Aula droga raiz e caule, Notas de aula de Bioquímica
gedisson-souza-10
gedisson-souza-10

Aula droga raiz e caule, Notas de aula de Bioquímica

122 páginas
47Números de download
1000+Número de visitas
Descrição
AULA DE FARMACOBOTÂNICA
40 pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
Baixar o documento
Pré-visualização3 páginas / 122
Esta é apenas uma pré-visualização
3 mostrados em 122 páginas
Esta é apenas uma pré-visualização
3 mostrados em 122 páginas
Esta é apenas uma pré-visualização
3 mostrados em 122 páginas
Esta é apenas uma pré-visualização
3 mostrados em 122 páginas
PLANTAS MEDICINAIS CUJA DROGA VEGETAL É CONSTITUÍDA DOS CAULES E RAÍZES

PLANTAS MEDICINAIS CUJA DROGA VEGETAL É CONSTITUÍDA DOS CAULES E RAÍZES

Glycyrrhiza glabra - Fabaceae

• Raízes e rizomas - alcaçuz • Gregos - edulcorante, expectorante, úlceras • Atividade antiinflamatória: i 11-hidróxi-

esterol-desidrogenase - mineralocorticóides • EC: retenção Na, perda K, hipertensão, edema,

hipocalemia, mioglobinúria • CI: fígado, hipocalemia, IRS, gravidez • 5 - 15 g raiz --- 200 - 600 mg glicirrizina

Glycyrrhiza glabra - composição química

2 - 15% Saponinas triterpênicas, heterosídeos de flavanonas, flavonóis e isoflavonas

RO

CH3 CH3

CH3 CH3

CH3

CH3

CH3 COOH

O

R= -D-ácido glicurônico-(1-2)-D-D-ácido glicurônico-(1-2)-ácido glicurônico-D-ácido glicurônico-(1-2)-(1-D-ácido glicurônico-(1-2)-2)-D-ácido glicurônico-(1-2)--D-ácido glicurônico-(1-2)-D -D-ácido glicurônico-(1-2)-ácido glicurônico

Panax ginseng - Araliaceae

• Raízes e rizomas • Manchúria e Coréia do Norte - China • Adaptógenos,  fadiga • EC: hipertensão, edema, tontura, insônia,

nervosismo, euforia, mastalgia, hemorragia vaginal, ação estrgênica, diarréia e erupções cutâneas

• CI: gravidez, lactação, diabetes, hipertensão • Interações: hormonais, estimulantes,

hipoglicemiantes e anticoagulantes

Panax ginseng - composição química

Saponinas triterpênicas (0,5 - 3%), ginsenosídeos e panaxosídeos; polissacarídeos, flavonóides

R1O

CH3 CH3

CH3 CH3

CH3

OR3

CH2 CH3

R2

CH3

OH

Protopanaxadiol R1=R2=R3=H

Protopanaxatriol R1=R3=H R2=OH

ginsenosídeo Rb1 R1= -D-ácido glicurônico-(1-2)--D-ácido glicurônico-(1-2)-D-D-ácido glicurônico-(1-2)-glicose-D-ácido glicurônico-(1-2)-(1-D-ácido glicurônico-(1-2)-2)-D-ácido glicurônico-(1-2)- -D-ácido glicurônico-(1-2)-D-D-ácido glicurônico-(1-2)-glicose R2=H

R3= -D-ácido glicurônico-(1-2)--D-ácido glicurônico-(1-2)-D-D-ácido glicurônico-(1-2)-glicose-D-ácido glicurônico-(1-2)-(6-D-ácido glicurônico-(1-2)-1)-D-ácido glicurônico-(1-2)- -D-ácido glicurônico-(1-2)-D-D-ácido glicurônico-(1-2)-glicose

Outras plantas com saponinas

Centella asiatica

Calendula officinalis

Aesculus hippocastanum

Quillaja saponaria

Angelica archangelica -

Apiaceae • Raízes e rizomas secos

• óleo volátil (0,3 a 0,6 %), cumarinas simples e furanocumarinas, lactonas macrocíclicas, flavonóides, esteróides, ác. Fenólicos

• Vasodilatadores coronarianos e antagonistas do cálcio

Pausinystalia yohimbe

• Nome popular:Ioimbe • Família:Rubiceae • Parte utilizada:Cascas do tronco • Composição química: 1 a 6% de

alcalóides totais, indólicos do tipo ioimbanos é majoritária

• Principais alcalóides: ioimbina

Pausinystalia yohimbe • Emprego terapêutico (alcalóides): impotência

masculina e na hipotensão ortotática e ortostática induzida pelos antidepressivos tricíclicos.

