Doenças do Sistema Genital Masculino - Apostilas - patologia, Notas de estudo de Patologia. Centro Universitario Nove de Julho (UNINOVE)
Adriana_10
Adriana_1020 de março de 2013

Doenças do Sistema Genital Masculino - Apostilas - patologia, Notas de estudo de Patologia. Centro Universitario Nove de Julho (UNINOVE)

PDF (115 KB)
3 páginas
50Números de download
1000+Número de visitas
100%de 8 votosNúmero de votos
1Número de comentários
Descrição
Apostilas de Patologia sobre o estudo das Doenças do Sistema Genital Masculino, Câncer Testicular, Doenças da Prostata, Doenças Sexualmente Transmissíveis.
20 pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento
Pré-visualização3 páginas / 3
baixar o documento

Doenças do Sistema Genital Masculino

1 Câncer Testicular

O câncer testicular é o câncer mais comum e também um dos mais curáveis em homens entre 20 e 35 anos de idade. Um sinal precoce do câncer testicular é a presença de uma massa tumoral no(s) testículo(s), frequentemente associada à sensação de peso nesses órgãos ou de uma dor imprecisa na parte inferior do abdome; dores fortes geralmente não ocorrem. Todos os homens devem realizar regularmente o auto-exame testicular.

2 Doenças da Prostata

Como a próstata circunda parte da uretra, qualquer infecção, hipertrofia ou tumor prostático pode obstruir o fluxo urinário. As infecções agudas e crônicas da próstata são comuns em homens adultos, muitas vezes associadas à inflamação da uretra. Na prostatite aguda, a próstata se torna inchada e mole. A prostatite crônica é uma das infecções crônicas mais comuns nos homens de meia-idade e nos idosos; ao exame, a próstata mostra-se aumentada, macia, muito sensível ao toque com superfície irregular. O câncer de próstata é a principal causa de morte por câncer em homens nos Estados Unidos. Um teste sanguíneo pode medir o nível do antígeno específico da próstata (PSA) no sangue. A quantidade de PSA, que produzido somente pelas células epiteliais da próstata, aumenta com a hipertrofia da próstata e pode indicar infecção, hipertrofia benigna ou câncer de próstata. Os homens com mais de 40 anos de idade devem submeter-se anualmente a um exame de próstata. No exame renal digital, o médico palpa a próstata pelo reto, com os dedos. Muitos médicos também recomendam um teste de PSA anual, para os homens com mais de 50 anos. O tratamento para o câncer de próstata envolve cirurgia, radiação, terapia hormonal e quimioterapia. Pelo fato de muitos cânceres de próstata crescerem lentamente, alguns urologistas recomendam uma “espera vigilante” antes de tratar pequenos tumores em homens com idade acima de 70 anos.

3 Doenças Sexualmente Transmissíveis

Uma doença sexualmente transmissível (DST) ou doença venérea, é aquela que se dissemina pelo contato sexual. Uma vez levantada a suspeita ou constatada qualquer doença venérea, o médico deve ser consultado imediatamente, pois somente ele tem condições de oferecer tratamento seguro e adequado. O tratamento inadequado de uma DST pode trazer sérios comprometimentos ao sistema genital, à fertilidade e à saúde geral do organismo.

3.1 Gonorréia A gonorréia (gonos =semente; -rbein =fluir) é causada pela bactéria Neisseria gonorrboeae. Os líquidos liberados das túnicas mucosas infectadas são a fonte de transmissão das bactérias, seja por contato sexual direto,seja durante a passagem de um recém-nascido pelo canal do parto. Os homens geralmente sofrem uretrite,com drenagem purulenta abundante e micção dolorosa. Nas mulheres, a infecção ocorre tipicamente na vagina, freqüentemente com um corrimento purulento. Essa infecção e sua conseqüente inflamação podem prosseguir para o útero, as tubas uterinas e a cavidade pélvica. Anualmente, milhares de mulheres se tornam estéreis devido à gonorréia, em conseqüência à formação de tecido cicatricial que bloqueia as tubas uterinas. A contaminação bacteriana dos olhos de recém-nascido, no canal do parto, pode resultar em cegueira.

