Relatorio 2011, Manual de Raciocinando. Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
DLREIS
DLREIS15 de Setembro de 2015

Relatorio 2011, Manual de Raciocinando. Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

PDF (4 MB)
80 páginas
378Número de visitas
Descrição
Relatorio de atividade de fomento à pesquisa
20pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento
Pré-visualização3 páginas / 80
Esta é apenas uma pré-visualização
3 shown on 80 pages
baixar o documento
Esta é apenas uma pré-visualização
3 shown on 80 pages
baixar o documento
Esta é apenas uma pré-visualização
3 shown on 80 pages
baixar o documento
Esta é apenas uma pré-visualização
3 shown on 80 pages
baixar o documento

relatório de atividades

Omar José Abdel Aziz Governador do Estado do Amazonas

José Melo de Oliveira Vice-­Governador do Estado do Amazonas

Odenildo Teixeira Sena Secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação do Ama-­ zonas – Secti -­ AM

Maria Olívia de Albuquerque Ribeiro Simão Diretora-­Presidenta da Funda-­ ção de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas -­ Fapeam

Jorge Ivan Rebelo Porto (até março de 2012) Andrea Viviana Waichman (a partir de abril de 2012) Diretora Técnico-­Científica

Jorge Edson Queiroz da Silva Diretor Administrativo-­Financeiro

Conselho Superior Odenildo Teixeira Sena Presidente

Adele Schwartz Benzaken Membro

Denis Benchimol Minev Membro

Ernesto Renan Melo de Freitas Pinto Membro

Isper Abrahim Lima Membro

José Aldemir de Oliveira Membro

José Maurício do Rêgo Feitoza Membro

Mário Neto Borges Membro

Niro Higuchi Membro

Roberto Sena Rocha Membro

Ulisses Tapajós Neto Membro

Câmara de Assessoramento Científico – Pesquisa

Subcâmara: Ciências Agrárias Titulares Antônio José Inhamuns da Silva Kaoru Yuyama Luís Antônio Serrão Contim Luiz Marcelo Brum Rossi

Subcâmara: Ciências Biológicas Titulares Felipe Arley Costa Pessoa Ires Paula de Andrade Miranda Jorge Ivan Rebelo Porto Sílvia Cássia Brandão Justiniano Suplente Vera Margarete Scarpassa

Subcâmara: Ciências da Saúde Titulares Adriana Malheiro Flor Ernestina Martinez Espinosa Joselita Maria Mendes dos Santos Maria Luiza Garnelo Pereira Suplentes Jefferson Jurema Silva Miriam Silva Rafael

Subcâmara: Engenharias Titular Edward David Moreno Ordonez

Subcâmara: Ciências Exatas e da Terra Titulares Claudete Catanhede do Nascimento Sérgio Ricardo Nozawa Valdir Florêncio da Veiga Júnior Suplente Maria de Jesus Coutinho Varejão

Subcâmara: Ciências Humanas e Sociais Titulares Maria Inês Gasparetto Higuchi Milanez Silva de Souza Vitangelo Plantamura Membros Externos da Câmara de Assessoramento Científico – Pesquisa Subcâmara: Ciências Agrárias Titular Gláucia Maria Pastore Suplentes Evoy Zaniboni Filho Milton Kanashiro Nelson Venturin

Subcâmara: Ciências da Saúde Titular Dulcineia Saes Parra Abdalla Suplentes Ana Lúcia Teles Rabello Reynaldo Dietze

Subcâmara: Ciências Biológicas Titular João Antônio Pegas Henriques Suplente João Santana da Silva

Subcâmara: Ciências Humanas e Sociais Titular Gilberto Cardoso Alves Velho Suplente Rosa Ester Rossini

Subcâmara: Ciências Exatas e da Terra Titular Cid Bartolomeu de Araújo Suplentes Caetano Traina Júnior Fernando Cláudio Zawislak