• Toxicidade:na insuficiência hepática e renal, em altas doses elevadas, ocasiona queda da pressão arterial, excitação do SNC, naúseas e vômitos.

• Curiosidade: afrodisíaco.

Cephaelis ipecacuanha - Rubiaceae

• Raízes de Ipeca • Arbusto 20-40 cm • Mato Grosso e Minas Gerais • 2-2,4% alcalóides • Emetina (60-75%) e cefalina -

expectorante e emético • Desinteria amebiana

N

NH

O OCH3

O

O

CH3

CH3

CH3 CH3

Emetina

Cephaelis ipecacuanha

Rhamnus purshianus

• Cascas do caule

• Costa Oeste EUA

• 6% glicosídeos hidróxiantracênicos (60% cascarosídeos)

• 100 °C 1-2 h ou estocagem 1 ano

Pausinystalia yohimbe

Tabebuia heptaphylla Lapachol Atividade bactericida

e fungicida. Atividade

antiulcerogênica. Atividade antitumoral

in vitro. In vivobaixa biodisponibilidade.

O

O

OH

CH3

CH3

Zingiber officinale - Zingiberaceae•Índia - gregos e romanos - Europa

•1 - 2% OE -  50 constituintes •Ativ. Antiemética, colagogo, carminativo e estimulante •Ativ. Antibacteriana e antifúngica

CH3 CH3

CH3

CH3

CH2

CH3

CH3

CH3

OH

Sabor pungente - gingeróis [6]-gingerol, (n = 4) [8]-gingerol, (n = 6) [10]-gingerol, (n = 8)

(CH2)nMe

OH

O CH3

O OH

Dicotiledôneas

Monocotiledôneas

GIMNOSPERMA Dicotiledônea Monocotiledônea

ANGIOSPERMAS

Caule de Dicotiledôneas

Caule de dicotiledônea - crescimento primário

Caule de dicotiledônea - crescimento secundário

Caule de dicotiledônea - crescimento secundário

DROGA VEGETAL: CASCA

- Comercialmente: consiste em todos os tecidos à partir do câmbio. - Classificação botânica: tecidos à partir da periderme

Cascas jovens: epiderme, cortex

primário (colênquima e parênquima),

endoderme (camada específica do cortex geralmente contém

amido),

Cascas jovens: periciclo (parênquima ou de fibras), floema

(tubos crivados,células companheiras, parênquima de

floema, separados por faixas medulares

dispostas radialmente.

Elementos de tubos crivados

Elementos de tubos crivados

b) Células de esclerênquima: fibras e eclereídeos

Células do Floema

Sustentaçã o

c) Células de Parênquima

Células do Floema

Reserva, translocação de substâncias alimentícias

O que deve ser analisado Cuidadosamente:

•Presença ou ausência de casca externa – suber, felogêneo e feloderme •Estrutura, quantidade e local de origem do suber •Córtex: extensão, estrutura das células e conteúdo das mesmas •Esclerídeos: presença ou ausência; distribuição, tamanho e formato. •distribuição, tamanho e formato de células secretoras e fibras de floema

Células do Floema

a) Células crivadas e elementos de tubos crivados

Condução de seiva elaborada

Elementos de tubos crivados

Elementos de tubos crivados

Elementos de tubos crivados

b) Células de esclerênquima: fibras e eclereídeos

Células do Floema

Sustentaçã o

c) Células de Parênquima

Células do Floema

Reserva, translocação de substâncias alimentícias

Anatomia de Caule e Raiz

CAULE

GIMNOSPERMA Dicotiledônea Monocotiledônea

ANGIOSPERMAS

Caule de Dicotiledôneas

Raiz de Dicotiledônea

Até o momento nenhum comentário
Esta é apenas uma pré-visualização
3 mostrados em 122 páginas