Manipulação do Banco de Dados via DAO, Notas de estudo de Informática
arnaldo-araujo-11
arnaldo-araujo-11

Manipulação do Banco de Dados via DAO, Notas de estudo de Informática

26 páginas
50Números de download
1000+Número de visitas
2Número de comentários
Descrição
Tutorial Sobre banco de dados DAO
60 pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
Baixar o documento
Pré-visualização3 páginas / 26
Esta é apenas uma pré-visualização
3 mostrados em 26 páginas
Esta é apenas uma pré-visualização
3 mostrados em 26 páginas
Esta é apenas uma pré-visualização
3 mostrados em 26 páginas
Esta é apenas uma pré-visualização
3 mostrados em 26 páginas

1 Manipulação do Banco de Dados

Abertura do Banco de Dados e suas tabelas Adicionar Navegação Alteração Consulta Exclusão

1.1. Criando janelas Precisamos criar inicialmente um formulário para cadastrar mercadoria e depois

outro formulário para cadastrar o cliente. Vamos usar o que já aprendemos anteriormente: Crie um novo projeto e para o formulário nomeio-o “frmEstoque”. O Caption será

“Controle de Estoque”. Neste formulário vamos criar os menus que irão acessar nossas bases de dados. Veja

como ficará:

No menu "Project" do Visual Basic click na opção "AddForm" para inserirmos um novo formulário em nosso projeto. Será o formulário para cadastramento de mercadoria.

Neste novo formulário altere o Caption para “Cadastro de Mercadoria” e o Name para “frmCadMercadoria”. Vamos montar esta interface, depois abriremos outros Form para Cliente e Vendas.

Coloque um frame, 4 labels e 4 caixa de texto com os Names: txtCódigo, txtDescrição, txtQuantidade e txtValor.

Coloque também 7 botões de comando no formulário como na. Para nomea-los use os Captions de cada um prefixado com “cmd”:

Importante: Coloque a propriedade TabIndex do Botão "cmdIncluir " como "0" para que ele seja o primeiro a possuir o foco quando entrar na janela.

Para rodar este programa e ver o resultado será necessário ligar este formulário ao menu mnuMercadoria. Para fazer isto vamos até o menu localizado no frmEstoque, click no Cadastro para abrir as opções. Dê dois clickes na opção Mercadoria que uma janela de codificação será aberta. Digite:

O Método Show abre um novo formulário a partir de outro, e usamos ele para abrir o formulário frmCadMercadoria.

Vamos aproveitar e codificar a opção Sair do menu também. Dê dois clicks nele e digite:

Este simples comando “END” encerra toda a aplicação fechando todas as janelas que podem estar abertas.

Para completar este raciocínio, vamos até o formulário frmCadMercadoria e para o botão cmdSair vamos fazer a seguinte codificação:

O Comando Unload retira a janela informada da memória e da tela, voltando a execução do programa para a janela anterior, que no nosso caso é o menu principal.

Agora estamos prontos para começar a codificar o nosso Banco de Dados.

1.1.1..Abrindo um banco de dados

Uma vez que vamos trabalhar com manipulação de dados, temos que verificar se o Visual Basic está apto para fazer esta manipulação. Os serviços necessários para executar essas funções estão em uma DLL do Microsoft DAO 3.5 Object Library. Para que nosso programa leia essa DLL temos que ir até o menu Project/References e selecionar esta DLL:

Se este ajuste não for feito e um objeto de banco de dados for declarado, o Visual Basic gerará um erro. A biblioteca DAO (Data Access Objects) fornece um conjunto de objetos de programação que precisaremos usar para gerência os Bancos de Dados.

Temos que criar agora duas variáveis do tipo Banco de Dados e outra do tipo Tabela. Uma servirá para fazer referência ao nome e caminho do Banco de Dados como um todo, e a outra irá fazer referência a uma tabela especifica.

Onde criar estas variáveis? No nosso exemplo temos que criá-las na seção General da janela de codificação do

formulário. Variáveis criadas ali possuem abrangência em todo o formulário. Se criarmos ela dentro de alguma outra rotina (ou vento) a abrangência destas variáveis serão somente dentro da própria rotina.

A variável BancoDeDados é do tipo Database pois ela sempre terá em seu conteúdo o nome do banco de dados que será aberto. Depois criamos uma variável para a tabela de Mercadoria de nome TBMercadoria.

O Objeto Recordset é a representação lógica de uma tabela. Usaremos este objeto para manipular todos os dados da tabela. Veja as principais propriedades de um Recordset (somente manipulados na codificação do programa):

Sintáxe: NomeDoRecordSet.Propriedade AbsolutePosition : Indica o numero do registro corrente da tabela em uso. BOF : Retorna True quando a tabela chegou ao inicio e False quando esta em outro

ponto. DateCreated : Retorna a data de criação da tabela manipulada pelo Recordset. EOF : Retorna True quando a tabela chegou ao fim e False quando esta em outro

ponto. Index : Especificamos o nome do índice que será associado a tabela. NoMatch : Retorna True se uma pesquisa efetuada dentro da tabela foi bem-

sucedida. PercentPosition : Retorna um percentual referente a posição que a tabela se

encontra com comparação com o total de registros da tabela. RecordCount : Retorna a quantidade de registro que uma tabela possui.

