Sistemas de detec, Tradução de Organizações e Sociedade. Universidade Federal da Bahia (UFBA)
len_bennit
len_bennit18 de Julho de 2015

Sistemas de detec, Tradução de Organizações e Sociedade. Universidade Federal da Bahia (UFBA)

PDF (3 MB)
77 páginas
1000+Número de visitas
Descrição
ABNT 17240
20pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento
Pré-visualização3 páginas / 77
Esta é apenas uma pré-visualização
3 shown on 77 pages
baixar o documento
Esta é apenas uma pré-visualização
3 shown on 77 pages
baixar o documento
Esta é apenas uma pré-visualização
3 shown on 77 pages
baixar o documento
Esta é apenas uma pré-visualização
3 shown on 77 pages
baixar o documento
ABNT NBR 17240

ABNT NBR 17240 SISTEMAS DE DETECÇÃO E ALARME DE INCÊNDIO

PROJETO, INSTALAÇÃO, COMISSIONAMENTO E MANUTENÇÃO DE SISTEMAS DE DETECÇÃO E

ALARME DE INCÊNDIO - REQUISITOS

Diego Aquino da Mota

07/02/2011

Introdução

• Definir os objetivos da detecção e alarme de incêndio e suas implicações básicas para a segurança de pessoas, do patrimônio e do meio ambiente.

• A tecnologia destes sistemas evoluiu muito desde 1998 (NBR 9441), por este motivo optou-se por criar uma nova norma contemplando as recentes tecnologias.

ESCOPO

Esta norma contempla requisitos para:

• Projeto; • Instalação; • Comissionamento; • Manutenção.

ESCOPO

Esta norma NÃO contempla:

• Sistemas Wireless; • Detectores stand alone; • Detecção de gases; • Sistemas com tesão diferente de

24 Vcc.

Termos E

Definições

• Laço classe A; • Laço classe B; • Detector Linear; • Manutenção Corretiva; • Manutenção Preventiva; • Módulo Isolador; • Números de Troca de Ar; • Painel Repetidor; • Painel Sinóptico; • Zona;

• Planejamento do Sistema4

• Projeto do Sistema5

• Requisitos do Sistema6

ABNT NBR 17240:2010

• Instalação do Sistema7

• Comissionamento e Entrega do Sistema8

• Treinamento de Operação do Sistema9

• Manutenção10

ABNT NBR 17240:2010

• Responsabilidades: recomenda-se uma declaração por escrito de responsabilidade do instalador para a instalação do sistema. Deve ser assinado pelas pessoas responsáveis descrevendo em detalhes seus campos de responsabilidade;

• Qualificações (experiência); • Documentação; Plantas, material alocado, atmosferas corrosivas, influências eletromagnéticas, temperatura máxima do ambiente, número de trocas de ar, “descrição da infraestrutura”, automação...

• Planejamento do Sistema4

5.1 - Tipos de Sistemas de detecção:

• Sistema de Detecção Convencional; • Sistema de Detecção Endereçável;

• Projeto do Sistema5

5.2 – Conteúdo do Projeto

• Planta com a localização de todos os dispositivos (Anexo A) e esquema de ligação. Todos os dispositivos devem possuir sua identificação dentro do sistema;

• Especificação dos equipamentos e suas características;

• Projeto do Sistema5

5.2 – Conteúdo do Projeto

• Diagrama multifilar típico, mostrar a interligação de todo o sistema;

• Lista completa dos dispositivos (descrição, modelo, fabricante e quantidade);

• Cálculo das fontes de alimentação e baterias;

• Projeto do Sistema5

5.2 – Conteúdo do Projeto

• Quadro resumo da instalação: Número de circuitos e suas áreas de monitoramento;

Quantidade e tipo de detectores, acionadores manuais, módulos... (por circuito);

Quantidade e tipo de dispositivos a serem atuados... (por circuito);

• Projeto do Sistema5

5.2 – Conteúdo do Projeto • Quadro resumo da instalação: Tabela da lógica dos alarmes, sinalizações, comandos e sinalizadores; Interfaces com outros sistemas;

• Manuais de operação e manutenção preventiva, instruções completas de operações, comandos e ferramentas necessárias.

• Projeto do Sistema5

5.3 – Central, painel repetidor e painel sinóptico

• Central: local de fácil acesso, salas de controle, segurança, brigada de incêndio, este dispositivo deve ser monitorado 24h por dia;

• É recomendado instalar uma central, painel repetidor ou um sinóptico junto a entrada da edificação;

• Projeto do Sistema5

5.3 – Central, painel repetidor e painel sinóptico

• Cálculos das fontes de alimentação e baterias conforme Anexo B;

• Instalar central para operação em pé: Entre 1,40 m e 1,60 m.

• Instalar central para operação sentada: Entre 1,10 m e 1,20 m.

• Projeto do Sistema5

5.4 – Detectores de Incêndio • Selecionar conforme o ambiente, material

alocado, altura e forma do teto...

• Em caso da área supervisionada possuir poeira, fumaça ou gases agressivos, que possam vir a reduzir o tempo de manutenção preventiva e até mesmo a vida útil dos dispositivos, o projetista deve anotar essas considerações no projeto e manual de manutenção.

• Projeto do Sistema5

5.4.1 – Detectores pontuais de fumaça

• Não deve ser utilizado em ambientes com presença de vapor, gases ou muitas partículas em suspenção;

• Altura máxima de 8 metros, área máxima de atuação 81 . Raio de 6,3 metros.

• Devem estar no mínimo a uma distância de 15 cm o seu obstáculo lateral.

• Projeto do Sistema5

5.4.1– Detectores pontuais de fumaça

• Em caso de instalação na parede lateral, deve ficar entre 15 e 30 cm do teto.

• VIGA: Entre 21 e 60 cm – reduzir a área de atuação do detector em 2/3;

Acima de 60 cm – reduzir pela metade.

• Projeto do Sistema5

5.4.1 – Detectores pontuais de fumaça

• Tetos inclinados com e sem ventilação na cumeeira:

Uma fileira de detectores deve ser instalada no máximo a 90 cm da cumeeira.

(pág. 15 e 16)

• Projeto do Sistema5

5.4.1 – Detectores pontuais de fumaça

• Tetos em ambientes no qual haja possibilidade de ocorrer o fenômeno da estratificação do ar:

Instalar os detectores alternadamente em níveis distintos.

(pág. 17)

• Projeto do Sistema5

5.4.1 – Detectores pontuais de fumaça

• O número de trocas de ar do ambiente deve ser considerado para dimensionar o número de detectores;

• A área de atuação máxima do detector deve ser considerada para ambientes com no máximo 8 trocas de ar/hora.

• Projeto do Sistema5

5.4.1 – Detectores pontuais de fumaça

• Recomenda-se instalar detectores junto ao retorno do ar em ar condicionados e ventilação forçada;

• Estes detectores instalados junto aos dutos são considerados complementares;

• Locais de armazenamento em prateleiras, sendo estas com altura superior a 8 metros (pág. 19).

• Projeto do Sistema5

5.4.1 – Detectores pontuais de fumaça

• Não é permitido proteger parte de um ambiente com detectores de fumaça e outra parte com detectores térmicos;

• Quando a a detecção só pode ser garantida em uma determinada condição específica do ambiente, esta deve ser claramente registrada no projeto

• Projeto do Sistema5

comentários (0)
Até o momento nenhum comentário
Seja o primeiro a comentar!
Esta é apenas uma pré-visualização
3 shown on 77 pages
baixar o documento