Auto da barca do inferno e seu período , Slides de Literatura
jo_o_victor_matos
jo_o_victor_matos28 de junho de 2016

Auto da barca do inferno e seu período , Slides de Literatura

PPTX (4 MB)
17 páginas
94Número de visitas
Descrição
O trabalho fala sobre o teatro medieval, sobre o gil vicente e o teatro em portugal
20 pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento
Pré-visualização3 páginas / 17

Esta é apenas uma pré-visualização

3 shown on 17 pages

baixar o documento

Esta é apenas uma pré-visualização

3 shown on 17 pages

baixar o documento

Esta é apenas uma pré-visualização

3 shown on 17 pages

baixar o documento

Esta é apenas uma pré-visualização

3 shown on 17 pages

baixar o documento

Gil vicente

Auto da barca do inferno

O TEATRO MEDIEVAL  As representações teatrais na Idade Média

estavam vinculadas fortemente com a igreja católica.

 Nasceram da dramatização dos textos da Bíblia.

 Tinham um claro objetivo moral  Eram feitas para ensinar ou reforçar os

dogmas católicos.

TIPOS DE PEÇA Mistérios ou milagres- Tratavam da

historia de Cristo, de episódios da Bíblia ou da vida dos santos .

Moralidades- Peças que tinham simbolismo moral, em que os personagens sofriam punições, alertando e apavorando os espectadores sobre o Mal.

 Farsas- Eram peças satíricas que divertiam o publico.

Autos- Designa toda peça breve, vinculado aos mistérios e moralidades, mas pode ter um tema profano.

"Classe teatral"- atores e músicos que se juntavam para apresentar os espetáculos em cidades.

O TEATRO EM PORTUGAL  Antes de Gil Vicente (século XVI),o teatro,

propriamente dito, não era reconhecido em Portugal.

 A cultura castelhana exercia uma grande influência, nas obras teatrais portuguesas. E esse bilinguismo está presente nas peças de Gil Vicente.

Gil Vicente  Gil Vicente foi um poeta e dramaturgo

português. É considerado, por muitos estudiosos, como o pioneiro do teatro português. Sua obra mais conhecida é " A farsa de Inês Pereira". Suas obras marcam a fase histórica da passagem da Idade Média para o Renascimento (século XVI).

TEATRO VICENTINO  O teatro vicentino é basicamente

caracterizado pela sátira, criticando o comportamento de todas as camadas sociais: a nobreza, o clero e o povo.

A CRITICA SOCIAL Uma das características das obras de Gil Vicente é o recurso a personagens-tipo. As suas personagens não são individuais, isto é, representam sempre um grupo,uma classe social, uma profissão. Desta forma, são uma síntese dos defeitos e virtudes desses grupos. Assim, Gil Vicente satirizava a sociedade , sem atacar diretamente alguma pessoa em particular

OBRAS PRINCIPAIS O velho da horta Trilogia das barcas Quem tem farelos? Auto da alma Auto da Morfina Mendes

Auto da barca do Inferno

 O "Auto da Barca do Inferno" (c. 1517) representa o juízo final católico de forma satírica e com forte apelo moral. O cenário é uma espécie de porto, onde se encontram duas barcas: uma com destino ao inferno, comandada pelo diabo, e a outra, com destino ao paraíso, comandada por um anjo. Ambos os comandantes aguardam os mortos, que são as almas que seguirão ao paraíso ou ao inferno.

Painel fotográfico

comentários (0)

Até o momento nenhum comentário

Seja o primeiro a comentar!

Esta é apenas uma pré-visualização

3 shown on 17 pages

baixar o documento