Os principais métodos usamos pelo Recordset: AddNew : Prepara a tabela para receber um novo registro. Close : Fecha a tabela, e conseqüentemente o objeto recordset. Delete : Remove a registro atual da tabela. Edit : Prepara a tabela para que o registro corrente seja alterado.

FindFirst <Condição> : Procura o primeiro registro dentro da tabela que satisfaça a condição estabelecida (Somente para objeto Recordset tipo dynaset ou snapshot).

FindLast <Condição> : Procura o ultimo registro dentro da tabela que satisfaça a condição estabelecida (Somente para objeto Recordset tipo dynaset ou snapshot).

FindNext <Condição > : Procura o próximo registro dentro da tabela que satisfaça a condição estabelecida (Somente para objeto Recordset tipo dynaset ou snapshot).

FindPrevious <Condição> : Procura o registro anterior dentro da tabela que satisfaça a condição estabelecida (Somente para objeto Recordset tipo dynaset ou snapshot).

MoveFirst : Move a tabela para o primeiro registro. MoveLast : Move a tabela para o ultimo registro. MoveNext : Move a tabela para o seguinte seguinte. MovePrevious : Move a tabela para o registro anterior. Seek <Operador de Comparação>,<Item a Procurar> : Localiza um registro

dentro da tabela. A tabela tem que estar indexada. (Somente para objeto Recordset tipo table)

Update : Grava as alterações e inclusões na tabela.

O próximo passo será abrir o banco de dados e abrir a tabela de mercadoria. Para fazer isto selecione o formulário frmCadMercadoria e abra a janela de codificação dele criando um evento chamado FORM_LOAD. Este evento é chamado sempre que este formulário é chamado pelo Windows.

Associamos a variável BancoDeDados ao método OpenDatabase, que vai realmente abrir o arquivo na prática. Uma vez aberto ao arquivo, sempre que fizermos referência a ele usaremos a variável BancoDeDados.

Na abertura do arquivo usados o Objeto App.Path que retorna o nome do diretório corrente, onde esta localizado o arquivo pretendido. Depois concatenamos este diretório com o nome do arquivo a ser aberto.

Para abrir a tabela usamos o método OpenRecordSet, e como argumento informamos o nome da tabela a ser aberta e a constante dbOpenTableque informa que o RecordSet a ser aberto é do tipo tabela.

Note que é necessário antes do método OpenRecordSet usar o nome do objeto Database BancoDeDados, pois, dentro da hierarquia, a tabela esta dentro do Banco de Dados.

Fizemos tudo isto para deixar disponível para uso o banco de dados Estoque e sua tabela Mercadoria.

1.1.2..Abrindo um indice Próximo passo é abrir o índice que esta tabela irá trabalhar. Este índice é necessário

para ordenar os dados que forem digitados num determinada ordem (no nosso caso a ordem é por código) e fazer uma procura rápida pela chave de indexação.

O índice da tabela Mercadoria é o IndCódigo e possui como chave de indexação o campo Código.

Usamos a propriedade Index para TBMercadoria e determinamos que o índice corrente será IndCódigo.

1.1.3..Fechando um banco de dados É extremamente importante Fechar todas tabelas e banco de dados toda vez que

sairmos de um programa ou formulário. Arquivos abertos é perigoso e pode trazer resultados indesejáveis.

Para fecharmos com segurança um banco de dados usamos o Evento do objeto Formulário chamado Unload. Este evento é chamado sempre que o formulário é retirado da tela (e da memória). Note que este evento é o contrário do evento Load, que é lido quando o formulário é colocado na tela.

Porque não podemos fechar os arquivos de Banco de Dados no evento click do botão Sair?

Por que o usuário pode querer inventar de sair deste formulário usando outros recursos do Windows que não seja o botão sair, como a opção Fechar do Control Box, Alt- F4, etc. Para não correr risco colocamos o fechamento no evento Unload.

Fechamos primeiro a tabela Mercadoria representada pela variável TBMercadoria e depois o banco de dados Estoque representada pela variável BancoDeDados. Ambas usaram o método Close.

1.1.4..Cuidados especiais Algo que é extremamente importante no desenvolvimento de qualquer programa é

tentar prever o máximo possivel de erros que o usuário pode cometer e tentar previni-los. Imagine a situação: o usuário esta no meio de uma inclusão e resolver apertar a

tecla excluir ou alterar, sendo que nem terminou a inclusão. Ou então esta numa alteração e resolve apertar o botão alterar novamente. Para podermos tentar cercar esses erros usamos a propriedade Enabled nos botões.

