Religião e Tecnologia, Notas de estudo de Informática

18 páginas
Número de páginas
Descrição
A relação recente entre tecnologia e religião
price-icon
20
pontos
Pontos de download necessários para baixareste documento
price-icon
20
pontos
Pontos de download necessários para baixareste documento
Pré-visualização4 páginas / 18
Esta é apenas uma pré-visualização
4 mostrados em 18 páginas
Esta é apenas uma pré-visualização
4 mostrados em 18 páginas
Esta é apenas uma pré-visualização
4 mostrados em 18 páginas
Esta é apenas uma pré-visualização
4 mostrados em 18 páginas
Religião e Tecnologia

A arte religiosa na era virtual

Desde a década de 1990, assistimos um forte impulso das tecnologias digitais, aconteceu ao mesmo tempo, uma mudança de conceito nas relações religiosas com estas tecnologias. Uma linha divisória entre Modernidade e

Pós-Modernidade em questões religiosas, seria marcada pela assimilação dos meios tecnológicos.

Enquanto os papas da Modernidade detestavam os novos tempos por tentarem emancipar o homem de Deus e também a ciência, a tendência religiosa atual, incentivada por João Paulo II, é aliar o digital e o espiritual em busca de espaços onde as expressões de fé não atuem apenas no campo simbólico e ritualístico como nas igrejas, mas como poderoso ajudante no dia a dia do fiel.

O local onde eram colocados os santos foi substituído pela tela do computador que, juntamente com o santo, traz a sua oração. Multiplicam-se conversas on-line com o padre ou o pastor. A tecnologia não oferece segurança, mas é ali que o homem, cansado de um mundo em alta velocidade, encontra um lugar de salvação. Ali o sujeito pode clicar e transcender, para facilitar o encontro com o infinito, o fiel escuta músicas e vê imagens que servem como inspiração.

De maneira geral, os sites religiosos deixaram para um passado distante os grandes temas que interessavam à Igreja que causavam certa polêmica. Passando a tratar de assuntos mais amenos e procurando dar respostas práticas a questões também práticas do dia a dia.

Se procurarmos por sites que fazem links à religião católica, encontraremos referências a padres artistas, movimentos que, no tempo em que a Teologia da Libertação imperava, eram discriminados.

As imagens presentes na maioria dos sites religiosos são preferencialmente figurativas, e a razão disso é porque ainda somos obcecados pela forma humana.

Outra finalidade desse tipo de imagem é a mesma que assistimos no período barroco: uma Igreja preocupada em sobreviver, responde com acentuado apelo sensorial.

Apresentarei dois inventos tecnológicos com fins religiosos afim de mostrar a relação atual que há entre a religião e a tecnologia:

 Terço eletrônico;  Vela virtual .

O produto foi inventado pelo empresário Josué Corrêa de Lacerda, de Ribeirão Preto, interior de São Paulo, uma empresa paulista, a Montronic, instalada em sua cidade, fez o protótipo do aparelho. Trata-se de um rosário digital, aparelho eletrônico patenteado que aguarda a licença para que empresas multinacionais comecem a fabricar o produto. "Sou católico praticante e tenho o hábito diário de rezar o rosário. Além disso, sempre o divulguei, e por onde passo ensino as pessoas a rezá-lo", declara Lacerda.

 Um chip eletrônico microcontrolado alimentado por pequenas pilhas tipo botão;

 Um programa internamente gravado escrito para desempenhar a função do Rosário;

 Controlado através de botões de comando inteligentes, cada qual com mais de uma função, diferenciada pelo tipo de toque aplicado ao mesmo;

 Dotado de memória capaz de memorizar o ponto em que a sua função é interrompida e fazê-la retornar a qualquer tempo desejado pelo usuário, além de memorizar os dias em que foram colocadas em prática as suas funções ou em que foram as mesmas iniciadas;

 Desligamento automático após três minutos ociosos, memorizando sua última posição;

 Sinais sonoros para informações audíveis, sinais de alarme e vibração;

 Calendário em tempo real (dia/mês/ano/dia da semana);

 Relógio;  Formato de um pager e um design

anatômico;  Tem um mostrador de textos, um display

de cristal líquido, que exibem as orações;  Velocidade de rolagem de texto no display

controlável;  Personalização com nome do usuário;

 Escolha de idiomas (português, inglês, italiano, espanhol, dentre outros);

 Possui um cordão de pulso ajustável.

A história conta que o rosário convencional surgiu no século III através de monges orientais. A partir de 1328, a prática de rezas através do terço espalhou-se entre os cristãos através da Ordem dos Dominicanos. A prática mais comum do rosário é o terço, colar de contas representando a terça parte de um rosário. O rosário é composto por três terços distintos, sendo que cada um tem os santos e dias certos para as orações.

Atualmente há vários sites que possibilitam acender uma vela virtual com algum pedido de oração, essas velas possuem uma imagem virtual que imita as reais, diminuindo de tamanho com o tempo de acesa até completado o período da vela quando ela acaba. A idéia da vela virtual se popularizou na internet e hoje em dia milhares de pessoas no mundo acendem velas virtuais.

Não há avaliações para esse documento