Caprinos e Ovinos - Apostilas - Zootecnia, Notas de estudo de Zoologia. Centro Universitario Nove de Julho (UNINOVE)
Jose92
Jose92

Caprinos e Ovinos - Apostilas - Zootecnia, Notas de estudo de Zoologia. Centro Universitario Nove de Julho (UNINOVE)

3 páginas
18Números de download
1000+Número de visitas
100%de 3 votosNúmero de votos
2Número de comentários
Descrição
Apostilas de Zootecnia sobre o estudo dos Caprinos e Ovinos, Principais Diferenças, Histórico da Caprinocultura, Classificação zoológica.
20 pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
Baixar o documento
Pré-visualização3 páginas / 3
Baixar o documento

Caprinocultura – Rosiane Almeida Teixeira 29/11/08

Caprinos e Ovinos

Principais Diferenças

Ovinos

Apresentam fossas lacrimais Apresentam glândula interdigital Apresentam 54 pares de cromossomos Possuem metacarpos e metatarsos bem reduzidos Possuem 3-32 vértebras caudais Não apresentam odores afrodisíacos

Possuem bolsa escrotal arredondada Gordura subcutânea de fácil absorção Estômago pequeno Sem barba Andam com a cauda caída Comem com a cabeça baixa Os lábios superiores fendidos e móveis Tetas curtas Tem preferência por folhas estreitas 4 dias de carência de água, 4,5% menos peso ao dia Nunca retornam ao estado silvestre Após defecar, erguem e abaixam o rabo parcialmente Andam sempre em grupo

Caprinos

Não apresenta fossas lacrimais Não apresentam glândulas interdigitais Possuem 60 pares de cromossomos Metacarpo e metatarso planamente desenvolvidos Possuem 12-16 vértebras caudais Glândulas de Schietzel afrodisíacas Bolsa escrotal estreita, ovalada Gordura no abdome – sem gordura subcutânea Estômago duas vezes maior que o ovino Possui barba Possuem a cauda erguida Alimentam-se de cabeça erguida Lábios sem fendas Possuem tetas compridas Tem preferência pelas folhas largas Utilizam água com maior eficiência. 4 dias sem água, 1,5% menos peso ao

dia Podem retornar ao seu estado selvagem Balançam o rabo freneticamente após defecar Dispersam-se com facilidade

Histórico – Caprinocultura

- Origem: sudoeste asiático. Vale do Tigre e eufrates. - Primeiros animais a serem domesticados - Primeiros animais a serem utilizados para produção de leite (12 mil anos). - Apreciados como uma importante divindade pelos egípcios e outros povos do oriente. - Utilizados como fonte de alimento e vestimenta. “Animal de pobres”. - No mundo moderno ressurgiu com força (muitos países e instituições dedicam-se ao seu estudo e difusão). - Ancestral: Capra hircus rear. aegragus, conhecida como Bezoar. - Nome científico: Capra hircus.

Classificação zoológica

Classe: Mamalia Ordem: Artiodáctila Sub-ordem: Ruminante Família: Bovidae Sub-família: Caprinea Gênero: Capra Espécie:Capra hircus

OVINO CAPRINOS