Quando o usuário estiver numa inclusão somente os botões Gravar e Cancelar deve estar habilitado. Ou seja, ou o usuário confirma o que esta fazendo ou cancela. Se esta numa alteração a mesma coisa ocorre. E assim por diante. Para fazermos isto temos que usar o Enabled em cada botão como veremos abaixo:

Fazendo isto quando o usuário apertar o botão incluir, os botões que ele não pode pressionar enquanto não concluir a inclusão ficarão desabilitados. Deve-se fazer isto para todos os botões.

Na alteração o método é semelhando a inclusão. Durante a alteração o usuário só terá liberado para ele os botões "Gravar" e "Sair".

No evento click do botão gravar habilite todos novamente. Com exceção do próprio botão gravar que não pode ser habilitado ate que se incluia ou altere algo.

Outro detalhe que é bom lembrar é desabilitar o botão Gravar no evento Form_Load para que esteja devidamente desabilitado quando entrar na janela de cadastro de mercadoria. Desabilitamos também o Frame, pois assim todos os objetos contido dentro dele serão também desabilitados. Fazemos isto para que o usuário não fique "passeando" pelas caixas de texto sem definir antes (através dos botões) o que ele quer fazer.

Uma formatação para as caixas de texto que receber numeros é bem vindo para dar um aspecto visual mais interessante.

Criamos uma formatação para as caixas de texto no evento LostFocus para quando o usuário terminar de digitar o valor se ajustar.

Habilitamos a tecla Enter criando um evento KeyPress no formulario. Não esquecer de habilitar a propriedade KeyPreview.

1.1.5..Funções de apoio Para que nosso programa de cadastro tenha um código mais limpo e de fácil

entendimento vamos criar algumas funções que serão úteis em nossa programação. Para criar essas funções chame a janela de codificação, selecione TOOLS no menu

principal do Visual Basic, e escolha a opção Add Procedure...

Nomeia a função que estamos criando de AtualizaCampos, coloque do tipo Function e o Scope (abrangência) Private. Com isto, estamos criando uma função que poderá ser usada somente no formulário corrente.

Ao clicar em Ok será aberta uma janela de codificação para podermos digitar o que a função ira conter:

A finalidade desta função é inserir o conteúdo existente nas caixas de textos do formulário para dentro dos campos da tabela de mercadoria.

Com isto, sempre que precisarmos gravar os dados que o usuário digitou no formulário para dentro de seus respectivos campos na tabela usamos a função AtualizaCampos.

Repita o processo para criar agora a função AtualizaFormulário:

Note que o AtualizaFormulário faz o caminho inverso: Descarrega os dados existente na tabela de seus respectivos campos para dentro das caixas de texto existente no formulário.

Por fim, vamos criar uma função para limpar as caixas de texto. Dê o nome de LimpaFormulário:

Vamos usar esta função sempre que precisarmos que as caixas de texto fiquem vazias.

1.2. Adicionando Dados Antes de começarmos a fazer a codificação para o botão Incluir, a fim de preparar

nosso formulário para manipular a tabela de Mercadoria, vamos fazer uma modificação nas propriedades MaxLength das caixas de texto: todas devem possuir o mesmo valor da propriedade Size usada para os campos na tabela. Usamos isto para não deixar que um usuário coloque um nome com 40 caracteres num campo que foi definido para receber 30 caracteres.

Outra modificação será efetuada no evento Form_Load do formulário frmCadMercadoria:

Quando uma tabela é aberta o Visual Basic se posiciona no primeiro registro existente dentro dela. Entretanto, quando ainda não existe nada digitado dentro da tabela, conseqüentemente não existirá nenhum registro para se posicionar. Neste caso o fim de arquivo é encontrado logo na abertura da tabela.

A propriedade EOF é quem informa se o fim de arquivo esta ativo ou não. Se EOF for True (verdadeiro) significa que a tabela chegou ao fim de arquivo, se for False, significa que a tabela esta posicionada em algum registro em algum lugar.

Recapitulando: A propriedade EOF retorna True se a posição do registro atual for posterior ao último registro da tabela, ou seja, se o fim do arquivo for localizado, e False se a posição do registro atual for no último registro ou anterior a ele.

O Visual Basic possui também a propriedade BOF para informar se o inicio do arquivo foi encontrado.

A propriedade BOF retorna True se a posição do registro atual for anterior ao primeiro registro e False se a posição do registro atual estiver no primeiro registro ou for posterior a ele.

Os valores de retorno das propriedades BOF e EOF são determinados pela localização do indicador do registro atual.

Podemos usar as propriedades BOF e EOF para determinar se um objeto Recordset contém registros ou se você foi além dos limites de um objeto Recordset ao percorrer seus registros.

Perceba que somente se EOF for False que atualizamos o formulário, pois caso contrário, não poderíamos atualizar o formulário pois não haveria dados a serem atualizados.

O primeiro botão que vamos codificar é o incluir. Ele funcionará da seguinte forma: Quando clicarmos nele as caixas de textos serão limpas e o método AddNew será acionado. Este método é usado para avisar à tabela que alguns dados serão incluídos.

