Avaliação da motilidade voluntária  - Objetivo: evidenciar déficits motores mínimos, Slides de Neurologia. Universidade Paulista (UNIP)
fercostacardoso
fercostacardoso28 de Agosto de 2017

Avaliação da motilidade voluntária - Objetivo: evidenciar déficits motores mínimos, Slides de Neurologia. Universidade Paulista (UNIP)

PPT (249 KB)
12 páginas
8Número de visitas
Descrição
Avaliação da motilidade voluntária do curso de Fisioterapia da Professora Luciane Pessina
20pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento
Pré-visualização3 páginas / 12
Esta é apenas uma pré-visualização
3 shown on 12 pages
baixar o documento
Esta é apenas uma pré-visualização
3 shown on 12 pages
baixar o documento
Esta é apenas uma pré-visualização
3 shown on 12 pages
baixar o documento
Esta é apenas uma pré-visualização
3 shown on 12 pages
baixar o documento
MANOBRAS DEFICITÁRIAS

MANOBRAS DEFICITÁRIAS

Avaliação da motilidade voluntária

Objetivo: evidenciar déficits motores mínimos

Manobras Deficitárias  Manobra do braços estendidos

Paciente: sentado ou de pé, deve manter seus membros superiores na posição de juramento, com os dedos afastados um do outro.

Resposta: depois de meio a um minuto (segundo o grau de déficit motor) o membro comprometido apresenta oscilações e tende a abaixar-se lenta e progressivamente.

Objetivo da prova: avaliação da musculatura proximal como distal dos membros superiores.

Manobras Deficitárias  Manobra de Raimiste

Paciente: decúbito dorsal, antebraços fletidos sobre os braços em ângulo reto e as mãos ficam com os dedos separados.

Resposta: depois de meio a um minuto (segundo o grau de déficit motor) o membro comprometido apresenta oscilações e tende a abaixar-se e rodar internamente lenta e progressivamente. (o membro superior cai sobre o tronco)

Objetivo da prova: avaliação da musculatura

proximal como distal dos membros superiores.

Manobras Deficitárias  Manobra de Mingazzini

Paciente:decúbito dorsal flete as pernas em ângulo reto sobre as coxas e estas sobre a pelve.

Resposta: depois de meio a um minuto (segundo o

grau de déficit motor) a perna e a coxa comprometidas apresentam oscilações e tendem a cair.

Objetivo da prova: avaliação do músculo íliospsoas e músculo quadríceps

Manobras Deficitárias  Manobra de Barré

Paciente: decúbito ventral, com as pernas fletidas formando ângulo reto com as coxas.

Resposta: depois de meio a um minuto (segundo o grau de déficit motor) uma ou as duas pernas apresentam oscilações e tendem acair.

Objetivo da prova: avaliação dos músculos flexores da perna.

Manobras Deficitárias  Prova da Queda do Membro Inferior em

Abdução

Paciente: decúbito dorsal, as pernas são fletidas, mantendo-se o apoio plantar bilateral sobre o leito.

Resposta: depois de meio a um minuto (segundo o grau de déficit motor) uma ou as duas pernas apresentam oscilações e tendem acair em abdução, imediata ou progressivamente.

Objetivo da prova: avaliação dos músculos flexores e rotadores internos da perna.

Bibliografia indicada

 Sanvito, W.L. Propedêutica Neurológica Básica, 5ed. Editora Atheneu, Rio de Janeiro, cap. 6.

comentários (0)
Até o momento nenhum comentário
Seja o primeiro a comentar!
Esta é apenas uma pré-visualização
3 shown on 12 pages
baixar o documento