Subcâmara: Engenharias Titular Jaime Arturo Ramirez

Subcâmara: Linguística, Letras e Artes Titular Benjamin Abdala Júnior Suplente Antônio Dimas Câmara de Assessoramento Científico -­ Pós-­Graduação

Subcâmara: Ciências Agrárias, Biológicas e da Saúde Titulares Ana Cyra dos Santos Lucas Paulo de Tarso Barbosa Sampaio Suplentes Francisco Célio Maia Chaves Jefferson Jurema Silva Paulo Henrique Rocha Aride Rubens Tomio Honda

Subcâmara: Ciências Exatas, da Terra e Engenharias Titular Sandra Patrícia Zanotto

Subcâmara: Ciências Humanas, Sociais e Linguística, Letras e Artes Titular Milanez Silva de Souza

Membros Externos da Câmara de Assessoramento Científico – Pós-­Graduação

Subcâmara: Ciências Agrárias, Biológicas e da Saúde Titular Waldir Mantovani Suplentes Elizabeth Ferreira Rangel

Judson Ferreira Valentim

Subcâmara: Ciências Exatas, da Terra e Engenharias Philipe Oliver Alexandre Navaux

Subcâmara: Ciências Humanas, Sociais e Linguística, Letras e Artes Bela Feldman Bianco

Publicação da Fapeam

Coordenação Editorial Cristiane Barbosa Edilson de Souza Soares

Sistematização e Textos Edilson de Souza Soares Renata Syallen Veiga

Colaboração Anne Hiléia Santos Lêda Haline Pereira de Oliveira Jorge Edson Queiroz da Silva Lady Mariana Siqueira Pinheiro Lauana Mirela Damasceno Lucas Moema de Souza Amorim Nelise Galvão de Lima Rosimeiry de Freitas Rodrigues

Produção executiva, redação e revisão técnica Edilson de Souza Soares

Revisão Jesua da Silva Maia Lourdes de Fátima Moraes de Sousa

Projeto Gráfico Suellen Freitas

Diagramação e gráficos Carla Cristina Vasconcelos Batista

Fotografias Ricardo Oliveira

Fapeam Travessa do Dera, s/n - Flores CEP 69058-793, Manaus -AM Tel. (92) 3878-4000 e-mail: gabinete@fapeam.am.gov.br www.fapeam.am.gov.br Twitter: www.twitter.com/fapeam Facebook: www.facebook.com/ fapeamazonas

:2005678910 7

8

APRESENTAÇÃO

Novas oportunidades. O ano de 2011, sem dúvidas, ficou marcado na jovem história da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) como um ano em que novas oportunidades de desenvolvimento econômi- co e social, por meio da Ciência, Tecnologia e Inovação, foram criadas pelo Governo do Estado do Amazonas.

No campo da formação de capital humano, eixo prioritário na política do Estado e da Fapeam, por exemplo, sem abrir mão das ações exitosas em curso desde 2003 – que até o fim de 2010 já haviam contribuído para a formação de mais de 13,6 mil estudantes da educação básica até o doutorado e que em 2011 oportunizaram mais de 3,1 mil bol- sas para esse fim – novos programas foram criados para atingir objetivos estratégicos nesse eixo de formação. É o caso do Pro- grama Estratégico de Indução à Formação de Recursos Humanos em Engenharias no Amazonas (Pró-Engenharias) e do Programa Estratégico de Indução à Formação de Recur- sos Humanos em Tecnologia da Informação (RH-TI).