Depois de usar o AddNew temos que atualizar os campos, ou seja, passar tudo que foi digitado nas caixas de texto para seus respectivos campos dentro da tabela

TBMercadoria. Fazendo isto usamos o método Updated para efetuar a gravação propriamente dita e atualizar a tabela com os novos campos.

Veja um exemplo:

TBMercadoria.AddNew TBMercadoria("Código") = “001” TBMercadoria("Descrição") = “Calça Jeans” TBMercadoria("Quantidade") = “12” TBMercadoria("Valor") = “100” TBMercadoria.Updated

Esta rotina é o padrão para inclusão de dados.Repare que sempre inicia com AddNew e termina com Updated Neste exemplo colocamos expressões string para serem inseridas nos campos, mas poderiamos ter colocado variáveis.

No nosso exemplo vamos colocar as caixas de texto. Ficaria assim:

TBMercadoria.AddNew TBMercadoria("Código") = txtCódigo TBMercadoria("Descrição") = txtDescrição TBMercadoria("Quantidade") = txtQuantidade TBMercadoria("Valor") = txtValor TBMercadoria.Updated

Desta forma o que o usuário digitar nas caixas de texto serão incluídos dentro dos campos da tabela.

Isto é uma forma simplificada de fazer inclusão de dados. Mas nós vamos usar um forma mais complexa:

Veja o que foi feito: Sempre que o usuário clicar neste botão o programa limpa o formulário para deixar as caixas de texto vazias para serem preenchidas com novos dados. O Frame é habilitado para que as caixas de texto possam ser manipuladas. Em seguida o foco é passado para o caixa de texto txtCódigo pois é a primeira que deve ser digitada pelo usuário

Ainda não aplicamos o método AddNew pois ainda não sabemos se o usuário vai incluir um código válido. Primeito o programa tem que analizar o código que ele digitou, verificar se ele realmente não existe para depois usar o método AddNew. Fazemos isto no evento LostFocus da Caixa de Texto txtCódigo.

Neste evento verificamos primeiramente se o botão CmdGravar esta habilitado. Se estiver é porque a inclusão foi acionada.

O programa procura o código digitado. Se ele existir sera dado um aviso ao usuario e o processo de inclusão será cancelado, caso contrário (ou seja, se o código não existir dentro da tabela) o método AddNew é chamado a fim de preparar a tabela para receber um novo registro.

Pronto, a janela já esta preparada para receber os dados. Mas agora falta fazer a codificação para o botão Gravar.

Atualizamos os campos da tabela com os dados digitado nas caixas de textos e depois chamamos o método Update que fará a gravação fisica dentro do banco de dados.

Tente incluir vários dados na tabela para podermos usá-los posteriormente nos próximos exercícios.

Um recurso interessante que pode ser acrescentado é desabilitar os botões de Alteração, Consulta , Exclusão, Anterior e Próximo quando a tabela estiver vazia, pois se não houver nenhum registro, não vai haver nada para alterar, consultar, excluir, etc. Somente o botão de inclusão que poderá ficar habilitado.

A maneira mas usual de saber se a tabela esta vazia ou não é através da propriedade RecordCount que infoma quantos registros existem gravados dentro da tabela.

1.3. Próximo e Anterior Estes botões serão usados o usuário “passear” pela tabela, verificando os dados de

todos os registros cadastrados na ordem especificada pelo Index.

O botão Próximo irá mostrar na tela o próximo registro existente. Note que para fazer este movimento usamos a propriedade MoveNext (mova para o próximo), depois fazermos um teste com a propriedade EOF para verificar se foi movido para o ultimo registro na tabela. Se estiver no último, dali ele não pode passar pois não encontrará nada. Encontrando então o ultimo registro, se tentar passar dali a propriedade MovePrevious (move para o anterior) é acionado. Depois disto atualizamos o formulário.

O botão Anterior possui a mesma lógica, mas invertemos as outras propriedades para fazer agora o teste de inicio de arquivo. Ou seja, se o usuário estiver no primeiro registro ele não poderá voltar um registro, pois antes do primeiro não existira nada.

Se você usar MoveNext quando o último registro for o atual, a propriedade EOF será configurada para True e não haverá registro atual. Se você usar MoveNext novamente, um erro ocorrerá; EOF permanece True. Se recordset referir-se a um Recordset tipo table (que é o nosso caso), a movimentação segue o índice atual. Você pode definir o índice atual usando a propriedade Index. Se você não configurar o índice atual, a ordem de registros retornados será indefinida.

1.4. Alteração

Para alteração vamos fazer algo semelhante ao que fizemos na inclusão. A diferença ficará numa propriedade nova para nós que é EDIT. Esta propriedade abre a tabela para que o dado que esta sendo alterado seja editado.

Note que não liberamos a caixa de texto txtCódigo para alteração, pois sendo ela a chave de índice, não pode ser alterada. Quando necessitar de alteração no código, ele deve ser excluído e incluído novamente.

