Michel Renaud, o corpo e a alma, Pesquisas de Filosofia Moderna. Universidade Catolica Portuguesa
RFRepresas1
RFRepresas1

Michel Renaud, o corpo e a alma, Pesquisas de Filosofia Moderna. Universidade Catolica Portuguesa

DOCX (11 KB)
1 página
12Número de visitas
Descrição
El Cuerpo y El Alma en Michel Renaud
20 pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
Baixar o documento
Pré-visualização1 página / 1
Baixar o documento

Sócrates, tido em conta como filósofo dualista, diz-nos através de Platão (Fedon), que a alma dum filósofo ficará melhor quando separada do corpo, dado que este é um obstáculo na busca da verdade. Para ele, a alma vive aprisionada num corpo físico (cf. S. Paulo), que necessitando dela é contudo o seu oposto. Ora a alma, ao contrário do corpo, indestrutível pelo princípio da simplicidade, em Michel Renaud no dualismo alma-corpo, este dualismo introduz-se no pensamento filosófico e invade, através do neoplatonismo, toda a cultura ocidental cristã e filosófica. Mas Michel Renaud acrescenta que apesar de pensador do dualismo, “é na base de pressupostos não dualistas, não racionais mas que compreendem pré-reflexivamente o homem como realidade una, que Platão afirma a sua dualidade”, dado que a tese dualista de platónica não destrói a unidade da realidade humana… mas deve ser referida a dois polos opostos, em relação estreita embora profundamente diferenciada, dado que o corpo vive pela presença nele da alma que o anima. O homem, corpo e alma, “mistério” para Gabriel Marcel, para Michel Renaud não corresponde apenas ao dualismo platónico, mas constitui hoje em dia, na Antropologia Filosófica um esforço no sentido da “mostração” fenomenológica hermenêutica (existencial), da unidade do homem. Sendo assim, declara que de Platão aos nossos dias, “uma mesma curva fecha-se da unidade pré-reflexiva do homem ao dualismo metafísico, por um lado, e deste à unidade quer fenomenológica, quer cientificamente estabelecida.

comentários (0)
Até o momento nenhum comentário
Seja o primeiro a comentar!
Baixar o documento