Sebenta de língua portuguesa,  gromântica tipose de textos narrativos etc etc, Manual de Química. Universidade Tecnica de Angola
nayole-menezes
nayole-menezes28 de setembro de 2017

Sebenta de língua portuguesa, gromântica tipose de textos narrativos etc etc, Manual de Química. Universidade Tecnica de Angola

PDF (2 MB)
59 páginas
36Número de visitas
Descrição
Gramática de língua portuguesa
20 pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento
Pré-visualização3 páginas / 59

Esta é apenas uma pré-visualização

3 shown on 59 pages

baixar o documento

Esta é apenas uma pré-visualização

3 shown on 59 pages

baixar o documento

Esta é apenas uma pré-visualização

3 shown on 59 pages

baixar o documento

Esta é apenas uma pré-visualização

3 shown on 59 pages

baixar o documento

INSTITUTO SUPERIOR POLITÉCNICO DE TECNOLOGIAS E CIÊNCIAS

EXAME DE ACESSO 2017

IN S T

IT U

T O

S U

P E R

IO R

P O

L IT

É C

N IC

O D

E T

E C

N O

L O

G IA

S E

C IÊ

N C

IA S

LÍNGUA PORTUGUESA | LÍNGUA INGLESA | MATEMÁTICA | FÍSICA | QUÍMICA

SEBENTA

ENGENHARIAS E GEOCIÊNCIAS

Sebenta – Engenharias e Tecnologias

Sebenta Exclusiva para o Exame de Acesso 2017 1

LÍNGUA PORTUGUESA

IN S T

IT U

T O

S U

P E R

IO R

P O

L IT

É C

N IC

O D

E T

E C

N O

L O

G IA

S E

C IÊ

N C

IA S

FICHA TÉCNICA

Morada Av. Luanda Sul, Rua Lateral Via S10

Talatona - Luanda - Angola

Telefone:+244 226 690 417 Email: sebentas@isptec.co.ao

© 2015 INSTITUTO SUPERIOR POLITÉCNICO DE TECNOLOGIAS E CIÊNCIAS - ISPTEC

Título: Exame de Acesso 2016 - Engenharias e Tecnologias Língua Portuguesa - Autores: Rita Dala, Ana Vasconcelos e João Bento.Língua Inglesa - Autores: José Augusto, Sansão Norton e Théophile Wadigesil. Matemática - Autores:Cláudio Bernardo, Francisco Gil, Leopoldina Paz Colaboradores - Walter Pedro, Luísa Vega, Paulo Kaminda, Joaquim Bumba, Valdik Fonseca, Paulo Teka, Cláudia Matoso, Valdick Jaime, Manuel Cabenda,

António Delgado, Alexis Carrasco, Cândido João e Odayla Perez.

Física - Autor: Karl Krush. Química - Autores: Kátia Gabriel, Domingos Santana, Júlio Kuende, Martha Molina, Magata Nkuba, Mário Rey, Mónica Francisco e Letícia Torres.

Colaborador - Miguel Clemente. Editores - Kátia Gabriel, Emanuel Tunga e Cláudio Bernardo. Capas e Separadores - Assessoria de Comunicação e Imagem

Sebenta – Engenharias e Tecnologias

Sebenta Exclusiva para o Exame de Acesso 2017 i

PREFÁCIO

Esta sebenta foi elaborada por uma equipa de Professores do Instituto Superior Politécnico de

Tecnologias e Ciências (ISPTEC) de diversas áreas de conhecimento, com o propósito de auxiliar

os candidatos no estudo dos conteúdos específicos avaliados nos Exames de Acesso, realizados

por esta instituição. Os conteúdos aqui descritos são as principais referências para candidatos que

pretendem ingressar no ensino superior pois, abarcam os conhecimentos mínimos necessários

para frequentar os Cursos de Engenharia desta instituição que é caracterizada pelos processos de

ensino e aprendizagem com qualidade e rigor alicerçados na investigação, inovação e extensão

universitária.

A sebenta contém conteúdos de quatro (4) disciplinas distribuídos da seguinte forma:

Língua Portuguesa: Tipo de texto; Categorias narrativas; Língua e comunicação; Ortografia;

Lexicologia; Verbos e tipos de conjugação.

Matemática: Conjuntos numéricos; Potenciação e radiciação; Equações algébricas;

Desigualdades algébricas; Exponenciais e logaritmos; Trigonometria; Geometria no plano; Noções

básicas de derivadas.

Física: Mecânica; Fundamentos da termodinâmica; Eletricidade.

Química: Teoria atómica; Símbolos e fórmulas químicas; Soluções e unidades de concentração;

Cálculo estequiométrico; Cinética, química e equilíbrio químico; Teorias ácido-base; Trocas de

energia em reações químicas; Hidrocarbonetos.

Cada disciplina referida aborda, de forma resumida, os conteúdos programáticos do Ensino Médio

de Angola, na área de Ciências Exatas.