1.5. Consulta Para consulta vamos usar a função INPUTBOX. Aprendemos a usá-la nos capítulos

anteriores. Ela solicita ao usuário a digitação de algum dado e armazena numa determinada variável.

Então criamos uma variável de nome ProcuraCódigo e usamos ela para receber o que o usuário digitar.

Feito isto, usamos o método Seek para efetuar uma procura dentro da tabela.

Seek: Localiza o registro de um objeto Recordset tipo table indexado que satisfaça os critérios especificados para o índice atual e torna esse registro o registro atual.

Após o Seek colocamos um sinal de comparação para determinar o tipo de procura que este método fara. Podemos usar “=” ,”<”, “>”, “<=”, “>=”, etc

O método Seek pesquisa os campos-chave especificados e localiza o primeiro registro que satisfaça os critérios especificados na comparação dentro da chave de índice. Uma vez encontrado, esse registro torna-se o registro atual e a propriedade NoMatch é definida como False. Se o método Seek falhar em localizar um registro correspondente, a propriedade NoMatch é configurada como True e o registro atual é indefinido.

Se comparação for igual (=), maior ou igual a (>=) ou maior do que (>), o Seek começa a pesquisa no início do índice. Se comparação for maior do que (<) ou maior ou igual a (<=), o Seek começa a pesquisa no final do índice e continua em direção ao início a menos que existam entradas de índice duplicadas no final. Neste caso, Seek começa por uma entrada arbitrária entre as entradas de índice duplicadas no final do índice.

Quando informamos uma chave para o método Seek procurar, esta chave deve ser no mesmo formato que o estabelecido no índice do arquivo (index). Por exemplo: no TBMercadoria a chave do índice é o Código, então o Seek somente faz a procura pelo código. Não podemos pedir para procurar pela Descrição da mercadoria, pois para isto deveria existir um índice para descrição.

Em nosso exemplo se NoMatch for True (ou seja, se não encontrou nenhum registro que seja igual ao conteúdo da variável ProcuraCódigo) movemos para o registro anterior e depois o formulário é atualizado. Fazemos isto pois quando uma procura não é bem sucedida a tabela é posicionada no fim de arquivo, e como não existe nenhum registro nesta posição, movimentamos para um registro antes, onde o ultimo registro incluído se encontra.

Quando clicarmos no botão Consultar uma janela como a que esta abaixo aparecerá no video:

Digitamos o código que queremos procurar e ao clicar Ok a busca é iniciada. Se não encontrar uma mensagem será apresentada:

1.6. Exclusão

Quando se ai deletar algo é bom solicitar ao usuário uma confirmação, pois a deleção acidental pode causar resultados catastróficos. Então é bom que o usuário tenha certeza do que esta fazendo.

Quando usamos a propriedade Delete o registro atual (aquele que esta aparecendo no vídeo) é excluído da tabela.

Mas para a tela não ficar vazia (uma vez que aquele registro que estava lá foi eliminado) usamos a procedure cmdAnterior_click que é a rotina que usamos quando o botão anterior é acionado.

Fazemos isto para posicionar a tabela no registro anterior ao que foi deletado e mostrá-lo na tela. Desta forma a tela não fica vazia.

Em nosso programa podemos localizar um registro com a consulta ou através dos botões Anterior e Próximo. Localizando podemos clicar no botão Excluir que o registro desaparece.

1.7. Considerações finais Pronto. Esta finalizado este formulário frmCadMercadoria. Agora usando estes

mesmos processos usados aqui programe o Cadastro de Cliente. As vendas é um pouco diferente pois esta tabela depende da tabela de Mercadoria e da tabela de Clientes, ou seja, é necessário, nas vendas, informar quem é o cliente que esta comprando e qual mercadoria se esta comprando. Estas informações são coletadas em suas respectivas tabelas. Mas vamos aprender a codificá-la após terminarmos com os Clientes.

1.8. Cadastro de clientes

Option Explicit Dim BancoDeDados As Database Dim TBCliente As Recordset

Private Sub cmdAlterar_Click()

cmdIncluir.Enabled = False cmdAlterar.Enabled = False cmdConsultar.Enabled = False cmdExcluir.Enabled = False cmdAnterior.Enabled = False cmdProximo.Enabled = False

cmdGravar.Enabled = True cmdSair.Enabled = True

Frame1.Enabled = True txtCódCliente.Enabled = False txtNome.SetFocus TBCliente.Edit

End Sub

Private Sub cmdAnterior_Click() TBCliente.MovePrevious If TBCliente.BOF = True Then TBCliente.MoveNext End If AtualizaFormulário End Sub

Private Sub cmdConsultar_Click()

Dim ProcuraCódCliente As String

ProcuraCódCliente = InputBox("Digite o Código do Cliente a ser consultado") TBCliente.Seek "=", ProcuraCódCliente If TBCliente.NoMatch = True Then MsgBox ("Cliente não cadastrado!") TBCliente.MovePrevious End If AtualizaFormulário End Sub

