neuroanatomia, Resumos de Odontologia
paola-laureano-porciuncula-4
paola-laureano-porciuncula-4

neuroanatomia, Resumos de Odontologia

10 páginas
50Números de download
1000+Número de visitas
100%de 0 votosNúmero de votos
2Número de comentários
Descrição
Resumo neuroanatomia baseado no Tortora
90 pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
Baixar o documento
Pré-visualização3 páginas / 10
Esta é apenas uma pré-visualização
3 mostrados em 10 páginas
Esta é apenas uma pré-visualização
3 mostrados em 10 páginas
Esta é apenas uma pré-visualização
3 mostrados em 10 páginas
Esta é apenas uma pré-visualização
3 mostrados em 10 páginas
Microsoft PowerPoint - Neuroanatomia 1.pptx

3/31/2009

1

E s t u d o s e m M o r f o l o g i a H u m a n a

P r o f . H u m b e r t o G a s s e n

N e u r o a n a t o m i a

Corte sagital mediano

O ponto násio (N) onde se encontram os ossos nasais com o osso frontal, associado ao ponto da sela turca (ST) mais o ponto básio (B), na linha média anterior do forame magno, forma duas linhas que constituem o ângulo esfenoidal.

Do ângulo esfenoidal para cima temos o neurocrânio e do ângulo esfenoidal para baixo, o esplancnocrânio.

N

ST

B

Neuroanatomia - Estudo do sistema Nervoso

Constituintes básicos do sistema nervoso:

1. Neurônios (células nervosas) – transmitem o impulso nervoso

2. Células Neurogliais – células de sustentação que fornecem ajuda e nutrição

aos neurônios.

3/31/2009

2

O sistema nervoso é dividido em SNC, SNP e SNA.

SNC – é constituído pelo encéfalo e a medula espinhal.

Estão confinados no crânio e na coluna vertebral,

respectivamente. Como proteção adicional, estão

envoltos pelas meninges e pelo líquido

cefalorraquidiano (LCR) ou Fluído cérebro-espinhal

(FCE). Suas principais funções são: integrar e

coordenar os sinais neurais que chegam e saem e

executar as funções mentais mais elevadas, tais

como pensar e apreender.

SNP – extensão periférica do SNC. O SNP conduz impulsos neurais para o SNC, a partir dos

órgãos dos sentidos e dos receptores sensitivos em várias partes do corpo. O SNP

também conduz impulsos neurais provenientes do SNC para músculos e glândulas.

Sistema Nervoso Central

Medula espinhal

Encéfalo

Cérebro (teleencéfalo e diencéfalo)

Cerebelo

Tronco Encefálico (Mesencéfalo, ponte e bulbo)

Sistema nervoso Periférico

Nervos (espinhais e cranianos)

Gânglios

Terminações Nervosas

Divisão Anatômica do Sistema Nervoso

Sistema Nervoso Visceral (Autônomo)

3/31/2009

3

SNA – é um sistema de nervos e gânglios relacionados com a distribuição de impulsos

para o coração (ritmo cardíaco), glândulas (secreção) e músculos lisos (controle). Sua

função é ajustar certas atividades do organismo, a fim de manter a constância do meio

interno (homeostase).

É constituído de duas partes: Sistema nervoso simpáticos e sistema nervoso

parassimpático.

Sistema Nervoso Simpático – estimula as atividades que são levadas a efeito durantes

situações de emergência ou estresse, quando o coração bate rapidamente e a pressão

sangüínea se eleva.

Sistema Nervoso Parassimpático – estimula atividades que conservam e restauram a

energia corporal (quando o coração bate lentamente).