Essas ações, que têm como parceiros a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti - AM) e a Secretaria de Esta-

do de Educação do Amazonas (Seduc - AM), além da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), no caso do RH-TI, visam fomentar o desenvolvimento das áreas estratégicas de Engenharias e Tecnologia da Informação no Estado do Amazonas, sobretudo no que con- cerne à qualificação de pessoas, trabalhando de forma integral o processo de formação nessas áreas, retroagindo o foco para a educação básica e avançando a perspectiva para a pós-graduação. Dessa forma, essas iniciativas oportunizaram que estudantes, a partir do 2º ano do Ensino Médio de escolas públicas sediadas em Manaus, recebessem tutoria e apoio especializado de professores e graduandos, criteriosamente selecionados, além de um pesquisador doutor de cada área respectiva, para ingressarem em cursos superiores nas áreas das Engenharias e Tecnologia da Informação, ofertados por universidades públicas. É uma ação ousada e inédita que, acreditamos, deverá se tornar referência para enfrentar gargalos na forma- ção de recursos humanos em áreas específi- cas, de importância estratégica e carentes no Estado e no País.

Novas oportunidades também foram criadas para o desenvolvimento do setor produtivo, por meio da inovação tecnológica. Os inves- timentos no apoio ao desenvolvimento de

:2005678910 9

produtos e processos inovadores, sobretudo aqueles com forte interface com as nossas potencialidades amazônicas foram, em 2011, substancialmente ampliados por meio da sub- venção econômica a microempresas e empre- sas de pequeno porte, o que aconteceu por meio de mais uma parceria com a Financia- dora de Estudos e Projetos para a execução do Programa de Apoio à Pesquisa, Desen- volvimento e Inovação em Microempresas e Empresas de Pequeno Porte na Modalidade Subvenção Econômica (Pappe Integração), que, de uma vez só, estará disponibilizando R$ 6 milhões para essa finalidade.

Atenta ao movimento da ciência brasileira no sentido da internacionalização de nosso capi- tal intelectual, a Fapeam começou em 2011 a empreender ações concretas nesse sentido. É o caso do Programa de Apoio à Capacitação de Recursos Humanos em Design (RH-De- sign), uma parceria com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Amazonas (Sebrae - AM) e com a Secti - AM que está possibilitando que um grupo de profissio- nais da área de design receba treinamento especializado no Centro Tecnológico do Setor de Madeira e Móveis da Região de Marche na Itália (Cosmob), para que no retorno desse grupo micro e pequenas empresas do setor possam ser diretamente beneficiadas por esses profissionais qualificados.

Em 2011, por meio de uma articulação feita no seio do Conselho Nacional das Fundações de Amparo à Pesquisa (Confap) e do Conse- lho Nacional de Secretários para Assuntos de Ciência, Tecnologia e Inovação (Consecti), a Fapeam firmou parceria com a L’Agence

InterÉtablissements de Recherche pour le Développement (Aird), que irá permitir a mobilidade e o intercâmbio de cientistas e pesquisadores do Amazonas com pesquisa- dores franceses vinculados ao Aird, visando à realização de projetos conjuntos.

Além dessas, muitas outras oportunidades foram criadas para instituições que atuam direta ou indiretamente em Ciência, Tecnolo- gia e Inovação, empresas, cientistas, pesqui- sadores, grupos de pesquisa e estudantes de todos os níveis de ensino, dentre outros beneficiários. A política de manutenção das ações e diretrizes historicamente efetivas na trajetória da Fundação, incrementada com as novas modalidades e oportunidades de fomento descerradas em 2011, resultou no maior volume de recursos já executados pela Fapeam em um ano. As páginas que se seguem tentarão traduzir, de forma pontual, o que esses mais de R$ 46 milhões contri- buíram para o desenvolvimento da Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado do Amazo- nas no ano de 2011.

Maria Olívia de Albuquerque Ribeiro Simão

Diretora-presidenta

No campo da formação de capital humano, eixo priori- tário na política do Estado

e da Fapeam, por exemplo, sem abrir mão das ações exitosas em curso desde 2003 – que até o fim de

2010 já haviam contribuído para a formação de mais

de 13.6 mil estudantes da educação básica até o

doutorado e que em 2011 oportunizaram mais de

3.1 mil bolsas para esse fim – novos programas

foram criados para atingir objetivos estratégicos nesse eixo de formação. É o caso

do Programa Estratégico de Indução à Formação

de Recursos Humanos em Engenharias no Amazonas

(Pró-Engenharias) e do Programa Estratégico de

Indução à Formação de Recursos Humanos em

Tecnologia da Informação (RH-TI).