Private Sub cmdExcluir_Click()

If MsgBox("Confirma Exclusão?", vbYesNo) = vbYes Then TBCliente.Delete cmdAnterior_Click End If End Sub

Private Sub cmdGravar_Click()

cmdIncluir.Enabled = True cmdAlterar.Enabled = True cmdConsultar.Enabled = True cmdExcluir.Enabled = True cmdAnterior.Enabled = True cmdProximo.Enabled = True cmdGravar.Enabled = False cmdSair.Enabled = True

Frame1.Enabled = False txtCódCliente.Enabled = True

AtualizaCampos TBCliente.Update

End Sub

Private Sub cmdIncluir_Click()

cmdIncluir.Enabled = False cmdAlterar.Enabled = False cmdConsultar.Enabled = False cmdExcluir.Enabled = False cmdAnterior.Enabled = False cmdProximo.Enabled = False cmdGravar.Enabled = True cmdSair.Enabled = True

LimpaFormulário Frame1.Enabled = True txtCódCliente.SetFocus

End Sub

Private Sub cmdProximo_Click()

TBCliente.MoveNext If TBCliente.EOF = True Then TBCliente.MovePrevious End If AtualizaFormulário

End Sub

Private Sub cmdSair_Click() Unload frmCadClientes End Sub

Private Sub Form_KeyPress(KeyAscii As Integer)

If KeyAscii = vbKeyReturn Then SendKeys ("{TAB}") KeyAscii = 0 End If

End Sub

Private Sub Form_Load() Set BancoDeDados = OpenDatabase(App.Path & "\Estoque.MDB") Set TBCliente = BancoDeDados.OpenRecordset("Cliente", dbOpenTable)

TBCliente.Index = "IndCódigo"

cmdGravar.Enabled = False Frame1.Enabled = False

If TBCliente.EOF = False Then AtualizaFormulário End If

End Sub

Private Sub Form_Unload(Cancel As Integer)

TBCliente.Close BancoDeDados.Close End Sub

Private Sub txtCódCliente_LostFocus() txtCódCliente.Text = Format(txtCódCliente.Text, "000")

TBCliente.Seek "=", txtCódCliente.Text

If TBCliente.NoMatch = False Then MsgBox "Cliente já existente. Tente outro Código" AtualizaFormulário cmdIncluir.Enabled = True cmdAlterar.Enabled = True cmdConsultar.Enabled = True cmdExcluir.Enabled = True cmdAnterior.Enabled = True cmdProximo.Enabled = True cmdGravar.Enabled = False cmdSair.Enabled = True Frame1.Enabled = False Else TBCliente.AddNew End If End Sub

Private Sub txtValor_LostFocus() txtLimiteCrédito.Text = Format(txtLimiteCrédito.Text, "Standard") End Sub

Private Function AtualizaCampos()

TBCliente("CódCliente") = txtCódCliente TBCliente("Nome") = txtNome TBCliente("LimiteCrédito") = txtLimiteCrédito

End Function

Private Function AtualizaFormulário()

txtCódCliente = TBCliente("CódCliente") txtNome = TBCliente("Nome") txtLimiteCrédito.Text = Format(TBCliente("LimiteCrédito"), "Standard") End Function

Private Function LimpaFormulário()

txtCódCliente = "" txtNome = "" txtLimiteCrédito = "" End Function

1.9. Lançamento das Vendas

A criação do formulário será como no exemplo acima; ou seja, comparando com os anteriores, a diferença é somente o acréscimo de dois labels que ficarão ao lado do código da mercadoria e do cliente. O primeiro label conterá a descrição da mercadoria, e vamos nomeá-lo para lblDescrição, e o segundo terá o nome do cliente, e vamos nomeá-lo para lblNomeCliente.

Para esta tabela é necessário criar um índice em que a chave de procura seja o Código da Mercadoria e o Código do Cliente. Usamos para isto o Visual Data Manager:

Note que esses dados não existem na tabela de Vendas. O que existe nesta tabela é somente o código da mercadoria. A descrição esta em outra tabela (Mercadoria), assim como o nome do cliente também esta em outra tabela (Cliente). Para podermos acessar estas tabelas e capturar somente a descrição da mercadoria e nome do cliente, temos somente um ponto de referência, que é o código deles que existe na tabela de Vendas.

A lógica usada neste programa consiste em pegarmos o código existente na tabela de vendas e buscar a descrição daquele código em outra tabela. Para fazer isto todas as tabelas envolvidas devem ser abertas, assim como seus índices, pois será através do índice que a procura será feita.

Exemplificando através da tabela de mercadoria: Como na tabela de vendas existe o código da mercadoria que foi vendida, e na

tabela de mercadoria existe a descrição da mercadoria para aquele código, usamos o índice para procurar dentro da tabela de mercadoria, o código existente dentro da tabela de vendas. Isto é possível desde que a tabela de mercadoria esteja indexada pelo código, pois a procura será feita por ele.