Para consolidar esses conteúdos, são apresentados exercícios resolvidos que permitem a

orientação e suporte dos candidatos na resolução de outros exercícios propostos.

Nesta perspectiva, o ISPTEC lança esta sebenta como material com valor acrescentado para

suportar os estudos realizados pelos candidatos na compreensão dos temas abordados no

percurso do ensino médio.

Sebenta – Engenharias e Tecnologias

Sebenta Exclusiva para o Exame de Acesso 2017 2

CAPÍTULO 1 - TIPOS DE TEXTO

O tipo de texto é definido em função da sequência e das características que ele apresenta. Alguns,

por possuírem a mesma estrutura, são distinguidos pela predominância de certos elementos

característicos. Por exemplo, um texto descritivo pode ter alguns momentos de avanço (traços

que marcam o texto narrativo), porém, não é um elemento predominante neste tipo de texto.

Assim, podemos saber, de antemão, que não se trata de um texto narrativo.

1.1 Texto Narrativo

Representa factos ou acontecimentos, situados num tempo, que se encadeiam de forma lógica,

desenvolvendo uma acção. Há a predominância dos tempos pretérito perfeito, mais-que-perfeito e

o presente histórico. Assim sendo, a sua estrutura obedece à seguinte sequência lógica:

A introdução (que consiste na apresentação da situação inicial);

O desenvolvimento (que constitui o desenrolar da acção, as peripécias, o enredo ou

trama);

A conclusão (que é o desenlace ou desfecho).

Exemplo de texto narrativo

“Mas à noite, quando a mãe o deitou e levou a luz, aconteceu uma coisa extraordinária. A mãe

dissera-lhe que dormisse, mas ele não tinha sono. E como não tinha sono, cansado de dar

voltas, pôs-se para ali de olhos abertos. Então reparou que de baixo da cama vinha uma luz que

se estendia pelo soalho. A princípio assustou-se, mas antes de se assustar muito e de dar algum

berro lembrou-se do que poderia ser. E, com efeito, quando puxou a caixa, que ficara com a

tampa mal fechada, e a abriu, a estrela brilhava como quando a fora apanhar. Tirou-a devagar e

todo o quarto ficou cheio da sua luz. Esteve assim algum tempo com ela nas mãos até que os

olhos lhe começaram a arder com sono e a guardou outra vez na caixa. Mas no dia seguinte,

assim que acordou, foi logo ver se ainda lá estava. Ela estava lá, realmente. Mas não deitava luz

nenhuma. (…)”

In A Estrela, Vergílio Ferreira

Sebenta – Engenharias e Tecnologias

Sebenta Exclusiva para o Exame de Acesso 2017 3

Exemplo

1- Classifique o tipo de texto, justificando a sua resposta.

Resposta: Este excerto de texto da autoria de Vergílio Ferreira é narrativo, porque há a presença

de um narrador que narra os factos e das personagens (a mãe, o filho) que agem em

determinado espaço e tempo. Verificam-se vários momentos de avanço pela predominância

de verbos no pretérito perfeito e mais- que-perfeito.

EXERCÍCIO PROPOSTO

1- Leia com atenção os textos que se seguem. Indique, justificando a sua resposta, qual destes

trechos pode constituir um texto narrativo.

Texto A

O amigo veio devagar, desconfiado e medroso, mas, quando viu era ainda a cara do Zeca a

espreitar, quis pôr um riso no meio do choro calado, mas não conseguiu. Desatou mesmo a

chorar com toda a vontade.

- Zito, deixa, não chores. O bilhete está aqui, o nosso bilhete está aqui. Ela não lhe apanhou.

Aquele era outro. Desamarrotando uma bolinha de papel, mostrou no amigo o pequeno bocado

do caderno de uma linha onde, com a letra gorda e torta dele, Zito Mkoa tinha escrito durante a

lição: “ANGOLA É DOS ANGOLANOS”.

José Luandino Vieira, “Zito Makoa, da 4ª Classe”, in Vidas Novas, 3.ª ed.,Ed. 70

Sebenta – Engenharias e Tecnologias

Sebenta Exclusiva para o Exame de Acesso 2017 4

Texto B

“A publicação de Kissoco de Guerra (1990), de Henrique Abranches, de Lueji (1990), de

Pepetela e os Patriotas (1991), de Sousa Jamba, veio iluminar as nossas reflexões sobre a

informação de uma escrita de que Mayombe e Yaka, também de Pepetela, e já antes de

Nzinga Mbandi, de Manuel Pedro de Pacavira, pareciam ser ocasionais actualizações da

inquirição sobre o perfil da identidade pátria, da (re) escrita da História.

Com efeito, a construção desta feição estética reside no resgate da riqueza do património

etnográfico e dos valores tradicionais do depósito oral para os ficcionalizar, levando-os à

categoria da fábula, num programa de consolidação dos alicerces da literatura africana em

universo africano.”

Inocência Mata, in Anais, I Encontro de Professores de Literaturas Africanas de Língua

Portuguesa

1.2 Texto Descritivo

Descreve a representação de um objecto, um ser, uma coisa, uma paisagem, pela indicação dos

seus aspectos mais característicos, dos pormenores que o individualizam e o distinguem.