... 10

As páginas que se seguem tentarão traduzir, de forma pontual, o que esses mais de R$ 46 milhões contribuí- ram para o desenvolvimento da Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado do Amazonas no ano de 2011.

:2005678910 11

SUMÁRIO

Apresentação

1. Dados financeiros

1.1 Execução financeira

1.2 Recursos captados por meio de acordos e convênios

2. Editais lançados

3. Instituições beneficiadas com os investimentos da Fapeam

4. Formação e capacitação de capital humano

4.1 Visão geral das bolsas concedidas

4.2 Investimentos na educação básica (Iniciação Científica Júnior)

4.3 Investimentos no ensino de graduação (Iniciação Científica)

4.4 Investimentos na pós-graduação (Mestrado e Doutorado)

4.5 Outras ações de formação e capacitação de capital humano

5. Fomento à pesquisa Científica, Tecnológica e de Inovação

5.1 Fomento à pesquisa na área da Saúde

5.2 Fomento à pesquisa na área da Inovação Tecnológica

(setor produtivo)

5.3 Fomento ao incentivo e estruturação da pesquisa em

instituições ligadas ao Estado

6. Apoio à popularização e difusão da Ciência, Tecnologia e Inovação

6.1 Apoio à Difusão Científica - Interação entre pesquisadores

amazonenses e pesquisadores de outros Estados e países

09

14

16

18

20

24

27

28

30

33

35

41

42

44

47

49

52

55

6.2 Apoio à Divulgação Científica - Informações resultantes

de pesquisa científica, tecnológica e de inovação disponibili-

zadas ao grande público

6.3 Outras ações de incentivo à divulgação e difusão científicas

7. Novas oportunidades

7.1 Programas estratégicos de indução à formação de

recursos humanos em Engenharias e em Tecnologia da

Informação no Amazonas (Pró-Engenharias e RH-TI)

7.2 Programa de Apoio à Popularização da Ciência, Tecno-

logia e Inovação (POP CT&I)

7.3 Programa de Apoio à fixação de Doutores em Tecnologia da

Informação na Amazônia Ocidental (Fixam - PRÓ-TI/Amazônia)

7.4 Programa de Apoio a Núcleos Emergentes (Pronem –

Fapeam/CNPq)

7.5 Programa de Apoio à Capacitação de Recursos Huma-

nos em Design (RH-Design - Fapeam/Sebrae)

7.6 Programa de Cooperação Bilateral Fapeam/Aird– 2011

7.7 Programa de Apoio à Pesquisa (Universal Amazonas)

8. O que vem por aí

8.1 Programa de Apoio ao Desenvolvimento de Tecnologia Assistiva

8.2 Programa de Apoio às Fundações Estaduais de Saúde

8.3 Programa de Apoio a Incubadoras

57

61

63

64

68

69

70

71

72

73

74

76

77

78

1. DADOS

FINANCEIROS

...

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas a (Fapeam) estimula o desenvolvimento científico e tecnológico por meio de modalidades de apoio como financiamento de projetos de pesquisa, concessão de bolsas (formação e qualificação de pesquisadores), or- ganização e participação em eventos científicos, incentivo à formação de redes de pesquisa, apoio a publicações científicas e tecnológicas, além da inovação tecnológica nas empresas.

Em 2011, o Governo do Estado do Amazonas investiu mais de R$ 39,97 milhões no apoio à infraestrutura e organização de instituições com sede no Estado, para o desenvolvimento de pes- quisas e formação de recursos humanos no Amazonas, somados a R$ 6,61 milhões obtidos de convênios e outras captações exter- nas, provenientes de parcerias com agências federais de fomento (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior Capes), Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnoló- gico (CNPq) e Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) atingindo o total de R$ 46,59 milhões.

