Aula 3 gerenciamento do escopo, Manual de Engenharia de Processos. Universidade Paulista (UniP)
Paulo_yoshizawa
Paulo_yoshizawa2 de Abril de 2016

Aula 3 gerenciamento do escopo, Manual de Engenharia de Processos. Universidade Paulista (UniP)

PDF (561 KB)
24 páginas
234Número de visitas
Descrição
escopo
20pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento
Pré-visualização3 páginas / 24
Esta é apenas uma pré-visualização
3 shown on 24 pages
baixar o documento
Esta é apenas uma pré-visualização
3 shown on 24 pages
baixar o documento
Esta é apenas uma pré-visualização
3 shown on 24 pages
baixar o documento
Esta é apenas uma pré-visualização
3 shown on 24 pages
baixar o documento
Slide 1

Gerenciamento do

Escopo

Projetos de Engenharia

Profº Cleber Burioli

Escopo do Produto x Escopo do Projeto

Característica e funções do produto, serviço ou

resultado

REQUISITOS DO PRODUTO

DESCREVE (“COMO?”) o

TRABALHO que precisa ser

realizado para entregar o

produto, serviço ou resultados

com as características e

funções especificadas

Escopo do

Produto

Escopo do

Projeto

Escopo do projeto

Áreas de

Conhecimento Iniciação Planejamento Execução

Monitoramento e

controle Encerramento

Escopo

1. Coletar os

requisitos

4. Validar o escopo

2. Definir o escopo

5. Controlar o

escopo

3. Criar a EAP

Coletar os requisitos é o PROCESSO DE DEFINIR E

DOCUMENTAR as necessidades das partes interessadas

para ATINGIR OS OBJETIVOS dos projetos.

Os requisitos devem ser obtidos, ANALISADOS E

REGISTRADOS em detalhes suficientes para serem

medidos durante a execução do projeto.

O planejamento de CUSTOS, TEMPO E QUALIDADE será

construído com base nos requisitos

Escopo do projeto 1. Coletar os requisitos

Escopo do projeto 1. Coletar os requisitos (fluxo)

Fig. Guia PMBok 5ª ed.

Escopo do projeto 2. Definir o escopo

Objetivos do projeto (Propósito)

Resultados esperados

Descrição do trabalho

Escopo do projeto 2. Definir o escopo

O consenso inicial sobre o escopo do projeto:

ESCOPO

PESSOAS

ORGANIZAÇÕES

CLIENTE

PRESTADOR DE SERVIÇO

Escopo do projeto 2. Definir o escopo

 É um processo necessário para EXPLICITAR A

PERCEPÇÃO do que o CLIENTE espera do

produto.

 É o que o prestador de serviços PRECISA

PROJETAR, PRODUZIR e ENTREGAR.

PRAZOS e CUSTOS, FICAM EXPOSTOS, para

não deixar margem a dupla interpretações.

Escopo do projeto 3. Criar a Estrutura Analitica do Projeto (EAP)

 Na Gestão de Projetos a ESTRUTURA

ANALÍTICA DE PROJETOS (EAP), é uma

ferramenta de DECOMPOSIÇÃO do projeto em

partes gerenciáveis.

 É estruturada em ÁRVORE HIERÁRQUICA ou

LISTA de níveis (de mais geral para mais

específica).

Escopo do projeto 3. Criar a Estrutura Analitica do Projeto (EAP)

Suas principais utilidades são:

 Delimitar e Escopo do Projeto;

 Facilitar a Identificação das Fases do projeto;

 Facilitar a Identificação dos responsáveis;

 Orientar a identificação e descrição detalhada

das Entregas do projeto;

 Identificar as atividades do projeto;

 Facilitar a Estimativa de Esforço, Duração e

Custo;

 Facilitar a Identificação de Riscos.

Escopo do projeto 3. Criar a Estrutura Analitica do Projeto (EAP)

Pacote de Trabalho:

É a parte da EAP MAIS DETALHADA (no nível mais

baixo), onde pode ser GERENCIADO E

CONTROLADO.

DEFINIR AS ATIVIDADES é o processo de

IDENTIFICAÇÃO das AÇÕES específicas a serem

realizadas para produzir as entregas do trabalho.

NÃO FAZ PARTE DA EAP.