Sistema Nervoso Central

Medula espinhal

Encéfalo

Cérebro (teleencéfalo e diencéfalo)

Cerebelo

Tronco Encefálico (Mesencéfalo, ponte e bulbo)

Sistema nervoso Periférico

Nervos (espinhais e cranianos)

Gânglios

Terminações Nervosas

Divisão Anatômica do Sistema Nervoso

Sistema Nervoso Visceral (Autônomo)

Encéfalo

O cérebro é constituído por dois hemisférios cerebrais, incompletamente separados pela

fissura cerebral longitudinal. Córtex cerebral refere-se à substância cinzenta que recobre a

superfície desses hemisférios.

Telencéfalo

1. Sulcos e fissuras do córtex cerebral – depressões

alongadas – pontos de referência para subdivisão.

Mais de 60% de toda a área cortical estão ocultos;

2. Giro do córtex do cérebro – circunvolução – entre

dois sulcos

3. Lobos dos hemisférios cerebrais.

3/31/2009

4

1. Principais Lobos dos hemisférios cerebrais

1. Lobo Frontal – maior de todos os lobos. Anteriormente ao sulco central. O giro

frontal inferior do hemisfério esquerdo é responsável pela fala.

o giro pré central é responsável pela motricidade. Representação contralateral.

o giro pós – central é responsável pela sensibilidade.

Telencéfalo

2. Lobo Parietal – posteriormente ao sulco central

É responsável pela dor, propriocepção e reconhecimento espacial do corpo e do

ambiente.

3. Lobo temporal – abaixo do sulco lateral

Responsável pela audição e olfato

4. Lobo Occipital – localizado atrás do sulco parieto-occipital.

Responsável pela visão.

A região responsável pelo paladar encontra-se entre os lobos parietal e temporal.

3/31/2009

5

Diencéfalo

1. Tálamo – fazem a conexão de diversas estruturas com o córtex cerebral. Antes dos

estímulos se tornarem conscientes, essas informações passam pelo tálamo, exceto o

olfato.

2. Epitálamo: responsável pelo ciclo sono-vigília.

3. Hipotálamo – controla e integra as atividades do SNA e da hipófise. Controla a fome,

sede, agressividade, temperatura, regula a hipófise, possui o “centro do prazer”.

Tronco encefálico

Mesencéfalo – menor parte do encéfalo. Conduz o LCE dos ventrículos laterais e

do terceiro ventrículo para o quarto ventrículo, controle motor – lesão causa a

doença de Parkinson;

Ponte – auxiliam na respiração;

Bulbo – contém os centros cardiovascular e respiratório , deglutição, vômito,

tosse, espirro e soluço.

Cerebelo – (cerebellum – pequeno cérebro) relacionado principalmente com

funções motoras que regulam a postura, tônus muscular e coordenação

muscular – coordenação e equilíbrio.

Facial (VII)

3/31/2009

6

Lesões do encéfalo – relacionado à traumatismos fortes na cabeça...

1. Concussão Cerebral – perda abrupta, porém transitória, da consciência

após um golpe na cabeça. Não há escoriações visíveis no encéfalo.

Colisão na traseira de um carro

Atrofia cerebral (boxe).

Síndrome do boxeador – alcoólatra – concussões cerebrais repetidas –

fraqueza dos membros inferiores, marcha cambaleante, lentidão dos

movimentos musculares, tremores das mãos, fala hesitante e raciocínio

lento.

Lesões do encéfalo – relacionado à traumatismos fortes na cabeça...

2. Contusão (escoriação) Cerebral – lesão visível com saída de sangue dos

pequenos vasos. Perda prolongada da consciência. Seguida de edema

cerebral – risco de morte.

3. Laceração (rasgar) Cerebral – ruptura dos grandes vasos – hematoma

cerebral, edema e aumento da pressão intracraniana. (ex. FAF)

4. Compressão Cerebral – pressão sobre o encéfalo: 1. hematoma; 2. obstrução

do LCE; 3. tumores ou abscessos; 4. edema; - resulta em herniação de partes

do encéfalo, conpressão do bulbo – prejuízo cardíaco e respiratório.