Essa estratégia de captar recursos junto a esses parceiros tem se mostrado decisiva e exitosa para a ampliação dos investimentos em Ciência, Tecnologia e Inovação no Estado, representando 14,2% do montante aplicado.

:2005678910 15

A Tabela 1 apresenta o resultado final da execução financeira – em números percen- tuais – entre 2003 e 2011. A distribuição apresentada permite verificar o desempenho crescente da execução nesse período.

1.1 EXECUÇÃO

FINANCEIRA

...

A operação do fomento pela Fapeam abrange e alcança inúmeras institui- ções (estaduais, federais, municipais e privadas) que compõem o Sistema de CT&I do Amazonas, o que permitiu aproximar a ciência da sociedade.Fo

to : S

to ck

.X CH

NG

:2005678910 16

Convênios 14,7%

Tesouro 85,7%

TOTAL PARCIAL R$ 242.248.427,00 R$ 41.460.392,59TOTAL GERAL R$ 283.708.819,59

Tesouro Convênios

Tesouro

R$ 5.830.726,39 R$ 15.768.522,84 R$ 27.434.582,40 R$ 21.513.606,75 R$ 29.424.943,19 R$ 37.964.996,82 R$ 33.047.863,14 R$ 31.284.861,38 R$ 39.978.324,09

Convênios

- R$ 1.289.961,92 R$ 2.889.592,67 R$ 3.387.394,01 R$ 6.112.171,44 R$ 7.370.579,58 R$ 5.661.619,75 R$ 8.135.750,13 R$ 6.613.323,09

2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011

A operação do fomento pela Fapeam abrange e alcança inúmeras instituições (estaduais, federais, municipais e privadas) que compõem o Sistema de CT&I do Amazonas, o que permitiu aproximar a ciên- cia da sociedade, a estruturação de novos espaços de pesquisa, o desenvolvimento de pesquisas estratégicas e em áreas complexas, o aumento da formação de recursos humanos de alto nível e o apoio e fortalecimento dos grupos de pesquisa locais, além de inserir o setor produtivo de micro e pequenas empresas no cenário da inovação.

Fonte: Diretoria Administra- tivo-Financeira da Fapeam – DAF/Fapeam

TABELA 1 Recursos financeiros executados entre 2003 e 2011 pela Fapeam.

2011

2003

:2005678910 17

Procurando implantar e concretizar uma política de parcerias e de captação de recur- sos externos, a Fapeam vem ampliando seu relacionamento com o CNPq e a Finep, vin- culados ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e com a Capes, vinculada ao Ministério da Educação (MEC), e também a instituições internacionais como L’Agence Inter-Établissements de Recherche Pour Le Développement (Aird). Em 2011, a Fapeam e o Aird lançaram um edital em parceria com a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado do Amazonas (Secti - AM), cujo apoio destinou-se ao financiamento da mobilidade de cientistas e pesquisadores com atuação em projetos de PD&I, nos quais houvesse colaboração científica entre pesqui- sadores de instituições de ensino e pesquisa no Estado do Amazonas e instituições locali- zadas na Guiana Francesa ou na França.

De acordo com os recursos captados externa- mente em 2011, verifica-se a participação de entidades federais, estaduais e privadas. Desse montante, a Fapeam alocou R$ 3.725.908,72 milhões como contrapartida e captou outros R$ 8.778.046,72 milhões por meio de Convê- nios, conforme mostra a Tabela 2.

1.2 RECURSOS

CAPTADOS POR MEIO DE

ACORDOS E CONVÊNIOS

...

:2005678910 18

TABELA 2 Investimentos estaduais e de convênios captados pela Fapeam em 2011.