Para podermos então codificarmos o formulário que terá acesso aos dados da tabela de vendas, vamos criar as variáveis que serão usadas para lidar com o banco de dados e as tabelas:

Criamos uma variável para cada tabela que será aberta. Precisamos agora criar um evento Form_Load para abrir todas essas tabelas.

Veja que abrimos todas as três tabelas que serão usadas neste formulário, e abrimos também todos os índices relativo a cada uma.

As nossas funções auxiliares sofrerão alguma mudança pois acrescentamos em nosso formulário dois labels, e um conterá a descrição da mercadoria e outro o nome do cliente.

Note que quando formos atualizar o formulário será necessário apresentar nos dois labels os dados contido em outras tabelas, por isto é necessário colocar um Seek para cada item a ser procurado. Quando o usuário, por exemplo, aperta o botão "Avançar" o programa avança um registro na tabela de Vendas e usa os códigos contidos nela para tentar localizar suas respectivas descrições e nome do cliente.

Para facilitar nosso trabalho, criamos aqui uma função CancelaDigitação que tem por finalidade anular o que o usuário estiver fazendo, voltar os botões e frame para seu estado natural. Usaremos esta função quando o usuário digitar algum código inválido.

Com as funções prontas, vamos completar a codificação do Form_Load, pois apenas abrimos as tabelas, precisamos agora verificar se a tabela de vendas está vazia, e desabilita o botão "Gravar" e o frame:

A inclusão para esta tabela segue o estilo que usamos para os outros formulários. Existe somente uma diferença fundamental que é o aparecimento do nome do cliente e a descrição da mercadoria quando o usuário digitar o código correspondente. Ou seja, numa inclusão, quando o usuário digitar o código da mercadoria que foi vendida, o programa terá que acessar a tabela de Mercadoria, procurar o código que o usuário acabou de digitar, e trazer de lá a descrição daquele código.

Este trabalho todo podemos fazer no evento LostFocus da caixa de texto. Por que este evento? Porque esta procura será feita DEPOIS que o usuário digitar o código e passar para a próxima caixa de texto (ou seja, quando o objeto perder o foco).

Então, diante disto, precisamos criar dois evento LostFocus. Uma para a caixa de texto txtCódigo e outro para txtCódCliente:

Usamos o SEEK para efetuar uma procura dentro da tabela TBMercadoria. O que irá procurar? Irá procurar o código digitado na caixa de texto txtCódigo. Se NoMatch for igual a True é sinal que não existe nenhuma mercadoria cadastrada

com o código digitado. Então uma mensagem será mostrada na tela: “Mercadoria não cadastrada”.

Depois chamamos aquela função que criamos chamada Cancela Digitação. Logicamente que se quisermos incrementar ainda mais nosso programa poderíamos fazer com que o programa abrisse uma tela mostrando quais as mercadorias que existem cadastradas para o usuário escolher uma, ou algo assim. Mas para resumir nosso exemplo deixaremos assim.

Se o código digitado na caixa de texto for encontrado então a descrição é inserida dentro do label "lblDescrição" para que seja mostrada no formulário.

Fazemos a mesma coisa com a evento LostFocus de txtCódCliente:

A inclusão de registros dentro da tabela de vendas é igual ao apresentado nos outros programas:

A alteração segue os padrões anteriores, lembrando que nesta tabela de vendas não podemos alterar o Código da Mercadoria e o Código do Cliente, pois ambos fazem parte da chave do índice da tabela. Se necessitar alterar o código, exclua e inclua novamente:

A exclusão também é semelhante aos anteriores:

Os botões Anterior e Próximo devem fazer uma pesquisa na tabela de Mercadoria e Clientes para atualizar os labels, a fim de que apareça a descrição da mercadoria e o nome do cliente:

Perceba que esta rotina move a tabela de vendas para o registro anterior, e depois ao chamar a função AtualizaFormulário faz uma procura dentro da tabela de mercadoria e depois dentro da tabela de clientes usando como chave de busca o conteúdo existente dentro da tabela de vendas.

Dê uma conferida em seu código fonte agora:

Option Explicit

Dim BancoDeDados As Database Dim TBVendas As Recordset Dim TBMercadoria As Recordset Dim TBCliente As Recordset

Private Sub cmdAlterar_Click()

cmdIncluir.Enabled = False cmdAlterar.Enabled = False cmdConsultar.Enabled = False cmdExcluir.Enabled = False cmdAnterior.Enabled = False cmdProximo.Enabled = False cmdGravar.Enabled = True cmdSair.Enabled = True

Frame1.Enabled = True txtCódigo.Enabled = False txtCódCliente.Enabled = False txtQuantidadeVendida.SetFocus TBVendas.Edit

End Sub

Private Sub cmdAnterior_Click() TBVendas.MovePrevious If TBVendas.BOF = True Then TBVendas.MoveNext End If AtualizaFormulário End Sub

Private Sub cmdExcluir_Click()

If MsgBox("Confirma Exclusão?", vbYesNo) = vbYes Then TBVendas.Delete cmdAnterior_Click End If End Sub

