Avaliação do desenvolvimento inicial das folhas da Mamona, Notas de estudo de Química
raquel_sacramento
raquel_sacramento

Avaliação do desenvolvimento inicial das folhas da Mamona, Notas de estudo de Química

14 páginas
28Números de download
1000+Número de visitas
1Número de comentários
Descrição
Avaliação do desenvolvimento inicial das folhas da Mamona
30 pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
Baixar o documento
Pré-visualização3 páginas / 14
Esta é apenas uma pré-visualização
3 mostrados em 14 páginas
Esta é apenas uma pré-visualização
3 mostrados em 14 páginas
Esta é apenas uma pré-visualização
3 mostrados em 14 páginas
Esta é apenas uma pré-visualização
3 mostrados em 14 páginas
Avaliação do desenvolvimento inicial das folhas da Mamona em Diferentes Níveis De adubação Química.

Avaliação do desenvolvimento inicial

das folhas da Mamona em Diferentes Níveis De adubação Química.

Mamona Único óleo Vegetal com Hidroxila. Um ácido Graxo. Pertence a Família da Euphaobiaceae. Resiste a déficit hídrico, mas com solo

fértil. Baixo necessidade de correção do solo. Planta Heliófila

Medir a área foliar.

Análise fotossintética

Assim a fotossíntese interfere na cobertura do solo,

na competição das demais plantas e sombreamento.

Objetivo da Pesquisa Avaliar o desenvolvimento das folhas

no período inicial de desenvolvimento do cultivar e IAC 226 de mamona quando submetido a diferentes níveis de adubação com Nitrogênio, Fósforo e Potássio (NPK).

Materiais e Métodos O clima local Cwa : clima temperado úmido com

Inverno seco e Verão quente.  Latossolo vermelho – amarelo  São solos em geral profundos, velhos, bem

drenados, baixo teor de silte, baixo teor de materiais facilmente intemperizaveis, homogêneo, estrutura granular, sempre ácidos, nunca hidromórficos.[1]

[2]

Latossolo Amarelo e Vermelho-Amarelo

Materiais e Métodos Solo coletado: 20 a 40 cm de

profundidade. Calagem Vasos de plástico com capacidade de

5 dm³ Trabalho dividido em 5 níveis de

tratamento ( doses de 0, 100, 200, 400 e 800% de NPK)

Materiais e Métodos Níves de NPK foram proporcionais

aos recomendados atualmente para a cultura de mamona no Estado do ES.

Primeira Dose: 0% Segunda Dose: 100% Corresponde a

15 Kg. ha-1 De N, 70 Kg ha -1 de P2O5 e 40 de Kg de K2O.

Irrigação Diária

Materiais e Métodos Sementes Pré germinadas em papel

germitest. Após 30 dias começou-se a analise

Resultados e Discussão. Quanto mais NPK maior o

desenvolvimento Foliar Variação de folhas foi de 5 a 7 por

planta.

Conclusão Para ambas as variáveis, podemos

afirmar que, o intervalo estudado, em condições de casa de vegetação e de cultivos em vasos a mamona responde com maior dose de NPK, gerando folhas maiores e em grande quantidade, o que representa um ganho direto na área fotossintética da planta.

Referências • Rodrigues,N.W, Sartore,E.A.S.F et al. Avaliação do desenvolvimento inicial das

folhas da Mamona (Ricinus Communis L.) em Diferentes Níveis De adubação Química. 2009, III congresso RBTB, Pag 265, Sessão Matérias primas.

• [1] Latossolos, Endereço eletrônico disponível em http://pt.wikipedia.org/wiki/Latossolo acesso em 05/06/2010

• [2] Imagem Latossolo vermelho-amarelho do PIAUÍ, EMBRAPA SOLO, Endereço eletrônico disponível em <www.uep.cnps.embrapa.br/fome_zero_guaribas.php> Acesso em 05/06/10

Professora: Joseane Oliveira Disciplina: Culturas Energéticas

Alunos: 2º TB

Aiwny

Raquel

Elias

Dalila

Isabela

eu sou técnico agrícola quais mamona indicada pra oeste da bahia
Esta é apenas uma pré-visualização
3 mostrados em 14 páginas