Verifica-se no texto descritivo a presença de adjectivos, a presença de verbos de ligação,

advérbios e locuções adverbiais. Os verbos são conjugados no pretérito imperfeito, marcando a

catálise ou momentos de pausa na narração.

Por isso, é possível sempre distinguir um texto descritivo de um texto narrativo e, na mesma

medida, produzi-los. Podemos mesmo encontrar traços semelhantes em determinados textos,

porém, a predominância das suas características vão possibilitar distingui-los e assim caracterizá-

los de acordo com a sua tipologia.

Sebenta – Engenharias e Tecnologias

Sebenta Exclusiva para o Exame de Acesso 2017 5

Exemplo de texto descritivo

A árvore era grande, com tronco grosso e galhos longos”. Era cheia de cores, pois tinha o

marrom, o verde, o vermelho das flores e até um ninho de passarinhos. O rio espesso com suas

águas barrentas deslizava lento por entre pedras polidas pelos ventos e gastas pelo tempo.

In http://www.Adalidzeballoswordpresscomtextos-narrativos-descritivos

EXERCÍCIO RESOLVIDO

1- Classifique o tipo de texto, justificando a sua resposta.

Resposta: O presente texto é descritivo pela predominância de adjectivos (grande, grosso,

longos, espesso, polidas…), vários verbos de ligação repetidos (“era grande”, “era cheia”…). A

adjectivação é expressiva e a presença de substantivos a serem qualificados é notória (árvore

grande, galhos longos, pedras polidas…).

Exercício proposto

1-Qual destes trechos constitui um texto descritivo? Justifique a sua resposta

A:

Alguém não anda a cumprir o seu dever. Não andam a cumpri-lo os governos, porque não

sabem, porque não podem, ou porque não querem. Ou porque não lho permitem aquelas que

efectivamente governam o mundo, as empresas multinacionais e pluricontinentais cujo poder,

absolutamente não democrático, reduziu a quase nada o que ainda restava do ideal da

democracia. Mas também não estão a cumprir o seu dever os cidadãos que somos. Pensamos

que nenhuns direitos humanos poderão subsistir sem a simetria dos deveres que lhes

correspondem e que não é de esperar que os governos façam nos próximos 50 anos o que

não fizeram nestes que comemoramos. Tomemos então, nós, cidadãos comuns, a palavra.

Com a mesma veemência com que reivindicamos direitos, reivindiquemos também o dever

dos nossos deveres. Talvez o mundo possa tornar-se um pouco melhor.”

Sebenta – Engenharias e Tecnologias

Sebenta Exclusiva para o Exame de Acesso 2017 6

B:

1.3 Texto Apelativo/Injuntivo

O texto apelativo, injuntivo ou instrucional, conforme o seu teor, é assim designado em função da

sua intenção comunicativa. O seu conteúdo permite-nos identificar a sua intenção,

caracterizando-se pela presença de instruções ou orientações, dever moral ou de cumprimento

obrigatório, apelo ou advertência. Usa a função apelativa da linguagem, pelo uso predominante

dos verbos no modo imperativo.

Exemplo de texto apelativo/injuntivo

Exemplo

1- Identifique o tipo de texto e a sua intenção comunicativa, justificando a sua resposta.

Resposta: O texto acima reproduzido é apelativo, dado recorrer à função apelativa da linguagem,

sustentada pelos verbos no imperativo. Tem a intenção de influenciar o comportamento do

consumidor, procurando motivar o receptor a consumir o produto publicitado.

Não perca mais tempo, venha conhecer o que temos pra lhe oferecer!

Adopte um amigo e sorria, porque a vida é um milagre.

“Na tasca, homens e mulheres esvaziavam copázios, de topias, ou, portuguesmente,

graçolas, esquentavam o ambiente. Fora, em maior tempestade, estalavam as

gargalhadas, os chamamentos, os rufos afinatórios, toda uma barulheira dos mais

variados sons. E só depois de uma boa meia hora, outra vez se organizavam, outra vez

tomavam sua fantástica marcha.”

In Izomba, Óscar Ribas

Sebenta – Engenharias e Tecnologias

Sebenta Exclusiva para o Exame de Acesso 2017 7

Bolo de amêndoa

Exemplo

1- Identifique o tipo de texto e a sua intenção comunicativa, justificando a sua resposta.

Resposta: O presente texto é também apelativo pois usa a função apelativa da linguagem, com

os verbos no modo imperativo. Todavia a sua intenção é dar instruções de como fazer um bolo,

isto é, as etapas necessárias para a sua preparação.

Preparação:

1-Unte uma forma redonda média com manteiga e espalhe no interior os 50 gr de

amêndoas laminadas.

2-Com a batedeira, bater bem a manteiga com o açúcar até ficar um creme

esbranquiçado. De seguida, junte os ovos um a um, batendo bem.

