regência verbal resumo, Resumos de Língua Portuguesa
ana.laur3
ana.laur3

regência verbal resumo, Resumos de Língua Portuguesa

2 páginas
22Número de visitas
Descrição
aula de língua portuguesa resumo sobre o assunto de regência verbal, tabela simples com os verbos principais
20 pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
Baixar o documento
Pré-visualização2 páginas / 2
Baixar o documento

Regência Verbal

Relação de um verbo sobre seus complementos (OD, OI) e adjuntos adverbiais. Em alguns casos a variação de regência provoca uma alteração de sentido do verbo. A seguir colocaremos um

quadro de verbos cuja regência pode vir a ser duvidosa:

VerboClassificaçãoSignificadoExemploAspirar VTD sorver, respirar Os atletas aspiravam

com prazer o ar das montanhas.

VTI pretender, desejar O vereador récem-eleito aspirava a um alto cargo.

Assistir VTI estar presente, presenciar

Ontem assisti a um filme iraniano.

VTD ou VTI acompanhar, prestar assistência

O médico assiste o doente (ou ao doente)

VI morar, residir (rege adjunto adverbial com a preposição "em")

Minha comadre assiste e Santos.

Chamar VTD Convocar, fazer vir Chamem a polícia! VTI invocar (exige a

preposição "por") O pai chamava

desesperadamente pela filha.

VTD ou VTI Cognominar, qualificar, denominar + predicativo

do objeto

Chamava-o irresponsável. Chamava-o de irresponsável.

Chegar e ir VI (exige a preposição "a" quando indicam lugar)

Cheguei ao cinema 20 minutos atrasado.

Vou ao cinema 2 vezes por semana.

Esquecer e lembrar

VTD (quando não pronominais)

Que chateação! Esqueci o nome dele.

VTI (quando pronominais exigem a preposição

"de")

Esqueci-me do livro.

VTI cair no esquecimento / vir a lembrança

Esqueceram-me as chaves em casa.

Informar VTD dar notícias, esclarecer Os jornais informaram o público consumidor.

VTDI (mesmo sentido) A secretário informou a nota ao aluno.

Morar e Residir VI (exigem adjuntos adverbiais com a preposição em)

Moro em São Paulo. Resido em Jundiaí.

Obedecer e Desobedecer

VTI (exigem a preposição "a")

O bom motorista obedece às leis do

trânsito.

Vestibular1 – A melhor ajuda ao vestibulando na Internet Acesse Agora ! www.vestibular1.com.br

Pagar e Perdoar VTD (quando o objeto é coisa)

Paguei a conta.

VTI (quando o objeto é pessoa)

Perdoei aos inimigos.

VTDI Paguei a conta ao feirante.

Preferir VTDI quere antes, escolher Prefiro o amor à guerra. VTD dar primazia a,

determinar-se por Preferimos a alegria, não

aceitamos a dor.Querer VTD desejar Ela queria o disco da

Gal, mas não o quer mais

VTI estimar, querer bem (exige a preposição "a").

Eu quero a meus amigos e sempre lhes quis.

Simpatizar e Antipatizar

VTI (exige a preposição "com"; não são pronominais)

Simpatizava com a idéia. Simpatizei com ele.

Visar VTD mirar, pôr visto Visou o alvo e atirou. VTI ter em vista, pretender

(exige a preposição "a") Homem sem escrúpulos, só visava a uma posição

de destaque.NamorarNamorar a alguém.

Fonte: Gramática Reflexiva. Texto, semântica e interação.

Obs.: 1. Os verbos transitivos indiretos, com raras exceções, não admitem voz passiva.

Ex: Nós assistimos ao filme. (Errado: O filme foi assistido por nós.)

2. Não se deve sar um único complemento a verbos de regências diferentes Ex: Assisti ao filme e gosteim dele. (Errado: assisti e gostei do filme.)

3. Havendo pronome relativo, a preposição, quando exigida pelo verbo, deve deslocar-se para antes do pronome relativo. Ex: Estes são os filmes a que assisti. Este é o autor de cuja obra gosto.

4. Os pronomes "eu" e "tu" não podem vir regidos de preposição. Ex: Sandra sentou-se entre mim e minha prima. (Errado: ...entre eu e.....) Atenção! Toda vez que "eu" e "tu" for sujeito pode ser acompanhado de preposição. Mim e ti não é usado porque pronome obliquo não pode ser sujeito. Ex: Você entregou os textos para eu corrigir.

Vestibular1 – A melhor ajuda ao vestibulando na Internet Acesse Agora ! www.vestibular1.com.br

Até o momento nenhum comentário
Baixar o documento