Private Sub cmdGravar_Click()

cmdIncluir.Enabled = True cmdAlterar.Enabled = True cmdConsultar.Enabled = True cmdExcluir.Enabled = True cmdAnterior.Enabled = True cmdProximo.Enabled = True cmdGravar.Enabled = False cmdSair.Enabled = True

Frame1.Enabled = False txtCódigo.Enabled = True txtCódCliente.Enabled = True AtualizaCampos TBVendas.Update

End Sub

Private Sub cmdIncluir_Click()

cmdIncluir.Enabled = False cmdAlterar.Enabled = False cmdConsultar.Enabled = False cmdExcluir.Enabled = False cmdAnterior.Enabled = False

cmdProximo.Enabled = False cmdGravar.Enabled = True cmdSair.Enabled = True

LimpaFormulário Frame1.Enabled = True txtCódigo.SetFocus

End Sub

Private Sub cmdProximo_Click()

TBVendas.MoveNext If TBVendas.EOF = True Then TBVendas.MovePrevious End If AtualizaFormulário End Sub

Private Sub cmdSair_Click() Unload frmLançamentoVendas End Sub

Private Sub Form_KeyPress(KeyAscii As Integer)

If KeyAscii = vbKeyReturn Then SendKeys ("{TAB}") KeyAscii = 0 End If

End Sub

Private Sub Form_Load() Set BancoDeDados=OpenDatabase(App.Path & "\Estoque.MDB") SetTBMercadoria=BancoDeDados.OpenRecordset"Mercadoria", dbOpenTable) Set TBCliente=BancoDeDados.OpenRecordset("Cliente", dbOpenTable) Set TBVendas=BancoDeDados.OpenRecordset("Vendas", dbOpenTable)

TBMercadoria.Index = "IndCódigo" TBCliente.Index = "IndCódigo" TBVendas.Index = "indClienteMercadoria"

cmdGravar.Enabled = False Frame1.Enabled = False

If TBVendas.EOF = False Then AtualizaFormulário End If

End Sub

Private Sub Form_Unload(Cancel As Integer)

TBVendas.Close TBMercadoria.Clone TBCliente.Close BancoDeDados.Close End Sub

Private Function AtualizaCampos() TBVendas("Código") = txtCódigo TBVendas("CódCliente") = txtCódCliente TBVendas("ValorVenda") = txtValorVenda TBVendas("QuantidadeVendida") = txtQuantidadeVendida End Function

Private Function LimpaFormulário() txtCódigo = "" txtCódCliente = "" txtValorVenda = "" txtQuantidadeVendida = "" lblDescrição.Caption = "" lblNomeCliente.Caption = "" End Function

Private Sub txtCódigo_LostFocus() txtCódigo.Text = Format(txtCódigo.Text, "000")

TBMercadoria.Seek "=", txtCódigo

If TBMercadoria.NoMatch = True Then MsgBox "Mercadoria não cadastrada. Operação Cancelada" CancelaDigitação Exit Sub End If

lblDescrição = TBMercadoria("Descrição") End Sub

Private Sub txtCódCliente_LostFocus()

txtCódCliente.Text = Format(txtCódCliente.Text, "000")

TBCliente.Seek "=", txtCódCliente If TBCliente.NoMatch = True Then MsgBox "Cliente não cadastrada. Operação Cancelada" CancelaDigitação Exit Sub End If

lblNomeCliente = TBCliente("Nome") TBVendas.Seek "=", txtCódCliente.Text, txtCódigo.Text If TBVendas.NoMatch = False Then MsgBox "Vendas já existente. Tente outro código" CancelaDigitação Else TBVendas.AddNew End If End Sub

Private Sub txtValorVenda_LostFocus() txtValorVenda.Text = Format(txtValorVenda.Text, "Standard") End Sub

Private Function AtualizaFormulário() txtCódigo = TBVendas("Código")

txtCódCliente = TBVendas("CódCliente") txtValorVenda = Format(TBVendas("ValorVenda"), "Standard") txtQuantidadeVendida = TBVendas("QuantidadeVendida") TBMercadoria.Seek "=", txtCódigo TBCliente.Seek "=", txtCódCliente lblDescrição = TBMercadoria("Descrição") lblNomeCliente = TBCliente("Nome") End Function

Private Function CancelaDigitação() AtualizaFormulário cmdIncluir.Enabled = True cmdAlterar.Enabled = True cmdConsultar.Enabled = True cmdExcluir.Enabled = True cmdAnterior.Enabled = True cmdProximo.Enabled = True cmdGravar.Enabled = False cmdSair.Enabled = True Frame1.Enabled = False End Function

Deixamos o botão Consulta de fora propositadamente. Vamos voltar nele nos próximos capítulos.

muito bom o material gostei d+. tem como vc da um tutorial de comunicar o programa atraves de uma rede
Um bom material de referencia para estudos e treinamento.
Esta é apenas uma pré-visualização
3 mostrados em 26 páginas