3-Junte a farinha peneirada com o fermento e a canela, aos poucos, batendo para

uniformizar. Não é preciso bater demasiado.

4-Com uma colher de pau, envolva na massa os 100gr de amêndoa laminada restante.

5-Coloque a massa na forma e leve ao forno a 180º durante cerca de 40 minutos.

In http://www.receitasavolili.com/sept/2014

Sebenta – Engenharias e Tecnologias

Sebenta Exclusiva para o Exame de Acesso 2017 8

1-Qual destes trechos constitui um texto apelativo/injuntivo? Justifique a sua resposta.

A:

ASPIRINA-POSOLOGIA:

Para prevenção do tromboembolismo após cirurgia vascular ou intervenções, p.ex. angioplastia

coronária transluminal percutânea (PTCA), enxerto de bypass de artéria coronária (CABG),

endarterectomia, shunt arteriovenoso, tome 100 a 300 mg por dia.

• Para a profilaxia de trombose venosa profunda e embolia pulmonar após imobilização

prolongada, p.ex. após cirurgia de grande porte, tome 100 a 200 mg por dia ou 300 mg em dias

alternados.

• Para reduzir o risco de primeiro infarto do miocárdio em pessoas com fatores de risco

cardiovasculares, p.ex. diabetes mellitus, hiperlipidemia, hipertensão, obesidade, tabagismo,

idade avançada, tome 100 mg por dia ou 300 mg em dias alternados.

In http://www.medicinanet.com.br/sep/2014

B:

O iogurte é um alimento de grande valor nutricional, pelo que há muito tempo é recomendado

como “fonte de saúde”.

O cálcio (sal mineral) é um nutriente que está presente em grande quantidade no leite. Sendo o

iogurte um derivado do leite, este alimento é também rico em cálcio.

O organismo humeno assimila mais rapidamente o cálcio do iogurte do que o do leite, razão por

que se poderá dizer que o iogurte é um elemento indispensável ao crescimento e à estabilidade

óssea.

ANIL – Associação Nacional dos Industriais dos Lacticínios

Sebenta – Engenharias e Tecnologias

Sebenta Exclusiva para o Exame de Acesso 2017 9

1.4 Texto Preditivo

Os textos preditivos informam sobre algo que ainda irá acontecer, antecipando ou prevendo

eventos futuros. Caracteriza-se normalmente pela presença de verbos no futuro ou no presente

com valor de futuro. São exemplos deste tipo de texto o boletim meteorológico, o horóscopo, o

itinerário ou outro que obedeça a estas características.

Exemplo de texto preditivo

ONU: Faltará 50 por cento de comida em 2030

Relatório diz que planeta está a ficar sem recursos que garantam alimentos

A população mundial parece preparada para crescer dos sete mil milhões de hoje para quase

nove mil milhões até 2040 e o número de consumidores de classe média irão aumentar em três

mil milhões nos próximos 20 anos. No entanto, o planeta parece estar a ficar sem recursos (…)

Tendo em conta os recursos atuais, prevê-se que em 2030 sejam necessários mais 50 por cento

de comida, mais 45 de energia e mais 30 de água para abastecer o total da população mundial.

A ONU está há muito empenhada em promover o desenvolvimento sustentável (…)

O objetivo é simples: evitar que três mil milhões de pessoas sejam levadas à pobreza, à fome.

(…) para alcançar a sustentabilidade, é "necessária uma transformação na economia global". O

relatório faz 56 recomendações e propostas concretas, para evitar que, dentro de 30 anos, parte

de nós estejam a passar fome.

In http://www.cienciahoje.pt/ - 10.06. 2012 (com supressões)

Identifique o tipo de texto acima, justificando a sua resposta.

Resposta: O texto acima reproduzido é preditivo pelo facto de nele se constatar a previsão do

facto de faltar “50% de comida em 2030”. Pode-se também verificar a predominância de verbos e

complexos verbais no futuro do indicativo e no presente com valor de futuro. Há também o

recurso a expressões temporais que remetem para uma dimensão posterior à da produção do

texto.

Sebenta – Engenharias e Tecnologias

Sebenta Exclusiva para o Exame de Acesso 2017 10

1-Qual destes trechos constitui um texto preditivo? Justifique a sua resposta.

A:

PEIXES (20 de Fevereiro a 20 de Março)

Os seus projectos de trabalho e planos de carreira darão um novo salto e uma nova parceria

poderá ser concretizada nos próximos dias. O momento é óptimo para iniciar uma sociedade

comercial, que, certamente, lhe poderá trazer muitos ganhos financeiros. Fique atento às

oportunidades.

B:

Eliminação da Poliomielite obriga a continuar esforços

A eliminação da poliomielite em Angola pode ser anunciada em Dezembro, disse ontem à Angop

o ministro da Saúde.

José Van-Dúnem recordou que há quatro anos que não se registam casos de poliomielite em

Angola, pelo que há condições para anunciar o fim da doença no país, como exige a

Organização Mundial da Saúde.

O ministro referiu que, apesar desta situação, não se devem cruzar os braços, antes reforçar as

acções.