Escopo do projeto 3. Criar a Estrutura Analitica do Projeto (EAP)

 Exemplo: Arvore Hierárquica (Projeto Viagem)

Projeto

Viagem

Aquisições

Contratação da viagem

Transportes

Documentação

/vacinação

Passaporte Atestado médico

Roteiro

Treinamento Diversão

Nível 3

Nível 2

Nível 1

Pacote de trabalho

Escopo do projeto 3. Criar a Estrutura Analitica do Projeto (EAP)

 Exemplo: Lista (Projeto Viagem)

1. Projeto Viagem

1.1. Aquisições

1.1.1. Contratação da viagem

1.1.2. Transportes

1.2. Documentação/Vacinação

1.2.1. Passaporte

1.2.2. Atestado médico

1.3. Roteiro

1.3.1. Treinamento

1.3.2. Diversão

Nível 3

Nível 2

Nível 1

Escopo do projeto 3. Criar a Estrutura Analitica do Projeto (EAP)

COMO CRIAR A EAP?

A EAP deve ser COMPLETA, ORGANIZADA E PEQUENA

o suficiente para tornar possível a medição do progresso.

Regra 8-80: exige-se que um PACOTE DE

TRABALHO ocupe entre 8 e 80 horas de duração.

É uma das PARTES MAIS IMPORTANTES no plano do

projeto.

Ela serve como ENTRADA para o DESENVOLVIMENTO

da agenda, atribuir funções e responsabilidades, gerir

riscos, entre outros.

Video (Como criar a EAP – Ricardo Vargas)

Escopo do projeto 3. Criar a Estrutura Analitica do Projeto (EAP)

 A EAP pode ser CONSTRUÍDA DE DIVERSAS

formas conforme o propósito e tipo de projeto.

 As formas mais comuns de montagem da EAP

são:

Por FASES

Por ENTREGAS

Por EQUIPES

Escopo do projeto 3. Criar a Estrutura Analitica do Projeto (EAP)

EAP por FASES

Organiza fases no primeiro nível e o segundo nível. Vantagens: Oferece uma visão “cronológica” dos

acontecimentos no projeto;

Facilita o entendimento de pessoas leigas;

Facilita o posterior gerenciamento das

atividades.

Escopo do projeto 3. Criar a Estrutura Analitica do Projeto (EAP)

EAP por FASES

VANTAGENS:

 Oferece uma visão “CRONOLÓGICA” dos acontecimentos no

projeto;

 Facilita o ENTENDIMENTO de pessoas leigas;

 Facilita o posterior gerenciamento das atividades.

DESVANTAGENS:

 Pode OFUSCAR A VISÃO das partes necessárias para uma

entrega específica;

 Tende a incentivar que se incluam atividades administrativas (ex:

Controle do projeto)

Escopo do projeto 3. Criar a Estrutura Analitica do Projeto (EAP)

EAP por ENTREGAS

Mostra as partes necessárias para compor as entregas do projeto.

VANTAGENS:

 Visualiza claramente as

partes que compõe o projeto;

 Facilita a discussão de

soluções técnicas e caminhos

alternativos;

 Facilita identificação de riscos

técnicos;

DESVANTAGENS:

 Não oferece visão cronológica

Escopo do projeto 3. Criar a Estrutura Analítica do Projeto (EAP)

EAP por EQUIPES

Visualiza os pacotes de trabalho a partir da divisão de Equipes do Projeto.

VANTAGENS:

Ótima para ocasiões

em que o projeto

tem equipes com

responsabilidades

muito diferentes.

DESVANTAGENS:

Não mostra

cronologia nem a

organização das

partes das entregas.

Escopo do projeto 4. Validar o escopo

 É o processo de formalização da ACEITAÇÃO das

ENTREGAS concluídas do projeto.

 O principal benefício deste processo é que ele fornece

objetividade ao processo de aceitação e AUMENTA

a PROBABILIDADE da ACEITAÇÃO FINAL do

PRODUTO, SERVIÇO ou RESULTADO, através da

validação de cada entrega.

Escopo do projeto 4. Validar o escopo

São formalmente assinadas e APROVADAS pelo

cliente ou patrocinador.

Escopo do projeto 5. Controlar o escopo

CONTROLAR O ESCOPO é o processo de

MONITORAMENTO do PROGRESSO do escopo do

projeto e do escopo do produto.

CONTROLAR O ESCOPO é o GERENCIAMENTO das

MUDANÇAS feitas na linha de base do escopo.

 O principal BENEFÍCIO deste processo é PERMITIR que a

linha de base do escopo seja MANTIDA ao longo de todo

o projeto.

Escopo do projeto Exercício em sala de aula

1. Determinar:

a) O escopo do produto da CONSTRUÇÃO DE UMA CASA

b) Elaborar a ESTRUTURA ANALITICA DO PROJETO (EAP).

- Entregar até o final da aula. (Grupo do projeto)

OBRIGADO!

comentários (0)
Até o momento nenhum comentário
Seja o primeiro a comentar!
Esta é apenas uma pré-visualização
3 shown on 24 pages
baixar o documento