INSTITUIÇÃO

TOTAL

Censipam

CNPq

Fiocruz

Sebrae

Suframa

-

R$ 3.710.020,72

R$ 1.800.000,00

R$ 65.000,00

R$ 3.203.026,00

R$ 8.778.046,72

R$ 336.096,00

R$ 2.594.020,72

R$ 180.000,00

R$ 65.000,00

R$ 550.792,00

R$ 3.725.908,72

R$ 336.096,00

R$ 6.304.041,44

R$ 1.980.000,00

R$ 130.000,00

R$ 3.753.818,00

R$ 12.503.955,44

CONCEDENTE Fapeam VALOR GLOBAL

Procurando implantar e concretizar uma política de parcerias e de captação de recursos externos, a Fapeam vem ampliando seu relacionamento com o CNPq e Finep, vinculados ao Minis- tério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI).

Fonte: Núcleo de Convênios da Fapeam

:2005678910 19

2. EDITAIS

LANÇADOS

...

Em 2011, a Fapeam ofertou publicamente 28 programas. Desses, 14 foram implementados com recursos exclusivos da Fundação.

TABELA 3 Editais lançados pela Fapeam em 2011.

Edital/Decisão

001/2011

002/2011

003/2011

004/2011

005/2011

006/2011

007/2011

008/2011

009/2011

PCE/FAS – Programa Ciência na Escola – Edição Especial – FAS

RH – Interinstitucional - Fluxo Contínuo - Pro- grama de Apoio à Formação de Recursos Humanos

Pós-Graduados do Estado do Amazonas

Pappe Integração – Programa de Subvenção à Pesquisa em Micro Empresas e Empresas de Pequeno

Porte nas Regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste

Convênio CBA – Programa para o Desenvolvimento de Produtos e Processos no Centro de Biotecnologia

da Amazônia (CBA)

PGCT – Programa Gestão em C&T

PDAEST/AM/CNPq – Programa de Formação de Doutores em Áreas Estratégicas

PRODPD-­PPGSS/AM/Capes – Programa de Forma- ção de Doutores em Áreas Estratégicas

PRO DPD-­Bolsas/AM/Capes – Programa de For- mação de Doutores em Áreas Estratégicas

Pronem – Programa de Apoio a Núcleos Emergentes

Fapeam/ Fundação Amazônia Sustentável (FAS)

Fapeam

Fapeam/Finep

Fapeam/Suframa/ MCTI

Fapeam

Fapeam/CNPq

Fapeam/Capes

Fapeam/Capes

Fapeam/CNPq

R$ 213.856,00

R$ 1.200.000,00

R$ 6.000.000,00

R$ 3.953.818,00

R$ 500.000,00

R$ 8.952.300,00

R$ 9.074.000,00

R$ 12.939.000,00

R$ 3.000.000,00

Programa Agências Financiadoras

Recursos Aportados

:2005678910 21

010/2011

011/2011

012/2011

013/2011

014/2011

015/2011

016/2011

017/2011

018/2011

019/2011

020/2011

021/2011

PPP – Programa de Infraestrutura para Jovens Pesquisadores – Programa Primeiros Projetos

RH-­Design/Fapeam/Sebrae – Programa de Apoio à Capacitação de Recursos Humanos em Design

Piepi -­ PGSS – Programa de Integração entre Instituições de Ensino, Pesquisa e Inovação – Pós-