José Van-Dúnem sublinhou que “a poliomielite é uma doença passível de erradicação, que tem

vindo a ser progressivamente eliminada em várias regiões do mundo” e que “chegou a vez de

Angola”.

A erradicação é confirmada gradualmente por comissões independentes com a certificação da

eliminação da doença em cada país, região e a nível global.

In Jornal de Angola, 04.11.2015 (excerto)

Sebenta – Engenharias e Tecnologias

Sebenta Exclusiva para o Exame de Acesso 2017 11

1.5 Texto Dissertativo Expositivo/Explicativo

Este tipo de texto dissertativo, também designado didáctico, caracteriza-se pela transmissão de

informações especializadas mediante uma apresentação objectiva dos dados. Visa expor e

explicitar um determinado fenómeno, facto ou uma determinada matéria estudada, inerente aos

mais variados ramos do saber existentes. Utiliza a função referencial da linguagem, abordando os

factos de forma elucidativa e objectiva, baseando-se nos dados pesquisados ou estudados.

Os textos explicativos abordam uma determinada temática, e, por norma, fornecem as respostas

a várias questões que eventualmente poderiam ser colocadas.

Exemplo: “Porque voam os aviões”? - Encontraríamos esta abordagem num tratado sobre

aerodinâmica. “Como dar solução a uma incógnita?” - A bordar-se-ia este assunto na Matemática,

especificamente no tratado sobre equações.

Assim sendo, são exemplos de textos expositivos ou explicativos as enciclopédias, as revistas de

carácter científico, artigos de divulgação, manuais escolares e didácticos e ainda toda e qualquer

dissertação com as características referidas.

Sebenta – Engenharias e Tecnologias

Sebenta Exclusiva para o Exame de Acesso 2017 12

Exemplo de texto expositivo/explicativo

A:

O panda gigante ou urso panda é um mamífero carnívoro. O focinho curto lembrando um urso de

pelúcia, a pelagem preta e branca característica. O seu ar pacífico tornam-no um dos animais

mais queridos pela humanidade. É extremamente dócil e tímido, dificilmente ataca o homem, a

não ser quando está extremamente irritado.

A distribuição geográfica e habitat estão confinados ao centro-sul da China situadas em seis

montanhas isoladas.

O panda gigante é um mamífero que come bambu (folhas). A pelagem é grossa e lanosa para

suportar as baixas temperaturas no ambiente subalpino em que vive. As manchas oculares,

membros, orelhas e uma faixa que atravessa os ombros são negras. O restante do corpo é

branco, mas pode se tornar "encardido" com a idade.

Apesar de pertencer à ordem dos carnívoros, ele gosta de comer outras coisas. Alimenta-se quase

que exclusivamente de cerca de 30 espécies de bambu (99% de sua dieta). Sabe-se que o panda

também utiliza insectos e ovos como fonte de proteína e, por vezes, também roedores. Ainda que

o bambu seja rico em água, o panda bebe frequentemente água de riachos ou neve derretida.

In http://pt.wikipedia.org/wiki/Panda-gigante (adaptado), acesso em 20.10.2015

Exemplo

1- Classifique o tipo de texto acima transcrito, justificando a sua resposta.

Resposta: O presente texto é dissertativo-expositivo, pois faz uma apresentação objectiva dos

dados, explicitando o fenómeno observado, neste caso concreto, o habitat dos pandas gigantes.

Usa a função referencial da linguagem, abordando o fenómeno de forma elucidativa,

preocupando-se apenas com a transmissão de informações detalhadas ligadas ao fenómeno

estudado.

Sebenta – Engenharias e Tecnologias

Sebenta Exclusiva para o Exame de Acesso 2017 13

EXERCÍCIO PROPOSTO.

1 - Qual destes trechos constitui um texto dissertativo-expositivo? Justifique a sua resposta.

A:

Canários Gloster

“Ao contrário de outras antigas espécies de canários cuja origem é motivo de muita

especulação, a origem dos Glosters está muito bem documentada. O desenvolvimento desta

espécie é relativamente recente, data de 1925. O nome de Mrs. Rogerson de Cheltenham em

Gloucestershire ficará para sempre associado à criação e desenvolvimento desta raça. Mrs.

Rogerson foi a primeira criadora a expor este pequeno espécime, com poupa, numa exposição

em 1925 no Crystal Palace em Inglaterra. Na altura, este exemplar foi analisado pelos juízes

que consideraram que o pássaro em causa apresentava diferenças face ao standard actual dos

pássaros de poupa e que tinha potencial para evoluir como uma raça distinta. “

In “Arca de Noé”, por Miguel Ângelo Soares

B:

“Era um vidrinho, aquela Vanessa. De cabelos loirinhos e magrinha, cara de enjoada, passou

o ano a inventar mentiras, a fazer queixinhas, a chorar a meio dos testes por não saber uma

pergunta, sempre com muitas dores de cabeça… Não comia na cantina porque a comida fazia-

lhe mal… A Vanessa era muito boa aluna, tocava piano, fazia poemas, tinha explicações de

inglês.”

