 311/2007, passou a contar com um capítulo tratando exclusivamente dessa temática.

Ética Profissional

É uma reflexão sobre as ações realizadas no exercício de uma profissão .

socorro

História da Ética na Enfermagem

A Ética faz parte do currículo do Curso de enfermagem desde o ano de 1923, ou seja desde a criação da primeira escola de enfermagem no Brasil.

Atribuições do profissional de enfermagem A Enfermagem compreende um componente próprio de conhecimentos científicos e técnicos, construído e reproduzido por um conjunto de práticas:

 sociais, éticas e políticas que se processa pelo ensino,pesquisa e assistência.

Realiza-se na prestação de serviços à pessoa, família e coletividade, no seu contexto e circunstâncias de vida.

comportamento ético do profissional passa pelo processo de construção

De uma consciência individual e coletiva,

Pelo compromisso social e profissional

Configurado pela responsabilidade no plano das relações de trabalho

Com reflexos no campo científico e político.

A Enfermagem Brasileira entendeu ter chegado o momento de reformular o Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem (CEPE).

A trajetória da reformulação coordenada pelo Conselho

Federal de Enfermagem com a participação dos

Conselhos Regionais de Enfermagem, inclui discussões com a categoria de Enfermagem.

O código de ética

O Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem está organizado por assunto e inclui princípios,direitos, responsabilidades, deveres e proibições pertinentes à conduta ética dos profissionais de Enfermagem.

O Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem leva em consideração A necessidade e o direito de assistência em

Enfermagem da população.

 Os interesses do profissional e de sua organização.

 Está centrado na pessoa, família e coletividade

E pressupõe que os trabalhadores de Enfermagem estejam aliados aos usuários na luta por uma assistência sem riscos e danos e acessível a toda população.

O presente Código teve como referência os postulados da Declaração

Universal dos Direitos do Homem, (1948) adotada pela Convenção de Genebra da Cruz Vermelha (1949), contidos no Código de Ética do Conselho Internacional de Enfermeiros (1953) e no Código de Ética da Associação Brasileira de Enfermagem (1975).

Teve como referência, ainda, o Código de Deontologia de Enfermagem do Conselho Federal de Enfermagem (1976).

 O Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem (1993) e as Normas Internacionais e Nacionais sobre Pesquisa em Seres Humanos.

PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS

A Enfermagem é uma profissão comprometida com a saúde e qualidade de vida da pessoa, família e coletividade.

Ana Paula

O Profissional de Enfermagem atua na:

 promoção; Prevenção; recuperação e reabilitação da

saúde;  com autonomia e em

consonância com os preceitos éticos e legais;

O profissional de enfermagem participa

Como integrante da equipe de saúde

 Das ações que visem satisfazer as necessidades de saúde da população

comentários (0)

Até o momento nenhum comentário

Seja o primeiro a comentar!

Esta é apenas uma pré-visualização

3 shown on 96 pages

baixar o documento