Graduação Stricto Sensu

Comunicação Científica – Programa de Apoio à Divulgação da Ciência

PGCT/AM-­Cide - Programa de Gestão em Ciência e Tecnologia no Amazonas

Pibic Jr – Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica Júnior

Programa de Apoio para o Salão de Negócios Criativos

Fapeam/Aird – Programa de Cooperação Bilateral Fapeam/Aird – 2011

POP CT&I – Programa de Apoio à Popularização da Ciência, Tecnologia e inovação

Prêmio Fapeam de Jornalismo Científico

Comunicação Científica – Programa de Apoio à Divulgação da Ciência

Universal Amazonas – Programa de Apoio à Pesquisa

Fapeam/CNPq

Fapeam/Sebrae-AM

Fapeam

Fapeam

Fapeam

Fapeam/CNPq

Sebrae/Suframa

Fapeam/Aird

Fapeam

Fapeam

Fapeam

Fapeam

R$ 3.000.000,00

R$ 130.000,00

R$ 600.000,00

R$ 780.000,00

R$ 181.392,00

R$ 540.960,00

*

R$ 1.000.000,00

R$ 1.000.000,00

R$ 42.000,00

R$ 243.968,00

R$ 5.417.600,00

Edital/Decisão Programa Agências Financiadoras

Recursos Aportados

:2005678910 22

PGCT/AM – Bionorte – Programa de Gestão em Ciência e Tecnologia no Amazonas

Fixam – Pró-­TI/Amazônia – Programa de Apoio à Fixação de Doutores em Tecnologia da Informação

na Amazônia Ocidental

RH-­TI – Programa Estratégico de Indução à Formação de Recursos Humanos em Tecnologia da

Informação

Pró-­Engenharias – Programa Estratégico de Indu- ção à Formação de Recursos Humanos em Engenha-

rias no Amazonas

Pape – Programa de Apoio à Participação em Even- tos Científicos e Tecnológicos

RH-­Interiorização – Programa de Apoio à Forma- ção de Recursos Humanos Pós-graduados para o

Interior do Estado do Amazonas

RH-­Posgrad Mestrado– Programa de Apoio à Formação de Recursos Humanos Pós-Graduados do

Estado do Amazonas

Fapeam

Fapeam/Finep/ Suframa

Fapeam/Finep/ Suframa

Fapeam

Fapeam

Fapeam

Fapeam

R$ 428.976,00

R$ 3.360.000,00

R$ 800.000,00

R$ 800.000,00

R$ 800.000,00

R$ 2.221.240,00

R$ 1.374.360,00

Edital/Decisão Programa Agências Financiadoras

Recursos Aportados

022/2011

023/2011

024/2011

025/2011

026/2011

027/2011

028/2011

TOTAL R$ 68.553.470,00

Fonte: Departamento de Análise de Projetos – Deap/ Fapeam

* Recursos exclusivos da Suframa

:2005678910 23

3. INSTITUIÇÕES

BENEFICIADAS COM OS

INVESTIMENTOS DA FAPEAM

...

R$ 5.124.461,28 R$ 3.840.658,00 R$ 2.237.033,49 R$ 1.999.919,25 R$ 1.587.854,84 R$ 1.343.695,67 R$ 994.620,50 R$ 387.538,50 R$ 354.188,00 R$ 312.637,83 R$ 159.210,00 R$ 125.280,00 R$ 1.896.586,25 R$ 20.363.683,61

UFAM CBA SEDUC FMT UEA INPA SEMED MANAUS IFAM FUNTEC FUCAPI UNINORTE EMBRAPA DIVERSOS TOTAL

25%

19%

11%

10% 8%

7%

5% 2%

14%

9%

2% 2%1%

1%

A Fapeam, em 2011, concedeu apoio financeiro, de modo direto (fomento institucional) ou indireto (fomento disponibilizado aos pesquisadores), a dezenas de instituições públicas e privadas do Amazonas. Cerca de 40% dos recursos concedidos no ano foram captados pelas maiores instituições de pesquisa do Estado: Uni- versidade Federal do Amazonas (Ufam) – 25%, Universidade do Estado do Amazonas (UEA) – 8%, e Instituto Nacional de Pesqui- sas da Amazônia (Inpa) – 7%.

Fonte: Decisões do Conselho Diretor da Fapeam (Extraí- das da página eletrônica da Fapeam).

FIGURA 1 Instituições beneficiadas com recursos financeiros da Fapeam em 2011.

-HVD

:2005678910 25

comentários (0)
Até o momento nenhum comentário
Seja o primeiro a comentar!
Esta é apenas uma pré-visualização
3 shown on 80 pages
baixar o documento