In “Os Heróis do 6º F”, António Mota

Sebenta – Engenharias e Tecnologias

Sebenta Exclusiva para o Exame de Acesso 2017 14

1.6 Texto Dissertativo/Argumentativo

O texto dissertativo/argumentativo ou simplesmente argumentativo caracteriza-se pela exposição

de vários argumentos lógicos que sustentam a opinião ou o ponto de vista do autor sobre um

determinado assunto ou fenómeno. Este texto tem como função ou objectivo principal persuadir,

convencer o receptor. Visa, assim, interferir ou transformar o ponto de vista do leitor acerca de

um determinado assunto ou acerca de um conjunto de fenómenos sociais, culturais, etc..

Apresenta na sua estrutura os seguintes elementos:

Tese - Ponto de vista ou crença à qual o argumentador deve fazer aderir o leitor;

Premissa - conjunto de factos, pontos de vista prévios à argumentação e aceites por

todos. É uma proposição verídica de um facto ou de uma matéria;

Argumentos - razões apresentadas a favor ou contra a tese e que podem servir para a

confirmar ou refutara;

Conclusão - desfecho ou desenlace; a síntese dos argumentos apresentados em que se dá

a consolidação da tese apresentada.

Exemplo de texto dissertativo/argumentativo

TESE: A maioria das inovações que as fritadeiras apresentam não tem qualquer utilidade.

PREMISSAS: Há várias marcas de fritadeiras eléctricas. As mais recentes apresentam diversas

inovações.

ARGUMENTOS: Porém, a tampa anti-cheiros não é eficaz, deixando os “agradáveis “odores da

fritura passearem-se pela cozinha com toda a facilidade.

Além disso, o dispositivo de controlo da qualidade do óleo reage muito tarde. O aviso de que é

necessário substituir o óleo é feito quando este há muito que está impróprio para consumo. Por

outro lado, a superfície anti-aderente, concebida para ser uma ajuda na limpeza, é difícil de

limpar.

CONCLUSÃO: Portanto, a publicidade que se faz em torno da eficácia das mesmas é uma farsa

e os cidadãos não deveriam acreditar nela.

Sebenta – Engenharias e Tecnologias

Sebenta Exclusiva para o Exame de Acesso 2017 15

Exemplo: Identifique o texto acima reproduzido, justificando a sua resposta.

Resposta: O texto acima reproduzido é dissertativo/argumentativo na medida em que se pode

notar a intenção comunicativa de persuadir, visando interferir e transformar o ponto de vista do

receptor. Apresenta, na sua estrutura, os quatro elementos que compõem esse tipo de texto: a

tese (A maioriadas fritadeirasnãotem qualquer utilidade); a premissa (Há várias

marcas…inovações); os argumentos (a tampa anti-cheiros) e a conclusão (Portanto, a

publicidade…). Por este facto, é indubitável considerar o texto como sendo

dissertativo/argumentativo.

EXERCÍCIO PROPOSTO

1 - Qual destes trechos constitui um texto dissertativo/argumentativo? Justifique a sua resposta.

A:

“Alguém não anda a cumprir o seu dever. Não andam a cumpri-lo os governos, porque não

sabem, porque não podem, ou porque não querem. Ou porque não lho permitem aquelas que

efectivamente governam o mundo, as empresas multinacionais e pluricontinentais cujo poder,

absolutamente não democrático, reduziu a quase nada o que ainda restava do ideal da

democracia. Mas também não estão a cumprir o seu dever os cidadãos que somos. Pensamos que

nenhuns direitos humanos poderão subsistir sem a simetria dos deveres que lhes correspondem e

que não é de esperar que os governos façam nos próximos 50 anos o que não fizeram nestes que

comemoramos. Tomemos então, nós, cidadãos comuns, a palavra. Com a mesma veemência com

que reivindicamos direitos, reivindiquemos também o dever dos nossos deveres. Talvez o mundo

possa tornar-se um pouco melhor.”

(Palavras de José Saramago, na Suécia, quando recebeu o Prémio Nobel)

Sebenta – Engenharias e Tecnologias

Sebenta Exclusiva para o Exame de Acesso 2017 16

B:

Faz hoje nove anos desde a inédita qualificação para o Mundial de futebol

Luanda - Completa-se hoje (quarta-feira) nove anos desde a qualificação inédita de Angola para

uma fase final do Campeonato do Mundo de Futebol, Edição Alemanha'2006, graças a um golo

do então "capitão" da selecção nacional, Alcebíades Maieco "Akwá", na vitória sobre o Ruanda,

em Kigali.(…) O golo da qualificação foi apontado por Akwá, actualmente líder de um projecto

de massificação desportiva denominado “Candengue habilidoso”. Já o passe para tal foi de Zé

Kalanga, ao serviço do FC Bravos do Maquis, 5º classificado do Girabola2014.

