E’3 e Planejamento Estratégico - Fechamento da dinâmica de Gestão, Slides de Economia
monica_mello_braga
monica_mello_braga18 de julho de 2014

E’3 e Planejamento Estratégico - Fechamento da dinâmica de Gestão, Slides de Economia

PPT (1 MB)
27 páginas
1Números de download
984Número de visitas
Descrição
Aula - E’3 e Planejamento Estratégico - Fechamento da dinâmica de Gestão
20 pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento
Pré-visualização3 páginas / 27

Esta é apenas uma pré-visualização

3 shown on 27 pages

baixar o documento

Esta é apenas uma pré-visualização

3 shown on 27 pages

baixar o documento

Esta é apenas uma pré-visualização

3 shown on 27 pages

baixar o documento

Esta é apenas uma pré-visualização

3 shown on 27 pages

baixar o documento
Administração de Recursos Humanos

E’3 e Planejamento Estratégico

Fechamento da dinâmica de Gestão

Eficiência, Eficácia e Efetividade

Eficiência

Eficácia

Efetividade

ATITUDES E COMPORTAMENTOS

Eficiência, Eficácia e Efetividade

a) Eficiência = ‘fazer certo a “coisa”’;

b) Eficácia = ‘fazer a “coisa” certa’;

c) Efetividade = ‘fazer a “coisa” que tem que ser feita’;

Definições que emprestam um senso simplório aos conceitos, mas muito prático em função da mneumonização pela utilização de igual prefixo na conceituação – ‘fazer a “coisa ...’, “coisa” - no sentido de ação (evento) ou resultado de uma ação.

Eficiência - Eficiência = fazer certo a “coisa”, pois em se fazendo

o contrário – fazer errado a “coisa”, estaremos provocando perdas de tempo e recursos (retrabalho, desperdício), contrariando os princípios da eficiência;

Um segundo clichê muito utilizado para definir eficiência é ‘fazer mais com menos‘, que traz embutido o sentido de economia racional.

Como exemplo de falta de eficiência, citaremos a

fabricação de uma geladeira que esteja muito acima dos padrões de custos praticados no mercado.

Eficácia - Eficácia = ‘fazer a “coisa” certa’, pois em se fazendo o

contrário, estaríamos ‘fazendo a “coisa” errada’, a “coisa” que não deveria ter sido feira, “coisa” fora de lugar e hora, “coisa” a ser empreendida de forma diferente, em outras palavras: deveríamos fazer outra “coisa” que não esta.

Na falta da eficácia estamos quebrando expectativas no que era esperado de uma atitude correta, e pecando contra o nível de satisfação esperado na conformidade do processo.

São exemplos: atender os requisitos, atingir metas, cumprir cronogramas. No exemplo dado acima sobra a geladeira, imaginem uma que consuma muita energia. Os conceitos chaves são qualidade e satisfação. Propulsor: atitude.

Efetividade - Efetividade = ‘fazer a “coisa” que tem que ser feita’;

sendo dos três, o conceito mais difícil de se entender, pois somente é percebida por pesquisas de opinião sobre ações que causam efeitos, impacto ou transformação de uma realidade que se modificou ou de metas previamente estabelecidas.

Ainda, no exemplo da geladeira, a fabricação da mesma com funcionamento a gás para populações onde não chega energia elétrica e outros exemplos como lançar um produto que provoque impacto, viabilizar a inserção. Conceitos chave: impacto, transformação (mudança de realidade), sustentabilidade. Propulsor: conhecimento.

EFICAZ, EFICIENTE OU EFETIVO? O que é EFICAZ?

EFICAZ (ou eficácia) Refere-se a fazer o que deve ser feito. Este conceito tem a ver com o foco em uma determinada direção (visão) e concentração de energia (recursos humanos, materiais e financeiros) para a execução da missão.

O que é EFICIENTE?

EFICIENTE (ou eficiência) Refere-se a como fazer o que tem para ser feito. Este conceito refere-se a como as “coisas” são feitas, aos valores, à visão, comportamentos, atitudes, métodos, procedimentos e estilos e está na presente em toda a empresa.

O que é EFETIVO?

EFETIVO (ou efetividade) refere-se a fazer certo as coisas certas, com qualidade. Este conceito engloba os dois anteriores, acrescido da qualidade.

Nas aplicações empresariais, uma figura pode transmitir melhor a integração de conceitos, o que apresentamos no gráfico abaixo.

Fernando Silva da PaixãoGestão de Pessoas

Registro da Analise SWOT - FOFA

Ambiente interno

Forças Fraquezas

Ambiente externo

Oportunidades Ameaças

AS MÚLTIPLAS FACES DA GESTÃO

PROATIVIDADE

E

OU

? !

REATIVIDADE CRIATIVIDADE DISCIPLINA

PROCESSOS e MÉTODOS IMPROVISO PESSOAS COISAS DILEMA PROBLEMA GLOBAL LOCAL

GENERALISTA ESPECIALISTA FILOSOFIA PRAGMATISMO EXPLÍCITO TÁCITO

COMPETÊNCIA “ANALÍTICA” INTUIÇÃO e EXPERIÊNCIA

CONTRATAR “EXTERNO” DESENVOLVER “INTERNO” ....... .......

