NR 12 - Apostilas - Educação_Parte1, Notas de estudo de Psicologia Educacional. Universidade de Taubaté (Unitau)
Selecao2010
Selecao20103 de Maio de 2013

NR 12 - Apostilas - Educação_Parte1, Notas de estudo de Psicologia Educacional. Universidade de Taubaté (Unitau)

PDF (3 MB)
20 páginas
29Números de download
1000+Número de visitas
100%de 1 votosNúmero de votos
2Número de comentários
Descrição
Apostilas de Educação sobre o estudo da Segurança no Trabalho em máquinas e equipamentos, Condutores de alimentação das Máquinas e Equipamentos.
20pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento
Pré-visualização3 páginas / 20
Esta é apenas uma pré-visualização
3 shown on 20 pages
baixar o documento
Esta é apenas uma pré-visualização
3 shown on 20 pages
baixar o documento
Esta é apenas uma pré-visualização
3 shown on 20 pages
baixar o documento
Esta é apenas uma pré-visualização
3 shown on 20 pages
baixar o documento
TECNOLOGIA INDUSTRIAL

PROF. JAIRO BRASIL

TECNOLOGIA

INDUSTRIAL

NR 12

SEGURANÇA NO TRABALHO EM

MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS

OBJETIVO DA NR 12:

 DEFINE:

 Referências Técnicas;

 Princípios Fundamentais;

 Medidas de Proteção.

 E estabelece REQUISITOS MÍNIMOS

para a Prevenção de Acidentes e

Doenças do Trabalho nas fases de

Projeto de:

 Utilização de máquinas e equipamentos

 fabricação, importação, comercialização,

exposição e cessão.

O QUE É

“FASE DE UTILIZAÇÃO”

Construção;

Transporte;

Montagem;

 Instalação;

Ajuste;

Operação;

Limpeza;

Manutenção;

Inspeção;

Desativação;

Desmonte

AS MÁQUINAS

 Esta norma refere-se a:

PROF. JAIRO BRASIL

www.profjairobrasil.blo

gspot.com

MÁQUINAS USADAS MÁQUINAS NOVAS

12.4

MEDIDAS DE PROTEÇÃO

Adotadas na seguinte ordem de

prioridade:

 A) Medidas de Proteção Coletiva;

 B) Medidas administrativas ou de

organização do trabalho;

 C) Medidas de Proteção Individual.

12.5

PRINCÍPIO DA FALHA SEGURA

 Este princípio prevê que as máquinas e

equipamentos devem ser projetados e

operados levando-se em consideração

as limitações BIOLÓGICAS,

FISIOLÓGICA e PSICOLÓGICAS do

ser humano.

 Os PROCESSOS e SISTEMAS de

trabalho devem antecipar e prever

possíveis FALHAS ou ERROS

humanos.

 O FABRICANTE deve imaginar estas

possibilidades. PROF. JAIRO BRASIL www.profjairobrasil.blo

gspot.com

12.6 a 12.13

ARRANJO FÍSICO E INSTALAÇÕES

 Áreas de circulação demarcadas em

conformidade com normas técnicas.

 Permanentemente desobstruídas.

 Vias de circulação com no mínimo

1,20m de largura.

 Áreas específicas de armazenamento

para materiais de uso no processo

produtivo. (faixas na cor indic NR 26)

 Espaço ao redor das máquinas

adequados ao tipo e operação.

12.6 a 12.13

ARRANJO FÍSICO E INSTALAÇÕES

 DISTÂNCIA MÍNIMA entre máquinas

em conformidade com suas

características e aplicações (garantindo

operação, manutenção, limpeza, ajuste,

inspeção).

 ÁREAS de CIRCULAÇÃO e

ARMAZENAMENTO de materiais

projetadas para que pessoas e

materiais possam movimentar-se com

segurança.

Pisos onde se instalem Maquinas e

Equipamentos:

 Mantidos LIMPOS e LIVRES de

objetos, ferramentas e materiais;

 Características que previnam riscos de

ÓLEOS, GRAXAS e SUBSTÂNCIAS

escorregadias;

 NIVELADOS e RESISTENTES às

cargas.