In http://www.portalangop.co.ao/angola/pt_pt/noticias/desporto.acesso 08/10/2014

1.7 Texto Poético (Lírico)

O texto poético (lírico) caracteriza-se pela carga estética das palavras.Preocupa-se com o estilo e

a forma, tendo como intenção comunicativa exaltar o belo com recurso ao uso das funções poética

e emotiva da linguagem.Apresenta predomínio da conotação e encontra-se organizado em verso.

De referir que também existem textos poéticos desenvolvidos sob a forma de prosa. Os versos, as

estrofes e as rimas compõem a mancha gráfica do texto poético, onde os poetas gravam o cunho

do seu estilo pela utilização dos diversos recursos estilísticos para transmitir emoções e

sentimentos de alegria, tristeza, dor, etc. Um texto poético pode fazer referência a vários temas:

o amor, a natureza, a vida, o destino, entre outros, cabendo ao leitor descodificar ou identificar

estes temas e inclusivamente o assunto.

Sebenta – Engenharias e Tecnologias

Sebenta Exclusiva para o Exame de Acesso 2017 17

Exemplo de texto poético (lírico)

Angola

Não nasci do teu ventre

mas amei-te em cada Primavera

com a exuberância de semente…

Não nasci do teu ventre

mas foi em ti que sepultei

as minhas saudades

e sofri as tempestades

de flor transplantada

prematuramente…

Não nasci do teu ventre

mas bebi o teu sortilégio

em noites de poesia

transparente…

1

Não nasci do teu ventre

Mas foi à tua sombra

Que fecundei rebentos novos

E abri os braços

Para um destino transcendente…

Angola,

Não serás terra do meu berço

Mas és terra do meu ventre!

Amélia Vieiga, Poemas

2

Exemplo

Pergunta: Identifique o texto acima reproduzido, justificando a sua resposta.

Resposta: O presente texto é poético, pois, pela sua mancha gráfica, apresenta-se em estrofes e

as estrofes em versos, com presença de rimas e várias figuras de estilo; a linguagem é

conotativa; recorre a várias figuras de estilo, como a metáfora: “mas foi em ti que sepultei/as

minhas saudades”; repetição: “terra do meu berço”, “terra do meu ventre”. O seu teor é

marcadamente lírico, exaltando o sentimento de amor à terra – Angola - fazendo jus às funções

poética e emotiva da linguagem.

Sebenta – Engenharias e Tecnologias

Sebenta Exclusiva para o Exame de Acesso 2017 18

EXERCÍCIO RESOLVIDO

1 - Qual destes trechos constitui um texto poético? Justifique a sua resposta.

A:

Chove. É Dia de Natal.

Lá para o Norte é melhor:

Há a neve que faz mal,

E o frio que ainda é pior.

E toda a gente é contente

Porque é dia de o ficar.

Chove no Natal presente.

Antes isso que nevar.

Pois apesar de ser esse

O Natal da convenção,

Quando o corpo me arrefece

Tenho o frio e Natal não.

Deixo sentir a quem quadra

E o Natal a quem o fez,

Pois se escrevo ainda outra quadra

Fico gelado dos pés.

Fernando Pessoa, in "Cancioneiro

B:

“Era um vidrinho, aquela Vanessa. De cabelos loirinhos e magrinha, cara de enjoada,

passou o ano a inventar mentiras, a fazer queixinhas, a chorar a meio dos testes por não

saber uma pergunta, sempre com muitas dores de cabeça… Não comia na cantina porque a

comida fazia-lhe mal… A Vanessa era muito boa aluna, tocava piano, fazia poemas, tinha

explicações de inglês.”

In “Os Heróis do 6º F”, António Mota

Sebenta – Engenharias e Tecnologias

Sebenta Exclusiva para o Exame de Acesso 2017 19

1.8 Texto Informativo (Notícia)

A notícia é um texto informativo curto, que se caracteriza pelo relato de factos verdadeiros, de

forma objectiva e impessoal. O acontecimento a ser relatado deve ser real (não fictício), actual e

de interesse geral.

Relativamente à sua estrutura, a notícia deve ser constituída por três elementos chave: o título, o

lead e o corpo.

1. Título: tem por objectivo cativar o leitor de modo a criar interesse pela leitura da notícia.

Deve ser apresentado em tamanho maior que o antetítulo e o subtítulo:

a) Antetítulo (deve surgir sempre antes do título e em tamanho menor que o título);

b) Subtítulo (deve surgir sempre depois do título e em tamanho menor que o título).

2. Lead: constitui o 1º parágrafo e o mais importante da notícia. Responde às perguntas Quem?,

O quê?, Quando? e Onde? O termo lead provém do inglês to lead que quer dizer guiar, liderar.

O lead é considerado o parágrafo guia da notícia.

3. Corpo: é a parte do desenvolvimento da notícia e responde às perguntas Porquê? e Como?

Aqui detalha-se por que razão aconteceu o facto, como aconteceu, o que esteve na base do

sucedido.