De

Policiamento e Controle

Foco Externo e no Cliente

Proativo e Preventivo

Curto Prazo e Imediato

Administrativo

Foco na Função

Foco Interno e Introvertido

Reativo e Solucionador de Problemas

Operacional e Burocrático Estratégico

Parceria e Compromisso

Longo Prazo

Consultivo

Foco no Negócio

Foco na Atividade e nos meios Foco nos Resultados e nos Fins

Para

AS MÚLTIPLAS FACES DA GESTÃO

É o processo através do qual a empresa se mobiliza para atingir o sucesso e construir o seu futuro por meio de um comportamento proativo, considerando seu ambiente atual e futuro.

“Quem sabe faz a hora, não espera acontecer” Vandré.

Missão

Visão

Objetivos Organizacionais

Análise Ambiental

Análise Organizacional

Estratégia Organizacional

Quais as oportunidades e ameaças que existem no

ambiente?

Quais as forças e fraquezas que temos na

organização?

Para onde queremos ir?

O que há no ambiente? O que temos na empresa?

O que devemos fazer?

Quem eu sou? Qual minha razão de ser?

Novos Paradigmas – Fatores chave de sucesso

 Trabalho em Equipe Criatividade Delegação de Poderes – “Sem informação as pessoas

não podem agir com responsabilidade” Envolvimento x Comprometimento Transparência e Clareza na Comunicação

Quem decide pode errar; quem não decide já errou. Herbert Von Karajan

Cinco dimensões do planejamento Assunto abordado

Elementos Tempo Unidades organizacionai s

características

Produção Pesquisas Novos produtos Finanças Marketing Instalações Recursos humanos

Propósitos Objetivos Estratégias Políticas Programas Orçamentos Normas Procediment os

Longo Médio Curto

Corporativo Unidades estratégicas Subsidiárias Grupos funcionais Divisões Departamentos Produtos

Complexidade ou Simplicidade Quantidade ou qualidade Planejamento estratégico ou tático, confidencial ou público Formal ou informal Econômico ou caro

Planejamento ou processo?

Não confundir planejamento com Previsão: esforço para verificar quais serão os eventos

futuros Projeção: situação em que o futuro tende a ser igual

ao passado Predição: situação em que futuro tende a ser

diferente do passado, sem controle sobre o processo Resolução de problemas: aspectos imediatos que

procuram a correção de certas descontinuidades e desajustes entre a empresa e as forças externas relevantes

Plano: documento formal consolidando as informações e atividades desenvolvidas no planejamento, visão estática do planejamento

Tipos de Planejamento Planejamento estratégico Planejamento tático Planejamento operacional

Nível estratégico

Nível tático

Nível operacional

Decisões estratégicas

Planejamento estratégico

Planejamento tático

Decisões táticas

Decisões Operacionais

Planejamento Operacional

Sua empresa tem planejamento estratégico?

Peça ao gestor para responder as seguintes questões:

•Conhece seu negócio? Sabe qual a real amplitude dele? Conhece a interação com outros negócios? •Tem perfeita interação entre os fatores externos – ou não controláveis – e os fatores internos – ou controláveis – em sua empresa? •Conhece a real capacitação de sua empresa? •Conhece sua vantagem competitiva? E as dos concorrentes? E a vantagem competitiva que o mercado quer comprar? •A sua empresa tem uniformidade de atuação? •Tem caminhos alternativos para o caso do plano básico não dar certo? •Todos na empresa têm entendimento e comprometimento para os resultados esperados? •Todos têm acompanhamento e avaliação dos resultados em tempo real?

As empresas utilizam “normalmente” o planejamento estratégico para... Contrabalançar as incertezas, desenvolvendo

planos alternativos Concentrar atenção nos resultados esperados,

representados por objetivos, desafios e metas Otimizar o modelo de gestão da empresa Facilitar o controle, a avaliação e o

aprimoramento dos resultados Otimizar o processo de identificação de

oportunidades no mercado Consolidar a vantagem competitiva da

empresa

Planejamento Tático

Planejamen to

estratégico

Planejamentos táticos

Planejament o

operacionai s

Resultados esperados

pelas unidades

organizacion ais

Resultados apresentados

pelas unidades

organizaciona is

Mercadológico Financeiro

Recursos humanos Produção Organizacional

Retroalimentação e avaliação

Planejamento Operacional Formalização – documentos escritos Descrição das metodologias de desenvolvimento Descrição da implementação de resultados

específicos Elaboração dos planos de ação ou planos

operacionais Descrição: 1. Recursos para desenvolvimento e implementação 2. Procedimentos básicos a serem adotados 3. Resultados finais esperados 4. Prazos estabelecidos 5. Responsáveis pela execução e implantação

Diferenças entre os três tipos de planejamento

Discriminaç ão

Planejamento estratégico

Planejamento tático

Planejamento operacional

Prazo Longo prazo (5 anos)

Médio prazo (1 ano)

Curto prazo (imediato)

Amplitude Todo Parcial Local/restrita Riscos Maiores Médios Nenhum* Atividades Fins e meios Meios Meios Flexibilidade Menor que o

tático Maior que o estratégico e menor que o operacional

Maior que o tático

OLIVEIRA (2010, 20)

Empresa como Sistema Por que o planejamento estratégico é

considerado um sistema?

•Conjunto de partes interagentes e interdependentes; •Consolidar fatores controláveis e não controláveis; •Busca resultados •Otimizar o processo decisório

OBJETIVOS

ENTRADAS

PROCESSOS

TRANSFORMAÇÕES

RETROALIMENTAÇÃO

SAÍDAS

CONTROLES E AVALIAÇÕES

comentários (0)

Até o momento nenhum comentário

Seja o primeiro a comentar!

Esta é apenas uma pré-visualização

3 shown on 27 pages

baixar o documento