12.6 a 12.13

ARRANJO FÍSICO E INSTALAÇÕES

 FERRAMENTAS organizadas e

armazenadas em locais específicos;

12.6 a 12.13

ARRANJO FÍSICO E INSTALAÇÕES

12.11 e 12.12 MÁQUINAS

ESTACIONÁRIAS

 MÁQUINAS ESTACIONÁRIAS:

 Medidas Preventivas quanto à sua

ESTABILIDADE – Não se desloquem

por vibrações, choques ou qualquer

motivo acidental.

 Instalação deve obedecer projeto do

FABRICANTE ou de Profissional

Legalmente Habilitado.

 Rodízios com TRAVAS.

12.11 a 12.12

MÁQUINAS ESTACIONÁRIAS

12. 13

MOVIMENTAÇÃO AÉREA

 TRANSPORTE e

MOVIMENTAÇÃO

Aérea de materiais

sobre os

Trabalhadores não

devem ocorrer.

 Estudar o

ARRANJO FÍSICO.

12.14 a 12.21 INSTALAÇÕES E

DISPOSITIVOS ELÉTRICOS

 Projetadas e mantidas de modo a prevenir

CHOQUES ELÉTRICOS, INCÊNDIO e

EXPLOSÃO conforme NR 10.

 ATERRAMENTO de Instalações,

Carcaças, Invólucros, Blindagens, etc das

Máquinas e Equipamentos.

 Blindar, Aterrar e Isolar instalações

Elétricas das máquinas que possam estar

em contato com ÁGUA ou AGENTES

CORROSIVOS.

Condutores de alimentação das Máquinas

e Equipamentos:

 Resistência Mecânica Compatível;

 Proteção contra rompimentos

mecânicos, abrasão, lubrificantes,

combustíveis e calor ;

 Localização longe de partes móveis;

 Que não atrapalhem o trânsito;

 De materiais que não propaguem fogo;

12.14 a 12.21 INSTALAÇÕES E

DISPOSITIVOS ELÉTRICOS

 Quadros de Energia:

 Porta de Acesso permanentemente

fechada;

 Sinalização quanto aos perigos de

choque elétrico e restrição de acesso;

 Mantidos em bom estado conservação,

limpos e livres de objetos e

ferramentas.

 Proteção e identificação dos circuitos;

 Atender ao grau de proteção adequado.

12.14 a 12.21 INSTALAÇÕES E

DISPOSITIVOS ELÉTRICOS

 Alimentação por Fonte Externa e

quando houver Elevação da Tensão

nominal que possa provocar acidentes,

possuir dispositivo protetor contra

SOBRECORRENTE;

12.14 a 12.21 INSTALAÇÕES E

DISPOSITIVOS ELÉTRICOS

 Proibida a utilização de Chave Geral ou

Chave Faca;

 Proibida a existência de

Partes Energizadas

expostas;

12.14 a 12.21 INSTALAÇÕES E

DISPOSITIVOS ELÉTRICOS

 BATERIAS

 Localizadas de modo que permitam a

manutenção e troca;

 Constituídas e fixadas para não haver

deslocamento acidental;

 Protegidas para evitar contato acidental

ou curto-circuito;

 Substituições de acordo

com manual de operação.

12.14 a 12.21 INSTALAÇÕES E

DISPOSITIVOS ELÉTRICOS

12.24 a 12.37

Dispositivos Acionamento, Partida e

Parada  Ser projetados e instalados de forma que:

 Não se localizem nas ZONAS de PERIGO;

 Possam ser acionados por Terceiros em

caso de EMERGÊNCIA;

 Impeçam acionamento

ou desligamento INVOLUN-

TÁRIO pelo Operador ou

de forma Acidental;

 Não acarretem RISCOS

ADICIONAIS e não possam ser BURLADOS.

comentários (2)
Esta é apenas uma pré-visualização
3 shown on 20 pages
baixar o documento