A linguagem da notícia deve ser simples, clara e objectiva, não usando o sentido figurado das

palavras, mas sim o denotativo. Deve ser de interpretação unívoca, terum só plano de leitura, não

podendopossibilitarvárias interpretações.Por outro lado, deve usarusar frases curtas, evitando os

adjectivos ou expressões adverbiais expressivas com vista à emissão de qualquer juízo de valor.

Dever-se-áusar sempre o nível de língua corrente.

Sebenta – Engenharias e Tecnologias

Sebenta Exclusiva para o Exame de Acesso 2017 20

Exemplo de texto informativo (notícia)

Peritos fizeram ontem em Luanda o balanço das actividades desenvolvidas

Angola e a União Europeia definiram ontem, em Luanda, novas estratégias para os próximos

programas de financiamento no sector das Águas, que terão início em 2016. O responsável de

Imprensa e Informação da Delegação da União Europeia em Angola, Pablo Mazarrasa, afirmou

que está actualmente em negociação o programa de cooperação com Angola que vai de 2014

até 2020. O financiamento disponibilizado pela UE para Angola superou os 200 milhões de

euros.

In Jornal de Angola,7.10.2014

Exemplo

Pergunta: Identifique o texto acima reproduzido, justificando a sua resposta.

Resposta: O presente texto é uma notícia pelo facto de apresentar um relato sobre um facto de

interesse geral e actual. É constituído pelo título (Peritos fizeram…); lead ou parágrafo guia

(contendo as respostas às questões: quem?, o quê?, quando?, onde?) e o corpo da notícia,

respondendo às questões (porquê? e como?).

Sebenta – Engenharias e Tecnologias

Sebenta Exclusiva para o Exame de Acesso 2017 21

EXERCÍCIO PROPOSTO

1 - Qual destes trechos constitui uma notícia? Justifique a sua resposta.

A:

Uma canção de Filipe Mukenga, sobre a saga dos embarcadiços, diz que “chegar é

alegria e partir é tristeza”. Isso confirmo eu, que regressei à minha paixão pelas

estradas nacionais.

De carro, fui a Malanje, ao Bié e Huambo. Percorri esses caminhos e terras por onde todos,

indistintamente, nos cruzamos e nos olhamos e que são, afinal, o símbolo de um grande

abraço que nos junta nesta nossa aldeia global.

A estrada nacional não dorme, mas bom mesmo é partir de viagem ao amanhecer e

regressar ao pôr-do-sol. Por todo o trajecto, começamos a ver as fazendas que crescem

como cogumelos. A produção agrícola nacional encontrou finalmente o seu rumo e está

agora em pleno desenvolvimento.

José Ribeiro, in Jornal de Angola, 1.11.2015 (excerto)

B:

Chefe do Estado-Maior General preconiza harmonização na formação dos efectivos

A partir do próximo ano, os três ramos das Forças Armadas Angolanas (Exército, Força

Aérea e Marinha de Guerra) vão beneficiar de equipamentos mais modernos e concordantes

com os actuais desafios, no âmbito da reedificação em curso, anunciou o chefe do Estado-

Maior General das FAA em entrevista ao Jornal de Angola…

In Jornal de Angola, 7.10.2014

Sebenta – Engenharias e Tecnologias

Sebenta Exclusiva para o Exame de Acesso 2017 22

Tabela 1 – Resumo

TIPOS DE TEXTO INTENÇÃO COMUNICATIVA CARACTERÍSTICAS

Texto Descritivo

Descrever uma pessoa uma

classe, paisagem,ojecto etc.

Descrição de objectos, pessoas,

paisagens animais, etc.;

predomínio de adjectivos e

expressões adverbiais.

Texto

Argumentativo

Convencer o receptor a aderir a

uma determinada opinião/

ponto de vista (tese).

Exposição de vários argumentos

lógicos acerca da opinião ou ponto

de vista do autor.

Texto

Explicativo/Expo

sitivo ou

Didáctico

Explicar de forma elucidativa

algum conteúdo.

A finalidade é transmitir

informações especializadas

mediante uma apresentação

objectiva dos dados.

Texto Narrativo Contar uma história, narrar um

facto.

Narração dos acontecimentos de

diversas personagens, reais ou

imaginárias, desenvolvendo-se

num determinado tempo e espaço.

Texto Lírico Exaltar o belo, expressar

sentimentos ou emoções como

dor, alegria, etc.

Recurso à função estética da

linguagem, com predomínio de

vários recursos estilísticos.

Directivo/Instruc

ional ou

Injuntivo

Dar orientações, directrizes,

ordenar, apelar.

Apresentação de instruções que

geram ou implicam dever ou

obrigatoriedade de cumprimento;

uso predominante do modo

imperativo.

Texto

conversacional

ou dialogado

Interagir com o interlocutor por

meio de um diálogo, conversar.

Corporização em discurso directo

do intercâmbio das falas entre dois

interlocutores.

comentários (0)

Até o momento nenhum comentário

Seja o primeiro a comentar!

Esta é apenas uma pré-visualização

3 shown on 59 pages

baixar o documento