3/31/2009

7

Medula Espinhal

Localiza-se no interior do canal Vertebral

Começa no forame magno e vai até a L1/L2

É composta por uma substância cinzenta e outra branca

Existem 31 pares de nervos espinhais

O comprimento varia de 42 a 45 cm no adulto.

A medula contém 31 segmentos medulares, cada um originando um par de

nervos espinhais. Existem 8 pares de nervos cervicais, 12 pares de torácicos, 5

pares lombares, 5 pares sacrais e 1 par de nervos coccídeos.

Os pares de nervos espinhais originam plexos que vão inervar partes específicas

do corpo, predominantemente membros superiores e inferiores.

3/31/2009

8

1.Plexo Cervical

C1 – C4

- Inerva pele dos músculos da cabeça,

pescoço e da parte superior dos ombros

e peito.

- Nervo frênico – envia fibras motoras

para o diafragma, participando do

processo respiratório.

2. Plexo Braquial

C5 – C8 e T1.

- Inerva o ombro e membro

superior.

- Nervo axilar; n. musc. Cutâneo;

n. radial; n. mediano; n. ulnar.

3. Plexo Lombar

L1 – L4

- inerva a parede abdominal ântero – lateral,

a genitália externa e parte dos membros

inferiores.

- n. Femoral; n adutor

4. Plexo Sacral

ramos ventrais L5 – S4.

- Inerva as nádegas, períneo e membros

inferiores.

- O maior nervo do corpo humano, o nervo

ciático origina-se deste plexo.

3/31/2009

9

Meninges do Encéfalo e Líquido Cerebroespinhal

1. Dura – máter: externa, forte, espessa;

2. Aracnóide: intermédia, fina;

3. Pia – máter: interna, vascular, delicada e sutil.

Proporcionam sustentação e proteção ao encéfalo, além da proteção assegurada pela

calota e couro cabeludo.

Meninges do Encéfalo e Líquido Cerebroespinhal

1. Dura – máter – externa, forte, espessa;

A fixação da dura – máter aos ossos nos assoalhos das fossas do crânio é mais firme que a fixação a calota. Por isso, um golpe na cabeça pode descolar a dura da calota sem fraturar os ossos, enquanto uma fratura nasal geralmente lacera a dura e resulta em extravasamento do LCE para os tecidos moles do pescoço, nariz, orelha ou nasofaringe.

A dura – máter é sensível à dor. Punções do LCE – paciente com a cabeça abaixada, para evitar a compressão do encéfalo sobre a dura - cefaléia.

2. Aracnóide

Estrutura semelhante a uma teia de aranha. Forma o revestimento intermediário do encéfalo. É separada da pia – máter pelo espaço subaracnóide, que contem o LCE. Vilosidades aracnóides.

3. Pia – máter

Intimamente aderida ao encéfalo. Aumento da pressão do LCE (140 ml) – papiledema.

Meninges do Encéfalo e Líquido Cerebroespinhal

Espaços Meníngeos

1. Extradural

2. Subdural

3. Subaracnóideo – plexos coróides (dobras

da pia-máter) e vilosidades aracnóides

Hemorragias:

1. Extradural

2. Subdural

3. Subaracnóide

4. Intracerebral

Seios venosos da Dura – máter

Meninges do Encéfalo e Líquido Cerebroespinhal

Hidrocefalia – obstrução do fluxo; diminuição na absorção do líquido pelas

vilosidades aracnóideas, ou, tumores que produzem excesso de LCE.

Juntamente com as meninges e a calota, o LCE protege o encéfalo

proporcionando um amortecedor contra traumas na cabeça. Normalmente o o

LCE separa a parte superior do encéfalo da calota, pois o encéfalo é mais pesado

que o líquido, tornando-se muito próximo às fossas do crânio.

Otorréia e Rinorréia de LCE representam um risco de meningite.

3/31/2009

10

Qual a diferença entre nervos Motores; Sensitivos; Mistos.
ótimo material !
Esta é apenas uma pré-visualização
3 mostrados em 10 páginas