3.2 Sífilis Sífilis, causada pela bactéria Treponema pallidum, é transmitida por meio de contato sexual, transfusão sanguínea ou através da placenta ao feto. A doença progride ao longo de vários estágios. Durante o estagio primário, o sinal principal é uma ferida aberta indolor, chamada de cancro, no

docsity.com

ponto de contato. O cancro cicatriza em 1 a 5 semanas de 6 a 24 semanas após, sinais e sintomas como rachaduras na pele,febre e dores nas articulações e músculos indicam o estagio secundário,que é sistêmico – a infecção se dissemina para todos os sistemas corporais principais.Quando surgem sinais de degeneração de um órgão, a doença é considerada em seu estagio terciário. Se o sistema nervoso estiver envolvido, o estágio é terciário é denominado neurossífilis. À medida que as áreas motoras se tornam extensamente danificadas, as vítimas tornam-se incapazes de controlar a urina e os movimentos intestinais; finalmente, ficam restritos ao leito, incapazes até de se alimentarem. O dano ao córtex cerebral produz perda de memória e alterações de personalidade que variam da irritabilidade às alucinações.

3.3 Herpes Genital O herpes genital é causado pelo vírus herpes simples tipo II (HSV-II), produzindo dolorosas bolhas no prepúcio, glande e corpo do pênis nos homens, e na vulva e, às vezes no fundo da vagina nas mulheres. As bolhas desaparecem e reaparecem na maioria dos pacientes, mas o próprio vírus permanece no corpo; não há cura. Um vírus relacionado, o vírus herpes tipo I (HSV –I), causa herpes labial na boca e nos lábios. Os indivíduos infectados sofrem tipicamente a recorrência dos sintomas diversas vezes por ano.

4 Disfunção Erétil Antes chamada de Impotência Sexual, a Disfunção Erétil é a incapacidade de ter ou manter uma ereção adequada para uma relação sexual satisfatória. Cerca de 52% dos homens, principalmente a partir dos 40 anos, sofrem de algum grau dessa disfunção sexual. Dentre as causas da Disfunção Erétil existem as psicológicas ou as físicas. As físicas normalmente são decorrentes da insuficiência vascular e podem estar relacionadas à diversas patologias, como: Diabetes, Hipertensão Arterial, Problemas de próstata, uso de determinados medicamentos, entre outros.

5 Ejaculação Precoce A Ejaculação Precoce é definida como a incapacidade de controlar ou adiar suficientemente a ejaculação, para que os parceiros achem prazer nas relações sexuais, é um problema que aflige grande parte dos homens, principalmente os adolescentes no inicio da atividade sexual. A ejaculação precoce é uma das disfunções sexuais mais freqüentes e atinge cerca de 40% dos homens em alguma fase de sua vida. Talvez esses números só não sejam maiores porque a maioria dos homens tem vergonha de procurar um tratamento.

6 Priapismo

O priapismo é uma ereção peniana prolongada e persistente, frequentemente dolorosa, desencadeada ou não por estímulo sexual. A definição se restringe às ereções com mais de 4 horas de duração. Caracteriza-se como uma situação clínica de emergência, requerendo um diagnóstico rápido. É conveniente, sempre que possível, solicitar a presença de um Urologista para o primeiro atendimento. Essa ereção involuntária pode ser espontânea, ou causada pelo uso de medicação direcionada para ereção, ou ainda traumas na região do períneo também levam ao priapismo. Após tombos ou quedas com lesão na área perineal, pode surgir uma fístula responsável por deixar o pênis sempre cheio de sangue e, consequentemente, ereto. A ereção não deve ultrapassar quatro horas. Depois disso, o homem corre o risco de ter fibrose, necrose, destruição do corpo cavernoso e impotência definitiva.

7 Doença de Peyronie (pênis curvo)

A doença de Peyronie é um espessamento fibroso que provoca contraturas no pênis e deforma a ereção. A causa da doença de Peyronie, a qual afeta homens adultos, é desconhecida. O tecido

docsity.com

fibroso que provoca as contraturas acarreta um encurvamento do pênis ereto que pode tornar a penetração difícil ou impossível. A doença pode tornar a ereção difícil. O tecido fibrose pode inclusive estender-se para o interior do tecido erétil (corpos cavernosos), impedindo totalmente a ereção.

docsity.com

comentários (1)
baixar o documento